FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

Ligado em Série Responde

Nos primórdios do blog no Cinema em Cena e no iG nós tínhamos uma seção dedicada a responder dúvidas dos leitores, mas não aquelas tipo “quando volta minha série favorita?” ou “quando sai o DVD da temporada X?”, algo que hoje em dia o Google responde muito bem. Mas vez ou outra surgiam questionamentos interessantes que demandavam até mesmo considerável pesquisa, consulta a colegas (como a sempre antenada Fernanda Furquim) e às vezes muito trabalho pra (tentar) responder. Espero aqui resgatar a seção com a reedição de algumas perguntas e respostas da época (claro, atualizadas) e deixo aberto o espaço nos comentários para que enviem mais dúvidas sobre esta arte que tanto gostamos. Shall we?

Por onde eu começo a assistir Battlestar Galactica? Sei que tem uma minissérie de 2003, uma série de 78 e a série atual… A minissérie é uma introdução da série?

A Battlestar Galactica moderna é um remake da série de 1978 e as histórias não se complementam, pois as versões são diferentes. Para começar a assistir à série mais atual você precisa assistir primeiro o filme feito para a TV homônimo, que foi exibido no final de 2003 no Sci-Fi Channel americano (atual SyFy) em formato de minissérie. É possível encontrar o filme para compra e locação no mercado Brasileiro e a edição nacional do DVD da 1ª temporada traz a minissérie no disco 1. Este pode ser considerado uma espécie de episódio piloto estendido (pois tem quase 4 horas de duração). O drama mesmo começou em 2005 lá fora e aqui no Brasil foi exibido em grande parte pela TNT. A série teve 4 temporadas (sendo a última maior que as demais) e é considerada um grande marco na TV americana dos anos 2000. É, sem dúvida, uma produção imperdível.

Percebo que, em geral, as temporadas de séries que nos EUA são veiculadas por TV a cabo duram menos do que as de TV aberta. Compare, por exemplo, LOST (ABC) e 24 (Fox) com Mad Men e Breaking Bad (AMC). Gostaria de saber se esta informação procede e qual o motivo desta diferença.

A observação procede, sim. Nos EUA, geralmente, as séries de TV a cabo possuem mesmo menos episódios do que as séries de TV aberta. Canais pagos lá (como HBO, TNT, Showtime, Sci-Fi, FX e AMC, por exemplo) costumam ter séries com média de 12 episódios por temporada, enquanto nos canais abertos (NBC, FOX, CBS, ABC e CW) as produções possuem cerca de 22 episódios por ano. Embora não seja uma regra, isso acontece pelo fato de os canais pagos encomendam e produzem mais obras fechadas, que depois são exibidas na íntegra e rotineiramente sem pausas (ou com apenas uma pausa maior entre uma temporada dividida em duas).

Além disso, é mais barato produzir séries com menos episódios, já que os recursos que uma emissora paga dispõe são menores. Outro fator que influencia é a liberdade artística que roteiristas de comédias e dramas fechados têm (vide Dexter, Mad Men, Breaking Bad, Weeds etc., séries com temas e personagens subversivos, que nem sempre são comuns de se ver na TV aberta). Por isso, a TV a cabo norte-americana acaba possuindo séries menores e mais concisas, que enrolam menos o telespectador e demandam menos capítulos para serem concluídas. Nos canais abertos as produções são maiores também porque vão sendo filmadas e exibidas ao longo da extensa temporada, e os episódios são encomendados de acordo com o retorno da audiência. Comumente, uma série de TV aberta recebe a encomenda inicial de 13 episódios e, de acordo com o retorno, ganha a ordem para produzir mais 9 roteiros (os Back Nine), totalizando os tradicionais 22. Casos que fogem esta regra existem aos montes (para mais e para menos), ainda mais após fiascos com pilotos “promissores demais” (tipo The Event, FlashForward e por aí vai).

Tenho buscado por séries que mostrem os aspectos do mundo da advocacia e gostaria de uma opinião sobre este assunto. Quais são as melhores séries do gênero?

