FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruna Bottin

Grey's Anatomy: Remember the Time

Novo episódio revela mais acontecimentos do acidente aéreo

[com spoilers do episódio 9×02] Quando já não gostamos do jeito que uma temporada começa, é difícil desapegar desse sentimento. Grey’s Anatomy apresentou neste segundo capítulo os momentos que se seguiram durante e após o acidente de avião, com diversos saltos no tempo. Tivemos um pouco mais de Mark Sloan e seu último surto de saúde, prestes a morrer. E por incrível que pareça, tivemos mais tragédia. Por um lado, gostei que não ignoraram o acidente e revelaram a trajetória das coisas que resultaram no capítulo de estreia da nona temporada. Por outro lado, novas coisas surgiram para incomodar.

Vocês lembram quando a Cristina era descrita como uma personagem forte, com coração de pedra, quase um robô? O que aconteceu com ela ao longo dos anos? Sim, seus traumas em temporadas passadas renderam uma belíssima atuação de Sandra Oh, e foram inclusive importantes para a personagem. Porém, ocorreu uma desconstrução da forte Yang que conhecíamos. Novamente ela esteve presente em uma experiência traumática, mas vê-la muda e sem expressão durante este capítulo não ficou coerente. Ora, Meredith estava lá também, sua irmã morreu, seu marido ficou seriamente ferido, e mesmo assim vimos Meredith apenas mais rígida com seus internos, nada mais. Concordei com a Yang quando ela deu todos os seus motivos para desistir e ir embora de Seattle, mas não consigo ver a necessidade de colocarem mais uma consequência exagerada em cima da personagem.

Outra coisa que não fez sentido pra mim: não consigo acreditar que com a Arizona quase morrendo por causa da perna, a Callie ia deixar tudo nas mãos de Karev. Ok, ela não poderia fazer o procedimento, mas deixar o Karev fazer? Esse era um bom momento para introduzir o Owen em alguma cena interessante, ou quem sabe a Bailey.

Para finalizar o capítulo Remember The Time, veio aquele discurso da Meredith, tentando nos fazer lembrar que no meio de tanta tragédia absurda que acontece no querido hospital Seattle Grace/Mercy West (ou Seattle Grace Mercy Death, como já foi apelidado por Karev), lá é o lugar onde ela fez amigos, encontrou o amor e uma família. Mas até que ponto podemos amar um lugar (ou uma série) que anda fazendo tantas trapalhadas com seus personagens?


8 respostas para “Grey's Anatomy: Remember the Time”

  1. Gustavo disse:

    Concordo que a série parece ter perdido o rumo pelos três últimos episódios, mas se levarmos em conta que Shonda Rhimes já fez a merda que fez e não tem mais volta, eu até gostei desse episódio. Se tivesse sido a abertura da temporada, eu teria gostado um pouco mais do 9×01 também.
    Só fico triste pois GA teve uma 8ª temporada espetacular… recuperou o fôlego depois de 8 anos como eu nunca tinha visto, mas aquela finale acabou com tudo. :/

  2. Laudi disse:

    Pra mim trocaram os episódios… A Shonda exagera demais, mas a série continua ótima. Espero que ela leve em consideraçao os fãs da série na conclusão da mesma.

  3. Janaína disse:

    Não concordo :( Ok, também achei exagero a Callie deixar o Karev fazer a cirurgia da Arizona. Mas só isso.
    Quanto à Cristina, é meio difícil explicar.
    Ela sempre foi a mais durona, coração de pedra. Mas ela já deixou bem claro que essa “força” dela era superficial.
    Quando teve o tiroteio dentro do hospital e ela precisou operar o Derek, por exemplo. Ela teve uma crise enorme e até largou o emprego de cirurgiã – desistiu de tudo.
    A Meredith, por outro lado, se mostra mais sensível durante a trama, mas muito mais forte que a Cristina quando surgem os problemas mais sérios. Até porque, vale lembrar que ela teve uma vida muito mais complexa que a da Cristina – problemas com a mãe (antes e depois da doença), problemas com o Derek, a depressão que quase a fez desistir de tudo, o tiroteio, os problemas com o Derek depois do tiroteio, enfim. Ela pode parecer mais sensível, mas aguenta muito mais que a Yang.

  4. Guest disse:

    Só comentando a respeito do s.a.cast camis, a Adison descobriu da morte do sloan no segundo episódio de private practice!

  5. Daniel disse:

    discordo absolutamente sobre a cristina, como você quer, meu deus, que todo mundo reaja da mesma forma aos traumas da vida?
    Às vezes as pessoas + fortes, duras, são as que + sentem o baque! Qualquer ser minimamente inteligente sabe disso. Faça-me o favor, nos poupe dos seus comentários ignorantes sobre a série!
    Se quer falar mal, à vontade!
    Mas falar mal por falar mal, só pra ganhar cliques e comentários (como esse daqui, dã pra mim), não adianta de nada.
    tenho pena do seu futuro como jornalista

  6. Daiane Bombardelli disse:

    Eu passei a acompanhar séries “de verdade” com Grey’s Anatomy, antes disso eu via muitos seriados mas não como uma “viciada”…por isso na minha vida existe o antes e o depois da série da Shonda ! Essa série tem um espaço cativo no meu coração por mil razões muito pessoais e subjetivas…Mas nem por isso sou passional a ponto de não apontar as falhas de roteiro, atuação, direção…Já houve tantos altos e baixos, mas sinceramente não sei ainda oque estes dois episódios da nova temporada surtiram na minha pessoa, acho que só o desenvolvimento da história vai dizer…não sei se gostei, se não gostei, enfim…mas concordo com os críticos a Shonda por seu excesso de morbidez, ela é o George R.R. Martin das séries, mata todos os personagens queridos ! rsrsrsrsrsrs…Nunca escrevo comentários, acompanho o blog há muito tempo, pois assisto muitas séries, mas me senti na obrigação de participar desta vez, pois não consigo conceber que alguém possa destratar outra pessoa simplesmente por ela ter uma análise diferente da sua…É uma análise crítica, não um falar mal por falar…Eu não concordei com a análise em relação a situação da Cristina (acho que pessoas muito fortes tem baques muito intensos), mas respeitei a análise realizada e fundamentada…Esse tem que ser um espaço de trocas, ideias, críticas, elogios mas desrespeito nunca !

  7. Fernando disse:

    Poxa, que review sem graça! Como isso ganhou destaque?

  8. Rafael Inacio disse:

    Tb nao to gostando nada dessa temporada. Acho q o desejo de chocar os telespectadores infelizmente prevaleceu sob o desejo de contar uma boa historia, como eram as das 2 primeiras temporadas (que pra mim são as melhores).

Deixe uma resposta

ss