FOTO: REPRODUçãO

Por: Redação Ligado em Série

Os finais de temporada que marcaram nossa vida

finalfriends2

Final de temporada de séries evocam constantemente um misto de sentimentos, muitos momentos “oh!”, “putz!”, “não, ele não vai fazer isso… fez!”, e aquela sensação de empolgação com tristeza por sabermos que vamos ficar meses sem assistir a um episódio inédito de nossas produções favoritas. Portanto, elencamos aqui alguns daqueles seasons finales (ou series finales) recentes que nos deixaram de queixo caído, pregados no sofá e com a certeza de que não conseguiríamos mais viver sem antes saber como tudo aquilo iria se resolver (se resolvido já não estava). Vamos lá? [Com spoilers abaixo, CLARO!]

Skins UK | Everyone (Final da 1ª temporada) – 22/03/2007

finalskins

Após não ser convidado para a festa dada pelos seus amigos e ser rechaçado até mesmo pelo sempre manipulável Sid, Tony decide pedir desculpas para Michelle. Até aí tudo bem, já sabíamos que ela o perdoaria, mas eis que um ônibus surge do nada e atropela o líder da turma, provocando um grito estridente de Effy. Como se não bastasse, ainda tem o elenco da série cantando “Wild World” que, se soaria bem brega nas mãos de qualquer outra série, ficou super cool em Skins, coroando a excelente primeira temporada de um drama que sempre soube ser corajoso ao retratar a vida dos adolescentes sem eufemismos.

Battlestar Galactica | Crossroads (Final da 3ª temporada) – 25/03/2007

finalbsg2

Essa sempre soube como fazer um final de temporada. Mas a superação veio com o desfecho do terceiro ano da série, com o tão aguardado julgamento do controverso Gaius Baltar. Depois de uma defesa muito inspirada de Romo e Apolo, alegando que o cientista não tinha alternativa a não ser se entregar aos Cylons em Nova Caprica, ele consegue a absolvição. Enquanto isso, o suspense em torno da identidade dos quatro modelos perdidos ganha revelações impressionantes quando descobrimos serem eles Anders, Tori, Tyrol e Tigh. Nesse momento, uma frota inimiga aparece e uma queda de energia deixa a Galactica impossibilitada de saltar. Durante o combate, Kara aparece de repente ao lado do Viper de Lee e diz que esteve na Terra. Tudo isso em um único episódio épico de fazer qualquer fã ter palpitações.

Friends | The One With Ross’ Wedding (Final da 4ª Temporada) – 12/05/1998

finalfriends

Quem disse que uma comédia também não pode deixar um fã louco pela próxima temporada? Friends aparece na nossa lista com o hilário episódio em que Ross, na beira do altar, diz o nome de Rachel perante uma noiva e dezenas de convidados perplexos. Além disso, tem o divertido início da relação entre Monica e Chandler, tentando a todo custo esconder dos amigos a vontade de ficarem juntos. Mas Joey acaba descobrindo e fazer com que ele permaneça de boca fechada é a parte mais difícil da missão. Um final de temporada memorável para uma série memorável.

Breaking Bad | Full Measure (Final da 3ª Temporada) – 13/06/2010

finalbreakingbad

Breaking Bad sempre foi uma série que nos fazia ficar na ponta do sofá completamente angustiado. Mas no season finale da terceira temporada, a tensão atingiu níveis estratosféricos, com Walt desesperado por uma forma de se livrar da ameaça que Gus lhe representava. Não sendo mais útil para a fabricação da metanfetamina, já que seu chefe estava treinando outro “cozinheiro”, Walt consegue no último instante avisar Jesse sobre o perigo iminente, e este é obrigado a sacrificar Gale para salvar a pele. E no instante em que Jesse puxa o gatilho, com a tela já escura e os créditos finais aparecendo, demoramos a acreditar que teríamos que esperar quase um ano para descobrir como aquilo iria terminar.

24 | 11:00 P.M. – 12:00 A.M. (Final da 1ª Temporada) – 21/05/2002

final24

Depois de trazer um formato inovador para o mundo das séries, com cada capítulo se passando em tempo real, a série do eterno Jack Bauer trouxe um final de temporada eletrizante, com Jack salvando a mala da Kim Bauer de um sequestro, e de quebra, desmascarando Nina Myers, a maior vilã que a série já viu. Teve ainda um excelente confronto final entre Jack e Nina, e quando pensávamos que tudo caminhava para um final feliz, ficamos chocados ao ver nosso herói encontrando sua esposa Teri Bauer morta numa das salas internas da CTU, com um tiro na barriga que matou ela e o filho que estava esperando. É claro que Jack nunca superou essa nos “dias” seguintes…

Sherlock | The Final Problem (Final da 2ª Temporada) – 15/01/2012

finalsherlock

A espetacular série inglesa sobre o detetive que se tornou famoso através dos livros de Sir Arthur Conan Doyle chegou ao final de sua segunda temporada de modo absurdamente fantástico. Quando Moriarty resolve acabar com a reputação de Sherlock, implantando pistas falsas que provariam que ele era uma fraude, a única pessoa que permanece ao seu lado é seu fiel companheiro John Watson. E depois de idas e vindas e jogos psicológicos de tirar o fôlego, eis que a loucura de Moriarty atinge níveis alarmantes quando ele (aparentemente) se mata na frente do heroi para evitar que ele consiga escapar das acusações. Como último recurso, o detetive se atira do alto de um prédio, causando sua morte imediata. Quando ficamos com o coração na mão ao ver Watson no cemitério chorando a morte do amigo, vemos Sherlock, ao longe, observando a cena, e com certeza preparando alguma estratégia para voltar à cena na terceira temporada, que só chegou em 2014.

