FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

Community: Contemporary Impressionists

Por Davi Garcia

[com spoilers do episódio 3×12] Quando Community acabar (e espero que isso ainda demore pelo menos mais uma temporada para acontecer), não creio que “Contemporary Impressionists” possa figurar no top 10 dos episódios tematicamente mais ousados e inteligentes da série. Agora, na relação dos mais insanos, criativos e, principalmente, divertidos, não tenho a menor dúvida! E tudo bem que nem todas as piadas e gags tenham funcionado perfeitamente (a do Dean Pelton tendo um ataque no corredor ao ver Jeff com aqueles óculos, por exemplo, ficou um pouco fora do tom), porque tudo que surgiu a partir da subtrama do Abed contratando atores para reprisar cenas famosas de filmes em Greendale, funcionou de forma extraordinariamente hilária!

Como não rir (e muito!) com o Chang replicando (de forma exagerada) o biquinho ridículo que a Renée Zellweger usa como muleta de intepretação? Ou ainda com os seguidos testes de controle de ego aos quais Jeff vai sendo submetido ao longo do episódio até não suportar mais a pressão e explodir como um verdadeiro Hulk no que rendeu até uso da trilha incidental da clássica série estrelada por Bill Bixby e Lou Ferrigno? Aliás, como não se impressionar (mesmo) ao ver Shirley igualzinha a Oprah, Annie como  Dorothy (uma pena que ela tenha aparecido tão pouco), Troy e Britta como as duas(!) e perfeitas versões de Michael Jackson ou mesmo Abed como uma Jammie Lee Curtis mais nova? Enfim, se Community merece ser considerada a melhor comédia da atualidade por abraçar as referências pops como meio e não como um fim, ela também tem que ser reconhecida pela profusão de risos fáceis que proporciona quando usa argumentos insanos como o desse ótimo episódio que ainda por cima nos deu um curiosíssimo aperitivo dos cenários que o evil Abed pode render às tramas subsequentes da temporada. Tem como não amar Community?

Outras observações:

– Pelo diálogo entre os personagens logo na abertura, ficou claro que este deveria ter sido o episódio de retorno da série pós hiato e não o da semana passada. Outro ponto que corrobora isso vem do fato do Jeff mencionar seguidas vezes ter começado uma terapia, algo que já fora sugerido durante seu rompante no casamento da Shirley.

– Não sei se vocês chegaram a alimentar a mesma expectativa, mas na cena em que o Pierce chega ao Bar Mitzvah e tira seu chapéu após ser quase barrado por não se parecer nada com Burt Reynolds, fiquei esperando pelo momento em que o recepcionista o liberaria ao dizer que ele parecia muito com Chevy Chase :P

– Curioso ver o Troy assumindo uma postura de defesa frente o grupo para as loucas iniciativas de Abed (“ele nos faz pessoas melhores por estar mais perto da gente”, diz ele), para pouco depois abraçar um tom de seriade maior cobrando do amigo que ele tenha noção da realidade de vez em quando pelo menos. O que isso trará em termos de mudança no desenvolvimento da dinâmica dos dois personagens? Também estou muito curioso para descobrir.

18 respostas para “Community: Contemporary Impressionists”

  1. Christian disse:

    Pois pra mim, o reitor caindo no chão me fez rir descontroladamente!

    Esse deveria ter sido o episódio de retorno, de tão engraçado… Espero que a audiência desse tenha sido boa também!

  2. Eduardo Pinheiro disse:

    sério…me mijei nas calças com a cena Incrível Hulk deste último Community, absurdamente genial.

  3. Carol Graziano disse:

    Ah, bem que eu fiquei com cara de interrogação quando eles se reencontram na sala de estudos como se o episódio passado não tivesse acontecido… Achei que tinha perdido alguma coisa! Poxa, eles poderiam ter refilmado só essa cena para ir ao ar, né? Ficou muito estranho.

    Sinceramente, achei a gag do reitor a mais hilária do episódio! A cena acabou e eu ainda continuava rindo loucamente. Tem quem não goste desse “papel” do reitor em se mostrar encantado pelo Jeff, mas eu acho que eles fazem isso com muita tranquilidade, sem soar preconceituoso.

    O conceito do episódio foi bom, mas achei que deixou um pouquinho a desejar. De qualquer forma, Community já é muito acima da média.

  4. Bruno Santana disse:

    Eu tinha CERTEZA que o Pierce seria comparado com o Chevy Chase, fiquei meio decepcionado que não foi hahahahahaha

  5. Damásio Ramos disse:

    o que me incomodou foi o fato de eu nao ter achado muita graça no troy. pra mim ele é o mais engraçado, mas nesse episodio, faltou alguma coisa.

