FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

The Walking Dead: Better Angels

Por Davi Garcia

[com spoilers do episódio 2×12] É inegável que ao longo dos 18 episódios exibidos até aqui, The Walking Dead teve mais momentos irregulares e frustrantes do que genuinamente empolgantes ou surpreendentes. Agora, igualmente inquestionável, coincidência ou não, é o fato de que a saída de Frank Darabont e a entrada de Glen Mazzara à frente da produção e do time de roteiristas, catalizou uma mudança radical de ritmo que deu muito mais relevânica à narrativa da série e culminou numa sequência recente de episódios que se não chegaram a ser perfeitos em sua totalidade, trouxeram para a história, vários elementos importantes como os embates ideológicos, as mudanças de comportamento dos personagens e, principalmente, surpresas e choques em abundância. Nesse panorama, se a inesperada morte de Dale parecia sugerir que o penúltimo capítulo desta temporada seria mais lento mostrando o grupo um pouco mais reflexivo frente à perda recente, Mazzara não quis saber de tirar o pé do acelerador e nos trouxe, com a ajuda de Guy Ferland (diretor de vários episódios de The Shield, Sons of Anarchy e Homeland), mais um episódio carregado pela tensão e com um desfecho não menos impressionante.

Dada a dimensão cada vez maior da conflituosa relação entre Rick e Shane, não era difícil imaginar que em algum momento as diferenças entre os dois fossem tomar um rumo irreversível. Mas, a construção disso e, sobretudo, a forma como o embate entre os dois personagens se deu neste “Better Angels” foi absolutamente brilhante. Shane era o melhor amigo de Rick, logo, independente dos sinais que este vinha recebendo de que aquele não era mais o amigo que ele conhecia, era notória a tentativa feita pelo pai de Carl de ignorar a ameaça que o rondava. Um esforço do qual Rick só abriu mão mesmo quando se viu sob a mira de Shane naquela clareira dominada por uma névoa soturna e ouviu deste a ideia que mais o atormentava: perder a chance de estar com sua família e lutar pela sobrevivência deles naquelas condições.

E se ainda tenho restrições com a performance de alguns atores da série (o garoto que faz o Carl, por exemplo, surge sempre muito apagado), no episódio que marcou a despedida de seu personagem, Jon Bernthal arrebentou ao conferir uma miríade de emoções que se refletiam no estado de insanidade e loucura crescente que foi tomando conta de Shane desde o momento em que ele percebeu que não teria mais chances com Lori, passando pela sequência com Randall no celeiro e na floresta; ao ‘teatro’ que armou na frente do grupo logo depois, até a derradeira cena de sua morte pelas mãos de Rick e a subsequente transformação em zumbi que só durou até a bala disparada por Carl atingí-lo fatalmente.

Buscando nova inspiração na HQ com o surgimento da ‘pequena’ surpresa envolvendo o mecanismo de transformação de humanos em zumbis, a série não só deu sequência à uma ideia que já nos fora apresentada no episódio 10, “18 Miles Out” (lembram dos dois policiais que viraram zumbis sem terem sido atacados ou mordidos?), como também revisitou o desfecho da 1ª temporada sugerindo, de forma indireta, quais teriam sido as palavras sussurradas por Jenner a Rick no CDC: o apocalipse zumbi não só é fruto de uma epidemia, como também um destino inescapável para todos(?) que morrem. Que perspectiva essa descoberta trará para o grupo da fazenda eu não sei, mas dado o atual estágio da série, não tenho qualquer dúvida que veremos novas e importantes mudanças surgindo na dinâmica daqueles personagens.

Com um season finale que se aproxima trazendo a expectativa de mostrar o grupo liderado por Rick fugindo da fazenda em resposta à iminente invasão da horda zumbi que se aproxima, The Walking Dead definitivamente atinge o status de ser uma das séries mais imperdíveis do momento ao solidificar seu mundo fantástico com conceitos de vida e morte que caminham lado a lado numa irreversível e irresistível contradição.

Outras observações/curiosidades:

– Comparando com o material de origem, a saída de Shane na série, além de mais demorada (na HQ o personagem morre logo na 6ª edição), trouxe também uma pequena inversão em torno dos eventos: na revista, é Carl que mata Shane e Rick que mata, um bom tempo depois, a versão zumbi do ex-amigo. Ou seja, justamente o oposto do que a série fez.

– Não sei se foi intencional, mas a cena na floresta em que a câmera permanece estática sem mostrar Shane quebrando o pescoço de Randall, lembra muito a execução de uma das cenas mais brilhantes de Taxi Driver (grande clássico de 76 dirigido por Scorsese), quando a câmera do diretor se afasta fixando-se num ponto diferente para que o espectador não divida com o protagonista daquele momento, o constrangimento de uma determinada ação.

E vocês, o que acharam desse penúltimo episódio da temporada de The Walking Dead?

