FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

Glee

GleeGleeGlee… Ela tem fãs fervorosos que cegamente a defendem e em seu nome ofendem quem discordar que esta é a última maravilha da TV. Glee caiu nas graças do grande público e isso não foi ocasional. Inicialmente concebida como um longa-metragem pelos criadores Ryan Murphy, Brad Falchuk e Ian Brennan, a série foi arquitetadamente escolhida e construída pela FOX para ser o sucesso instantâneo que se tornou. Ora, os exemplos de que um texto “acessível” (eufemismo para superficial) combinado com cultura pop dá certo estão aí aos montes: High School MusicalHannah Montana,RBD etc. Mas Glee conseguiu ir além, graças à sua temática de abordar “o poder dos losers“, tema central de vários filmes que influenciaram a geração de 80/90. No elenco, especialmente na parte dos jovens intérpretes, não temos grandes nomes. A seleção para as vagas na série ocorreu numa espécie de mini-American Idol por todos os EUA, justamente para achar “gente como a gente”. Uma pesada campanha de marketing também foi fundamental: várias ações pontuais e efetivas por todo o mundo foram realizadas antes, durante e depois do lançamento da série em 2009.

Aparições estratégicas do elenco, flashmobs, venda de músicas no iTunes, tudo foi feito para que uma aura de cultuação exarcebada à série fosse criada e viralizada. Afinal, Glee é tudo isso que falam? Não. Na própria série não é possível identificar este fenômeno. O roteiro é ralo, descompromissado e só. As atuações nada mais que aceitáveis, com poucas exceções (Jane Lynch, especialmente). Falar que Glee é uma série “excepcional” ou “revolucionária” como pintam, é forçar a barra e deixar se levar pelo hype. Mas é aí que vem o grande mérito dos idealizadores, que sabiamente transpuseram a série da TV, seja na Internet, nas rádios, revistas, nos palcos, na Oprah ou até mesmo na Casa Branca de Obama. Sem toda esta estrutura em volta, o sucesso como é hoje seria impraticável. Vendida como uma “comédia musical”, Glee já falha de cara simplesmente por não fazer rir. O texto pedestre está mais preocupado em criar um sentimentalismo de atacado que impulsiona a venda de produtos. Como musical o desastre é ainda maior, pois somente o uso excessivo de ferramentas computadorizadas de correção de voz já denota o quão rasteira é a qualidade de seu principal “mérito”.

Seus produtores estão mais preocupados em garantir os direitos autorais para reproduzir coisas como “Friday” de Rebecca Black ou singles de Britney Spears do que em construir um texto sólido e sustentável. Eu não discordo que a série começou promissora, apesar de tudo. Mas ao longo destas duas temporadas de estreia vi a produção se tornar criativamente irrelevante à medida que seus idealizadores estavam cada vez mais seduzidos pelo próprio hype que criaram e não souberam manter. O resultado é uma série frívola, efêmera, comprometida apenas com o sucesso imediato, ainda que isso afete a sua qualidade. Jogam ali em meio a um episódio em “homenagem” a Justin Bieber e outro a Lady Gaga alguns indícios de que pretendem discutir temas relevantes como preconceito, homossexualidade, gravidez etc., sem a menor competência e da forma mais superficial possível, e todos batem palmas. Glee dificilmente será uma produção culturalmente relevante a médio ou longo prazo. Concordem, discordem, xinguem ou esperneiem: estes são os motivos pelos quais considero esta série uma grande perda de tempo e um grande desserviço à TV.

133 respostas para “Glee”

  1. rebeca disse:

    parei de baixar Glee no 1×18, toda episódio era sempre a mesma bosta: alguma coisa ameaçava o fim do club glee, através de alguns sentimentalismos baratos eles conseguem superar isso e tudo acaba bem, fim…. roteiro simplórioe sem a mínima graça, mas vez ou outra quando passa na TV no horário do almoço ainda assisto, ñ vou negar =x

  2. Anna disse:

    Concordo com tudo! A série se tornou só mais uma modinha insuportável como, por exemplo, Justin Bieber.
    Não pode ser considerada uma boa série. Mesmo que seja focada no público adolescente.

  3. @joaos_ disse:

    Caramba que texto bom =D

    Felizmente compartilho da mesma opinião

  4. Zylo disse:

    concordo plenamente que Glee é bonitinho mas ordinário.
    Agora aguenta que os xiitas vão cair matando xD

  5. amanda disse:

    ok agora senta ali ok

  6. H. Kupfer disse:

    Apesar de gostar de Glee sou do tipo de fã que respeita a opinião alheia, mas apesar do post ser cheio de gosto pessoal ao ser escrito acho que Glee em si é entretenimento, algo que diverte, não a todos é claro. A 2ª temporada está um tanto chata, mas esse tanto de críticas é um tanto exagerada.

  7. Ana Carolina disse:

    Concordo com exatamente tudo.
    Confesso que cheguei a assistir a série, parei no começo da 2ª temporada, sempre me via pulando as partes de diálogos que são sempre do estilo “vergonha alheia” e vendo somente as músicas. Tava ficando cansativa.

  8. Victor Viana disse:

    Olha, você deve ter muita coisa pra fazer num feriadão hein!
    Tem gente que vai amar e odiar, simples assim. Isso acontece com todas as séries.
    Gosto de Glee e concordo que os fãs da série são um pé no saco mesmo. Daquele tipo que diz, “se não gosta, faz melhor” como se isso fosse realmente uma resposta cabível!
    Mas você fez comentários bem sólidos, nada exagerado, apesar d’eu discordar de algumas coisas haha! Mas aí ficar comprando briga por isso, acho desnecessário, cada um tem seu gosto e nada do que disserem vai mudar isso.
    E parabéns pelo teu site, ele é muito bom!

  9. Caique disse:

    Glee eh uma comedia… Eh pra diversao, nao eh para se analisado frame por frame. Eh um episodio pra voce ver e colocar um sorriso na cara, para relembrar de musicas antigas ou ver as musicas pops atuais de outra maneira. Assisto Glee e concordo que nao tem nada de revolucionario lah, mas acho que dessas musicais que voce comentou(high school musical, RBD, etc), glee eh concerteza a melhor. Acho as versoes criadas pelo Glee muitas vezes superiores as originais, e apartir do glee conheco as originais que ainda nao conhecia. Acho que o sucesso de Glee vai durar pouco tempo apos o termino da serie, mas enquanto durar, aguardo mais episodios e mais musicas pro meu iPod. =)

  10. Salsicha disse:

    Bom, como fã de Glee não venho aqui fazer a defesa da série, mas concordar com as palavras de Bruno: hoje, esta muito mais preocupado em vender algo do que revolucionar algo.

    Um exemplo disso é o personagem de Darren Criss: jovem promessa, ele apareceu como figurante a roubou a cena como o gay assumido que ajuda o personagem de Chris Colfer na sua aceitação; porém, ele também tem dúvidas, além de todos, eu disse TODOS os solos do The Wramblers, seu grupo, sejam dele.

    Assisto por assistir, ultimamente, pois a série decaiu muito. Mas ficar entre as 10 piores, nisso eu discordo. Mas são opiniões, não é?

  11. Clarissa disse:

    AMO Glee, mas tenho que concordar com o que escrevestes…pra falar a verdade eu odiei glee ate o episódio da madonna…hoje nao perco um, mas tu ta bem certo…glee ta loooooonge de ser uma comedia…eu mais chodo do que rio ao assistir glee…mas nao sei o que tem essa série que me facina tanto…acho que é a musica, ja que sou uma viciada em musicais!!!

