FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

Canal Sony HD Transmite Final do The X Factor em Qualidade Standard

Por Davi Garcia

É louvável o esforço de alguns canais a cabo no Brasil de proporcionar ao assinante a chance de ver séries num intervalo menor em relação à exibição original ou mesmo de dar a oportunidade de acompanhar ao vivo o desfecho daquele reality musical que tantos comentam na escola, faculdade ou no trabalho. Agora, é igualmente verdade que certas atitudes desses mesmos canais são absolutamente injustificáveis. Vejamos o que vem fazendo o canal Sony, por exemplo. Depois de introduzir e investir pesado na ridícula campanha do ‘dublado é mais gostoso’ (para alguns pode até ser, mas cadê a opção para quem abomina?), o Sony deu mais uma demonstração de profundo desrespeito pelo espectador/consumidor na noite de quinta-feira, 22 de dezembro, quando exibiu, ao vivo é verdade, a aguardada finalíssima do The X Factor americano em qualidade standard em seu canal HD.

Pois é, você, assinante de tv a cabo, pagou mais caro para ter um canal HD no seu pacote, mas na hora de usufruir desse benefício foi obrigado a se contentar com a exibição padrão que não diferia em praticamente nada daquela do canal convencional. Ou seja, você foi enganado gastando mais para ter uma Mercedez, mas na hora de acelerar descobriu que o motor era de Fusca…

Vale lembrar, ainda, que nos intervalos de The X Factor o Sony se orgulhava das dublagens das séries CSI e Grey’s Anatomy (e sem opção de áudio original e legendas, o que é perfeitamente possível), com a vinheta “em português é mais gostoso“. Mais “gostoso”? Igualmente desastroso é o canal anunciar a estreia de Off the Map como minissérie, não admitindo para seus pagantes que está veiculando na verdade uma série cancelada sem final, ao exemplo do que o AXN (do mesmo grupo) fez com Criminal Minds: Suspect Behavior.

Não passou da hora de recebermos por aquilo que pagamos?

23 respostas para “Canal Sony HD Transmite Final do The X Factor em Qualidade Standard”

  1. Gustavo disse:

    Pior de tudo.. vimos a temporada toda em HD pra chegar na grande final e ser em SD … Lamentável.. só não mais do que ter que ouvir durante as propagandas que ‘matar saudades da série que gostamos em português é mais gostoso.’ FALA SÉRIO

  2. Anônimo disse:

    tá na hora de vocês mudarem o disco. Essa discussão sobre dublagem não leva a lugar algum,cada um tem sua preferência. A propósito vocês conheceram o trabalho de Newton da Mata dublando Bruce Willis e Francisco Milani dublando Magnum,alem do excepcional Isaac Bardavid como dublador de Hugh Jackman ? Se conhecem respeitem um pouco mais o trabalho de profissionais competentes.

  3. João Pedro disse:

    Acho sensata a reclamação sobre o HD e a falta de opção de áudio, mas a sobre a chamada de Off The Map é muito exagero, rapaz!

  4. Davi Garcia disse:

    E onde foi que desrespeitamos o trabalho de dublagem dos profissionais do ramo, caro Anônimo? Você, pelo visto, sequer leu o texto com atenção…

  5. marco aurelio disse:

    essa discussão sobre dublagem já deu o q tinha q dar,cada um tem a sua preferência.À propósito vcs conhecem o trabalho de Newton Damata dublando Bruce Willis,Francisco Milani dublando Magnum e o excepcional Isaac Bardavid, a voz do Wolverine? se conhecem é bom ter um pouco mais de respeito por profissionais sérios e competentes q fazem um ótimo trabalho.

  6. Davi Garcia disse:

    Não é exagero. Off the Map, assim como Criminal Minds: Suspect Behavior foram concebidas como séries e acabaram canceladas sem final, o que é BEM diferente do conceito de minissérie que tem uma história definida COM final desde o início. O que o grupo Sony faz nesse caso é enganar o espectador desavisado sim. Ponto.

  7. Estéfano Souza disse:

    Desculpa, mas você precisa se informar mais e ler as resenhas e os comentários postados por aqui. Ninguém é contra o trabalho da dublagem: de fato, há ótimos profissionais no Brasil.

    O grande problema é a insistência da maioria dos canais e das operadoras de TV a cabo (Sony, AXN, isso só pra falar daquelas que tinham legendas em um passado não muito distante) de não darem ao assinante a opção de ver e/ou ouvir o som original de seu programa favorito, e isso é muito errado, sendo que a parcela de assinantes que preferem programas legendados não é tão “insignificante” assim comparada aos que preferem som dublado, ao contrário do que os canais querem sugerir.