51 respostas para “The Walking Dead: Better Angels”

  1. @Macgaren disse:

    Episódio perfeito. Apesar de ser uma história ligeiramente diferente da HQ a série vem dando mostras de que realmente pode seguir seu próprio caminho intercalando com momentos chaves de sua fonte de origem. Só nos deixa ansiosos pelos eventos do próximos episódios(o preview já empolga) e ver o que a 3ª temporada nos reserva(se for como nos quadrinhos, já sabemos).
    Outra coisa que vem me fazendo pensar desde a notícia da escolha do ator que viverá o “Governador” é se ele fará parte do grupo a qual Randall pertencia. O garoto diz que eles estão acampados a apenas 8 quilômetros dali.não seria de se estranhar se isso se confirmar. enfi. teorias e teorias …

  2. Wilian disse:

    Eu achei muito bom!
    Infelizmente, eu já tinha lido o spoiler do Shane mas mesmo assim as condições que levariam à sua morte e como ele viraria zumbi ainda eram incertas.A série já vinha utilizando aquela técnica de nos fazer odiar o Shane para depois matá-lo. Achei bem interessante essa coisa de não se infectar apenas com mordidas. Ainda não li a HQ, então não sei o que ainda pode vir em relação a isso nas próximas temporadas.
    Tomara que a season finale seja excelente também!

  3. Alessandro disse:

    Assim como o episódio anterior, no qual quase todos detestaram e eu achei o melhor da temporada, este foi um dos mais fracos, trazendo um acontecimento que ocorrera no começo das HQs mais para frente e de forma totalmente mal desenvolvida.

    Shane, juntamente com Rick, era um dos melhores personagens, e acho que não ter matado ele no começo da série como na HQ foi um grande acerto, e acredito que ele teria muito a acrescentar na história, mas sua repentina transformação nesse episódio foi ridícula, isso sem contar como Dale conseguiu virar quase todo o grupo contra ele.

    Espero que a série melhore pois tem potencial para isso, mas com a morte de um dos melhores personagens fico temeroso com o desenrolar.

  4. @tconz disse:

    Os dois caras que o Rick matou no bar, no ep. 2×09, não viraram zumbis. Então… como funciona a coisa?

  5. @Macgaren disse:

    O Rick os matou com tiros na cabeça logo, sem maquiagens de zumbis pra eles.

  6. Eduardo Pinheiro disse:

    episódio espetacular…e como leitor das hqs, confesso ter curtido mais a morte do Shane na série do que nas páginas do gibi…muito mais emotiva.

    No próximo domingo teremos um final de temporada explosivo e, certamente, com muitas mortes. veremos quem sobra pra 3ª temporada.

  7. Alessandro disse:

    O do balcão ele atirou na cabeça, o gordo eu não lembro, mas como ele deu vários tiros talvez um deles tenha sido na cabeça.

  8. AugustoLP disse:

    Achei o episódio sensacional, só to com medo da minha expectativa GIGANTE pra esse season finale, espero que atinja o mesmo nível que esse episódio.

    A série deu uma melhorada absurda com a entrada do novo showrunner, me surpreendeu, pensei que aconteceria o contrário.

  9. Gustavo disse:

    A série melhorou bastante nesses últimos episódios. Conseguiu me surpreender, com as mortes do Dale e o Shane. O Rick me irritou bastante em algumas cenas, mas ele matando o Shane foi muito legal! Agora é esperar para a Season Finale ever quem mais vai morrer com o ataque na fazenda. Aposto que o T-dog, a mãe da Sophia e os figurantes da fazenda morrem. Pelo menos torço para isso…

  10. Tany M disse:

    Fiquei tão feliz do Shane morrer que não é brincadeira. Eu não li a HQ, mas sei um pouco dos boatos da terceira temporada e pra mim foi o suficiente essa fazenda. Gostei bastante dessa época, mas já deu o que tinha que dar desde quando encontraram a Sophia. O Shane foi um personagem muito, muito bom, mas pena que ele tinha que ir embora mesmo. Sinceramente, o mais bem aproveitado até agora de todos eles. Só queria que agora notassem como o Daryl é o máximo. Melhor personagem dessa série!

  11. MauroBailey disse:

    Eu acho que todo mundo deve estar infectado, mas as pessoas que ficaram vivas devem ter algum tipo de imunidade, que é quebrada quando morrem,
    Enfim, episódio sensacional. Que venha o Season Finale!

  12. Roberto França disse:

    Não achei o episódio espetacular devido a um erro no desenvolvimento de Shane e Carl.

    Ora, se Shane veio da humanidade para a desumanidade o episódio 11 e 12 deveriam servir de ponte para isso (chegando ao extremo de sua desumanidade). Mas no episódio 11 vemos um Shane mais tranquilo que até aceita o fato do Dale conversar com o grupo e talvez acatar com outra resolução em relação a Randall.