  12. Diego disse:

    Meu Deus. Mas pra que essa perseguição com Glee? Tudo bem que a série peca em várias coisas, mas ela cumpre o prometido: 40 minutos de diversão descompromissada, pelo menos para seus 10 mi de telespectadores semanalmente, nos EUA. Pra ser boa, uma série não precisa apenas estimular o raciocínio e criar uma mitologia. Glee nunca quis revolucionar o gênero, nunca quis ser a melhor série da TV, só mesmo os fãs acríticos e o críticos mal amados.

  13. Renato disse:

    Falou tudo.
    Infelismente vivemos em um mundo ignorante. Daqui a pouco aparecem os fãs falando merda.
    O Grande fato é que Glee,que teve episódios muito bons na primeira temporada onde depois daquele terrivel Hiato,a série decaiu tanto,que de amada passou a ser odiada.

  14. Leonardo disse:

    Glee é para:

    1 Gays.
    2 Hypes (gays ou não).
    3 Meninas de 10 a 16 anos de classe média.
    4 Meninos de 10 a 16 anos de classe média com tendencia a serem 1 e/ou 2.
    5 Fãs de Restart.
    6 Crianças que estudam canto. (o único justificavel).

  15. Bravehunter disse:

    Minha opinião: Glee = lixo.

  16. Marina disse:

    GENIAL! ESSE TEXTO É ÓTIMO!
    Expressou tudo o que sinto para essa série monótona, sem graça e fútil, apenas disfarçada de “inovadora”.
    Só serve para vender CDs, DVDs, e produtos desnecessários, e nada muda, sempre os mesmo episódios parados de piadas sem graça.
    E o pior de tudo isso são os fãs, que parecem ter sofrido certa lavagem cerebral e a defendem exacerbadamente.
    E de todos os filmes e séries citados (HSM, RBD, Hannah Montana…) ao menos tem uma piadinha divertida, às vezes. Glee não faz rir, é uma piada por si só.

  17. Raema disse:

    Não entendo como as séries teens sempre tentam tratar da gravidez na adolescencia, o assunto fica enfadonho e é ESQUECIDO completamente. Tanto em glee como em 90210 houveram duas gravidas que após o parto… uma vira virgem novamente e a outra fica famosinha. Engraçado também, como as duas são as “vilãs” de suas respectivas séries.

  18. Desde que as músicas, veja bem, as músicas, não a série, começou a fazer um sucesso estrondoso e ser tudo muito baixado no iTunes, com direito a parar na Billboard, perdeu-se o foco. Virou um “ok, vamo fazer cover de música que todo mundo conhece, daí geral vai baixar e a gente vai ganhar $$”. Porque roteiro? Aff, roteiro já não tinha antes da primeira temporada terminar.

  19. Jotace disse:

    Vai se ferrar Ligado em serie!

  20. fernando miai disse:

    concordo totalmente com o post, eu vejo a serie em memoria aos primeiros episodios, mas confesso q deixo o episodio para ver quando nao tenho mais nada para ver

  21. Luiz disse:

    Não gosta, não assiste. É tão simples. E melhor do que perder tempo detonando a série no blog e no twitter. As pessoas não vao deixar de gostar só por causa da opinião de alguém. Gosto é que nem c*!

    Já vi a série 24 horas sendo idolatrada e cultuada por aqui, mas eu acho um lixo e nao mudei minha opinião pq li algum elogio.

    Como vc mesmo acha, a série nao será mais revelante a longo prazo. Então é só sentar lá, Claudia, e esperar.

  22. Grazi Lobo disse:

    Glee tem o objetivo bem claro de entreter. Apologias a cultura pop e um drama leve e descontraído. Pare de tentar analisar como se estivessemos frente a uma série da showtime. Glee diverte sim, me diverte, e isso é importantíssimo. Imagine se não tivessemos nenhum alívio na tv ?
    Cada serie com o seu objetivo e eu admiro o de glee.

  23. gaby medeiros disse:

    Sou fã da série, e concordo com algumas coisas apresentadas no texto. Mas, dizer que a série trata dos temas relevantes citados, sem a menor competência, não é verdade. Imagino se quem escreveu isso realmente assistiu os capítulos de Glee. Na minha opinião, a fórmula usada é muito eficiente, pois trata bem dos temas, de uma forma bastante próxima da realidade, mas sem deixar o texto pesado. Acredito que o estilo do roteiro, indo do sentimentalismo à euforia, é proposital, e vejo isso como um jeito moderno e dinâmico de escrever, que é bastante necessário em se tratando de um musical. Existem várias maneiras de se tratar assuntos adolescentes na TV, vc pode fazer uma palestra revestida de diálogo como em Malhação, ou fazer como Glee, que certamente não é o jeito ideal, mas têm funcionado, e causado comoção. O autor devia procurar profundidade maior em dramas. Pra uma série de musicais, Glee faz muito mais do que se propõe.

  24. Bravehunter disse:

    O objetivo de eu acessar o Ligado em Série é para ler as opiniões e análises sobres as séries (e seus capítulos). Sejam elas boas ou ruins. Se só for falar bem das séries vai ficar um saco.

    Se eu tivesse lido esta resenha sobre Glee antes de assitir a série, talvez não tivesse criado tanta expectativa quando fui assistir. Acho até que teria ficado com menos raiva da série, porque na época que fui assistir todo mundo ‘endeusava’.

  25. Laís disse:

    Eu comecei a assistir Glee e fui assistindo, assistindo, até que cansou. Eles podem até melhorar umas músicas, mas o roteiro, a história em si? Horrível
    E O QUE EU MAIS ME REVOLTO É QUE GLEE GANHA NAS PREMIAÇÕES POR “COMÉDIA”, COISA QUE ELA ESTÁ LONGE, MUUUITO LONGE DE SER. Em todos os episódios de glee que eu já assisti ( e me arrependo pois perdi tempo da minha vida) nunca lembro de ter rido. Enquanto isso The Big Bang Theory, Modern Family e outras séries REALMENTE de comédia são deixadas de lado…
    Nada contra os atores, gosto deles, principalmente da Jane. Sei também que eles tem talento, tirando o ator que interpreta Finn que, na minha humilde opinião, não canta nada.
    Tenho 14 anos e conheço VÁRIAS pessoas que gostam, é meio que modinha adolescente. Espero, porém, que essa modinha passe logo.

    PS: Fãs de Glee, por favor, não me matem

  26. Lucio disse:

    Prepare-se cara,tu vai ser muuuuito xingado no Twitter hehe.
    Minha opinião:Glee é só um HSM/RBD levado a sério.E só!

