FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

Community, a Melhor Comédia da Atualidade, Retorna na Noite de Hoje nos EUA

Minha relação com Community, que retorna hoje com sua 3ª temporada nos EUA, não foi de amor à primeira vista. Mesmo com episódios memoráveis já na metade inicial de sua temporada de estreia (o de Halloween, por exemplo, é excelente!), demorei mais do que deveria para realmente me apaixonar pela audaciosa proposta da série criada por Dan Harmon. Hoje, porém, quando o assunto em rodas de discussão envolve comédias, não tenho a menor dúvida em apontar que Community é a melhor da atualidade com Louie vindo logo atrás.

Diferente de absolutamente tudo que o gênero explora hoje, Community não é o tipo de produção que se sustenta simplesmente por gags ou situações cotidianas de uma família, de um grupo de amigos nerds ou mesmo de escritórios, como acontece, respectivamente, por exemplo, nas não menos divertidas (e também minhas favoritas), Modern Family, The Big Bang Theory, The Office e Parks and Recreation. E para ser bem sincero, não dá mesmo para comparar Community com nenhuma outra comédia no ar porque, criativamente, a série está num nível que atualmente talvez só possa ser igualado pela já citada Louie.

Quer seja pela preocupação maior em desenvolver seus carismáticos personagens (destaque óbvio para Abed, um viciado em cultura pop) ou pelos roteiros muito mais brilhantes, Community se sustenta basicamente sob essa tríade: inteligência e dinamismo nos diálogos, ironia e sarcasmo constante e o incansável uso da metalinguagem. Nesse contexto, ainda que se passe sempre no mesmo ambiente (o de um campus da fictícia universidade comunitária de Greendale) cada novo episódio da série traz uma surpresa diferente tanto no tema quanto na referência que faz a filmes ou mesmo outras séries.

É nisso, aliás, que reside a força de Community e 90% de sua graça. Quando um episódio como o ótimo “Contemporary American Poultry” (o 21º da 1ª temporada), por exemplo, faz uma referência direta a filmes de máfia, não o faz de forma gratuita. Na série, as homenagens funcionam de forma orgânica preocupando-se sempre em desenvolver uma trama e seus ótimos personagens. Depois de encerrar sua 2ª temporada com os chamados episódios evento de paintball que, dentre outras coisas, faziam homenagem aos Westerns de Sergio Leone estrelados por Clint Eastwood, Community volta para o 3º ano sob a sombra da irregular audiência, mas  repleta de boas novidades como essa que a credenciam para nos convencer, mais uma vez, que ela ainda é de fato a melhor comédia da atualidade. Duvida?

No Brasil, Community é exibida pelo Sony que ainda não divulgou a data de retorno da série.

9 respostas para “Community, a Melhor Comédia da Atualidade, Retorna na Noite de Hoje nos EUA”

  1. Milcia disse:

    Community é sensacional! E concordo que ela tem um diferencial bacana, mas pra mim a melhor comedia da atualidade é Parks and Recreation. Que também volta hoje! :)

  2. Fábio Lins disse:

    Antes de terminar a minha maratona de Parks and Recreation, considerava Community a melhor da atualidade, mas depois…
    De qualquer forma, belo texto. Aguçando ainda mais a minha ansiedade para a premiére. Community é 10, mas Parks é 11 rsrs

  3. Maurilio disse:

    Comecei a assistir Community há 1 ano e meio, mas parei no 3º episódio. Também não tive esse “amor à primeira vista”, mas voltei a acompanhar a série agora com a chegada da Netflix e praticamente terminei a primeira temporada disposto a seguir a série. Além do episódio 21 citado, gostei muito do 23º, ‘Modern Warfare’, justamente por essa proposta diferente.

  4. Rodrigo Otávio disse:

    Assisti o piloto e mais alguns episódios e larguei. Não achei essa coca-cola toda, não. Inclusive vi aquele tão falado episódio do paintball e não vi nada demais. erá que eu criei muita expectativa?

  5. Rodrigo Otávio disse:

    *Será

  6. Francisco de Oliveira disse:

    Community é sensacional. Excelente. Louie também. Mas Louie me toca mais do que me faz realmente rir. Há episódios da série em que dou gargalhadas altas, e há outros em que passo o tempo todo apenas sorrindo, e não pelo engraçado, mas pela sensibilidade do episódio, pela sutileza. Louie é genial, o que faz de Louis CK genial. Mas, não posso inclui-la em “melhores séries de comédia da atualidade”. Aliás, minhas “melhores comédias da atualidade” são: Curb Your Enthusiasm (que, com esta season finale, ultrapassou Arrested Development, e agora a considero a melhor série de comédia de todos os tempos); Futurama (genial! está também em meu top 10 de comédias de todos os tempos); Community (que, apesar de estar aqui, ainda não está no meu top 10 de todos os tempos, mas já está nas menções honrosas). E How I Met Your Mother, que quase me esqueço de incluir aqui, mas que só agora descobri, e me conquistou profundamente. Devorei tudo rapidinho.

  7. Eduardo Muniz disse:

    Bah, o 21 da 1ª temporada foi foda, já nem me lembrava. Community é demais, não tem como escolher um episódio preferido.

  8. Andressa disse:

    A série me conquistou no primeiro episódio! É a melhor comédia da atualidade, com certeza.

  9. CM Baptista disse:

    há um mês e meio comecei a assistir as duas temporadas de Community… e que espetáculo! a série é excelente, o roteiro é absurdamente criativo, os personagens tem qualidades e complexidades humanas, não são lineares ou bons/maus, acho que a única coisa que “amorna” um pouco a série é a “lição” de moral no final de cada episódio. A propósito, vcs vão fazer a crítica desse season premiére? Assisti ontem e fiquei maravilhado, principalmente pelas homenagens ao final de “2001 – a space odyssey” e a uma série inglesa que existe desde 1963 (achei que a Britta errou o ano dizendo 1962 sem querer… depois ententi que foi de propósito), tomando as palavras do Abed: “essa é a melhore série que eu já assisti!”. Além do bom humor, Community também é bom gosto!

Deixe uma resposta

ss