    Ai logo no começo do episódio Shane muda novamente.. dando a arma para Carl.

    Carl rejeita (humano). Lori conversa com Shane (humano) depois tenta matar Randal (mas ao ver as algemas quase soltas) do nada muda e pensa em matar Rick.

    Carl é outro que depois da morte de Dale ao meu ver deveria ter ficado mais humano. Mas ai aceita a arma dada por Rick (este que era humano e novamente incoerente dar a arma).

    Bem existe algo inconstante na série. Que não consigo entender.

  13. Roberto França disse:

    Exatamente Alessandro.

    O desenvolvimento foi completamente falho e me pareceu abrupto (desespero pois já estava chegando a season finale talvez).

    E lembre que o plano de Shane era só simplesmente matar Randall ( mas do nada ele muda ao ver as algemas e decide matar Rick!).

    Observe que no último episódio vemos um Shane tranquilo que aceita as decisões dos outros. E rick rejeita a ideia de matar Randall quando ver o menino com a arma.

    Depois tanto Rick cai para a desumanidade (toma filho a arma) quanto Shane também (este indo para o lado extremo).

    Inconstante o desenvolvimento da série.

    Por isso dou 3 estrelas para o episódio.

  14. Roberto França disse:

    Tava vendo o episódio novamente, e tanto a cena da morte de Randall como a trilha sonora ao longo do episódio foi espetacular. E a transformação de Shane também.

  15. Li Magalhães disse:

    Mas mesmo que o Rick não tivesse atirado na cabeça, o tempo de reação é diferente em cada um, pode levar minutos ou horas.

  16. @Macgaren disse:

    Acho que o que fez o Shane meio que pirar e partir pro modo “eliminar Rick” foi a conversa com a Lori. Ela dando a entender que se o Rick não tivesse voltado as coisas teriam sido diferentes e ela também o amava. Ele tava lá trabalhando e depois da cena entrou em modo berserker.

  17. Miron Alighieri disse:

    Caras, vocês viajaram. O Shane vem se desenvolvendo como antagonista do Rick a vários episódios, e isso pra nem dizer que ele já o era, em menor grau desde a volta do Rick. Ele mesmo fala isso na sequência que culmina em sua morte. No episódio anterior ele não aceitou nada. Deixou clara sua posição e apenas não fez nada pois estava em menor número, e meticuloso, preferiu planejar algo mais elaborado. Outro engano comete quem pensa que ele entrou na cabana pra matar o Randall. Todo o transtorno que ele mostrou, observando o rapaz, a conversa que ele teve, tudo aquilo mostrava que ele tinha outros planos para Randall, que envolviam sim mata-lo, mas não era somente isso. Se fosse só isso, Shane mesmo disse na floresta, ele já estaria morto. Concordo, Shane era um grande personagem, e muito disso estava na sua oposição a figura de heroi bom moço de Rick, e devido a competição dos dois por Lori, Carl e depois do que Lori disse, também pelo bebê, achei muito bem construída a saída dele da série. Era um embate que viria a tona alguma hora, e achei que eles escolheram um bom momento pra isso. Um personagem bom, não precisa ficar na série até o final, ele precisa cumprir seu papel na história e sair dela no momento certo. Se ele foi realmente bom, as marcas dele ficarão tanto na série quanto em nós telespectadores

  18. Miron Alighieri disse:

    O segundo que o Rick matou, ele atira no peito, e depois se aproxima e dá um tiro na cabeça.

    Outro exemplo mais sutil, muito sutil mesmo eu diria, da questão da transformação não estar ligada a mordida de zumbis, foi a história do Randall com a busca por Sophia. Lembram que Randall disse que homens do grupo dele estupraram duas filhas de um senhor acampado e o deixaram vivo para assistir? Lembram que em uma das buscas por Sophia, o grupo de Rick achou uma cabana com garotas mortas dentro e um zumbi pendurado em uma árvore? O zumbi da árvore era o pai das garotas estupradas que estavam mortas na cabana. Ele se matou, por provavelmente, não suportar o que aconteceu com as filhas. E assim ele virou zumbi pendurado na árvore, sem ter sido mordido. Lembrem se que o grupo do Rick se indaga como ele poderia ter ido parar ali. Eu não lí a HQ, mas já ouvi comentários sobre ela, porém não sei qual a origem da zumbificação. Mas ainda pode ser algo no ar, ou água, que toda a população foi exposta. Alguma vacina ou medicamento, arma biológica, que infectou a todos e quem morrer, independente da forma como acontecer, vai virar zumbi.

