FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruna Bottin

Once Upon a Time: Skin Deep

por Bruna Bottin

[contém spoilers do episódio 1×12] Rumpelstiltskin como Fera. Essa foi uma grande jogada dos roteiristas de Once Upon a Time, que sempre dão um jeito de conectar os contos de fadas, mesmo que de forma sutil em algumas ocasiões; uma das características que mais me agrada na série. Em Skin Deep descobrimos mais um pedaço da enigmática história de Rumpelstiltskin, o Senhor das Trevas. Na realização de mais um dos seus acordos, ele levou Bela (Emilie de Ravin, LOST) para viver em seu castelo e trabalhar como empregada. A prisioneira acabou afeiçoando-se à fera. A interpretação de ambos foi excelente e transpareceram muito bem o amor assustado e desconfiado que notamos afetar o Sr. Gold no tempo presente. Por sinal, em Storybrooke poucas coisas aconteceram, tendo como destaque apenas o relacionamento de Mary Margaret e David, que ainda está no meio termo, mas que promete tomar um rumo nos próximos capítulos. Once Upon a Time está mantendo um bom ritmo e merece reconhecimento na ótima transição entre o reino encantado e a vida em Storybrooke, mas o meu maior medo é em torno do grande número de personagens, que acaba mandando muita informação para o público. Uso como exemplo a personagem Ashley/Cinderela, que quando apareceu nesse capítulo custei a lembrar quem era.

Não é novidade que o ator Robert Carlyle rouba a cena na pele de  Rumpelstiltskin, e a cada capítulo podemos perceber a evolução do seu personagem, que é extremamente importante para a história. No início da temporada quando a Rainha Má estava prestes a lançar a maldição, ela salientou que Rumpelstiltskin não se lembraria de nada, assim como os outros dissidentes dos contos de fadas. Durante os capítulos seguintes, a dúvida começou a ser plantada e apesar de imaginarmos que ele tinha conhecimento de tudo, o fato, até esse momento, não havia sido confirmado. Os minutos finais de Skin Deep foram reveladores, pois Regina finalmente confrontou o Sr. Gold com a pergunta “Qual o seu nome?”. “Rumpelstiltskin” – ele responde após um tempo, e a revelação tão esperada sobre sua consciência da maldição é dita em alto e bom tom. Esse momento com certeza foi definitivo para a série, que certamente irá explorar mais a rivalidade entre a prefeita Regina e Sr. Gold.

Uma pequena observação sobre os momentos finais: no momento em que a Rainha Má vai até o castelo de Rumpelstiltskin, ela chega falando que precisa de ajuda em um problema com alguma sereia. O próximo episódio irá abordar esse tema e pelao promo as sereias não parecem nada boazinhas, assista abaixo.

7 respostas para “Once Upon a Time: Skin Deep”

  1. Vale lembrar que “um amor verdadeiro quebra qualquer maldição”. O Lobo, apaixonado, beijou Emma e sua maldição foi quebrada. Até agora, porém, nada aconteceu com Branca de Neve e seu Encantado. Ou seja…

  2. Bruna Bottin disse:

    Também fiquei com essa questão em mente. Acredito que algo mais tenebroso esteja relacionado a eles, já que o casal é o alvo principal da Rainha Má.

  3. Mik disse:

    Once Upon a Time, pra mim, é uma das melhores séries no ar hoje no que se refere à segurança que os produtores parecem demonstrar com relação a história. Por mais que todo episódio foque em um determinado personagem, quase como um ‘caso da semana’, a série nunca deixa de sempre trazer novas informações e mostrar que o arsenal de histórias guardadas é grande. Particularmente, eu adoro Regina e Mr. Gold (ou Rainha e Rumpelstiltskin), então nem preciso dizer que vibrei com o confronto deles na cadeia e estou muito ansioso pra ver o que vem pela frente. Aparentemente, vai começar um jogo de gato e rato bem interessante entre os dois.

    Não sei se a série tem fôlego pra muitas temporadas, mas pelo menos essa primeira metade da temporada de estreia foi sensacional.

  4. Laura disse:

    Bruna Bottin :
    Também fiquei com essa questão em mente. Acredito que algo mais tenebroso esteja relacionado a eles, já que o casal é o alvo principal da Rainha Má.

    Li na review do blog da mari algo assim e nos comentários tinham criado uma teoria, que o Amor de David e Mary nao fosse tão ‘verdadeiro’ assim, no momento, já que o David tá super perdido em relação a outra noiva. Talvez por isso o beijo nao quebre a maldição

  5. Bruna Bottin disse:

    Boa teoria, Laura. Faz sentido que pela confusão de sentimentos do David pela sua esposa, o beijo dele com Mary não desperte a memória.

  6. Ou… Será possível que esse David seja, na verdade, o irmão gêmeo?

  7. larissa coelho disse:

    Bruna Bottin :
    Também fiquei com essa questão em mente. Acredito que algo mais tenebroso esteja relacionado a eles, já que o casal é o alvo principal da Rainha Má.

    os dois estão sob encanto,o mesmo encanto,em todas as situações até agora uma das partes não estava
    branca de neve desmada,rumpels como senhor das trevas e Bela como mortal,grahan sob o mesmo encanto que quase toda cidade e Emma não.

Deixe uma resposta

ss