FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

Remedial Chaos Theory: O Mais Novo e Brilhante Clássico de Community

Por Davi Garcia

É raro, mas de vez em quando a tv ainda nos presenteia com um desses momentos mágicos que ficam para sempre na memória. O Community dessa semana é um exemplo disso e quanto mais penso sobre o episódio, mais me convenço de sua genialidade e de quão alto é o nível da série que, ousada como nenhuma comédia o é hoje em dia, jamais se prende a fórmulas. Escrito por Chris Mckenna, responsável pelo divertido “Anthropology 101” (abertura da 2ª temporada que contou com a participação da veterana Betty White), “Remedial Chaos Theory”, 4º episódio da 3ª temporada, usa uma premissa aparentemente simples (Troy e Abed fazendo uma espécie de open house em seu novo apartamento) para explorar, a la Fringe, o conceito de várias possíveis realidades de uma mesma situação e o impacto que cada um daqueles personagens tem no grupo quando não está presente.

Dessa forma, mais do que fascinante, foi engraçadíssimo ver a construção e o desenvolvimento de cada uma daquelas realidades que mesmo contando com elementos parecidos (Troy enlouquecendo por causa do boneco troll dado por Pierce; Jeff sendo atingido pela pá do ventilador e etc.) rendiam algum desfecho diferente, mas que sempre evidenciavam a ideia de que a mania controladora de Jeff impedia o grupo de simplesmente curtir os bons momentos. Uma interpretação que fica clara na realidade em que o próprio vai buscar a pizza e, ausente por alguns instantes, abre espaço para que pequenos conflitos se resolvam de forma amistosa e para que todos possam finalmente relaxar dançando ao som de Roxanne. Assim, se aquela realidade já trazia uma conclusão para lá de curiosa por si só, o que dizer então daquela em que a breve ausência de Troy provoca uma série de ‘pequenos’ acidentes absurdos que por sua vez alimentam uma realidade falsa em que todos os personagens abraçam suas porções, digamos, vilanescas e não menos hilárias?

Sério. Tem como não se dizer apaixonado por Community depois de um episódio desses?

Update de 15/10: Seguindo a dica da leitora Mariana nos comentários desse post, me deparei com uma teoria que sugere qual seria a verdadeira realidade dentre todas as mostradas, o que deixaria o episódio ainda mais sensacional. Ficou curioso(a) para saber do que se trata? Então basta clicar no leia mais.

O episódio dessa semana nos apresentou sete realidades/linhas do tempo diferentes baseadas no lançamento de um dado. Na conclusão do episódio, somos levados a acreditar que a última realidade era a verdadeira, mas não acredito nisso e aqui estão os motivos:

1. O episódio começa com uma breve discussão sobre o fato de Troy e Abed morarem no apartamente 303 ou 304. Esse episódio foi justamente o quarto da terceira temporada (304). O que nos dá a dica de que sua história ocorra antes daquele que vimos na semana passada.

2. Em todas as realidades exceto na Jeff (supostamente a real), Pierce menciona ter transado com Eartha Kitt no banheiro de um avião. Ele fala com Omar no episódio 3×03 que os membros do grupo de estudo são os únicos que sabem desse evento.

3. A realidade do Abed é a única na qual Shirley descobre que Britta fuma maconha. No episódio 3×03, quando Britta queima a lista, Shirley fala, “oh, não! Ela tem um isqueiro de maconha!”

4. Na realidade de Abed, ele diz ter encontrado uma moeda de 5 centavos no corredor. No começo do episódio 3×03, ele dá uma moeda a Pierce para pagar pelo bebedouro.

5. Isso não é uma prova, mas sob a perspectiva da narrativa, o beijo entre Jeff e Annie é o maior evento em qualquer realidade (com exceção, claro, da morte do Pierce). O relacionamento dos dois no episódio 3×03 é alternativamente amigável e extremamente tenso, o que faz sentido por conta da realidade pós beijo na cozinha.

Fonte: Community Things

************************

Em tempo, conforme apurado pelo Bruno, ainda que essa teoria seja interessantíssima e ajude a fomentar boas discussões sobre a genialidade da série, Dan Harmon, criador de Community, negou que ela tenha fundamento e confirmou que a realidade verdadeira é mesmo a última em que Jeff vai buscar a pizza. Seja lá como for, não deixa de ser curioso que uma comédia suscite interpretações tão elaboradas.

22 respostas para “Remedial Chaos Theory: O Mais Novo e Brilhante Clássico de Community”

  1. Lucas disse:

    Se continuar com episódios assim, ouso dizer que Community conseguirá chegar ao patamar de Arrested Development.

  2. Mariana disse:

    Puts foi um dos, senão o melhor episódio da série..
    Eu já tinha achado genial, mas ai encontrei essa teoria (http://communitythings.tumblr.com/post/11446266616) e..puts..foi mais genial ainda.