  19. Miron Alighieri disse:

    Eu penso diferente. Acho que o extremos que fizeram Shane chegar onde chegou são todos de características humanas. Ele tentou protejer o que achou que era dele. Ele mesmo joga isso contra o Rick. Diz ser um melhor pai, melhor homem. Pra mim, o desenvolvimento se deu pelo seu desespero crescente que chegou no máximo quando ele ouviu da Lori que ela reconhecia tudo que ele tinha feito, mas que o que ocorreu entre eles foi um erro e que ela sentia muito por aquilo. E ela faz isso depois de dizer a ele que não sabe de quem é o filho que ela espera. Diante deste quadro, Shane se vê desesperado, ameaçado por Rick de perder tudo de vez. E para proteger aquilo ele planeja tudo aquilo. Eu, como disse em outro comentário, não vejo a postura de Shane no episódio anterior como alguém que estava mudando. Rick tentou fazer isso, à força. Ele disse ao Shane que se quisesse ficar alí ele teria que aceitar as ordens de RIck, e ele fez isso , perceptivelmente, a contra gosto. Ele aceitou que houvesse uma votação pois Rick mesmo já estava inclinado a matar Randall e ele estava praticamente seguro que assim seria. E vimos que ele estaria certo, não fosse por Carl. Outro ponto que divirjo de você e de outros que comentaram é que para mim, Shane entrou na cabana já pensando em como se livrar do Rick. Foi logo depois da conversa com a Lori em que ela acaba com as esperanças dele. Assim ele passa a ver como única saída, tirar Rick do caminho. Assim que viu as correntes meio soltas do Randall lhe veio o plano de simular a fuga dele e assim acabar com o seu problema, Rick. Com tudo isso, na minha opinião, a construção foi muito boa. Nada foi absurdo ou abrupto de forma que comprometesse a narrativa para o desfecho final.

    A série, como o Bruno disse, e muitos outros comentaram melhorou muito, nos prendendo mais aos personagens, nos deixando tensos não só por zumbis, ou quando temos zumbis não só pela perseguição. Um reflexo muito bom disso é o aumento dos comentários aqui. A discussão sadia sobre pontos da série, todos respeitando a opinão de todos. Realmente está dando gosto de assistir e vir aqui compartilhar a experiência, as visões, as teorias. Que a série continue assim, e que continuemos assim também.

  20. Miron Alighieri disse:

    Com relação ao humano e não humano que você diz, acho que justamente pela série ter melhorado, não é possível ser tão maniqueísta. Os personagens, mesmo Carl que ainda é meio apagado, estão se adaptando a cada momento, a cada novo acontecimento. E eles vão oscilar entre razão e emoção. Não vai ser uma reta certinha este desenvolvimento de cada um. E justamente por conta de Carl ser uma criança isso é mais complicado pra ele. Como Rick disse, ele agora não pode ser mais criança. Este novo mundo apocalíptico tirou isso dele. Antes da morte de Dale ele fez aquela aparição no celeiro e mostrou um momento onde ele não teria remorso pela morte de um ser humano, ele estava pensando de acordo com Shane, na lógica deles, aquilo era proteger o grupo e era o melhor que eles podiam fazer, não necessariamente significando que eles não eram humanos, mas que eles pensavam em proteger o grupo não importando o que tivessem que fazer. Como eu disse, é complicado julgar como atitude humana e não humana, emoção e razão. Tudo se mistura nestas atitudes e até mesmo o discurso de Dale não foi capaz de convencer a todos de que o melhor a fazer era poupar Randall, pois realmente todos ali se preocupavam com o bem do grupo e nem por isso entendo que largaram a humanidade de lado.

  21. Miron Alighieri disse:

    Mas a discussão que a série traz é esta mesma. Até onde você iria pra sobreviver? O que é certo ou errado quando está em jogo a vida de quem amamos?

    A série trata das pessoas sendo expostas a estas situações e mostra como cada uma reage.

  22. Roberto França disse:

    Claro que ele sempre foi se desenvolvendo como antagonista. Porém como se dá esse desenvolvimento? Ao meu ver foi falho por demonstrar evidências que talvez ele pudesse melhorar (seu entendimento com Dale é uma prova disso).

    Não foi uma descida gradual até a desumanidade e sim com algumas subidas incoerentes (naquele ponto da discussão em relação a randal ele já deveria está firme em sua posição, e não simplesmente dizer – Dale você pode mudar as coisas e eu vou acatar com sua decisão).

  23. Roberto França disse:

    É realmente. Na verdade a série ao meu ver chegou a um patamar maravilhoso. Cada episódio ficamos confusos em relação a que direção tomar.

    Rick por exemplo… prestando atenção em Rick podemos ver um cara humano e etc.. mas também observe como ele é ás vezes semelhante a um ditador. Porque o grupo decidiu matar Randal.. ai ele mudou de ideia por causa de Carl.

    Bem imagine se o grupo não aceita isso.. o que ele iria fazer?!

