FOTO: ATRESMEDIA

Por: Bruno Carvalho

La Casa de Papel: quando volta? Vai ter 2ª temporada? Por que a Netflix dividiu os episódios?

La Casa de Papel (leia a minha crítica) se tornou um fenômeno cultural involuntário, graças principalmente ao bom e velho boca a boca. A minissérie de origem espanhola desembarcou sem qualquer pompa ou divulgação na Netflix no começo do ano e virou assunto no Brasil inteiro. Costumo medir o grau de “viralização” de uma série quando pessoas que não são espectadores usuais e assíduos de séries estão falando sobre o assunto.

Quando minha mãe me ligou e perguntou se eu já havia assistido a La Casa de Papel, vi que era hora de ver pra pelo menos saber do que se trata. Até DVD pirata na rua já tem. Toda essa dimensão, contudo, fez com que muita informação errada sobre a produção corresse por aí. Com esse post vou tentar explicar algumas delas. [Atualizado]

Vai ter segunda temporada?

La Casa de Papel foi concebida como uma minissérie, ou seja, uma obra fechada com começo, meio e fim. Porém, após o sucesso mundial, a Netflix adquiriu os direitos para produzir o que eles chamam de 3ª parte, com episódios inéditos que mostrarão a “Resistência”, leia mais aqui.

Foi a Netflix que dividiu a minissérie original em duas partes?

Não O que aconteceu foi que a TV Espanhola Antena 3 (do grupo Atesmedia), que detém os direitos originários de transmissão, licenciou a produção em duas partes, provavelmente porque ela foi exibida com um curto hiato (para férias de julho) na Espanha em meados 2017. Mesmo já pronta quando licenciada, ou seja, poderia ter vendido tudo de uma vez, a rede espanhola provavelmente quis ganhar mais grana em cima de contratos de licenciamento dividindo-a em dois e causando essa confusão sobre o número de “temporadas”. Nos EUA a minissérie ganhou o nome de Money Heist (Sequestro do Dinheiro).

Por que então La Casa de Papel chegou aqui com o selo “Original Netflix”, se não é?

A Netflix celebra acordos de distribuição internacional onde ela adquire o direito de usar o selo Originals, conforme expliquei nesse artigo. A lógica é a seguinte: como ela é a emissora “original” da atração no território brasileiro (e onde mais opera fora da Espanha), o selo é concedido. O mesmo acontece com séries como The Good PlaceThe SinnerDinastiaThe End of the Fucking WorldOrphan Black e muitas outras.

Quando estreia a 2ª parte da minissérie na Netflix?

Anote aí: dia 6 de abril você vai saber o que acontece com Tokyo, Berlim, Nairóbi, Moscou, Helsinque, Oslo, Denver, Rio, o Professor e Raquel Murillo, quando uma leva final de inéditos desembarcará na Netflix em HD, com opções de áudio original, áudio dublado e legendas.

Por que a listagem original da série conta com 15 episódios e a Netflix já exibiu 13?

Na TV Espanhola cada capítulo tinha pouco mais de 1 hora de duração. Para o licenciamento internacional, a Atresmedia remontou a série para ter capítulos menores, com média de 40 a 50 minutos de duração cada, pois é um padrão internacionalmente melhor estabelecido e que funciona melhor no sistema de grades. Os 13 episódios da primeira parte disponíveis na Netflix correspondem aos 9 primeiros capítulos exibidos na Espanha. Assim, existem 6 episódios inéditos (que virarão 9 episódios na Netflix) para estrear em abril.

Ah, mas não aguentei esperar e vi tudo na Internet.

Parabéns, você é o fodão(ona) mesmo, hein!

Tá, La Casa de Papel é uma minissérie, mas minisséries podem ganhar uma nova temporada como já vimos acontecer com Big Little Lies, não?

Sim, ainda mais que La Casa de Papel se tornou um fenômeno mundial e a série não-inglesa mais assistida na plataforma. Isso fez com que a Netflix renovasse a minissérie para uma “3ª parte”. Ainda não há data prevista para estreia.

Bella ciao!

https://www.youtube.com/watch?v=Y3ZIVSbfY04

Deixe uma resposta

ss