FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

The Walking Dead: Behind the Dying Fire (Season Finale)

Por Davi Garcia

[com spoilers do episódio 2×13] Começando pelos tensos e, de certa forma,  claustrofóbicos 15 minutos que abriram o episódio (diz aí se você não ficou nervoso(a) vendo a horda zumbi se aproximar de Rick e Carl naquele descampado), o impactante season finale de The Walking Dead nos trouxe muita coisa boa: cenas de ação bem conduzidas e absolutamente empolgantes com a tomada da fazenda; a equlibrada e sempre eficiente trilha de Bear McCreary pontuando as emoções de cada sequência; espaço para que praticamente todos os personagens (mesmo os que andavam esquecidos como T-Dog ou meio apagados como Hershel) fizessem alguma coisa mais relevante; a jornada desesperada de Andrea floresta adentro culminando na já icônica cena de seu salvamento que serviu de introdução para Michonne, uma das melhores e mais complexas personagens da HQ que agora também surgirá em live action (mais sobre isso aqui) e, claro, a promessa de um cenário novo para a sequência da história que veio com a última cena: a penitenciária.

Para quem, assim como eu, ansiava por momentos de ação mais fortes na série, o massacre de zumbis, as perdas (adeus Jimmy, Patricia e fazenda!) que vieram no desenrolar desse season finale, sem dúvida representaram um verdadeiro e divertido espetáculo visual. Contudo, daqui alguns dias ou meses, a lembrança mais marcante que terei de “Behind the Dying Fire” em termos de história será a do momento em que Rick Grimes finalmente assumiu a posição de liderança, por instantes questionada pelo grupo, estabelecendo-se, em função dos acontecimentos mais recentes, como um personagem mais objetivo e, sobretudo, mais sombrio, noção que fica evidente nas últimas falas dele no episódio: “Ninguém vai a lugar nenhum. Matei meu melhor amigo por vocês… Isso nao é mais uma democracia!”

Ora, Rick nunca pediu para ser líder, por isso, vê-lo abraçando a função com uma postura mais severa e prática reflete uma ruptura curiosa para um personagem que sempre surgiu tão político e disposto a ouvir os demais, algo que ele simplesmente não faz no desfecho deste episódio. Assim, quando ele instaura sua ‘Ricktadura’ para surpresa de todos (com exceção de Daryl, talvez) a dúvida que a série deixa no ar e que certamente será mais trabalhada na 3ª temporada é: como líder de fato, Rick perderá seu senso de humanidade de forma progressiva (e, por tabela, o respeito dos demais) tornando-se apenas um ‘animal’ que luta pela sobrevivência de sua família a todo custo ou ele encontrará no novo antagonista da história (o já anunciado Governador) a figura que o fará reavaliar escolhas e atitudes? Tá aí uma pergunta fundamental para o novo ano da série.

Outras observações:

– Eu até imagino que o roteiro escrito pela dupla de produtores, Robert Kirkman & Glen Mazzara, tencionasse mostrar Lori numa reação conflituosa frente à revelação feita por Rick de que ele e Carl mataram Shane, mas a execução da cena em si ficou devendo porque a impressão deixada era a de que a mãe de Carl (que já havia incentivado o marido a se livrar de Shane, inclusive) é só uma mulher tomada pela contradição. Ou não?

– E Hershel, hein? De fazendeiro pacífico preso a dogmas, transformado num matador de zumbis que vê suas crenças subvertidas (“Pensei que Cristo tivesse algo diferente em mente quando falou em ressureição dos mortos”). Para onde caminhará o personagem dentro deste novo contexto? Aliás, não só ele, mas Daryl, Gleen, Maggie e, sobretudo, Andrea que terá que lidar com o fato de ter sido deixada para trás pelos demais? Será que podemos/devemos esperar também dela uma mudança mais radical de postura?

– Er… Falta muito pra outubro chegar? :P

 

E vocês, que reações tiveram com o season finale de The Walking Dead?

51 respostas para “The Walking Dead: Behind the Dying Fire (Season Finale)”

  1. Luciano Dourado disse:

    Já em outubro a próxima temporada? Fuck yeah!