  27. Xellyta disse:

    Eu tenho 30 anos, não sou gay, sou casada, não gosto de Restart, Justin Bieber e afins (se eu começar a citar mais nomes, não vai caber aqui!) e eu gosto de Glee. E aí? Se sou fã fervorosa? Não. Gosto de Glee pq é despretensioso, é legal, faz rir, faz chorar… Não fiquei conhecendo Gless por conta de campanhas, propagandas, flashmobs… Simplesmente um dia, quando estava procurando notícias de outros seriados que acompanho, vi um comentário sobre uma série que o foco era coro/canto coral… Baixei um episódio, assisti, gostei e até hoje estou assistindo. Tenho todas as músicas, adoro escutá-las. Não vejo problema nenhum nisso! Acho que cada um assiste aquilo que lhe apetece. Se eu gosto de Glee, qual o problema com isso?! Eu não critico pessoas que gostam de 24h, por exemplo. Eu pelo menos fui atrás de conhecer o seriado. Assisti, não gostei e não fui mais atrás… Respeito quem gosta. Acho que é isso que faz o mundo girar… Cada um com seus gostos e interesses… Se vc não gosta, é um direito seu. Agora ofender quem gosta já é um pouco demais… É igual a time de futebol… Acho que seriados de TV está chegando neste patamar: algo que não se discute em conversas… :-)

  28. Camila Picheth disse:

    Devo admitir que já fui fã de Glee. Sempre defendi que o objetivo era apenas divertir, mas nem isso ela faz mais. O final da 1ª temporada já foi sofrível, e parei de assistir na 2ª. O hype ficou tão grande que acabou absorvendo a série. Por mais que o roteiro nunca tenha sido dos melhores, havia um cuidado durante a primeira temporada. Parece que agora eles nem se importam mais. Qualquer desculpa é boa o suficiente para colocarem uma música que faz sucesso.

  29. Xellyta disse:

    ” Imagino se quem escreveu isso realmente assistiu os capítulos de Glee.” [2]

    Como ele mesmo já disse, não assiste… Enfim…

  30. Xellyta disse:

    Concordo com vc!

  31. Roger disse:

    Gosto de Glee. Não sou fã fervoroso nem nada e até concordo em partes com o texto (principalmente com a parte do roteiro), mas o grande problema da série não é o roteiro, os músicais fajutos e outros: o pior são os fãs que não entendem que há muita coisa melhor na tv. até porque alguém achou REALMETE justo glee ganhar o golden globe em vez de modern family? não né. pelamor.

  32. Carlos Henrique disse:

    Glee é uma sessão da tarde bem cara Tem zilhões de defeitos (como a maioria das séries em exibição) Mas não aceito usar isso como motivo para as pessoas despejarem seus preconceitos através de críticas (como fez o leonardo).

    Glee me lembra que não preciso levar a vida a serio o tempo todo e que devo relaxar.

  33. Xellyta disse:

    “Glee me lembra que não preciso levar a vida a serio o tempo todo e que devo relaxar.”[2]

    Este é o espírito!
    Tô com vc!
    :-D

  34. Arthur disse:

    Legal que colocar todos os prêmios que Glee ganhou, ninguém coloca né?! Bom ficar alfinetando. Mas se Glee coloca ou não Gaga e Bieber é porque precisam de renda. O dinheiro da série não vem só de audiência. Vem de músicas! E quem compra Lionel Richie?! Uma menininha de 15 anos?!

  35. Estela disse:

    Não me encaixo em nenhuma das opções de perfil citadas em algum comentário anterior, muito pelo contrário, sou madura, profissional realizada, mãe e adoro séries. Glee é minha série xodó, para me divertir, rir e me emocionar também como ocorreu em alguns episódios. E pronto. Não espero roteiros elaborados, mas sim musicas bem interpretadas encaixadas numa estória plausivel e isso Glee ainda faz ( às vezes escorrega e muitas vezes acerta em cheio). Roteiros elaborados espero das minhas outras séries como Breaking Bad, Sons of Anarchy, True Blood, Fringe, etc…

  36. @realteco disse:

    Nunca cai nessa falsa modinha de musicais. Texto perfeito, acho que é o que eu escreveria se tivesse perdido meu tempo vendo ao menos 1 episódio.

  37. Yuri C.B. disse:

    Grandes celebridades nacionais e internacionais elogiam a série e você é quem? Só o Bruno, um simples blogueiro que só é “conhecido” por quem é fã de séries e, mesmo assim, nem sabem da existência do Ligado Em Séries.

    Você não gostar da série e tudo mais é um direito seu e de todos que te apoiam, mas não queiram desmerece-la como estão fazendo pois essa não é a realidade.

    Além disso é impossível haver só episódios bons em qualquer série que seja, eu mesmo fui contra as homenagens a Britney, ao Bieber e, principalmente, a Rebecca Black por exemplo…

    Além disso, como falaram, você não mencionou nenhum dos prêmios que a série ganhou. Por que será né? Você nos chama de cego mas nós vemos as qualidades e os defeitos enquanto você só vê o que é do seu interesse, que são motivos para critica-la.

    Pare de ser hipócrita e crie um texto decente da próxima vez!

  38. Carlos Iago disse:

    Apesar de eu nunca ter nem assistido Glee, porque nunca me interessou, acho um pouco exagerado esse texto. Não acho que quem assiste Glee, o faz pra ter um roteiro maravilhoso, atuações impecáveis, elenco afinado, nada disso. É só um passatempo. E quase todo mundo que assiste seriados, assiste uma série que sabe que não é lá aquelas coisas, mas que diverte e ponto. Pra mim, Chuck e Gossip Girl cumprem esse papel. Quero assistir um bom roteiro, vou assistir Mad Men. Quero assistir drama, vejo Grey’s Anatomy. O pessoal de Glee deve gostar da série porque é divertida, e nada mais. E se ganhou tanto prêmio, alguma coisa deve ter tido de bom nessa 1ª temporada. E pra deixar claro: eu nunca assisti Glee.

  39. Philippote disse:

    Muito obrigado pelo post Bruno. Fiquei lisonjeado. rsrsrs

    Bom, não vou perder tempo discutindo opiniões… não é certo. Na verdade, concordei com algumas coisas que você escreveu, mas fica muito claro pra mim que sua crítica em embasada em ressentimento, já que você aponta todos os pontos negativos (de uma forma interessante) e não sabe reconhecer o que a série tem de bom.

    A série é focada em pessoas que gostam de música e musicais (dança e tal). Se ela é focada nisso, muito dificilmente conseguirá ter um roteiro impecável e muito facilmente terá alguns odiadores. Eu gostei do que falaram acima que “Glee me lembra que não preciso levar a vida a serio o tempo todo e que devo relaxar.” -> esse é o ‘boom’ da série.

    Respeito muito sua opinião, mas tudo o que eu quis dizer foi que não justifica colocar Glee na sua lista de 10 piores séries… mas assim, NEM DE PERTO. Você pode achar Glee um lixo, mas como crítico de séries tem que deixar o ressentimento de lado e conseguir enxergar o que ela tem de bom.

    Ah e sem comentários para o amigo preconceituoso que postou uns comentários acima sobre gays, hippies… Eu sou fã e conheço muitos tipos diferentes de pessoas que gostam e de todas as idades. Esteriotipar é uma atitude ignorante, na minha opinião. Bom, é isso… acho que muitos colegas acima falaram o que eu queria falar tb… tanto negativa como positivamente.

  40. Édnei disse:

    Acho que o maior mérito deste texto nem é a dissecação acerca da série, e sim a constatação de que opiniões podem sim mudar, que nem tudo que é dito é impassível de posterior análise (digo isso pq o próprio Bruno era um defensor quase ardoroso de Glee no início da série e isso foi diminuindo a medida que a mesma mostrava a que veio).

    Ruim para a série, melhor para os leitores do site.

  41. Fernando disse:

    Eu assisti a primeira temporada inteira. Vibrei pela Jane Lynch nas premiações porque a personagem Sue Sylvester era hilária, fazia o bullying (uma coisa tão tensa) soar até divertido (pq sabiamos que é tudo ficção). Com o Chris Colfer achei bacana no Globo de ouro, o personagem dele causou muita discussão, e mereceu o prêmio.