Eu recomendaria que você procurasse de cara os dramas The Good Wife e Boston Legal. Estas são as principais séries que retratam o dia a dia da advocacia norte-americana, com boa ênfase em casos, procedimentos legais da justiça americana e rotina de tribunal. Apesar do nome “A Boa Esposa”, The Good Wife é um drama com elementos políticos, mas essencialmente jurídica e é certamente prejudicada pelo seu título. Os produtores já até pensaram em trocá-lo, mesmo sendo esta a premissa do show. Na 3ª temporada, inclusive, a ideia é tentar desvincular o nome do conteúdo, o que pode ser visto pelos pôsteres recentemente lançados [aqui e aqui]. Outra boa dica é The Closer, com Kyra Sedwick, drama com enfoque em interrogatórios criminais e Damages, que segue mais uma linha de thriller, com a advocacia no pano de fundo.

Em se tratando de séries antigas, você também pode conferir The Practice, Murder One, Justice e as comédias Ally McBeal e (a fraquinha) Eli Stone. Temos também as séries policiais/investigativas que geralmente envolvem aspectos do universo jurídico como Law & Order, Law & Order: Criminal Intent, Law & Order: Special Victims Unit, Law & Order: Trial By Jury, Criminal Minds, Criminal Minds: Suspect Behavior, CSI, CSI: Miami, CSI:NY, NCIS, NCIS: Los Angeles, Numb3rs, The Shield, Without a Trace, Cold Case, Bones e Close to Home! Acho que já está de bom tamanho, não é?

Acabo de ver o último episódio da 3ª temporada de Veronica Mars (que eu sei que você também curte), e lógico, estou de luto. Que série maravilhosa! Existe alguma chance dela voltar?

Quando saiu a triste notícia do cancelamento (sem final) da nossa querida Veronica Mars, muito se especulou se existiria planos de outro canal adquirir os direitos ou se iriam concluir a história em um filme feito para TV. Vários anos se passaram e todas as conversas nesse sentido esfriaram. O diretor Rob Thomas partiu para outros projetos (a maioria fracassados como o remake de uma própria série dele, Cupid, a divertida Party Down, a cancelada Big Shots e, a mais bem sucedida até agora, 90210). Logo depois também Kristen Bell se comprometeu com Heroes, Gossip Girl e atualmente estrelará uma série no Showtime chamada House of Lies. Muito se falou também em um filme para cinema; fãs fizeram petições, mas nada saiu do papel. Rob Thomas sabia com muita antecedência que era quase certo a CW iria cancelar a série e não escreveu um final conclusivo só de birra. Ele chegou até mesmo a declarar na época que o cancelamento era culpa da audiência que não acompanhou a série pela TV, já que a audiência foi ficando baixa até mesmo para os padrões CW. Uma pena.

Tem perguntas? Deixe abaixo ou mande em nosso Twitter que ela pode ser respondida numa próxima edição do Ligado em Série Responde! Espero que tenham gostado.

7 respostas para “Ligado em Série Responde”

  1. Rebeca Barros disse:

    Ótima coluna! e já começou respondendo a dúvida que eu sempre tive : por onde começar a ver Battlestar Galactica. Agora é só tempo para conferir a saga dessa série tão bem falada.

  2. Gustavo disse:

    Falou do mundo da advocacia nas séries e esqueceu Damages, pra mim a melhor de todas, apesar dos pesares da 4ª temporada.

  3. Bruno Carvalho disse:

    Engraçado que no artigo original tinha Damages. Na edição devo ter tirado sem querer. Vou voltar com ela, obrigado!

  4. Wendell disse:

    Coluna excelente, das séries citadas nesse post, tenho completa apenas Galactica e Bones, mas curto várias das policiais/investigativas (menos CSI, nunca tive vontade de ver) e vi Veronica Mars no SBT e só não comprei o único box lançado dela aqui por que tinha outras séries na frente para adquirir.

  5. Rodrigo Otávio disse:

    Os DVDs de ‘Dollhouse’ e ‘Lie to me’ não vêm com dublagem em português, mas a Globo as passa dubladas. Isso pode significar que as próximas tiragens dos DVDs podem vir com dublagem?

  6. Paulo Trevisan disse:

    Sempre quando vou a uma megastore, eu vejo vários DVDs de Stargate. Tem várias, stargates diferentes como ocorre com CSI. Um amigo, que é fã recomendou um dia, pra eu ver. Mas com um monte de séries, eu questiono. Por onde começar a ver Stargate? Eu sei que também tem um ou mais que um filmes sobre isso.

  7. Marcos disse:

    A minisséria de 2003 battlestar galactica…como foi comentado saiu em dvd aqui no Brasil, da primeira temporada até a quanto o audio vem em português.Gostaria de saber se foi dublado para o português a minissérie.

Deixe uma resposta

ss