    A série concordo com vc está maravilhosa.
    ___________________________________________

    Voltando em relação a Shane.. é realmente.. talvez eu tive uma interpretação errônea de como Shane estava se sentindo.

    Depois da conversa com Lori por exemplo, eu senti que ele estava arrependido.. ou até mais humano..

    Mas ao meu ver.. mais episódio seria perfeito para demonstrar essa face do Shane extrema.

    Mais um episódio. Porque iriamos observar ele afastado a mais tempo e etc.. oq culminaria com sua loucura final.

  24. Davi Garcia disse:

    Miron, ótima lembrança essa da sequência em que Daryl e Andrea encontram o zumbi enforcado na árvore! É sem dúvida mais um ponto que corrobora essa transformação que este penúltimo episódio evidenciou.

  25. LEANDRO DE SOUZA RAMOS disse:

    Tudo muito bom até aqui. Mas o Carl nunca mais vai acertar um tiro como aquele em toda a sua existência! :D

  26. Thaíssa disse:

    Eu andei olhando o episodio 2×03, e quando Daryl e Andrea encontram o zumbi pendurado na árvore e percebi duas coisas: 1° eles não olham dentro da barraca de camping, então acho (apenas acho) que ele não era o pai dessas duas garotas que foram violentadas, 2° o zumbi estava com as pernas comidas, logo, acredito que ele tenha virado zumbi por causa das mordidas dos zumbis que comeram suas pernas…

  27. Mary disse:

    Primeira vez que comento aqui. Adoro suas revires Garcia, as acompanho desde do finado Dude We Are Lost.
    Agora sobre o episódio, já estava mais que na hora de Rick dar cabo a Shane, a situação não ia se sustentar mais de forma alguma. Talvez fosse melhor que ele simplesmente tivesse deixado ele naquele ônibus e não se sentiria tão culpado… Desculpem, mas eu prezo pela humanidade de Rick e por ler a HQ e saber o acontece, meu coração fica apertadinho toda vez que o vejo se aproximar do Rick da HQ. Sou mole mesmo, em discussão com amigos sobre a série já está mais que definido que com certeza seria uma das primeiras a morrer pois não conseguiria tomar decisões como matar os vivos mesmo para a proteção do grupo. Por isso acho que Dale e sua humanidade intacta vão fazer mta falta daqui para frente…

  28. Mary disse:

    E sobre Shane ter ficado mais humano nos últimos episódios como vi vcs comentando por aqui, discordo totalmente. Desde q Rick o salvou no ônibus, já era perceptível a formação de um estado de loucura. A expressão dele na volta no carro. A mansidão que vcs falam q ele recebeu notícias contrarias, é perfeitamente perceptível a contrariedade dele. Ele só permitiu a votação por perceber que Rick estava inclinado a tomar a decisão q ele julgou certa. Ele permitiu q Dale tentasse convencer as pessoas MAS DEIXOU BEM CLARO q caso conseguisse ele iria matá-lo de qq jeito. Então não, ele não estava ficando “bonzinho” e controlado.

  29. Rafael disse:

    Finalmente TWD entrou nos eixos. 4 bons episódios em sequência, algo que em nenhum momento a série tinha conseguido. Pra entrar na lista das melhores séries da atualidade falta ser um pouco mais cuidadosa e criteriosa com aoguns detalhes.

    Por exemplo: como assim o Carl consegue sair duma casa lotada de gente (mobilizada e em “toque-de-recolher” por causa da fuga do Randall) e NINGUÉM vê, especialmente a mãe dele? Cadê a mãe que NUNCA está de olho na sua criança? Ele passou o episódio passado inteiro indo e vindo pra qualquer lugar que ele queira (todos eles locais vigiados e/ou perigosos) nem dificuldades.

    Outra situação: o zumbi que matou o Dale sirgiu do nada atrás dele em campo aberto e em condissões onde havia boa visibilidade e considerando o quato eles são lentos eu achei muito forçado, assim como o Shane zumbi fazendo barulho logo atrás do Rick e ele não ouvia nada.

    Mas no nível que a série esta, eu já consigo deixar de lado essas falhas e ne divertir com a série, algo que estava impossível até o hiato da 2ª temporada. TWD já vale realmente a pena assistir.

  30. Roberto França disse:

    Aquela conversa com Dale, antes da decisão da execução de Randall prova que ele tava ficando bonzinho.

    Tanto que depois da morte de Dale pensei que todos iriam ficar humanos (Carl chorando novamente com a mãe/Rick desistindo da execução/Shane dialogando com Dale).

  31. Roberto França disse:

    Rick estava em estado de choque e pensava que Carl iria atirar nele.

    É realmente Carl ter saído da casa é algo ilógico mas aceito devido ao fato dos outros aceitarem que ele deve enfrentar os zubis e etc.. já ganhou a arma e tudo então é aceitável.

    Inaceitável ainda continua sendo o Head Shot em Shane na escuridão com o pai bloqueando parte da visão.