    Mas depois disso, Glee estagnou, ficou exatamente como é descrito no texto, preocupado em qual artista seria convidado pra participar ou qual música regravariam. Perdeu grande parte da qualidade que tinha no início, a ideia de resgatar o sonho dos perdedores de serem reconhecidos nas escolas pelo seu talento.

    Parei na segunda temporada, quando começaram novamente com as frescuras de homenagear artista x ou y. Desanimei mesmo.

  42. Fernanda disse:

    ARRASOU!!!!

  43. JoannaBeth disse:

    Eu nunca assisti Glee porque sinceramente já vi muitas promos e NUUNCA me achamou atenção de perder preciosos 40 minutos assistindo uma porcaria que nao tem nenhum conteudo. quer escutar musica? vai pro you tube.
    Concordo 100% com o texto, e acho um absurdo falar que o Ligado em series vai se xingado no twitter e tal.
    Estamos num pais livre, afinal. Falamos o que pensamos e assumimos as consequencias. Quem gosta de glee, apenas leia os posts que sao a favor da serie.
    LigadoemSério = o melhor
    Glee = lixo televisivo.

  44. Yuna disse:

    Cara tá lindo seus argumento e tal.
    Mas qual serie nao é planejada pra ser um sucesso? Qual serie pro publico teen não é pra ter uma linguagem acessivel? Em que mundo você vive?

    Eu acho meio doentio essa sua perseguição a Glee. você não gosta? TODO MUNDO já entendeu.
    Mas cada episodio que sai você faz questão de falar mal de novo.
    Respeito a liberdade de expressao e pode continuar falando o que quiser.

    Mas você já ta parecendo bobinho demais repetindo isso sem parar.

  45. Lucio disse:

    “Concordo 100% com o texto, e acho um absurdo falar que o Ligado em series vai se xingado no twitter e tal.”
    Não sei se é pra mim essa”indireta”mas vou responder…eu só tava sendo irônico.Eu não gosto de Glee tmb!!

  46. Fabio disse:

    A série é um gleexo.

    Feita por losers, interpretada por losers, para losers gostarem.

    Fora toda essa coisa xiita dos produtores (e por consequência dos fãs) de “exigirem” que os artistas liberem os direitos de suas músicas para aparecerem nos episódios. E se negam, logo já são colocados no balaio de “preconceituosos”, “homofóbicos” e tal.

    Peraí, quer dizer que eu escrevo uma música e só porque um babaca quer, eu sou OBRIGADO a ceder os direitos pra ele? Que, por sinal, está faturando zilhões com os episódios onde toca essas músicas (e não repassa nada disso aos autores das mesmas)?

    Resumindo, não vou dizer que é a pior de todas porque se faz muitos outros lixos por aí. Mas que ocupa um “honroso” lugar lá pelo topo das piores, certamente.

  47. n. disse:

    O tema de se usarem “loosers” na série e só pra criar uma ilusão de que a série tem alguma profundidade quando não tem. Eles queriam fazer um HSM com um pseudo-coração. As pessoas amam porque faz sucessom e é legal gostar do que todo mundo gosta. Mas porque eles só apresentam os excluidos e nunca falam sobre a realidade deles? Pq nunca falaram sobre bullyng? ou homofibia? ou racismo? ou xenofobia? Simples: o público não ia gostar de encarar e realidade. E dizendo que Glee é comédia, porque não fazer uma comédia satírica sobre a vida colegial? Nada ali é real, esse mundo que Glee criou não existe em lugar nenhum, e nem sequer engrçado é.

  48. Rayssa disse:

    Eu costumo ler varias reviews, algumas falando mal de Glee e, em todas elas, um dos pontos abordados é que Glee cega as pessoas, n acho que seja isso. Glee cativa. Ela dá uma perspectiva pras pessoas se verem na TV de uma forma positiva apesar de tudo. É pra isso e por isso que Glee tá aí. É uma série muito simples que n foi criada pra levar premios, mas eles vieram.

    O marketing que fazem atualmente dela é algo que faz parte do showbiz, isso n começou e nem vai terminar com Glee. O problema é que Glee se deslumbrou. Os musicais, por exemplo, compare os dos 13 primeios ep’s com os da 2º temporada. N condizem mais com a realidade da escola publica e de um Glee Club a beira da falência com estudantes tachados de losers. Perderam a essência.

    Todas as pessoas que assistem à serie, tirando os alienados que acham tudo bom, estão decepcionados. Todo esse hype surgiu de algo simplesmente cativante e que hj em dia n é mais tão importante. Na época eles realmente eram losers, hj eles fingem ser losers. Esse é o grande problema da série.

    Só algumas correções: Glee n foi um sucesso tao instantâneo assim, no inicio ela corria risco de cancelamento e tinha um dos comerciais mais baratos da TV, além diso n lembro de ter sido um mini-american idol as audições, onde c viu isso? Quando vc fala que eles n têm competência pra falar de temas como preconceito, eu n concordo, pq o proprio elenco já foi escalado pensando nisso. Michele, Colfer, Riley têm dramas parecidos com os de seus personagens, alguns são totalmente copiados pra série. N tem como ser tão superficial assim.

  49. Rayssa disse:

    pseudointelectualquesegabaporachargleeumamerda DETECTED!

  50. Rayssa disse:

    Ow dono do Blog, leia isso e seja feliz. Ou continue falando mal de Glee pra bombar no twitter e no blog Tire uma casquinha da série, todo mundo tá tirando mesmo…rs

  51. Rayssa disse:

    Glee ganhou o Emmy de melhor comédia? NÃO! quem ganhou? MF
    Glee ganhou o GG? SIM!
    qual a diferença? GG considera, alem da comédia, o musical.

  52. Rayssa disse:

    kkkkkk
    RM iria adorar o seu comentário.

  53. Rayssa disse:

    “Você nos chama de cego mas nós vemos as qualidades e os defeitos enquanto você só vê o que é do seu interesse, que são motivos para critica-la.”

    mas se ele quer falar mal é claro que ele vai omitir as qualidades.

  54. Rayssa disse:

    vc foi bem sensato nesse comentário.

  55. Rayssa disse:

    eu tenho a mesma impressão que vc, mas continuei a ver a série, por isso acho q posso te dizer pra tentar assistir a esse finalzinho de temporada, teremos as Nacionais e deu pra notar que os roteiristas estão um pouco mais preocupados com o roteiro, com varias storylines por ep. O ep que teve musicas do Bieber foi um dos melhores da temporada, e, só pra constar, tudo n passou de uma ironia, n teve homenagem.

  56. Rayssa disse:

    esse lance do Kings of Leon e do Foo Fighters versus Ryan Murphy foi horrendo. Um bate-boca idiota que levou à retratação do produtor da série há algumas semanas.

    Outra coisa, Glee paga pelos direitos de usar a música na série.

  57. Rayssa disse:

    “Pq nunca falaram sobre bullyng? ou homofibia? ou racismo? ou xenofobia? Simples: o público não ia gostar de encarar e realidade.”

    Dica: assiste a série, amigo, e presta atenção nas falas de uma personagem chamada Sue Sylvester, vc terá todas as verdades e ofensas gratuitas que existem.

  58. Rayssa disse:

    mas Glee é isso aí mesmo, c ta certo, n achei q vc desmereceu a série! Toca aqui, Gleek!