  8. Luís disse:

    Caro senhor Anônimo, provavelmente a maioria aqui não conhece o trabalho desses dubladores e com certeza não os criticamos, mas preferimos infinitamente assistir uma obra com o áudio original, já que ela foi feita dessa maneira. Dizer que não faz diferença é a mesma coisa de colocar uma Monalisa loira na nossa frente e querer que a gente aceite.
    E a gente não luta pela existência exclusiva do áudio original legendado, a luta é pela simples existência dele como opção, o que é perfeitamente possível.

  9. Magnum disse:

    Obviamente não transmitiram a final em HD por causa de limitações técnicas relacionadas à transmissão ao vivo e etc. Não é como se tivessem feito de propósito pra sacanear o assinante, ou algo do tipo.

  10. Bruno Carvalho disse:

    Não leva a lugar algum? Se não fosse por mantermos o “disco” girando, você estaria vendo comercial de joias na TV. Conheço o trabalho dos dubladores, respeito, mas não gosto. Lutamos aqui para que ambas opções sejam disponibilizadas aos ASSINANTES (leia-se: pagantes). Impor a dublagem e impedir que tenhamos acesso ao áudio original e legendas não é a saída para valorizar o trabalho de atores dubladores.

  11. João Paulo disse:

    Pra mim isso é frescura. Além de passar ao vivo, q não era nenhuma obrigação, querem com HD. Foi oq eles conseguiram. E achei mto boa a imagem. Parece q foi imagem de tv dos anos 70

  12. João Paulo disse:

    …Pra mim isso é frescura. Além de passar ao vivo, q não era nenhuma obrigação, querem com HD. Foi oq eles conseguiram. E achei mto boa a imagem. Parece q foi imagem de tv dos anos 70 do modo q vc disse.

  13. Bruno Carvalho disse:

    Pagamos caro pra ver HD. Se você não dá valor ao seu dinheiro, não posso fazer nada, mas é nosso trabalho reportar que o canal que deveria transmitir atrações em “ALTA DEFINIÇÃO”, o faz em definição padrão.

  14. Fábio Lins disse:

    Sim a opção e não a imposição. Resumindo é isso né? Tem gente que não consegue entender isso =/

  15. Gustavo disse:

    Eu acho que nao exibiran HD por ser ao vivo. Mas reprises, talvez, sejam…

  16. Gustavo disse:

    A serie Combat Hospital tambem e cancelada?

  17. Davi Garcia disse:

    A série é canadense, não foi oficialmente cancelada por seus produtores lá, mas como era feita com parceria dos estúdios ABC (dos EUA) e estes desistiram da eventual 2a temporada, na prática ela não retorna, tendo se encerrado no episódio 13.

  18. Anônimo disse:

    Davi Garcia :
    A série é canadense, não foi oficialmente cancelada por seus produtores lá, mas como era feita com parceria dos estúdios ABC (dos EUA) e estes desistiram da eventual 2a temporada, na prática ela não retorna, tendo se encerrado no episódio 13.

    Mas é mini-série? O canal AXN diz ser “uma mini-série de 13 episódios’.

  19. Davi Garcia disse:

    Não é. A exemplo das já citadas no post, Combat Hospital também foi concebida como série. O episódio 13 não representa um desfecho completo que é o que uma minissérie deveria apresentar. A estratégia de divulgação do grupo Sony omite isso e vende todas as séries que acabaram sem final, isto é, que tiveram sua produção interrompida, como uma minissérie. Sob o ponto de vista de negócio (afinal, eles pagaram pelas séries e não querem perder tudo que investiram), eles usam isso para não afastar o público desavisado logo de cara, mas é uma sacanagem se analisarmos pelo lado do respeito ao consumidor que poderá se envolver com uma produção que eventualmente terá sua exibição interrompida sem final.

  20. Vivian Rosa disse:

    Concordo completamente com o Davi, é ridículo ver a série Criminal Minds: Suspect Behavior sendo anunciada como minissérie, quando não é nada disso. Agora vai me dizer que isso não é enganar?

  21. Anônimo disse:

    Isso de exibirem séries canceladas como minisséries também aconteceu com Shattered, que era apresentada como “série em 13 episódios” pelo Universal Channel.

  22. Margarida disse:

    Achei desrespeitoso acabar de bobeira o Off the Map, c/o aconteceu c/ outros seriados, Cane, por exemplo q passava na Warner e era super bom (na minha opinião). Mas o q quero mesmo registrar é q qdo decidem dublar um filme, seriado ou não, eles retiram as legendas originais e não pensam em quem tem problema audidivo. Usar o caption é um terror. Deficie
    ntes auditivos tb merecem qualidade pq tb são pagantes.

  23. Acho q tão pegando boi, tem sorte do canal pagar para passar no brasil e o canal passa a serie em ingles e outra reprise tbm em inglês os unicos eps q passa em portugues são nos dias de domingo!!

Deixe uma resposta

ss