    Porém o episódio foi mt bom e a série é muito boa.. temos que aceitar esses problemas.

  32. Rodolfo disse:

    Excelente episódio! Os 4 últimos foram bons. Acho que TWD nunca foi assim tão interessante.

  33. Miron Alighieri disse:

    Eu revi este episodio, que e’ o que Shane deixa Otis para morrer, e tambem, e realmente não ha’ nada nele que mostre o que eu falei. rs. O proprio zumbi, antes de ser zumbi, deixa um bilhete dizendo que foi mordido e que se enforcou por que estava com a febre, que ele provavelmente viu consumir outros ate’ virarem zumbis. A carne de suas pernas foi comida realmente, mas não foi isso que o matou. Viajei muito ao juntar estas duas pontas que não eram relacionadas, o Randall falando dos estupros e o zumbi pendurado. Impressionante como estava muito nitido para mim a cena, e quando a assisti novamente parecia que eu nem tinha visto daquele jeito. Obrigado pela correção Thaissa.

  34. Thaíssa disse:

    Miron, sua teoria não foi tão absurda, eu tinha acreditado nela até rever o 2×03, rs. Minha teoria sobre Shane e Randall estarem infectados é que: Para se contrair o vírus não é preciso ser mordido. Ser arranhado e/ou ter contato com sangue, suor, saliva dos walkers já o suficiente para se contaminar, porém o vírus permanece adormecido até que hospedeiro morra. Então, a grande maioria já está contaminada, só falta morrer para o vírus “acordar” . Viajei?!

  35. Silvana disse:

    O q não faz uma boa mudança nos bastidores, digo direção.
    O ritmo ainda acho lento, qdo lembro de filmes como madrugada dos mortos e extermínio, mas ao ver q os 40 minutos pareceram 10 prova q mesmo ‘lenta’ ela prende. Melhorou bastante e ela qdo era ‘ruim’ eu tb gostava …entao estou muito feliz e querendo ver AGORA a season finale ..acho q nao só eu rsss

    ps: Odio mortal daquela Lori, o mulherzinha medonha que só planta semente da discórdia.
    ps2: Acho q Daryll e Glen nao chegaram a tempo na casa da fazenda com aquela orda inteira atras.
    ps3: Acho tb aquelas batidas na madeira na casa, no moilho por Shane despertou os errantes vizinhos e adjacentes :DDD

    Até breve!

  36. Raquel disse:

    Eu não gostei só desses últimos 4 episódios, gostei da temporada inteira.
    Eu sabia o que ia acontecer, mas não sabia o porquê, então foi isso que aquele cientista maluco falou no final da primeira temporada, todos viram zumbi.
    Mas tenho uma ressalva, que até já foi comentada aqui. Quer dizer que o Shane ia matar o Randall, ve que ele ta tentando sair das algemas então decide matar o Rick, foi isso, ou foi tudo planejado? Poderiam trabalhar melhor nisso, no desenvolvimento das tramas, tem coisas que acontecem do nada.

    Obs.: Quando o Carl atira no Shane e desperta aquela horda de zumbis, me lembrei muito de Thriller do Michael Jackson, hahahaha…

  37. Marcos Mendes disse:

    Cara, to curtindo muito essa temporada, pena que tá acabando…
    Como vc bem falou Davi, ainda tem uns e outros personagens mal desenvolvidos, sinceramente acho que T-Dog teria sido uma perda melhor para a série ao invés de Dale, que na HQ vive muito mais. MAs ainda acho que falta algo que não veremos tão cedo, a julgar pela HQ que até a presente edição (93 se não me engano) ainda não esboçou sequer uma explicação: afinal de contas que porcaria aconteceu pro povo ficar desse jeito?! Sabe, LOST era fenomenal por que conseguia lidar com as duas coisas, enquanto desenvolvia a trama os personagens tb expunham suas cicatrizes. E tenho visto que TWD sempre focou muito na questão do relacionamento em situações extremas e nos valores que são perdidos com isso do que na trama científica muito rica que poderia ser tecida com esse pano de fundo. O que vc acha? Não dava para dar uma instigada nos personagens a buscar mais explicações e tentar entender o que há de errado com o mundo? Ou isso é um detalhe que só se dá melhor nos filmes do gênero que tem duração menor?

    Obs.: Quero te agradecer por certa vez ter indicado ALIAS para ver, quando ainda te perguntei no DudeNews. Terminei semana passada essa série e foi muito boa mesmo, agora estou pensando em pegar BattleStar Galactica.