  59. Rayssa disse:

    eu achei justo a partir do momento que Glee é um excelente musical e n tem nenhuma série que bata ele nesse quesito concorrendo. Se Glee tivesse ganho o Emmy, o q n aconteceu, que premia somente a comédia, aí sim eu n acharia justo.

  60. Rayssa disse:

    Rayssa :
    kkkkkk
    RM iria adorar o seu comentário.

    RM=Ryan Murphy, dono da série e “escolhedor” oficial das músicas que tocam nela.

  61. Ruana disse:

    Rayssa :
    kkkkkk
    RM iria adorar o seu comentário.

    RM=Ryan Murphy, dono da série e “escolhedor” oficial das músicas que tocam nela.

    Rayssa :
    mas Glee é isso aí mesmo, c ta certo, n achei q vc desmereceu a série! Toca aqui, Gleek!

  62. Jetfrog disse:

    Senti uma tensão neste post…. normalmente os textos são mais ou menos neutros com uma visao mais independente… esse texto nem parece seu, Bruno….

  63. Michel disse:

    Olha, pode até ser…
    Mas dizer que é uma das 10 piores séries da década?
    Isso aí foi só para gerar ibope e um certo hype pro site, né?
    Está fazendo exatamente o que está criticando.

    Gosto da série, acho que ela cumpre com o que promete: entretenimento descompromissado e às vezes non-sense, com ótimas músicas e liçãozinha de moral adolescente (olha que não considero isso um defeito!).

    Agora, troca Glee por The Cape aí, vai. Sei que você concorda comigo.

  64. Glee teve uma EXCELENTE primeira temporada, mas por conta do proprio hype se perdeu absurdamente na 2ª.
    eu defendia e gostava MUITO da série até o final da 1ª, mas naõ deu, bom senso falou mais alto e larguei no começo da 2ª.
    glee já me fez rir, emocionar, curtir os musicais, mas não mais, sempre quando tenta profundidade em algum tema, consegue ser mais raso que poços no nordeste em epoca de seca.

  65. Aline disse:

    Eu não tenho medo de dizer que adoro Glee. Sim, concordo com algumas coisas que você expôs no texto, como o roteiro ralo, por exemplo, e o hype exagerado. Mas, é meio como uma guilty pleasure pra mim. A série me diverte, me faz rir, cantar,até conhecer algumas músicas novas, adoro as atuações da Jane Lynch, da Lea Michele… Ou seja, tem seu lado bom também,como tudo no mundo. É uma série feita para…sonhar,relaxar. Isso, Glee consegue fazer perfeitamente,e muitas vezes é só disso que preciso. Bom,mas isso é só a minha opinião, não é? Cada um tem a sua.

  66. Gustavo disse:

    Não sou fã de Glee, parei de assistir no começo da segunda temporada por não ter mais a impulsão que teve no começo da primeira temporada. O “Efeito Heroes” aconteceu. Mas tenho que discordar: a série faz rir. Se não te fez rir, tudo bem, mas a mim fez, várias vezes. É um humor bobo, claro, mas esperar o que de um musical adolescente? Tiradas à la Charlie Sheen? Não, né. Como musical, apesar das “falhas” corrigidas por software, não acho que desmerece os bem arquitetados mash-ups que já ocorreram e o sensacional Don’t Stop Believing que me conquistou logo de cara. E apesar do roteiro raso, das temáticas da série sendo tratadas de maneira superficial, em sua opinião, eu discordo também que isso não é importante. Já que a série é voltada massivamente para adolescentes, pré-adolescentes, crianças, acho interessante semear pensamentos como “você não é tão perdedor quanto aparenta ser”, “não importa sua aparência ou o que você gosta, mas que com persistência e dedicação você pode alcançar seus objetivos”. Trata-se também de uma série, como você disse de “gente como gente”, ou seja, um grupo multiracial, multicutural de pessoas “perdedoras” vencendo. Pode não ser uma base sólida para aspirantes a adultos, mas é um começo, uma semente, algo positivo, em minha opinião. Se a série é revolucionária e única, culturalmente falando, acho exagero, com certeza. Mas não dá para negar que foi uma série promissora e teve ótimos momentos em sua primeira temporada, o que acho que dispensa comentários demasiadamente depreciativos sobre ela.

  67. Nanda disse:

    Concordo completamente! Parei de ver Glee por volta do episódio 16 da primeira temporada. Pra falar a verdade até que gostei muito dos primeiros episódios.
    Ainda não acredito que indicam essa coisa para um Emmy no lugar de Community e Parks&Recreation por exemplo. E o pior! Ganhou até Golden Globe! Sinceramente…

  68. Adriana disse:

    Bruno querido, tô preocupada com vc! Depressão, leva a atitudes extremas.

    Meu bem, quando Glee ganhar o Emmy esse ano, por favor, não pense em bobagem tá bem? Pode não parecer, mais vc é importante viu? Seja feliz. Viage, namore, tire o atraso e pare de dizer idiotisse tá bem?
    beijo

  69. Rodolfo disse:

    Tem sempre uma coitada que chega e diz que a crítica negativa de alguém está relacionada a suposta falta de sexo. Isso é tão vergonhoso. Se não tem argumentos para rebater a crítica, melhor não falar nada, não é mesmo?

  70. Jonas disse:

    Aprender a escrever a língua portuguesa também é importante. ;)

  71. Anelise disse:

    Puts, concordo com tudo. Glee é um lixo tão lixo que dá vontade de chorar de desgosto.

  72. Concordo. Glee realmente despertou meu interesse e eu gostei muito da 1ª temporada, mas não aguentei o que a série se tornou na 2ª. Hoje eu não assisto mais.

  73. Leonardo C disse:

    Gosto bastante de Glee, acho-a muito divertida e gosto muito das regravações que ela faz.Não sou um fã xiita de Glee: respeito e concordo com bastante coisa que foi dito no texto. Alguns episódios são MUITO aleatórios, alguns personagens simplesmente não tem personalidade definida, e essa história da Sue querer destruir o Glee Club já tá mais que passada (aliás, a Sue está muito sem o que fazer, ainda mais nessa 2ª temporada, que está boa, mas a 1ª foi melhor). O problema que eu acho que Glee está enfrentando, e que vai enfrentar já que tem 3ª temporada garantida, é que ela não tem mais o que falar. As histórias, para mim se esgotaram. Estou ansioso para ver como a série vai se virar (espero que não apele para mortes de personagens)!

  74. Felipe disse:

    a pessoa vai ver glee esperando um mad men ou breaking bad e dá nisso

  75. Letícia disse:

    Aprende a escrever.
    As musicas que eles colocam são altamente superficiais. A maioria na base de Auto-Tune (pra quem não sabe, é a ferramenta utilizada por pelo menos 80% do pop atual, que serve pra deixar a voz ‘bonitinha’ e computadorizada), alem de que, a maioria das músicas interpretadas já são ruins por si só, e a apresentação deles só faz foder com tudo, vide britney, rebecca black (como foi citado)….. Lógico que há exeções, como musicas do Bon Jovi, Adele e etc.

  76. Letícia disse:

    aí galera, aprendam como ter argumentos com o Jotace :D

  77. Letícia disse:

    Rodolfo – Tem sempre uma coitada que chega e diz que a crítica negativa de alguém está relacionada a suposta falta de sexo. Isso é tão vergonhoso. Se não tem argumentos para rebater a crítica, melhor não falar nada, não é mesmo?

