FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

Idol: Top 10 com Músicas de Billy Joel

Por Davi Garcia

[com spoilers para quem assiste pelo Sony] Montagem de abertura desinteressante (quem se importa que a fraquinha Shannon Magrane já saiu do programa?); intervenções com consultoria de figurino by Tommy Hilfiger… Assistir a rodada mais recente do Idol teria sido uma experiência bem sonolenta e praticamente insuportável se (1) o tema da semana não girasse em torno de um dos grandes e bons nomes da música – Billy Joel deve ter realmente se orgulhado das apresentações de Elise Testone, Phillip Phillips, Jessica Sanchez e Colton Dixon, os 4 melhores na minha opinião – e (2) se o results show não tivesse reservado a surpresa de colocar Joe Perry tocando um parabéns para você na guitarra em homenagem antecipada ao aniversariante desta segunda-feira, 26, o amigo de banda e jurado do Idol, Steven Tyler, que mandou uma curiosa frase ao comentar sobre sua nova idade: “Sou novo demais para ser tão velho.” Sem mais delongas, vamos aos meus brevíssimos comentários sobre cada uma das apresentações.

DeAndre Brackensick: vocalmente ele já teve performances bem melhores, mas aqueles movimentos exagerados no palco também não ajudaram nada. Se sua presença no bottom 3 da semana foi a indicação de uma tendência, o cabeludo estará em risco nas próximas…

Erika Van Pelt: não teve mudança de visual nem equilíbrio vocal que desse jeito. A performance apenas ok de Erika para “New York State of Mind” lhe jogou pela 3ª semana seguida no bottom 3 e para fora da competição. Vai deixar saudade?

Joshua Ledet: ele é bom, mas sua apresentação dessa semana deixou claro que Joshua tem um sério problema de confiança. Uma percepção que ficou clara no tímido resultado de sua tentativa “She’s got away”.

Skylar Laine: ficou longe de ser tão impressionante como foi nas três semanas anteriores, mas mantendo-se fiel ao seu estilo, tampouco teve uma apresentação decepcionante de “Shameless”. Ou teve?

Elise Testone: aleluia! Os americanos finalmente se renderam ao talento da loira que sempre sempre deixa sua marca e se arrisca nas tentativas de fazer alguma coisa diferente. Para mim, ela foi a melhor da semana ao lado de Jessica Sanchez.

Phillip Phillips: a essa altura do campeonato, está mais que claro que ele é um Dave Matthews mais novo (ou seria genérico?). Para quem curte, como eu, ótimo, mas para quem quer ver e ouvir algo totalmente diferente… Seja lá como for, gostei demais do que ele fez com “Movin’ Out” e com o fato dele ter ignorado os conselhos de Tommy Hillfiger :P

Hollie Cavanagh: Steven Tyler matou a pau na avaliação quando disse que a loirinha forçou demais em sua tentativa de cantar uma das mais famosas de Billy, “Honesty”. Hollie realmente escorregou em várias notas, mas ainda é uma das minhas favoritas.

Heejun Han:um filme ruim do Adam Sandler lançado direto em vídeo.” Jimmy Iovine disse tudo em seu comentário sobre a apresentação engraçadinha, mas vocalmente esquecível de Heejun para “My Life”.  A piada já cansou, né?

Jessica Sanchez: se a música que ela escolheu diz que “Everybody Has A Dream” (Todo Mundo Tem um Sonho), o meu é ver Jessica na final dessa temporada. De novo, mais uma performance impecável e impressionante da morena.

Colton Dixon: é verdade que andei criticando as apresentaçãoes recentes do cara, mas sua releitura de “Piano Man” essa semana me fez voltar a ter simpatia pelo competidor masculino com perfil mais pop deste top 10.

E para vocês, quem foram os melhores no top 10 do Idol?

2 respostas para “Idol: Top 10 com Músicas de Billy Joel”

  1. Edgar disse:

    Pra mim o Deandre já tá na hora extra e deveria ter saído no lugar da Erika essa semana.

  2. Tito Machado disse:

    Concordo com Edgar… Deandre e Heejun devia ser duplamente eliminados… formando o melhor top 7 de todos os tempos…

    Eu acho que a Elise foi levemente superior à Jessica… mas realmente, assistir a performance das duas me arrepiou!!

Deixe uma resposta

ss