FOTO: REPRODUçãO

Por: Allan Verissimo

Vazam e-mails ofensivos do criador de The Walking Dead contra o canal AMC

Foto: Divulgação/AMC

Um novo capítulo surgiu na polêmica envolvendo o processo de Frank Darabont contra a AMC. Quem acompanha os bastidores de The Walking Dead desde o início sabe que Darabont (Um Sonho de Liberdade) foi o criador e showrunner da primeira temporada (baseado nas HQs de Robert Kirkman), e teve sérios problemas com a emissora durante a pré-produção do 2º ano, que acabaram culminando na sua demissão.

Apesar do enorme sucesso de audiência, a AMC tomou a inesperada decisão de cortar o orçamento da série em 25% na época. Além disso, mesmo quando Darabont decidiu focar a maior parte da temporada em uma única locação (uma fazenda em Georgia) para economizar os custos, os executivos da AMC exigiram ler todos os roteiros da temporada antes do início das gravações. Vince Gilligan, que fazia Breaking Bad no mesmo canal na época, alertou Darabont que era muito incomum que a emissora já exigisse que os roteiros estivessem prontos tão cedo.

E assim, começaram as gravações da segunda temporada, mas Darabont não gostou nem um pouco do que estava vendo. E ele deixou isso bastante claro nos seus e-mails para a produtora executiva Gale Ann Hurd, que agora foram divulgados publicamente pelo The Hollywood Reporter:

“Vão à merda todos vocês por me darem dores no peito por causa dessa incompetência fodida, cegueira para o que importa e uma falta de consideração arrogante pelo roteiro e pelo que está sendo feito nos set todos os dias. Mereço mais do que um enfarto porque as pessoas são estúpidas demais para ler um roteiro e entender as palavras. Alguém discorda da minha pessoa? Então se juntem aos cameraman e encontrem outro emprego que não envolva ferrar deliberadamente com a minha série cena após cena.”

E há mais. Muito mais. Em um e-mail, ele pergunta porque os operadores de câmera estavam sendo pagos quando “Ray Charles poderia operar melhor“. Em outro, Darabont compara um dos diretores da série à alguém com quem ele trabalhou anteriormente e estava sofrendo derrames terríveis. Mas a pior parte ficou para os executivos da AMC:

“Parem de falar de sala dos roteiristas. Não existe sala dos roteiristas, e vocês sabem tanto quanto eu. Eu sou a sala dos roteiristas. Esses preguiçosos fodidos babacas que supostamente deveriam ser os meus showrunners jogaram toda a responsabilidade em mim após desperdiçarem cinco meses do meu tempo”.

E assim, Darabont foi dispensado ainda no início das gravações, e não se sabe precisamente quais ideias e elementos da segunda temporada são responsabilidade dele e quais não são. Em 2013, Darabont abriu um processo contra a emissora, alegando que não recebeu sua participação dos lucros na série e exigindo 280 milhões como compensação.

The Walking Dead retornará mundialmente em outubro. No Brasil, a série é exibida pela FOX.

7 respostas para “Vazam e-mails ofensivos do criador de The Walking Dead contra o canal AMC”

  1. Douglas Pinheiro disse:

    que chatice essa propaganda de GOT a cada pagina que vc abre aqui. Tirem isso pelo amor de deus. Na pagina inicial ok, mas qlq pagina q vc abra isso toma conta da sua tela!!!!!!!!

  2. Opa, me desculpe! Me passe sua conta que eu deposito de volta o dinheiro que você pagou pra acessar o site!

  3. AtmosF.E.A.R. disse:

    Hehehehe!

  4. Adahil Júnior Galdino da Silva disse:

    Uma correção: TWD não é mais exibido pela FOX, e sim, pela AMC Brasil.

  5. Douglas Pinheiro disse:

    Ela é respondona ela.

  6. Douglas Pinheiro disse:

    A questão não é ser de graça ou não. Até pq a internet que uso pra acessar seu site n é de graça. O Omelete é entupido de propagandas, por exemplo, mas elas n travam sua tela a cada clique que vc dá.

  7. vinland disse:

    Que desnecessário essa resposta!

Deixe uma resposta

ss