FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

Novela da Globo se “inspira” até demais em Downton Abbey; compare

daclone00

Deu no site do Daniel Castro, e não é que é mesmo? Autores da Globo são fãs de séries e estão antenados com o que ocorre lá fora e inevitavelmente trazem aspectos narrativos, estéticos e até textuais. Semelhanças de tramas nacionais com produções como RevengeGrey’s Anatomy e até LOST já foram reportadas em diversas ocasiões, mas agora a “vênus platinada” parece ter se inspirado em Downton Abbey, drama inglês da ITV exibido no Brasil pelo GNT, +Globosat e TV Cultura.

Em Além do Tempo, novela das seis que estreou há três dias, espectadores começaram a identificar muitas semelhanças com Dowton Abbey. Mesmo que ambas se tratam de produções de época, a nacional se passa em um período distinto, mas as semelhanças vão além do visual. A temática é quase a mesma, incluindo conflitos de classes, figurinos e até a locação onde a narrativa se desenvolve. O folhetim global se passa numa cidade fictícia do Rio Grande do Sul, Campobello, com ricos e seus “criados” convivendo em uma propriedade abastada.

daclone05

Além disso, questões sociais, disputas de classe são temas proeminentes nas duas produções, o que denota que ainda tem muita semelhança por vir. Veja mais imagens comparativas.

daclone01

daclone02

daclone03

daclone04

22 respostas para “Novela da Globo se “inspira” até demais em Downton Abbey; compare”

  1. Bruno Sousa disse:

    É sério isso??? KKKKKKKK ai Brasel!!!!

  2. Pedro Canto disse:

    Oh, vocês estão por fora! A história central de Vale Tudo é um plágio sem vergonha de MIldred Pierce e até hoje a Globo finge que nada aconteceu.

  3. Geovane Santos disse:

    eu acho exagero vcs fazerem essas observações, ok, nao posso discordar que os figurinos são parecidos, mas gente, por favor ne? a globo ja teve zilhões de novelas de época, com a mesma/quase temática central dessa novela de agora, mudando só alguns detalhes, inclusive com relaçao ao nucleo de empregados e patrões. Eu acho que isso nao vale uma matéria de vcs ¯_(ツ)_/¯

  4. Manuelita disse:

    lady mary x paola oliveira. vamos combinar lady mary é diva e paola não chega nem perto disso.
    me entristece a falta de originalidade das produções brasileiras. ou são cópias de produções estrangeiras ou são refilmagens de novelas que fizeram muito sucesso anos atrás. não entendo o pq não se explora mais a nossa literatura nas novelas. temos bons livros nacionais pegando poeira nas prateleiras enquanto copiamos produções internacionais.
    considero brasileiro um povo criativo, mas essa criatividade fica muito a desejar na televisão. gostaria de ver o Brasil criando algo que a formula fosse comprada por outros países que nem, por exemplo, a novela colombiana betty a feia.

  5. Ana Paula disse:

    Eu valorizo as ótimas ideias que alguns autores já criaram por aqui, mas essas “coincidências” fazem feio né?

  6. A gente acha que vale, até postamos ;)

  7. Bruno Fernandes disse:

    Tá aí uma boa matéria para discutirmos colonialidade. Colonialidade na manifestação cognitiva que captura nossa linguagem e nos faz atribuir significados a partir da perspectiva do “norte” (opa, daqui a pouco o pessoal do Game of Thrones entra na conversa). A primeira manifestação da colonialidade se dá na repetição ou reconstrução artística brasileira, quase que de forma inconsciente, a partir das referências estrangeiras lá do “mundo desenvolvido”. Os autores nacionais, por admiração, inconscientemente reproduzem, por exemplo, figurinos, enredos e tudo mais. A segunda é desta matéria. Que tem um subtexto curioso, como se original fosse Downton Abbey, porque é hoje o seriado de época. Manifesta a colonialidade nossa, leitores e autores desta matéria. Afinal, como alguém aí lembrou, cadê o pessoal para falar que o enredo ou produção da série inglesa poderia ser comparada com produções nacionais, tipo “a força de um desejo”, “escrava isaura”, “xica da silva”… porque em toda produção de época há luta de classes (aparentemente só no mundo moderno que não há… uma pena que tenham se esquecido disso) – isso, se não considerarmos que quase toda história (de amor) traz esse conflito de amor entre um pobre e um rico. E na produção em si, afinal, nossas cortes teriam figurinos parecidos com os dos ricos, assim como hábitos, afinal a educação de referência europeia está lá. Então, simulacro por simulacro ficamos assim: há o simulacro da globo e há o simulacro nesta matéria.

