FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

24 Horas: Contagem Regressiva

24 (8×20 – 8×24 Day 8 11:00 AM – 04:00 PM): A partir da 20ª hora desta última temporada de 24 tivemos a certeza de que Jack Bauer não estava “apenas” atrás de justiça: ele queria e precisava de vingança, não somente pelo que fizeram com Renee Walker, mas também por tudo que ele passou em mais um esgotante dia. E se uma coisa nós sabemos sobre Bauer é que moral, ética ou leis nunca foram capazes de impedí-lo fazer o que o próprio julgava como correto. Por isso, ele dedicou seus últimos momentos em NY perseguindo, localizando e executando todos que cruzaram seu caminho, a começar por Dana Walsh – talvez a vilã mais forte e inescrupulosa na série desde Nina Meyers. Enquanto isso, nos bastidores do poder, a presidente Taylor se afundava ainda mais na farsa para encobrir a verdade sobre a morte de Hassam e, com isso, manter seu precioso acordo de paz vivo.

Traído pelo governo pelo qual dedicou sua vida, Bauer protagonizou nesta reta final alguns dos melhores e mais intensos momentos de toda a série, incluindo o sequestro do crápula Charles Logan, o que certamente foi um deleite para os espectadores. Além disso, as horas derradeiras da série trouxeram a emocionante redenção de nosso herói e a comovente despedida de Chloe, sua parceira para todas as horas. E eu não esperava menos da comandante que mandou prender sua filha em se entregar quando começou a sentir o verdadeiro peso de suas ações. É claro que quando aquele relógio iniciou uma triste contagem regressiva pela primeira vez, ficou impossível imaginar que esse era o final de toda a série. Afinal, 24 se tornou um marco na televisão mundial na última década ao introduzir e aperfeiçoar a narrativa real time de forma tão magistral como nunca antes vimos. Não foi o final ideal para a série, apesar de ter representado um desfecho magnífico para uma temporada em que poucos colocaram fé.

E ainda que sua jornada tenha se iniciado representando o exacerbado republicanismo norte-americano, 24 acabou, por mérito, rompendo mais barreiras do que pretendia, propiciando pertinentes discussões sobre o cenário político dos EUA, inclusive criticando suas próprias origens. Tenho certeza de que uma conclusão virá através do tão aguardado longa-metragem, oportunidade em que veremos Jack Bauer como o “juiz e júri” merecidamente na tela grande.

Uma resposta para “24 Horas: Contagem Regressiva”

  1. lucidea disse:

    Uma de minhas prediletas, amo essa serie…

Deixe uma resposta

ss