FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

Netflix anuncia mais 4 (QUATRO) filmes próprios com Adam Sandler

Foto: Divulgação Netflix/VanDam Archive

Achou que tava acabando? Se enganou. Depois de anunciar quatro filmes estrelados por Adam Sandler, a Netflix vai financiar mais 4 (QUATRO) longas-metragem estrelados pelo comediante. A Happy Madison Productions, de Sandler, produzirá cada um dos filmes, que estrearão exclusivamente para os 93 milhões de membros da maior rede mundial de entretenimento.

Sandler, apesar da baixa qualidade dos projetos em que está envolvido (salvo raríssimas exceções como Embriagado de AmorComo se Fosse a Primeira Vez), arrecadou mais de US$ 3 bilhões e dominou as bilheterias de todo o mundo. Na Netflix, os exemplares foram The Ridiculous 6 (crítica), Zerando a Vida  e, em breve, a comédia romântica Sandy Wexler. Ainda não há data para os novos 4 filmes de Sandler na Netflix.

7 respostas para “Netflix anuncia mais 4 (QUATRO) filmes próprios com Adam Sandler”

  1. Ronan Barradas disse:

    Horrível. Mas tem seu público, né? Fazer o que?

  2. Cristiane de Souza disse:

    tem quem goste

  3. Roberto Ribeiro disse:

    Ah, faltou incluir Afinado no Amor, outra rara boa exceção que o Sandler fez

  4. adrianotenorio disse:

    Pô, até a Kéfera faz filmes não é? Deixa o cara… a Netflix quer público, e isso ele faz.

  5. Lu Luazinha disse:

    O cara fez filmes incríveis. E sejamos francos qual ator só participou de filme bom? Que venham os próximos bons ou ruins. A vida n é feita só de glória. Crítica ridícula e tendenciosa. Isso sim é ser um péssimo profissional. Te falta muito para ser qualificado Bruno

  6. Bruno Xavier disse:

    Netflix parece ter um problema enorme quando trata-se dos seus projetos em longa-metragem, mas não vejo os filmes do Sandler como todo esse mal, são o tipo de filme que atrai o público casual. Se vão continuar a parceira é que deve ter sido boa pros dois lados.

  7. marcos disse:

    Bom é o “especial de Natal” do Sense 8, aquela coisa chata.
    Gosto é gosto. Dei boas gargalhadas com alguns filmes do Sandler (e não foi apenas com “como se fosse a primeira vez”).

Deixe uma resposta

ss