  8. Bruno Fernandes disse:

    e ó, pra deixar bem claro: globo é do capeta. a emissora é provavelmente um dos maiores problemas de nosso país.

  9. Gustavogm disse:

    O maior problema do Brasil é povo burro que não sabe votar e os políticos que querem levar vantajem em tudo…

  10. Jesse Coronado disse:

    Nao acho um exagero eles compararem a serie com a novela, logicamente a globo pode ter plagiado a serie. Pra começar, Downton Abbey e hj uma das mais prestigiadas e conhecidas, series do mundo. E a muito tempo a globo nao lança uma novela de epoca. E hj em dia, todos sabemos que as series de epoca tem feito grande sucesso tanto na tv Britanica como na americana, se vc pesquisar vai encontrar varias. Se a formula esta dando certo, porque nao tentar aqui tambem ? So de vc olhar para o figurino e nucleo narrativo dessa novela, se percebe, que algumas coisas, foram inspiradas na serie do canal britanico

  11. coloca foto da Claire Danes em Homeland e da Luana Piovanni em Dupla identidade… Identico. Globo seeempre copiou galero.

  12. Lana Del Velcro disse:

    Eu não sabia que o Ligado em Séries representava o Sindicado dos Roteiristas Americanos no Brasil

  13. Nicholas Amorim disse:

    Esse comentário valeu mais que a matéria.

  14. ninazaretchnaia disse:

    Americanos? Vc sabe que Downton Abbey é inglês, certo?

  15. Jesse Coronado disse:

    Americanos kkkkkkkkkkkkkkk Downton Abbey e uma serie Britanica ok kkkkkkkkkkkk

  16. Jesse Coronado disse:

    Quanto ao visual das duas , nao vejo como copia, o visual de Claire Danes em Homeland e bem comum, muito facil de encontrar em varias outras series. A personalidade da personagem nao, Claire Danes da um Show em seu papel, mas o visual, dificilmente acho uma copia.

  17. Gustavo disse:

    Celebridade é inspirada em All About Eve, Sassaricando, em How to Marry a Millionaire. Se a gente começar a esmiuçar, encontra um monte. Não vejo como plágio. Muita coisa muda nessa apropriação. E em que obra de ficção não há apropriação? Ninguém tira nada do suvaco, sem influência de nada.

  18. João Victor disse:

    Globo finge que nada aconteceu? O próprio autor da novela assume a inspiração. Vamos pesquisar antes de falar besteira.

  19. João Victor disse:

    Ai, gente, “seje menas”, e Empire copiou a novela Imperio? Fora as semelhanças incontestáveis, a novela é totalmente diferente da série.

  20. Pedro Canto disse:

    Mostra a tua pesquisa que eu mostro a minha: acadêmica, publicada e premiada. Beijos.

  21. João Victor disse:

    Como falei, o próprio autor assume a inspiração, não só ao livro mas também ao filme estrelado por Joan Crawford. Vamos melhorar essa sua pesquisa, colega!

  22. Mariany de Campos disse:

    FUi nessa de assistir Downton Abbey achando que fosse mesmo estilo Além do Tempo, não tem absolutamente nada a ver, quase morri de tédio assistindo Downton Abbey… excelente programa, pra quem tá morto vivo, mil vezes Dr. Who. Agora lost, grey’s anatomy e revenge vcs tão forçando viu… Apesar de ser Emily o nome dela é Amanda Clarck, Emília não tem outro nome em ADT e nenhuma dessas séries fala sobre reencarnação… é lamentável que realmente quando se faz algo originalmente BRASILEIRO em vez de reconhecermos e aplaudirmos não, se cria uma necessidade de vangloriar o vindo do exterior… AFINAL TUDO LÁ DE FORA É MELHOR NÃO É MESMO?! Agora pq não tenta criticar os diálogos sensacionais de ADT, que aí sim acho comparáveis aos diálogos memoráveis de Tyrion Lannister de GOT.

Deixe um comentário

ss