    E o Emmy vai continuar ignorando isso?

  3. Davi Garcia disse:

    Uau! Não tinha visto isso, Mariana. Fez todo sentido para mim e deixou o episódio ainda mais sensacional :)

  4. Indy-Joe disse:

    Eu ainda não tinha gostado muito dos primeiros episódios desta temporada e tava ficando até meio preocupado. Mas este episódio realmente foi hilário, principalmente a realidade onde dá tudo errado. Entrou no hall dos episódios clássicos da série!

  5. Arthur Albuquerque disse:

    Muito bom o post, mas me tira uma dúvida? Como você vê essas estréias no dia? Mora fora ou… haha to morrendo de dúvida aqui!

  6. Danilo disse:

    Minha cabeça explodiu e voou pra todo lado depois de ler esse post!!

    :O

  7. Camila Picheth disse:

    Muito legal o post do tumblr! E espero que tenha alguma continuação no futuro com o “AlterAbed” e o “OtherTroy”.

  8. Bruno Carvalho disse:

    O Dan Harmon, criador da série, desmentiu essa teoria. Os episódios foram exibidos fora de ordem por questões logísticas e a timeline real é a que Abed pega o dado mesmo: http://t.co/WPS6CcZZ

  9. Davi Garcia disse:

    Damn!! E eu já tava todo empolgado com a teoria hehe. Bom, de qualquer forma a interpretação é válida para mostrar como Community consegue fomentar leituras mais elaboradas dos episódios :)

  10. Diego disse:

    SEN-SA-CIO-NAL!!! A última vez que vi algo que me deixasse tão intrigado foi quando vi A Origem. Antes disso só com LOST!
    Community tem que ser reconhecida logo, tanto pela audiência americana quanto pelas premiações!

  11. Yuri C.B. disse:

    “Mora fora ou…”

    Assiste em transmissão online, como muita gente faz :]

  12. Yuri C.B. disse:

    Um dos melhores episódios da série disparadamente e com certeza ajudou a subir a moral com o pessoal que estava desanimado. Espero que, de agora em diante, só sejam exibidos desse nível para cima e que Community consiga ser renovada para uma 4ª temporada.

  13. João Silveira disse:

    Episódio espetacular mesmo !

    Pena a audiência da série estar realmente preocupante !

  14. Davi Garcia disse:

    A verdade é que a audiência está e sempre foi baixa porque o americano médio simplesmente não entende o requinte do humor de Community. Eles preferem (e muitos brasileiros também, diga-se) o humor prosaico, óbvio e fácil. Daí o sucesso contínuo das criações de Chuck Lorre e afins, por exemplo. Bate até uma tristeza :(

  15. Rodolfo disse:

    Já entrou para a lista dos 10 episódios + geniais de Community.

  16. cavalca disse:

    Todos concordamos que o episódio é genial, mas precisamos parar de querer exigir que todo episódio seja nesses ‘high concept’. Como o próprio Harmon diz no Tumblr dele, esses episódios são um pesadelo logístico. Tenho certeza que Dan e cia adoram fazer essas OPS, mas produzí-las numa base semana é impossível.

  17. Frank disse:

    Mais um episódio genial.
    Muito bom mesmo.
    E tbm concordo, que nao devemos exigir episódios deste nivel toda semana, apesar que achei muito foda o anterior.

  18. Mauro Bailey disse:

    Davi Garcia :
    A verdade é que a audiência está e sempre foi baixa porque o americano médio simplesmente não entende o requinte do humor de Community. Eles preferem (e muitos brasileiros também, diga-se) o humor prosaico, óbvio e fácil. Daí o sucesso contínuo das criações de Chuck Lorre e afins, por exemplo. Bate até uma tristeza

    Apesar da audiência baixa, vale salientar que todas as comédias da NBC às quintas feiras tem audiência muito baixa. Tenho fé que Community terá, no mínimo, quatro temporadas, que seriam os quatro anos para o Jeff se formar.

  19. Priscila disse:

    Só há uma coisa a dizer: episódio FANTÁSTICO! Tanto que consegui viciar até meu irmão de sete anos em Community.

  20. Priscila disse:

    Ah, mais uma coisa. Sobre os números da audiência Community desta semana: aumentou em relação ao episódio anterior. Não é o suficiente, mas nos dá um certo conforto de que se alcançarem e mantiverem a média da segunda temporada, poderemos ver Jeff e Cia se formarem.

  21. Eder alves disse:

    Episódio GENIAL!

  22. Convidado disse:

    Tenho uma crítica ao ponto 4 da teoria,

    No episódio 3×03 Abed dá uma ‘quarter’ para o Pierce beber água. Enquanto o que ele acha no episódio é um níckel. São moedas diferentes.

Deixe uma resposta

ss