FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

Mudanças em Glee

por Camila Picheth

[contém leves spoilers]. Teremos drásticas mudanças em Glee. A primeira delas diz respeito ao elenco: em entrevista ao programa de rádio de Rayn Seacrest, o criador da série informou que parte do elenco deixará a série em virtude da formatura de seus personagens, como é o caso de Lea Michele (Rachel) e Chris Colfer (Kurt). Mas isso não quer dizer que “todo o elenco” será trocado, conforme andam noticiando. Tina e Mike por exemplo, não estão no último ano e Brittany pode ser uma repetente. O reality show The Glee Project introduzirá apenas um novo integrante ao elenco e outros personagens estão sendo escalados. Mas as novidades não param por aí. A estrutura do seriado como um todo será reformada. Durante as primeiras  temporadas, havia apenas três roteiristas: o próprio Ryan Murphy e dois produtores. Agora haverá uma equipe maior para escrever os episódios e por isso Murphy revelou que a 3ª temporada não terá participações especiais de atores ou cantores famosos. Os números musicais também serão reduzidos e apenas um episódio por temporada terá o formato de tributo. A série passará a focar em histórias sobre personagens, tanto os novos quanto os velhos.

Alguns arcos já foram revelados, como a relação Sam/Mercedes e a exploração da sexualidade de Santana. Além disso, Sue Sylvester ganhará ainda mais destaque. Tentar destruir o glee club pra ela já não é mais o suficiente: ela vai partir para o Congresso Americano! Os EUA que se cuidem. Foi revelado também que ela se aventurará em um novo e interessante romance. Ah, e se você está triste com a saída de Lea Michele e companhia, ainda há uma chance. Ryan Murphy não nega a possibilidade de se criar um spin-off (série derivada) para os personagens que deixarem Glee. Uma ideia seria que eles fossem para Nova York para emplacar uma carreira musical em teatros (premissa da série Smash, da NBC, diga-se). Murphy ainda afirma que as negociações ocorrerão em Dezembro. Se as mudanças são boas ou ruins (e aqui entra a questão de “o que é bom?”) só o tempo revelará. Enquanto isso, já temos a data de estreia da 3ª temporada nos EUA: terça-feira, 20 de setembro na FOX gringa.

5 respostas para “Mudanças em Glee”

  1. Fernando disse:

    “Ryan Murphy não nega a possibilidade de se criar um spin-off (série derivada) para os personagens que deixarem Glee”

    > SOCORROOOOOOOOO!!! Já pode começar a novena de Santo Expedito pra isso não acontecer? hahaha

  2. Alana Soares disse:

    Sinceramente, eu detesto a ‘Rachel’ e acredito que a série vá ficar melhor sem ela. Oh, menina chata…

    E, amém, eles vão explorar mais a Santana, porque está aí uma personagem digna de atenção!

  3. Yuri Righi disse:

    Mesmo eu achando que a 2ª temporada não foi ruim, achei os episódios muito bobinhos para uma série que podia ser, de longe, muito inteligente (como foi na 1ª temporada).
    Acho que precisa mesmo entrar novos personagens, mas eu não queria que a Brittany sumisse, eu amo ela haha :/
    Eu adoraria ver uma outra série com a Lea Michele, ia ser muito legal, e poderia ser uma coisa já mais adulta (aí acusariam de plágio de Smash, so… sem saída haha).

  4. Yuri Righi disse:

    Awnn concordo, a Santana precisa de mais atenção mesmo! Dá pra bolar uma história muito boa com ela.

Deixe uma resposta

ss