  6. Bruna Bottin disse:

    Eu jurava que o Troy seria comparado a ele mesmo, Donald Glover. Já aconteceu algumas vezes na série. Mas confesso que ver ele e a Britta como as duas versões de Michael Jackson foi bem mais engraçado.

  7. Gabriel Knight disse:

    Excelente crítica. E o Evil Abed aparecendo foi muito legal.

  8. igor frederico disse:

    poxamtambém adorei o reitor caindo em seu orgasmo….

    Fora isso,achei genial o episódio,e não tinha reparado,mas a forma com que você abriu o texto é mais ou menos a que vejo ele,genial,mas que não marcará época na série,até porque,é bem intermediário,abrindo alas para tramas futuras como a separaçãod e Abed e Troy e a dinastia Chang.

    Aliás,Chang voltando é das melhores coisas do mundo,ainda mais com cenas tão hilárias,como a já citada careta-Weger e seus pensamentos insanos (mais uma sacada belissima da série,mostrandod e forma cartunesca,os pensamentos do ex professor,mesmo não sendo orignial,o filme Super usou isso a dois anos,foi muito boa para o humor do episódio.

    E sei lá,tem tantas coisas pra falar desse episódio que fica ate chato escrever em comentário,e realmente,eu adorei mesmo!

  9. MauroBailey disse:

    E eu não sei como não disseram que a Annie parece com a Trudy Campbell, de Mad Men!
    Cara, a cena do Reitor caindo foi de morrer de rir!
    Aliás, temos de ver que parecem estar elaborando um arco de histórias, com esse desentendimento de Abed e Troy.
    É só lembrar do trailer, que apareciam os dois em lados opostos de uma guerra de travesseiros. E outro arco de historia futura é o Chang criando um exército, que aparecia ele ocupando a faculdade, tornando-se um tipo de ditador.
    Enfm, Community ainda tem muito para oferecer. Que possam ser no minimo 4 temporadas, para dar tempo do Jeff se formar!

  10. Vitor disse:

    Davi,

    Tive a mesma expectativa no caso do Pierce com o recepcionista. Realmente este episódio deveria ser o do retorno. Adoro Community e sempre que posso indico para os colegas.

  11. Ismael disse:

    Lembro daquele de fringe que um personagem já tinha até morrido e acabou aparecendo vivo em um episódio mais pra frente.

    Davi, alguma idéia de porque trocam a ordem de episódios ?

    Porque não consigo acreditar que seja uma bagunça de arquivos a tal ponto disso acontecer.

  12. Davi Garcia disse:

    Sinceramente não sei, Ismael. Foi a segunda vez que fizeram isso nessa temporada. A primeira, ao que parece, foi por escolha dos produtores da série, mas essa de agora não teve muito sentido principalmente por causa dos eventos que envolvem o Jeff.

  13. @luisdpaula disse:

    Não sei,acho que pode ter sido por causa de que o episódio com mais urgencia de ir ao ar é era o romantico,do casamento,já que deveria ter ido em relação a data do Valentines.Se deixassem mais pra frente iria perder totalmente o simbolismo.
    Ou hipotese 2:Eles acharam que o episódio do casamento seria melhor para apresentar a série aos novos telespectadores que vieram por causa do Buzz gerado (#SixSeasonsAndAMovie) conforme apontado na review do Série Maníacos.

    E não, não sou o Davi mais tentei explicar :)

  14. @tiagosector disse:

    Eu ri descontroladamente da cena do Dean caindo no chão ao ver o Jeff. Foi hilário. Até porque o ator que faz o Dean é fera demais.

    No mais, mais um excelente episodio dessa temporada. Community tem um nivel incrivelmente absurdo. Como eu queria que ela durasse por pelo menos mais umas 2 temporadas.

  15. Ismael disse:

    luisdpaula

    Sua teoria número 1 achei bem plausível.

    Outra hipótese que pensei depois, seria se tivesse ocorrido algum problema de pós produção. Mas nem faz muito sentido nesse caso, Community não é uma BSG com cenas de batalhas e naves pulando para o hiper espaço.

  16. David disse:

    talvez essa troca seja só pra dar um tom melhor nos episódios que virão

  17. Felipe Autran disse:

    Provavelmente esse episódio ficou pronto primeiro. Acho que isso também acontece. Se não me engano também foi um dos motivos de terem feito o mesmo no episódio das realidades alternativas.

  18. Brunno disse:

    Ei, reparando agora nessas fotos que ilustram o texto, me pergunto se aqueles monitores atrás dos Abeds não seriam uma referência a Matrix (AZUL para a realidade, e VERDE para a ilusão)… Bem, é curioso…

Deixe uma resposta

ss