    Querido, és um gênio. Um dos comentários mais concretos e sem mimimi daqui.

  78. Letícia disse:

    Glee tem seus pontos bons e seus pontos ruins, e eu particulamente não gosto da série, assisti toda a primeira temporada só pra não falarem “ah, você diz que não gosta porque não assistiu” e toda a frescurite considerada ‘argumento’ por aqueles fãs babacas.
    Alias, pra expressar os argumentos presentes no texto tem que ter assistido, e são verdade, eles estão ali e alguns se negam a aceitar. eu poderia citar mais falhas que eu encontro na série e que me fizeram não gostar da mesma, mas enfim, não vou perder meu tempo. deixei clara a minha opinião .

  79. Letícia disse:

    Tsc tsc, “é meio que modinha adolescente.” ? é modinha total. também tenho 14 anos e nem curto glee. The Big Bang Theory, Modern Family como você citou, são as melhores comédias -na minha opinião- da atualidade, junto a 30 Rock e Two and a Half man (que foi cancelada graças ao fdp do Charlie Sheen, mas enfim). As premiações não significam muito pra mim não, não vou medir o meu gosto e a qualidade de uma série tendo como base o Emmy ou o GG.

  80. Letícia disse:

    “esse lance do Kings of Leon e do Foo Fighters versus Ryan Murphy foi horrendo.”

    Nada mais do que justo, se esses artistas não querem ceder a musica, os produtores deveriam no minimo respeitar. é a musica deles caralho, se eles não querem que elas façam parte da série, deixa eles, mas ficar indo pra midia falando “mimimi, KOL e Foo Fighters não cederam as músicas, preconceito com a nossa série” é uma vergonha. Foi um dos motivos que me fez não gostar da série, além do mais, sou mt fã de ambas as bandas.
    Quanto aos direitos: Eles pagam pra poder usar a musica no show, e geralmente colocam a versão Glee para venda no iTunes e em forma de CD físico. Agora me responde: O artista vai receber o dinheiro bonitinho da música, a música vai se tornar acessível a pessoas que não conheciam as mesmas através da série, maaaas você realmente acha que as pessoas que assistem vão preferir comprar um CD completo do artista que forneceu a música ou do GLEE que fez com que a música fosse “acessível” a você e que tem outras músicas?
    ér. . . Nunca achei que o artista saisse tão favoressido quanto dizem

  81. Morganna disse:

    Você escreveu quase tudo que eu já quis dizer sobre Glee. Quase porque eu não costumo usar eufemismos quando falo dela. Muitíssimo obrigada!

  82. Arthur Magalhães disse:

    “uso excessivo de ferramentas computadorizadas de correção de voz”? Site amador, com comentários de amadores e todos os ramos mesmo né, vai escutar as musicas de novo e aprender um pouco sobre música antes de comentar alguma coisa tão errada como essa.

  83. Cintia.T disse:

    Vivo dizendo a torto e direito que o único motivo pelo qual ainda insisto em assistir Glee, é pela a música. Se eu parasse para prestar a atenção na storyline, já teria desistido de assistir esse seriado há muito, mas muito tempo atrás!
    Ao invés deles se preocuparem em dar uma continuidade nas histórias, ou melhorá-las, não. Eles só fazem convidar atores/atrizes que não estão na mídia há um tempo e encher nossas mentes com músicas “populares”, como Gaga ou Beiber. Nem nas músicas estão acertando mais.
    O problema de Glee, ao MEU VER é um só: Marketing! Não se preocupam com nada, só querem vender, vender e vender. O que é uma pena, pois eles têm em mão algo que poderia dar muito certo a longo prazo.

  84. Anônimo disse:

    me responde… qual é o problema ter uma série que fale de música e que homenagie certos artistas.. você fala de lady gaga, justin bieber.. mas esqueceu de Madonna e outros (aposto que tua adooora a lady gaga).. também esqueceu que glee ajuda muitos garotos e garotas que sofrem de bullying nas escolas.. glee pode nao ser uma série extraordinária, é mas uma boa série sim

  85. Ives Leocelso disse:

    Texto excepcional! Assisti a 1ª temporada e confesso que gostei, mas logo no primeiro episódio da 2ª percebi qual estúpida a série realmente é. Como dito, temas interessantes e relevantes foram levantados, mas só para serem jogados de lado com uma explicação superficial e absurda no episódio seguinte. Glee não tem personagens, tem fantoches que dançam de acordo com a música da vez, sem nenhuma profundidade ou personalidade, com raras exceções. Quão grande foi a minha decepção ao ver um vídeo do elenco cantando ao vivo, o único ponto positivo eram suas habilidades vocais. Glee é uma perda de tempo. Só.

  86. João disse:

    sua opinião não é considerável vide a citação “é impossível haver só episódios bons em qualquer série”.

    Cara vai ver um Breaking Bad, um Community, um Mad Man, e me diz se tem algum episódio ruim!

    Se vc está acostumado a ter episódio bom/episódio ruim, você não tem respeito pelo seu tempo… rs
    Se conformar a ter episódio ruins numa série, é idiotice.

  87. Karine disse:

    Eu parei de ver Glee nessa segunda temporada, confesso q curti vários episódios porém, a série não conseguiu me segurar nesta segunda temporada. Com isso percebi o quão vazia a série é. Desculpa, mas não consigo ver a parte didática de Glee. O que realmente segura a série é o musical. Na minha opinião para uma série ser realmente boa ela tem que ser boa por um todo, não em uma parte. Se é uma comédia musical, que seje boa na comédia e nas musicas, que tenha um roteiro interessante etc. Glee tem o roteiro fraco sim, nao é nem um pouco engraçada e nem a trilha tá aquelas coisas.

  88. Luís Henrique disse:

    Eu concordo em algumas coisas, mas discordo de muitas. Dizer que a série só liga para marketing, que só quer vender, vender e vender, não é verdade: se fosse assim, por que eles não põe sete ou oito músicas em cada episódio?
    Outra coisa que eu não concordo é dizer que Glee só põe músicas e faz homenagens a artistas pops de hoje em dia… Britney, 5 músicas… Bieber, 2… Lady Gaga, 3… e o resto das músicas? Dos artistas pops citados, foram 10 músicas… e quantas músicas a série já gravou? Quase 200, sem exagerar. O que são 10 músicas em 200? E, ainda, vi muito preconceito nos comentário contra a série… dizer que quem assiste Glee porque é adolescente gay é muito preconceito… e preconceito é ignorância, coisa que não é boa para formular o bom comentário ou crítica. Creio eu que o autor não fez uma crítica. Crítica é você mostrar a análise dos pontos bons e ruins de uma série. Você, autor, apenas pegou os pontos ruins e os aumentou.

  89. João Paulo disse:

    Depois que terminei a USP comecei a ter aversão a gente que se coloca num patamar acima, aquele grupinho pseudo-intelectual que considera Lost uma série super inteligente que terminou de maneira magistral, até mesmo mágica, afinal de contas não é qualquer série que pode recorrer a Luz pra se resolver. Nnão é implicância com Lost, só é engraçado citar uma série que se tornou uma piada.

    Em relação a Glee… possui a mesma lista de problemas de diversas outras séries da TV aberta lá dos EUA. Mesmo as cultuadas série da TV por assinatura não escapam: The Walking Dead teve um conjunto de frases tão ridículas que só rindo, True Blood escorregou feio no roteiro e até mesmo minha amada Dexter teve um terceira temporada tosca e a quinta ficou longe, bem longe da quarta. Ops, esqueci de algum exemplo da TV aberta, serve Fringe? Andamento extremamente inconstante, efeitos de gosto duvidoso e dependência muito grande de um único ator (sim, estou falando do Walter. Como a série fica entediante na ausência dele. John Noble é espetacular, infelizmente Walternative não possui o charme da outra versão).