  2. Anderson Lima disse:

    Season finale incrível! wow

  3. Carol Graziano disse:

    A Lori é uma personagem simplesmente odiosa, acho muito difícil entender suas motivações e sua linha de pensamento. Na verdade, minha impressão é que ela não é tão bem construída e os roteiristas a usam para dar uma sacudida nas coisas quando precisam, o que faz com que várias atitudes dela soem incoerentes ou quase não-críveis. A cena desse episódio realmente foi estranha. Ela tinha incitado o Rick a matar o Shane e quando ele o faz, ela parece que nunca tinha tocado no assunto. Sorte a nossa que ela teve a participação minimizada nesse episódio por conta da confusão na fazenda e da situação do próprio Rick, muito mais interessante.

    Gosto muito da série, mas desgosto de vários personagens. Estou esperançosa sobre a nova chegada que esse episódio anunciou, aparentemente uma favorita dos que leram os quadrinhos. Agora resta aguardar outubro!

  4. Julio disse:

    Tbem achei a postura de Lori estranha….coisas de mulheres rsss

  5. Ramon Damasceno disse:

    Achei fraquinho o motivo do “êxodo” de zumbis ter acontecido por conta de um helicóptero. Mas o episódio foi fantástico!

  6. Marcel disse:

    Ramon, na HQ eles explicam (e provavelmente explicaram futuramente no seriado) que uma horda de zumbis pode acontecer por qualquer motivo, qualquer um mesmo! Se um zumbi ouvir um barulho que chame a sua atenção ele vai começar a andar na direção de tal barulho e outros zumbis vão começar a seguir esse primeiro. A cada momento que se passa mais zumbis vão se juntando e chega uma hora em que eles nem sabem mais porque estão andando naquela direção mas continuam avançando. Essa é a essência de uma horda (ou manada, como alguns chamam).

    A quantidade de barulho que um helicoptero faz, mesmo que numa área bastante extensa, é grande. Agora imagine o tanto de zumbis que tinham naquela cidade e que começaram a seguir um barulho tão forte quanto o de um motor de um helicoptero.

  7. Gabriel disse:

    Achei no geral o episódio um Espetáculo.

    O que ainda não me agrada ainda na série é a trilha sonora, com exceção da música de abertura, que é fantástica. Acho que falta as vezes uma música mais “grandiosa”, sei lá.

  8. Márcio Paz disse:

    O episódio foi de tirar o fôlego, demais!!
    O que foi aquela cena da Andrea com a Michonne?? UAU!

    E bem colocado o fato do Rick estar esquecendo de sua humanidade, virando um “animal” a ponto de fazer qualquer loucura por sua família. Isso é bastante mostrado em uma parte da HQ.

    Louco pela terceira temporada!!!
    Adorei também acompanhar suas reviews, Davi!

  9. MaraCris disse:

    Acho que a Lori no fundo gostava muito do Shane ,essa é a verdade.
    O último episódio foi excelente !Estranho a turma não ter se preparado para um “ataque ” assim na fazenda .
    O Rick está agora se saindo um personagem mais interessante ,a meu ver .
    Penso que tudo é muito metafórico :uma ameaça aparece e a convivência humana vira um inferno !Ansiosa prá Outubro !

  10. Gustavo disse:

    Adorei o Episódio, o melhor até agora da temporada. As cenas de ação foram muito bem conduzidas, o Rick até que enfim se impôs perante o grupo e conseguiram dosar bem as cenas mais dramáticas.

    Nossa e as cenas da Andrea? Que desespero! Estava angustiado achando que eles iam matar a Andrea e deixar a Carol sobreviver! Se isso ocorresse eu abandonava a série! haha

    De ruim só achei que eles perderam a chance de matar os “importantíssimos” T-Dog e Carol…

  11. MauroBailey disse:

    Os detratores da série adorariam que ela fosse sempre como foi esse episódio, como um jogo de video-game. Mas não devemos esquecer que está sendo contada uma história aqui. É preciso mais momentos reflexivos, de dialogos.
    Om episodio foi espetacular exatamente por isso, por ser realmente um grande clímax para a temporada!
    Por fim, eu achava que o Hershel morreria, como um capitão que não abandona o barco!
    Que venha outubro!.

  12. Guilherme Martins disse:

    T-Dog não morre tão cedo. Tem contas a acertar com o Merle Dixon…

  13. Junior Marques disse:

    Amo Andrea !!! fodz

  14. Rodolfo disse:

    Não são detratores. Acontece que nem todo mundo acha que TWD seja essa maravilha que alguns pintam. Cabe a cada um respeitar a opinião alheia.

    E dá pra contar uma história com momentos de reflexão sem causar sono no público, coisa que TWD às vezes não sabe fazer.

  15. Osmar Júnior disse:

    O pessoal que já sabe o nome do personagem que salvou a Andrea, sabe justamente por causa das HQs né?