Fringe | There’s More Than One of Everything (Final da 1ª Temporada) – 12/05/2009

finalfringe

É consenso entre os fãs de Fringe que a série demorou a engrenar e que, de todas temporadas até agora, a primeira foi a mais irregular. No entanto, a partir da segunda metade daquele ano, o drama sci-fi começou a mostrar a que veio, com o grande vilão David Robert Jones e o enigma chamado Nina Sharp, que até então permanecia sem demonstrar de que lado realmente estava. Então, no encerramento da temporada de estreia, fomos pegos de surpresa com a cartada final de Jones e ficamos sem ar ao descobrirmos que o verdadeiro Peter havia morrido aos 8 anos de idade. Mas o clímax que nos fez ficar desesperados pela próxima temporada foi o momento em que Olivia finalmente fica cara a cara com William Bell (interpretado pelo sempre ótimo Leonard Nimoy, o eterno Capitão Spock), se descobre num outro universo, paralelo a este, num dos andares de uma das torres do World Trade Center. Incrível!

Grey’s Anatomy | Death and All His Friends (Final da 6ª Temporada) – 20/05/2010

finalgreys

Tenso, desesperador e de gelar os ossos. Foram quase duas horas para ficar paralisado, com olhos arregalados. Não que um tiroteio no hospital fosse algo nunca antes visto numa série médica (já aconteceu milhares de vezes somente em ER, por exemplo), mas nas mãos de Shonda Rhimes o resultado foi um dos melhores episódios da história de Grey’s Anatomy. Quando um viúvo de uma ex-paciente do Derek resolve entrar no Seattle Grace pronto para causar uma chacina, vimos que ninguém estava a salvo. Não teve gancho para a próxima temporada, mas nem precisava. Aquele acontecimento com certeza ainda iria repercutir muito no próximo ano da série e é lembrado até hoje pelos fãs.

Six Feet Under | Everyone’s Waiting (Final da 5ª Temporada – Series Finale) – 21/08/2005

finalsfu

Este é simplesmente o series finale mais perfeito, emocionante e arrebatador dos últimos anos. Para uma série que sempre teve como protagonista principal a própria morte, nada mais natural que o último episódio da série fosse encerrado nos revelando a morte de cada um dos personagens que aprendemos a amar durante cinco lindíssimas temporadas. Embalado pela música “Breathe” da Sia, vimos Claire (a excepcional Lauren Ambrose) se despedindo de sua família e seguindo rumo a Nova York realizar seu sonho de ser fotógrafa. E numa brilhante montagem testemunhamos os futuros momentos finais de cada membro da família Fisher, até chegar à morte da própria Claire, aos 80 102 anos de idade, com vários retratos de momentos felizes junto à sua cama. Um recado para o telespectador: a morte faz parte da vida.

Alias | The Telling (Final da 2ª Temporada) – 04/05/2003

finalalias

Para a maioria esmagadora dos fãs de Alias, o final da segunda temporada vai ficar marcado para sempre como aquele episódio em que ficamos catatônicos pelo menos durante cinco minutos após assistirmos a última cena. Quando finalmente a SD-6 foi liquidada e a Aliança dos Doze foi dissolvida, Sidney Bristow e Michael Vaugh pareciam finalmente ter encontrado a paz, e planejavam um fim de semana inesquecível em Santa Bárbara. Mas não seria Alias se tudo desse certo, não é? Logo após chegar em casa, Sidney descobre a farsa de sua “amiga” Francie, ficamos em estado de choque ao ver Will sendo apunhalado por ela e, depois de uma luta épica entre as duas, Sidney a nocauteia e desmaia em seguida. Ao acordar, se vê em um galpão abandonado; sai à rua e identifica vários letreiros em ideogramas até perceber que se encontra em algum país da Ásia. Depois de ligar para a CIA e se identificar como a agente Sidney Bristow, recebe a visita de um Michael Vaugh espantado, com aliança no dedo e com a aterradora notícia: “Você esteve desaparecida pelos últimos dois anos!”. E agora? Esperar meses para continuar essa história.

LOST | Through the Looking Glass (Final da 3ª Temporada) – 23/05/2007

finallost

Que LOST foi uma série que redefiniu o modo como as pessoas se relacionavam com o conteúdo proposto na TV é inegável. À altura da terceira temporada a série, já com um Emmy na estante, o drama continuava se reinventando e trazendo muita emoção a cada episódio. Mas absolutamente ninguém estava preparado para o fabuloso season finale do terceiro ano, que nos trouxe um novo conceito: o flashforward em vez dos tradicionais flashbacks já característicos da produção. Apesar da nossa imensa satisfação de ver Jack dando uma surra em Benjamin Linus, Hurley salvando o dia atropelando os Outros com sua Kombi, Rousseau mais maluca que nunca guiando os sobreviventes até a torre de rádio para mandar um SOS, tudo foi rapidamente colocado numa perspectiva maior após assistirmos a cena final: Jack completamente deprimido, alcoólatra e obcecado em voltar para a ilha três anos depois dos eventos testemunhados por nós ao longo da série. E quando vimos seu encontro com Kate no aeroporto, nosso coração quase pulou do peito, ainda mais ao ouvir a célebre frase “WE HAVE TO GO BACK!”.

Esses foram alguns dos momentos mais marcantes da TV recente. Como assim sua série preferida não aparece na lista? Deixe abaixo qual foi (ou foram) os finais mais marcantes para você!

Deixe uma resposta

ss