    Afinal de contas, pra que esse texto idiota? Só pra lembrar de que não devo perder tempo em defender ou criticar séries. Esqueci de dizer que sim, assisto Glee. Vou defender? Lógico que não, estou pouco me lixando. Cada um no seu quadrado de opinião. Desçam o pau em Glee, eu desço o pau em Lost enquanto assisto Sopranos e alguns achados da terra da rainha. Séries são, basicamente entretenimento. Sendo entretenimento para quem assiste, o resto é o resto.

    P.S.: Quando disse pro meus colegas de gradução que The Vampires Diares possui hoje um dos melhores roteiros riram até de mim. Claro que é gente recalcada, fã de The Big Bang Theory que não acha a menor graça em Community. Então tá… :)

  90. n. disse:

    Comparou The Walking Dead, True Blood e Dexter com GLEE??????????????????????????????????? E ainda acha uma absurdo os seus colegas de graduação rirem de vc quando disse que The Vampire Diares tem um dos melhores roteiros? . E descer o pau em Lost falando oq? o velho e bom: NÃO FAZ SENTIDO?? E que séries são SÓ entreterimento? Vc vive em que mundo amigo? O_O. Me diga que é pra lá que NÃO vou.

  91. Pati disse:

    Eu discordo do texto, mas não totalmente.
    Exemplo: marketing é problema? Estamos falando de uma série de TV, oras…
    Outra coisa, a abordagem bizarra que fazem de alguns assuntos, com um texto interessante (se vc se dedica a entender o que estao querendo dizer realmente), faz parte da proposta de ‘bizarrice’ da serie…
    Enfim, nao irei enumerar todos os pontos de discordancia, mas devo alertar que os Glee-haters estao me parecendo tao xiitas quanto os Gleeks… So… Cuidado!

  92. Carolina disse:

    Olha, Glee está longe de ser a melhor série da década, a mais inovadora, a de melhor roteiro, enfim. Mas figurar na sua lista das piores é ressentimento demais, não acha?
    Concordo com todos que disseram que Glee é pra rir e esquecer os problemas. Não levo as histórias a sério, me divertido com todas, dou risada da Sue e dou risada das burrices da Britany. E sim, a 2ª temporada decaiu muito em qualidade e nas músicas também, tão valorizando muito o pop e esquecendo a ‘alma’ da série. Acho o roteiro fraco, como você disse, mas quando quero um bom roteiro com boas atuações vou assistir Dexter.
    Resumindo, glee é um bom entretenimento no meio de tantos dramas.

    E o moço ai que falou que Lost ‘procurou responder todas as perguntas através da LUZ’, concordo demais com você! hahahaha Não só com a luz, né? Não é qualquer série que tem o poder de se resolver com respostas ‘espirituais’, onde tudo é possível!

  93. Ruana disse:

    quer dizer que vc prefere HSM, RBD e Hannah Montana, AFF SAI DAQUI!

  94. Ruana disse:

    sua opinião não é considerável vide a citação “é impossível haver só episódios bons em qualquer série”.
    Cara vai ver um Breaking Bad, um Community, um Mad Man, e me diz se tem algum episódio ruim!
    Se vc está acostumado a ter episódio bom/episódio ruim, você não tem respeito pelo seu tempo… rs
    Se conformar a ter episódio ruins numa série, é idiotice.

    Eu assisto Community mas a serie demorou um pouco a engrenar, nem todos os ep’s me entreteram. Mad Men ja ouvi falar que, apesar de ser assustadoramente premiada, é bem chata pra muita gente e Breaking Bad parece ser bem boa, so q nunca tive tempo pra ver. Na minha opinião, é fundamental ter consistência em suas temporadas, mas isso é bem dificil de acontecer mesmo nas melhores series…

  95. Michel disse:

    Ai que idiota falar mal neste nível, e criticando quem goste…aff

  96. @joaos disse:

    Não gosto de Glee, mas achei seu comentário BEM sensato, parabéns

  97. camila disse:

    Eu sou acostumada a entrar no serie maniacos e lá quem faz as reviews de Glee é muito fã de Modern Family. Inclusive houve um podcast Glee X MF e ela entrou do lado de MF e falou muita coisa. Agora, vá ver se ela, nas reviews de Glee, só sabe descer o pau, que nem vc faz nas suas? Ela sabe reconhecer os erros e os acertos das series a que ela se propõe fazer uma review ou um comentário, diferente de vc, que prefere assumir uma postura de hater o tempo inteiro.

    Eu só quero dizer que eu sei que Glee vem cagando storyline, setlist e afins nessa segunda temporada, sei que a serie perdeu essencia, mas eu continuei assistindo e posso dizer que to acreditando de vdd que a série ta recuperando fôlego.

  98. camila disse:

    Exatamente.

  99. camila disse:

    Acho que a 2º temporada corrigiu varios erros da 1º(por exemplo, Brittany, Santana, Kurt foram alçados a um lugar de destaque, provando que são personagens interessantes), mas errou feio em varias coisas que a serie fez de bom no comecinho, me levando a desgostar bastante da série, mas continuei assistindo e tou ansiosa pra esse season finale…

  100. May disse:

    Obrigada, tirou as palavras da minha boca.

    E digo mais, Glee é uma série que, querendo ou não, fala de minorias e tenta abordar o tema (na minha opinião, sério) de uma maneira que se faça entender.

    Não assisto Glee para ao final fazer uma análise crítica da trama e dos personagens. Assisto Glee porque é uma série que me faz rir e chorar com seus personagens. Glee é, acima de tudo, entretenimento.

    Pode criticar, afinal você tem sua opinião. Mas respeite a série. Afinal de contas, ela deve ter algum valor (já que milhões assistem toda semana), né?

    Diego :
    Meu Deus. Mas pra que essa perseguição com Glee? Tudo bem que a série peca em várias coisas, mas ela cumpre o prometido: 40 minutos de diversão descompromissada, pelo menos para seus 10 mi de telespectadores semanalmente, nos EUA. Pra ser boa, uma série não precisa apenas estimular o raciocínio e criar uma mitologia. Glee nunca quis revolucionar o gênero, nunca quis ser a melhor série da TV, só mesmo os fãs acríticos e o críticos mal amados.

  101. Wallace disse:

    muito interessantes suas palavras, e concordo plenamente com todas elas, não vou mentir, o primeiro episodio parecia q a serie realmente ia ser divertida, mas começou a ficar ridicula mesmo, roteiros fracos e historia mal feita!

    Glee = Lixo Televisivo

  102. juli disse:

    glee…vou fazer um resumo de biografia dos principais

    Uma menina que se acha

    Um cara que gosta da menina que se acha

    Uma lider de torcida que ta gravida de outro cara mas diz que e do menino que gosta da menina que se acha ,porque ela gosta dele.

    Um prof retardado que tem uma exposa que NÃO
    consegue engravidar e ta fingindo (e depois oque ela vao fazer?roubar bebe na maternidade?)

    VÃO PRA MERDA!!!!

  103. juli disse:

    para corrigir (e depois oque ela vai fazer?roubar bebe na maternidade?)

