FOTO: REPRODUçãO

Por: Redação Ligado em Série

7 filmes para os solteiros assistirem no Dia dos Namorados

moon

Vamos lá, eu e você sabemos que o Dia dos Namorados é uma data puramente comercial, criada para celebrar apenas mais dinheiro entrando no bolso das lojas. Amor? Onde estava o amor quando você pisou em uma lajota solta durante uma chuva e molhou a roupa? Onde estava o amor quando caiu o sinal da TV logo antes de Game of Thrones começar?

Não, o amor não veio para resolver nada. Claro, as pessoas podem e vão divulgar suas celebraçõeszinhas, jantarzinhos e etc. Mas olhe só: a previsão do tempo para o fim de semana é de frio nível futuro pós-nuclear. Ao invés de ficar nesse gelo pagando caro demais por um restaurante, ou ficar em casa e tentar uma janta romântica que só vai fazer sujeira, ou de passar horas decidindo o que assistir porque precisa agradar aos dois, você pode só esquentar uma pizza e pegar algo alcoólico e se enfiar debaixo das cobertas para ver filmes. Por isso, separei aqui 7 filmes para os solteiros assistirem no Dia dos Namorados:

Snatch – Porcos e Diamantes

Quem precisa de amor quando se tem o agressivo e irônico humor britânico, certo? Em Snatch, tem tanta coisa acontecendo que não há tempo para baboseiras como romance ou linearidade. É um universo rústico e divertido e que não abre margem para paixões. Aqui, a única coisa que se abraça é o caos. A única coisa que se beija é a lona. É tiro, boxe, sotaque, sangue, câmera lenta, Brad Pitt em chamas e Guy Ritchie tirando uma pequena obra-prima da cartola.

Cisne Negro

Imagine só: se Nina não estivesse encalhada, se Nina tivesse um boy (como eu odeio essa expressão) com quem assistir à Netflix e tomar Ice Cappucino, ela não conseguiria passar horas por dia treinando e não teria chances de conseguir o papel principal em O Lago dos Cisnes. Romances atrasam sua carreira. Além do mais, nesta circunstância você estaria tentando entrar para o balé do Vincent Cassel, que atuou com George Clooney e Catherine Zeta-Jones em Doze Homens e Outro Segredo, ou seja, conhece eles, ou seja, você basicamente está dançando para o Clooney e/ou a Zeta-Jones (de acordo com a sua preferência). Apenas tente manter a sanidade, ok?

Magic Mike

Eis o tipo de filme que é impossível de assistir durante um namoro. Sua namorada/seu namorado inevitavelmente vai olhar prestar atenção naquelas pessoas e fantasias no palco e, quando chegar a hora de vocês consumarem a relação, pode ser que role aquela pontada de decepção do outro lado (ei, você não tem culpa, você trabalha, estuda, cuida da avó, não tem tempo para dietas e exercícios). Se está solteiro, pode tranquilamente comprar umas cervejas, chamar amigos e amigas e fazer uma bela noite aproveitando o grande timing cômico do Channing Tatum (eu sei que parece um trocadilho sexual, mas não é).

Qual é o Nome do Bebê?

Em tempos de solteirice sofrendo bullying por causa dos casais de amigos, Qual é o Nome do Bebê? é um tapa na cara de qualquer pombinho querendo esfregar sua felicidade em fotos posadas no Facebook. Afinal, quando você não está namorando, não precisa participar desses jantarzinhos de casais e diminui bastante as chances de se ver em uma discussão triturante sobre o nome dos filhos.

Antes que o Diabo Saiba que Você está morto

Se você está se sentindo sozinho, isolado, sem ninguém, este é o filme ideal: ele mostra que todo mundo está se sentindo assim. Que qualquer tipo de amor é uma farsa jogada fora por migalhas, que ninguém se importa realmente com ninguém, que as pessoas são essencialmente más e servem apenas para serem manipuladas e que Philip Seymour Hoffman faz muita falta, mas muita falta mesmo.

Jogos Vorazes (qualquer filme)

Vejam como uma história de amor atrapalha, atrasa e às vezes torna até ridícula uma ótima franquia de filmes. É isso o que você quer para a sua vida? Amor?

Lunar

É um filme sobre um cara sozinho. Na lua. O tempo todo. Vestindo roupa de astronauta. Se isso não vai mostrar a você que tem alguém em situação mais solitária, nada mais vai.

3 respostas para “7 filmes para os solteiros assistirem no Dia dos Namorados”

  1. Bruno Sousa disse:

    “Philip Seymour Hoffman faz muita falta, mas muita falta mesmo.” Oh yeah. ?

  2. adrianotenorio disse:

    Sim, o blogueiro foi desiludido. O artigo não deixa dúvidas. ..

  3. Alessandra Caldeira disse:

    quero deixar minha contribuiçãozinha aqui hahaha Clube da luta e Hannibal

Deixe uma resposta

ss