FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

“Muitos fatores” influenciaram o fim de Sense8, afirma Netflix

Foto: Divulgação/Netflix

Atualização 10/06: tudo mentira, o motivo foi mesmo grana.


A Netflix emitiu comunicado na noite de ontem dizendo que não vai conseguir trazer Sense8 de volta. Sem falar abertamente o motivo do cancelamento, a empresa afirma que estava “analisando” a fundo a possibilidade de fazer isso acontecer devido às petições e mensagens, mas sem possibilidade.

Uma das causas óbvias é financeira e isso todo mundo sabe. Filmada em locação em diversos países, a produção era muito cara. Mas ainda não sabemos qual desalinhamento aconteceu (e quando) entre a gigante do streaming, a  showrunner Lana Wachowski e a empresa produtora.

Uma declaração da Netflix no Facebook confirma que “foram vários fatores”:

Reprodução/Facebook

Não está claro, em especial, por que todos os envolvidos não decidiram dar um final à série em sua segunda temporada, se a situação – sabida desde o início e com um episódio de Natal no meio para auxiliar em medições de audi&encia – era o alto custo de produção. Estranho, até agora, que apesar da manifestação da empresa e de todo o elenco, o silêncio de Lana Wachowski sobre o tema continua.

Aí a declaração completa:

À nossa família Sense8…
Nós estamos vendo as petições.
Nós estamos lendo as mensagens.
Sabemos que vocês querem #RenewSense8, e queríamos poder #BringBackSense8.
A razão para demorarmos tanto para responder é que estávamos analisando a fundo aqui na Netflix a possibilidade de fazer isso acontecer, mas infelizmente não conseguimos.
Obrigada por assistirem a essa história que nos enche tanto de orgulho. Vocês são os melhores fãs que uma série pode ter.
Esperamos que continuem pra sempre conectados ao cluster.
#SensatesForever


Leia a nossa crítica da 1ª temporada, do especial de natal e da 2ª temporada, abaixo nossas entrevistas com o elenco:

9 respostas para ““Muitos fatores” influenciaram o fim de Sense8, afirma Netflix”

  1. Bruno Xavier disse:

    Sejamos francos, a Netflix vem a público e diz que tentou de todas as maneiras dar continuidade, os envolvidos na produção da série sugerem que faltou interesse e dizem não ter chegado a um concesso com a própria, e fica esse joga pra um lado e pro outro.

    O que realmente aconteceu provavelmente não saberemos, mas cada vez mais sugere-se uma desistência do projeto por parte dos idealizadores, é mais provável que mais uma vez a Lana iria ficar a cargo de todo o processo criativo ou com a volta da Lily o cronograma da produção iria se estender novamente ou o mais evidente, o corte no orçamento e consequentemente uma briga criativa da parte da Lana com a Netflix.

    Mas se em algum momento houve a possibilidade de finalizar a história e houve uma negativa dos criadores por questões de ego, seria uma atitude lamentável com a audiência fiel do programa e toda a mobilização realizada e que ainda continua com a petição online.

  2. Falcon N7 disse:

    Na minha humilde opinião, se teve outros fatores que levaram a não fazerem um final para série, nós consumidores ou seja espectadores que acompanhavam a série, nos sentimos prejudicados sem um desfecho decente para a mesma. Em fim eles (Netflix e Lana Wachowski) deveriam deixar as diferenças um pouco de lado (se realmente foi alguma treta entre eles) e pelo menos fazer um especial como fizeram esse de Natal e finalizarem a série.

    Ps. Já basta Marco Polo e The Get Down que tb foram ótimas séries e as mesmas foram canceladas.
    Ps.1 Só tenho um recado para deixar aqui para Netflix (que sei que nunca vai ver esse comentário) e criadores de conteúdos áudio visuais. ”Não criem histórias legais sem pensar em um final decente”

  3. Falcon N7 disse:

    Ótimo comentário :)

  4. Juliana disse:

    Pra mim é certo que rolou alguma treta nos bastidores, porque, como vocês apontaram, se era questão de verba ou baixa audiência (que nem cogito) eles já saberiam disso antes, talvez no máximo no meio das gravações da segunda temporada. E é complicado isso porque seria tri antiético da parte da Netflix dizer: “a culpa não é nossa”. Então paciência, né… quem sabe daqui um tempo eles não fazem um especial pra concluir a história.

  5. fabio2c disse:

    Wachowski: leia esse nome e saiba que vai vir uma ideia complexa, muito legal no início, mas que vai se perder por não existir ideia de como finalizar.

  6. Guto disse:

    Você resumiu toda a carreira dessa dupla.

  7. Paula Lomanto disse:

    O maior problema que vem disso tudo é a perda da confiança na Netflix. Esquecendo os custos, obviamente um fator determinante, a Netflix veio com a proposta de entregar programas inteiros pra ver de uma vez só e de repente resolve mudar. Claro que ficamos extremamente chateados com o cancelamento do programa, mas se a intenção da Netflix era cancelar por que não exigir um final da parte criativa? Assim a Netflix que fez tanto pra mudar o modelo de ser produzir tv acaba de se juntar ao time de “mais um canal qualquer de televisão”. Se nem os episódios terminam em gancho por serem pensados pra ver de uma vez só por que a série deveria terminar? Alguém errou feio ai e cancelaram a série.

  8. Tiago Lima disse:

    Deve ser algo por ai mesmo. Se a série não deu lucro e o orçamento está alto, a primeira coisa que eles deveriam ter feito é diminuir o orçamento, cortar os salários do atores (Teve um ator que deixou a série no meio da 2ª temporada), ter um lugar fixo de gravação, se os dois lados não chegaram em um acordo, acabou cancelada.

  9. Bruno Moura disse:

    Concordo. Fora que se eles ja imaginavam que não ia ter terceira temporada, tenta fazer um final, e não uma season finale corrida e nada explicado. Mas uma coisa bizarra, é que a terceira temporada, deveria ser menos cara, porque todos os senses se juntaram. Ou se fizerem um filme, vai ser mais em conta..

Deixe um comentário

ss