  104. juli disse:

    Ruana :quer dizer que vc prefere HSM, RBD e Hannah Montana, AFF SAI DAQUI!

    para falar a verdade,eu prefiro assistir hannah montana do que glee iae?oque voce vai fazer me xingar no twitter? kkkk

  105. Malu disse:

    Sou fã-nática por Glee, boom……não vim aqui pra chingar todo mundo que escreveu mal da série, só acho que suas críticas são incabíveis, estamos falando de um entretenimento como qualquer um, se gostar continua gostando e se não gostarem pra que perder tempo falando que não gosta e escrever até teses? Isso é perder o tempo por uma causa que vocês mesmo acham que é uma coisa indiscutível, tudo é questão de gosto. Só porque fulano diz que não gosto por certos motivos, não vai de forma alguma mudar a opinião de quem se identifica com Glee. Então se não gostar , não comenta….pra que perder tempo falando mal de uma coisa que não gostam?

  106. Igor disse:

    Sou muito fã de Glee, não escondo. Mas também não posso deixar de concordar com tudo o que você citou. O roteiro é bastante repetitivo; o Glee Club vai acabar, tem sempre alguém querendo sair do coral, Sue ajuda na derrocada e no final eles arrumam uma forma mirabolante de salvar a coisa. Não sem antes uma boa dose de sentimentalismo barato.

    A própria Jane é tão restrita ao seu personagem que acaba dando voltas. Não importa os avanços de seu relacionamento com Will e o resto do grupo, eles acabam sempre retornando ao mesmo lugar; com a professora odiando todos e tentando acabar com o coral.

    Não bastasse isso, as duas temporadas repetem o mesmo roteiro; seus personagens sofrem eternamente para fazerem uma boa apresentação das regionais ou nacionais e acabam perdendo.

    Existem cenas memoráveis de Glee. Para mim, o episódio 2.03 – One of Us foi o mais bem escrito. O discurso de Kurt ao seu pai no hospital, Sue conversando com a irmã na clínica e o final bastante emblemático, ao menos para mim, foram geniais. O funeral da irmã de Sue também foi digno de aplausos. Mas no fim, o que sobra são as músicas que, ainda que corrigidas, são animadas e ressuscitam clássicos perdidos nas décadas do século XX.

    Espero que a nova temporada melhore um pouco, já que resolveram focar nas histórias.

  107. Anônimo disse:

    40 minutos de diversão descompromissada = seinfeld

  108. regi lima disse:

    kkkkkkkkkkkk

    Pior que é isso mesmo!!!

  109. regi lima disse:

    Glee já não era perfeito quando começou mas nos deixava ansioso pela possibilidade de melhora depois do hiato. Isso nunca se concretizou afinal. Roteiros repetitivos, buracos na trama, e muito hype.
    Uma pena…

  110. Roberta disse:

    Eu gostava bastante… Até a segunda temporada. Depois parei de ver, porque ficou repetitivo e eu preferi ver os vídeos das músicas no youtube. Sim, eu gosto das versões deles rs.
    Glee se resume a isso: algumas releituras legais, outras versões muito ruins, poucos episódios bons (como o da Britney) e um roteiro fraquíssimo. É isso.

  111. Vívian disse:

    Gostava muito da série, mas depois de um tempo comecei a perceber tudo que você falou no texto. O roteiro é ridículo, os personagens mudam completamente do nada, e apesar de gostar da maioria das músicas, a história simplesmente não faz sentido. Apesar de abordar alguns temas de uma forma diferente (homossexualidade, doenças mentais, etc.) as tramas são muito mal construídas. E acho risível o fato de a série concorrer a prêmios de melhor comédia. Acho que Glee tinha até potencial para ser uma boa série, mas não é.

  112. julia disse:

    e você certamente é muito melhor que todos eles por critica-los a partir de rótulos =) meus parabéns!

  113. julia disse:

    e você ganhou alguma coisa em deixar sua opinião clara? concordo que o fato do autor do texto ter exposto sua opinião aqui não é nenhuma falta de respeito (falta de respeito são alguns comentários de pseudointelectuais que acham que são melhores que todo mundo porque não assistem glee, além de uma grande babaquice), mas também não acho que acrescenta em nada na vida de ninguém. os argumentos são mera opiniões pessoais, e não fatos, que só vão fazer quem odeia odiar ainda mais e quem gosta continuar gostando.
    concordo que o texto é fraco em alguns episódios, mas em outros o texto é muito bom! e não importa, eu não assisto séries com o intuito de ver coisas super inteligentes e que os pseudointelectuais da internet (que sempre tem uma opinião sobre tudo) aprovam. assisto uma série pelo prazer de assisti-la, e glee me proporciona este prazer.

  114. Sara disse:

    A questão é que Glee é uma série pra passar o tempo, pra ver quando se está entediado.
    Eu assisto assim.
    Se eu quiser ver uma série sensacional, eu vou ver Breaking Bad, Game of Thrones e Homeland, que são maravilhosas :D
    Glee é só pra diversão galera ! Desencanem.

  115. Lidia Santana disse:

    Apesar de ser fã de Glee concondo. Glee não é uma serie cult ou revolucionaria. Não, é… Assisto, pq gosto das musicas e de alguma forma gosto da serie. Enfim acho que na tv é valido o que diverte e informa, so… Glee me diverte.

    Acho que os talifans de Glee meio que queimam a serie, mas eu estou curiosa pelo fato do site comentar tanto Glee, se vcs odeiam tanto.

  116. Camila Santana disse:

    Assisto Glee e concordo com o texto, pq vi que é altamente pessoal. Glee é uma serie boba de entretenimento não dá pra levar a serio.

  117. anonomah disse:

    entao cala a sua boka e veja como eles sao melhores q vc sua falsa

  118. anonomah disse:

    musica é arte é coltura hummmmmm a é vc nem sabe o q é isso

  119. anonomah disse:

    nao gosto dos do justin mais mesmo assim a serie e legal e tem varios outros cantore legais

  120. anonomah disse:

    hummmmmmmm é mesmo quem te perguntou mostro esqusito

  121. anonomah disse:

    xiitas é a vovozinha nerd esquizitooooooooo =D

  122. anonomah disse:

    agora melhorou qem perde é so vc

  123. anonomah disse:

    eu nao sou nd disso e amoooooooooooooooooooo glee e nao sou classe media sou milhonaria

  124. anonomah disse:

    vai kssa marido gatota cada um gosta do que kiser e se eu criticasse vc por nao gostar com palavras ofensivas como eu disse vai kssar marido q vc ganha mais a e se ele gostar de glee fala q eu mandeu um salve falo

  125. anonomah disse:

    minha opinião = vc = charope =D 

  126. anonomah disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk hahahahahahahaha rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs hehehehehehehehe isso era pra ser uma piada vc tem menos graça ainda

  127. anonomah disse:

    ninguem q engravida volta a ser virgem a nao ser q a pessoa virgem faça inseminaçao se é q isso existe ou seja possivel vai estudar +

  128. anonomah disse:

    eles nao iam ter tempo de  criar tanta musica e tmb promove os artistas ta

  129. anonomah disse:

    vamos pra quarta temporada no total de 88 episodios isso e porq  a longo prazo nao ia durar né

  130. anonomah disse:

    se mata

  131. anonomah disse:

    assiste a 2 ea 3 tempora pra vc ver se gosta ou nao vc so assistiu a 1 as coisas mudam

Deixe uma resposta

ss