FOTO: NETFLIX

Por: Bruno Carvalho

Netflix emite declaração oficial sobre o escândalo envolvendo Kevin Spacey

A Netflix e a Media Rights Capital, produtoras da série House of Cards, emitiram agora à tarde, logo após a oficialização do cancelamento da série, um comunicado à imprensa sobre o caso de assédio sexual a menor envolvendo o protagonista da série Kevin Spacey.


Leia a declaração do criador de House of Cards


O ator foi acusado por Anthony Rapp, de Star Trek: Discovery, de o ter assediado sexualmente 30 anos antrás. Rapp tinha 14 anos à época e Spacey, 26. Spacey pediu desculpas publicamente e utilizou a oportunidade para se assumir homossexual, o que causou enorme desconforto nas comunidades LGBT em todo o mundo.

O comunicado diz:

“A Media Rights Capital e a Netflix estão profundamente consternadas pelas notícias que vieram à tona ontem à noite relacionadas a Kevin Spacey. Em resposta às revelações, executivos de ambas as companhias desembarcaram em Baltimore nesta tarde para se encontrar com o elenco e equipe de produção para assegurar que eles se sintam seguros e confortados. Conforme previamente agendado, Kevin Spacey não está trabalhando no set neste momento”.

A 6ª e última temporada de House of Cards estreará em 2018 e terá 13 episódios.

3 respostas para “Netflix emite declaração oficial sobre o escândalo envolvendo Kevin Spacey”

  1. adrianotenorio disse:

    Não entendi a razão do desconforto dos grupos LGBT (“em todo o mundo”). Acham que ele se assumiu para desviar a atenção da denúncia de Rapp? Ou que o fato de ele ser homossexual e ter assediado Rapp não deveriam estar no mesmo contexto?

  2. Gregory Reis Rosa disse:

    Por ele ter se assumido gay e ter desviado a atenção d a acusação de pedofilia.

  3. Vitor disse:

    é óbvio que é por causa da primeira

Deixe uma resposta

ss