    Mas no geral, eu também achei o episódio fantástico, de tirar o fôlego os 43 minutos… Foi demais! E que outubro seja logo ali, como diria o outro…

  16. Rodolfo disse:

    Eu achei esse episódio muito bom. Digno de uma excelente season finale. Inclusive, é um recorde para TWD fazer 5 episódios bons em sequência.

    No geral, essa foi uma temporada nota 6. A reta final foi excelente, mas antes disso foi terrivelmente chato. Eu acho que o grande erro da série foi ter produzido 13 episódios. Não precisavam tantos. 6 já bastariam.

    Ainda não merece o hype que tem (é apenas uma boa série, não essa obra-prima que alguns – poucos, diga-se de passagem – pensam), mas fica a esperança de que a 3ª temporada mostre todo o potencial que a série promete e poucas vezes realmente mostrou.

  17. Marcel disse:

    e provavelmente explicarão* futuramente no seriado

  18. Claudia disse:

    Andrea está viva, e eu agradeço por isso <3 <3

    Sofri todos os minutos com ela naquela floresta!

  19. Helio Francis disse:

    Alguem por favor manda a Lori de volta pra Dexter pq ela está se mostrando uma digna personagem dos dois ultimos episodios daquela serie.

    A reação dela quase estragou a bela season finale mas não seria pra tanto.

    Cena da invasão muito tensa, nem deu pra respirar, e Andrea, que susto vc me meu garota!

    Não faz mais isso!

  20. Danilo Assis disse:

    Acho que a reação da Lori se deu daquele jeito ao saber que seu filho tinha terminado o serviço com o Shane e não seu marido. O fato de seu filho estar começando a perder a humanidade (preocupação já explicita em episódios anteriores).

  21. kick-ass disse:

    é isso aí Danilo!! é uma pena que o Davi Garcia no final se deixou levar pela emoção e não pela razão… Davi, seja mais profissional.

  22. BiboTalk disse:

    que episódio de tirar o fôlego….eu e minha esposa sofremos cada momento de perseguição…foram 15 minutos de pura tensão!
    Mas sou a favor de temporadas mais curtas, posi como disseram acima, essa temporada foi rasa, só na reta final engrenou legal!

  23. Raquel disse:

    Quando que a Lori foi de Dexter para poder voltar?

  24. Rodnei disse:

    Season finale bem fraco. Naum teve nada de emocionante, HeadShot de dentro de carros em movimentos é incrivel como todo mundo aprende a atirar na cabeça não importa a distancia. O carl mandando um headshot com o pai dele na frente foi muito forçado, esperava mais dessa tal de Michonne, ela chega corta a cabeça de um zumbi e só! Mais nada?

  25. Raquel disse:

    Caraca que episódio sensacional, eu confesso que gosto mais de drama do que de ação, mas foi muito bom, o Rick virou homem (ovulei), até T-Dog teve fala.

    O meu sentimento de ufa! sobreviveu, vai para Hercshel e Andrea, que matou mais do que todos juntos.

    Também achei que a reação da Lori foi mais por causa do Carl do que contraditória, mas concordo com o Davi que a cena não foi muito bem feita e pareceu que ela não queria o Shane morto.

    Pensei que fosse ano que vem, mas é outubro que TWD volta :-)

  26. Ismael disse:

    Fechei completamente com o Rodolfo.

    Ao contrário do ditado, a última impressão é que fica.

    O final foi bom, mas não dá pra esquecer que gastaram metade da temporada entre brincar de casinha na fazenda e procurar a Sofia. Foi um porre essa metade.

    Que sirva para melhorar a série, não repetir esse erro.

  27. Wilian disse:

    Achei o episódio muito bom!
    A reação da Lori foi contraditória mesmo. Uma hora ela pede pro Rick proteger ela e Carl do Shane, outra ela fica de mimimi porque o Rick o matou? O cara fica a temporada toda querendo matar o Rick e quando finalmente ele pode se livrar por legítima defesa, ele ia esperar ser morto? Come on,Lori. Já estou até vendo a chatice que ela vai estar no início da próxima temporada.
    E a Andrea? Fiquei apreensivo durante todo o tempo em que ela ficou correndo dos zumbis.E depois ainda foi salva (?) por Michonne.
    Gostei da postura do Rick. Vamos ver até quando vai durar…
    Curioso por essa Prisão!

  28. Thiago disse:

    Ação do inicio ao fim, porém os erros de sequencia deixaram muito a desejar.