  38. Davi Garcia disse:

    Oi Marcos, bacana que você curtiu Alias. É uma das minhas favoritas tb, assim como BSG :)

    Sobre a questão de TWD relegar o interesse dos personagens em tentar descobrir o que aconteceu com o mundo, creio que se deve mais ao fato da urgência da luta pela sobrevivência que o dia a dia deles exige e a precariedade de condições de se investigar o fenômeno mesmo. As pessoas que sobreviveram estão isoladas, assustadas e sem mecanismos de comunicação que os permita entender o que de fato ocorreu. Acho que é mais por isso que a série se foca no relacionamento entre eles mais do que qualquer outra coisa, ainda que fiquemos curiosos para saber o que aconteceu e como aconteceu para que este apocalipse tomasse forma ;)

  39. Adlino disse:

    Eu não sou versada nesses assuntos de série. Mas, gostaria de registrar aqui uma impressão minha a respeito da transformação de Shane em zumbi. Não acho que ela tenha sido rápida como pareceu não. A morte dele de fato acelerou o processo, mas, ele já vinha se modificando aos poucos. Lembram-se que ele sofreu arranhões no início dessa segunda temporada. Depois disso ele foi se alterando aos poucos e muito discretamente. E ele sabia disso. Ou ao menos o percebia. O andar dele, o movimento do corpo a posição da cabeça e até mesmo o olhar. Procurem observar. Gostaria que alguem comentasse a esse respeito.

  40. Diego Dutra disse:

    Gostei do capítulo, mas não concordo com alguns comentários feitos no post. Primeiramente, preferia Frank Darabont na produção, a série era mais cuidadosa com os personagens e diálogos. Sobre a morte de Rick, o personagem foi morto em razão do ator Jon Bernthal ter recebido uma proposta para ser protagonista em outra série, desse modo, a série começou a planejar rapidamente sua morte. Quanto a todos já estarem infectados, não entendo a surpresa, essa é uma regra básica dos filmes de Zumbi, igual a regra dos vampiros não sairem ao sol. Em todos os filmes de George Romero os personagens viram zumbis após a morte.

  41. Davi Garcia disse:

    Diego, a ideia inicial era matar o Shane no final da 1a temporada quando o Darabont ainda estava diretamente envolvido com a série. O convite para integrar o elenco de L.A. Noir (que será comandada por Darabont, inclusive) só veio quando as gravações da 2a temporada de The Walking Dead já estavam na metade e já estava decidido que o Shane morreria.

  42. Douglas Baiense disse:

    Não gostei da execução da coisa, tudo muito forçado para acontecer daquele jeitinho.
    O Shane sempre foi pragmatico e sobrevivente, ele sabia que não havia volta no que estava fazendo e mesmo assim ficou dando aquela corda toda para o Rick se aproximar dele (mesmo sabendo melhor que ninguem o quanto o Rick poderia ser perigoso naquela situacao). Depois disso o Carl ainda aparece naquele lugar tao repentinamente que achei até que o Rick estava alucinando. É incrivel como o muleque foge pra todo lado (ainda mais de noite e depois do que aconteceu com o Dale) e ninguem ve e nem faz nada. Do jeito que esse povo tá vigiando mal os arredores da casa é capaz de ter uns 3 zumbis no banheiro kkkk.
    É foda, gosto bastante da série, mas quando começa a forçar muito algumas situações é pq estão ficando sem grandes idéias.

  43. André disse:

    Nunca tinha entrado nesse site e adorei!
    Parabéns pela boa escrita e narração.

  44. Dougmax disse:

    Galera o Shane já vem surtando desde do retorno de Rick, pra que não sabe a dissimulação dele era tamanha que nos passava um ar a vezes de que tudo havia passado

    Já que a galera gosta de rever episódios deem uma olhada la na primeira temporada quando o Rick encontra o pessoal no acampamento, tudo ficou muito feliz e o Shane com aquele olhar de fudeu acabou minha vidinha de família, outra quando. estavam eles no acampamento quando um barulho no mato ai sai a galera pra ver o que esta acontecendo, Rick Shane Dale foram pro mato em um momento da cena o Shane loucamente aponta a arma para o Rick que estava de costa tipo querendo tirar de vez sua vida, ai aparece o Dale olhando com aquela cara comum dele de critica para o Shane, “Tipo você é doente mesmo” ai a galera vem falando que o Shane estava de boa qual é galera

  45. Artur disse:

    Eu acho que a transformação está a personalidade das pessoas…. pessoas boas não viram zumbi, mas as pessoas más se transformam… até agora só policial virou zumbi sem ser mordido… vai saber acho que começou por aí… na personalidade desumana das pessoas… falow abraço à todos!