  29. Dougmax disse:

    Isso sim é válido pois são comportamentos humanos, agora questionar efeitos e técnicas ai não hemmm

    Dou uma nota 10 para o surgimento da tal Michonne, de tando ler sobre ela fui pesquisar na net ontem antes de ver o grande final, vi uma imagem em preto e branco que provavelmente é da HQ, quando vi aqueles 2 Zumbis acorrentados, não acreditei, pensei comigo se realmente acontecer isso a série me conquistara de vez,… E não é que aconteceu, ver a Michonne aparecer daquele jeito na floresta foi épico. ” Mais existe Zumbi de estimação” kkkk a galera é de mais, cobra realismo em algumas cenas e esquece a finalidade em outras.
    Que venha outubro

  30. Dougmax disse:

    Galera da um desconto ai pra questão dos Headshots… po ja pensou se fosse tudo ao pé da letra, tudo de acordo com a realidade, primeiro nem Zumbi iria existir!!!!! KKKKK

  31. Rafael disse:

    TWD melhorou absurdamente. Desde a volta do hiato apresenta mais aspectos positivos do que negativos. É fato. Porém em TODOS estes episódios pós-hiato (e que eu gostei de todos) houveram, na minha opinião, falhas sérias em que cenas atentam contra a lógica, seja personagens com comportamento incoerente com o desenvolvimento apresentado sobre ele ao longo da série, seja situações que ocorrem de maneira, no mínimo, estranha e que te deixam pensando “como assim?”.

    Horda de zumbis seguindo helicóptero? E Atlanta é encostada numa floresta que é encostada na fazenda que é do lado da prisão? Eu achava que eles tinham viajado um monte depois de sair de Atlanta, mas com a sequência de abertura ficou a impressão que tudo era pertinho. Lori com comportamento aleatório (ela mandou o Rick matar o Shane e ficou revoltada quando ele fez) achando que é a “mãe do ano” pra ficar dando lição de moral, justo ela que apenas deveria ficar de olho no Carl quando o marido sai nos momentos mais tensos (execução do Randall, toque-de-recolher noturno, etc) e a criança sempre sai sem que ela perceba e nem mesmo se dê conta independente de quanto tempo ela leve para voltar.

    São essas coisas que me irritam na série. Eu torço e torço muito mesmo para TWD possa calar minha boca pois tem material para se tornar uma série icônica na história do sci-fi televisivo, tal como Lost, X-Files, Stargate e Battlestar, mas para isso precisa ser mais criteriosa com relação ao seus roteiros, os quais precisam ser mais “limpos” de incoerências e aleatoriedade.

  32. Isabel disse:

    Eu disse: Esse povo tá confortável demais. Pq botar todos os mantimentos na casa? Faz uns kits de emergência, meu povo.
    Mas como em todo filme/série de terror, eles não me ouviram. :p
    O season finale foi ótimo. Que venha outubro!

    Presídio, Lori… o/

  33. Pablo disse:

    The walkind Dead já é a minha série favorita, por isso quero fazer uma campanha aqui para termos um walkingcast (podcast de The Walking Dead) e claro que não pode ser outra pessoa senão o davi que sempre nos rpesenteava com o dudecast, po davi sentimos falta, não sei como anda sua vida, porém pelo menos umavez por mês acredito que dê, o pessoal ta querendo, e pra mostrar isso peço que todos agora deixem nos comentários o memnso pedido ao davi quem sabe ele não se rende ao nosso pedido. Enfim quem gostaria de ter um WalkingCast para ouvir durante os afazeres do dia a dia?

  34. Renata Riveri disse:

    Helio, acho que você se confundiu: a Sarah Wayne Callies atuou foi em Prison Break (Dr. Sara Tancredi).

    E, a bem da verdade, a reação dela eu achei muito boa. O problema é que foi incoerente com o que a personagem mostrou antes. Isso para mim está mais para falha de roteiro.

  35. Wilian disse:

    Esqueci de comentar… Já repararam que a fala preferida da Lori é “You are wrong!”? hauhauahuahau

  36. Leandro de Souza Ramos disse:

    Acho que a série finalmente ganhou um rumo melhor. O que não gostei foi a forma de se fazer algumas coisas.

    1) A horda passando por pelo menos 4 cercas em 10min.
    2) Rick e Carl correndo e a horda já estava perto da casa.
    3) Mortes de Jimmy e Patricia só foram pra diminuir o elenco. Totalmente sem noção.
    4) As balas de Hershel nunca acabam!
    5) Andrea não sabe dirigir? Tinham muitos carros pra ela pegar.
    6) Andrea correndo e os zumbis ainda atrás dela!
    7) Deixaram uma camionete pra trás na rodovia e depois ficam sem combustível?
    8) Lori totalmente sem noção.

    Bom, são poucas coisas, mas eu tenho medo do que virá na penitenciária. Muitas das personagens da HQ apareceram antes da fazenda e elas sobreviveram e morreram na ‘cadeia’. Mas vamos ver.

    Obs.: agora lendo as HQs, percebo que os lapsos de tempo são comuns na trama toda. Só acho que eles deveriam deixar mais claro nas falas e tal.

  37. gabrielgb disse:

    vocês podem ter certeza q o T-Dog não ta sendo cobrado agora pq futuramente ele vai ter um papel importante!!!

  38. Stéfan disse:

    Basicamente o que Rick disse a Lori foi: “Olha, era eu ou ele.”
    Mas lógico, a Lori tinha que dar chilique, como de costume. Não entendo, sinceramente gostaria de poder dizer algo como: “Ah, mas ela gostava mesmo do Shane”… mas não, ela deu a entender ao Rick em um episódio anterior que essa seria a saída (desfazer-se de Shane).
    Lori deixa a desejar, ela funciona apenas como “a esposa”, não tem uma utilidade prática, está sempre debaixo da asa do Rick. Até fiquei espantado que neste season finale ela usou uma arma. Concordo com o que o amigo ali de cima disse: por pouco, esse episódio não fica manchado por causa dessa personagem.
    Hershel, Daryl e Rick estão sensacionais.
    T-Dog também, foi muito bom vê-lo em ação, embora eu ainda ache que o deixaram meio de lado. Gostaria de ver maior participação dele.
    Sobre Andrea, posso dizer que ela havia caído no meu conceito, mas depois deste episódio, tá tudo bem de novo.
    Episódio sensacional.

  39. Gustavo disse:

    Eu também tava mais preocupado com ela do que com o resto dos personagens! A coitada correndo a noite toda, fugindo dos zumbis e td por conta da burra da carol! Essa sonsa tinha que morrer!

  40. Eliane disse:

    Infelizmente outubro demora a chegar. Mais uma vez, quem reclamava de ação, sobrou nesse último episódio. Concordo, os 15 minutos iniciais, quase não respirei. Só não sei se gosto tanto desse Rick tão democrático..rsss Ele nunca pediu para ser o líder, mas tudo que aconteceu levou a isso. Esse Rick perdendo os valores e quem sabe a própria humanidade, na próxima temporada, vai render. Ainda bem que ator é de primeira categoria. Que outubro chegue rápido.

  41. bibotalk disse:

    Pessoal que leu os quadrinhos, a Lori morre logo? por favor, digam que sim…

  42. Adlino disse:

    Ela não foi contraditória. No início ficou chocada. às vezes a gente quer algo mais depois quando vê o assunto se concretizar se choca. Na verdade ela ficou mesmo muito brava quando Rick falou que quem tinha matado Shane zumbi tinha sido o filho dela. Está aí implícito o fato de que ela esperava que Rick afastasse qualquer possibilidade de Carl se envolver com essa questão tão pesada de matar, andar armado, essas coisas.

  43. Mgv disse:

    bibotalk :
    Pessoal que leu os quadrinhos, a Lori morre logo? por favor, digam que sim…

    bom, isso seria um spoiler… não pretendo ser xingado…

  44. Gregório disse:

    Pra quem acha que a Lori é mal construida, bem, não sei responder. Pq eu sempre achei ela uma pentelha nas HQs, tbm…

  45. Ismael disse:

    Claro que num mundo destruído com milhões de mortos se tem de dar graças a deus pro ainda ter mulher.

    Mas se eu tivesse a Lori, ao menos quando ela dá xilique eu ia pensar “De bilhões de mulheres eu tinha de ficar logo com essa mala xiliquenta e amélia pra servir de estorvo?!”.

    :D

  46. Bruno disse:

    Eu não achei fraco, achei que fez sentido, eles precisavam ocupar o episódio com isso, para dar um real sentido e não nos deixar perdido, isso acaba de provar que nenhum lugar do mundo é seguro, afinal, sempre haverá barulho, mas, no final do episódio, quando é exibido um tipo de fortaleza, logo venho a pensar que é lá que aquela morena mora e que a terceira temporada será rondada nela. Desculpa por ter bifurcado os assuntos de maneira rápida, apenas tentei dar minha opinião e já realizar um comentário em um post só. Agradeço ao LigadoEmSerie por nos manter atualizados e críticos, até logo.