  46. Vitor disse:

    RICK É UM WALKER!
    Vocês são cegos ou o que?! Tá mais do que na CARA que RICK comeu Shane no ultimo episodio!!!! Primeiro, puxem os pontos… Rick é um Walker que “deu errado” desde o inicio… não sei se é algo relacionado ao DNA dele… mas percebam o primeiro episodio, fica tudo meio que “encoberto” a saída dele do hospital… O fato do próprio SHANE assumir (e conferir) que ele havia morrido e tals… Esse ultimo episodio só fez confirmar… quando Carl chega e aponta a arma pro próprio pai (pq? HAN?! PQ?! ele amava SHANE?! Não!) ele pegou o próprio PAI comendo Shane (não no mal sentido) foi quando Rick se afastou de Shane (o que fez Shane se levantar) quando Rick foi tentar “acalmar” Carl, Shane se levanta (dos mortos LOL) e vem atrás de Rick, é quando Carl tem que decidir qual dos dois ele vai matar… (Claro que Shane rodou mais uma vez)… Sem falar na parte quando Rick diz “espera… espera…” e volta pro lado do corpo de Shane (pra continuar seu jantar) OBVIO!
    Sabe o que é pior? Rick e Carls já fizeram transfusão de sangue… (MAIS OUTRO MOTIVO, pra frieza súbita do garoto, que agora tmb tem o mesmo tipo de DNA (sangue ruim) do Pai!)

    RICK e CARL são WALKER (claro que uma versão melhorada)

  47. Vitor disse:

    SÓ REFORÇANDO

    Walking Dead: Rick é um Zumbi

    Eu acho que o Rick Grimes é um zumbi, calma galera eu explico:

    Cena 01
    1 – No início do ultimo episódio da primeira temporada tem uma cena em que Shane tenta tirar Rick do hospital onde se encontra em estado de coma, mas ao tentar fazer isso no meio da confusão, entre tiros e bombas explodindo, Shane tenta ouvir o batimento de Rick, porém é em vão (ele esta morto, certo?).

    Cena 02 A – Cena 02 B
    2 – Neste mesmo episódio, Jenner o cientista, só permite que todos entrem no laboratório caso todos façam um exame de sangue para constatar que nenhum deles tem o vírus (ou sei lá o que), então em uma das cenas subseqüentes Rick pergunta pra Jenner sobre as amostras de sangue, Jenner com um ar de quem comeu e não gostou diz que todas estão normal.

    Cena 03
    3 – Lori e Shane tem uma discussão, em que Shane diz com todas as letras que tentou sentir a respiração do Rick quando tentou tirar ele do hospital, mas não ouviu nada.

    Cena 04
    4 – Tem um momento deste episódio em que Jenner mostra pra todos como as pessoas se tornam zumbis, neste momento ele mostra que o que atinge as pessoas faz com que somente parte do cérebro volte a funcionar, neste momento Rick pergunta se o infectado volta a viver, então Jenner com postura de quem esta um pouco irritado diz algo como: Você quem deve me dizer.

    Cena 05
    5 – A quinta e ultima cena que me faz crer que Rick é realmente um zumbi, é justamente a cena em que o prédio está prestes a explodir e Jenner não os quer deixar sair, mas com muito apelo ele acaba cedendo e abrindo a porta para que todos saiam, nesta hora Rick Grimes agradece ao Jenner que diz que um dia chegara o momento em que Rick deixara de ser garato, então antes que Rick saia correndo do prédio Jenner o puxa pelo braço diz algo em seu ouvido, (risos) eu acho que Jenner disse: AEW MANOLO TU É UM ZUMBI, SÓ QUE SE CEREBRO VOLTO A FUNCIONA QUASE QUE POR COMPLETO!

    BOOM
    6 – BOOOM

    ps.: Tomara que se houver continuação o pessoal da AMC seja menos mão de vaca com Walking Dead e gaste uma grana mais legal com os efeitos.

    http://noblets.com.br/blog/2011/04/walking-dead-rick-e-zumbi/

  48. Dougmax disse:

    @ Vitor Cara tu é um gênio!!!!! Sem gracinhas!!!!

    Tudo agora faz sentido, O Rick é a versão masculina de Alice (Milla Jovovich) em Resident Evil – O Hóspede Maldito

    Por isso gosto de participar dos comentários, a galera é fodaaa!! criatividade ao extremo

    muito bom

    Parabéns pelos detalhes

  49. Vitor disse:

    Obrigado HAHAHHAHHA isso sempre esteve na CARA de TODO mundo, mas niguém quer ver, pq ja criou uma visão de super heroi… LOL

  50. Mary disse:

    Roberto França :
    Aquela conversa com Dale, antes da decisão da execução de Randall prova que ele tava ficando bonzinho.
    Tanto que depois da morte de Dale pensei que todos iriam ficar humanos (Carl chorando novamente com a mãe/Rick desistindo da execução/Shane dialogando com Dale).

    NÃO! Ele não estava ficando bonzinho! Ele disse a Dale que poderia tentar convencer QUEM ele quisesse, mas se conseguisse, ele mesmo iria matar Randall!

  51. Éden disse:

    Genial mesmo essa explicação. Eu não tinha relacionado esses detalhes.

Deixe uma resposta

ss