  47. rodrigo disse:

    se vc não gostou não assiste seu babaca

  48. Bruno disse:

    Porque ninguém se importa com a direção dos episódios?? Porque ninguém fala como o Carl é péssimo ator?? Não existe essa desculpa de toda série erra(alô Breaking Bad)! WD caiu terrivelmente de nível com essa direção péssima. Aquela cena deles na fazenda foi tão óbvia, com os eles acertando cabeças de zumbis com carros em movimento, o babaca lá deixando a porta do trailer aberta pra ser morto de forma ridícula, a Andrea ficando pra trás de um jeito quase cômico(o que foi aquela cena dela gritando pro Rick?). Além disso, deu 1 minuto de episódio e todos estavam reunidos de novo, sem ao menos dar tempo de vc se sentir mal pelo que aconteceu na noite anterior. E como explicar a reação da Lori se ela já tinha pedido nas entrelinhas para que o Rick matasse logo o Shane? E que cena mais clichê aquela em que a Andrea é salva pela mulher encapuzada? O episódio teve alguns bons momentos, do Rick, pra ser mais específico, mas a direção é péssima. TWD é uma série vendida, sem alma! Completamente diferente de quando o Darabont comandava a série. Só fico triste de ver que o Davi aplaudiu um episódio fraco desse sendo que o considero bom crítico.

  49. Josiel disse:

    Só queria dar meu ponto de vista para algumas pessoas aí, não sei se vão concordar.
    Acho a série ótima, gostei muito do ep final. Sempre gostei dessas coisas de zumbis, desde de pequeno. E acho que é óbvio para todos que the walking dead tem várias cenas sem sentido, várias cenas de ações questionáveis. Por exemplo, pq o Shane, no ep 10, não saiu logo pela porta dos fundos do ônibus? Pq ficou segurando a porta para os zumbis não entrarem? Não sei vcs, mas pelo menos eu achei estranho. Acho que é uma série pra quem curte mesmo essa coisa de zumbis, e também pra quem curte um bom drama. Digo bom drama porque, afinal, estão em um mundo horrível cheio de zumbis, e a única coisa que faz eles sobreviverem é o puro instinto de sobrevivência.
    Então, quem realmente gosta da série, deve parar de perceber detalhes e curtir a série. Como eu disse, é uma coisa de infância, sempre joguei jogos de zumbis e curto pra caralho essa coisa.
    Se querem assistir algo que faça mais sentido, vão assistir algo mais bem elaborado, como alcatraz, que assisti o primeiro ep e curti muito. Ou então vão assistir de volta para o futuro, que tem um enredo muito bem elaborado e que faz total sentido. É isso aí, the walking dead é isso mesmo, então aprendem a ignorar detalhes besta e a curtir a série. haha é o que eu acho.
    Queria falar sobre a humanidade de rick também. Não acho que Rick perdeu a sua humanidade. Pelo menos ainda não. Ele matou o Shane pq porque era preciso. Era ele, ou o Rick. E no finalzinho, acho que ele fez mais que certo. Mandou branca no pessoal. Afinal, ele se livrou do melhor amigo por eles, eles ainda ficam julgando? Acho que ele ainda tem sua humanidade, talvez fique mais frio depois, como dizem que é na hq. Não sei pq nunca li os hqs. É isso aí gente, abraço.

  50. Luiz André disse:

    Alguém mais notou um sorriso disfarçado de Herschel após Rick impor sua ditadura perante o grupo de sobreviventes? Muitas surpresas nos aguardam na próxima temporada com a inclusão de novos personagens e de um novo cenário que pode ou não – cabe aos produtores decidir – ser o principal na próxima temporada, assim como foi a fazenda neste ano da série. Finalmente, o peso de liderar um grupo de sobreviventes em um apocalipse zumbi realmente afetou a moralidade de Rick, o que só tem a melhorar o ambiente da série e levar este personagem e seus companheiros a um outro patamar, se os produtores seguirem neste desenvolvimento da narrativa. É preciso que se aprenda com os erros e acertos para que esta série não se torne apenas um xodó para fãs de zumbis e Hqs.

  51. Jo disse:

    fica dando spoiler gratuito ae… como alguem vai saber se ela morre logo? tá todo mundo esperando pela série como vc, imbecil…

Deixe uma resposta

ss