FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

A Grande Final do American Idol

A 11ª  temporada do American Idol não foi uma unanimidade para mim e, acredito, para muitos de vocês. Sim, ela teve alguns momentos divertidos nas fases preliminares (quem não lembra, por exemplo, do Steven Tyler fazendo um semi striptease antes de se jogar numa piscina logo em seguida?), mas também derrapou com tantos outros arrastados e, principalmente, quando colocou alguns candidatos de talento questionável no top 24 e posteriormente no 12. Além disso, dá para contar nos dedos quantas foram as apresentações realmente empolgantes ao longo desses 40 episódios. Percalços à parte, uma coisa precisa ser reconhecida: a finalíssima desse ano reuniu dois jovens com estilos diametralmente opostos e que já chamavam atenção desde o início. Como esquecer da audição de Phillip Phillips mandando uma versão sensacional de “Thriller“? E que tal Jessica Sanchez personificando uma Whitney Houston mirim já na Hollywood Week? Considerando esse panorama, portanto, independente de quem fosse o seu favorito, a verdade é que, pelo talento, qualquer um dos dois merecia o título. Quem levou a maior parte dos 132 milhões de votos que definiram o título de novo ídolo da música foi o versátil Phillip Phillips, mas que ninguém duvide que ouviremos muita coisa boa da diva precoce Jessica Sanchez. Mas, como foi a última rodada de apresentações que definiu o campeão desse ano no Idol?

Jessica Sanchez: Poucas pessoas no planeta conseguem cantar “I Have Nothing” da Whitney Houston sem passar vergonha e Jessica certamente não é uma dessas pessoas. Foi uma interpretação tão boa quanto a da Hollywood Week? Não, mas foi emocionante, um fator fundamental para aquele momento.

Phillip Phillips: Investiu numa leitura acústica bem diferente (e eficiente, diga-se) para “Stand By Me” que mais uma vez mostrou claramente que tipo de artista ele é, algo que a Jennifer Lopez definiu bem ao comentar que ele sempre traz algo diferente para suas apresentações.

Saldo da 1ª rodada: Empate.

Jessica Sanchez: Uau! Parecia impossível, mas a interpretação dela para “The Prayer”, composição de Celine Dion com Andrea Bocelli, conseguiu ser ainda melhor que a da 1ª rodada. Seria exagero dizer que foi perfeito?

Phillip Phillips: Com“Movin’ Out” do Billy Joel, ele revisitou um daqueles poucos momentos marcantes que a temporada teve e o fez sem dever nada à sua apresentação original da música.

Saldo da 2ª rodada: Os dois foram muito bem, mas eu daria uma ligeria vantagem para Jessica.

Jessica Sanchez: Os jurados mandaram bem quando disseram que Jessica merecia uma música mais atual e vibrante. “Change Nothing” não fez jus ao talento da menina que vai precisar aprender a dizer não para produtores sem noção que pensam entender da coisa e sabotam bons cantores.

Phillip Phillips: “Home”. Uma canção melancólica que Phillip soube explorar com muita eficência e que poderia, essa sim, ser seu primeiro grande hit carregado de todas as boas influências que ajudaram a definir seu estilo.

Saldo da 3ª rodada: Phillip com larga vantagem.

 A breve apresentação de Phillip com John Fogerty do Creedence cantando “Have You Ever Seen the Rain” e “Bad Moon Rising” foi muito boa, mas quando a gente compara com Jessica cantando “I Will Always Love You”, por exemplo, o resultado individual dele empalidece. Sorte dele, portanto, que o dueto que fez com ela de “Where We Belong” funcionou muito bem e que a votação do público na noite anterior já havia lhe garantido o título.

*****

Em tempo, que lástima a transmissão porca feita pelo canal Sony, hein? De que adianta exibir a grande final ao vivo com uma qualidade ridícula como aquela na versão HD do canal? Triste.

19 respostas para “A Grande Final do American Idol”

  1. Ceciliaicm disse:

    Ai…me desculpa mas o PP ganhar o American Idol concorrendo com a Jessica foi um absurdooooo!!!! Ele passou a temporada inteira cantando o mesmo tipo de musica com os mesmos ritmos e melodias! Ate a saxofonista era a mesma em TODAS as apresentaçoes dele!! A Jessica provou q tinha muito mais condiçoes de ganhar e ser mais uma diva pos idol…. Cada ano q vejo me decepciono mais e mais….e o pior q os unicos idols q vingaram foram AS idols vencedoras…ou alguem lembra de algum homem q tenha metade do sucesso de Kelly e Carrie?

  2. Aline Delarmelina disse:

    Um vencedor questionável para uma temporada questionável. Grande parte dos melhores candidatos caiu antes do top 12. Essa temporada poderia ter sido fantástica se as escolhas tivessem sido melhores. Nunca fui fã do PP e acho sinceramente que vai ser mais um daqueles vencedores que vai lançar um cd, fazer pouco ou nenhum sucesso e desaparecer… OBS: Ri alto da tag Sony o canal me engana que eu gosto

  3. Thays disse:

    Foi ridículo que a Jessica com tanta competência vocal e maturidade apesar da idade não ganhasse!! Não sei o que passa na cabeça dos americanos pra votar no Philip , foi a mesma coisa ano passado com aquele candidato que ganhou aliás ninguém se lembra dele !!! A Jessica seria a Nova Whitney em potencia e qualidade vocal.

  4. Cakki disse:

    Bom, eu deixei de acompanhar todos os episódios desde que o Colton saiu…

    Mas, no geral, gostei da final (apesar de estar na cara que o PP ia ganhar pelo que se falava na net).

    E, Davi, realmente, imagem porca ontem no Sony HD….

  5. Kcpmartins disse:

    Na verdade a grande maioria votante de Reality Show, são mulheres e nesse caso adolescentes, cheias de hormônios, que ao ver um rosto bonito, piram. E é nesse caminho que os grandes nomes se “perdem”. Apesar de que, a final do Idol para Jessica não vai mudar o sucesso que ela vai fazer em sua história de DIVA. Se amamos pessoas que não tem tanta potencia vocal, mas que se destacam pelo carisma, pela dança ou pelo fato de ser o Show Personificado, por quê não amar uma voz tão marcante quanto a de Jessica Sanchez?

  6. Mariana Lindenberg disse:

    Aaaaaaaaaahhhhhhhhhh, adoro o Colton!!!  Uma pena que ele saiu do programa.

  7. Mariana Lindenberg disse:

    Bom, gosto não se discute.  Eu acho a Jessica uma excelente cantora, mas sinceramente ela passou o programa todo cantando apenas aquelas baladas à la Whitney Houston que não me empolgaram nem um pouco.  Gostei muito que o Phillip tenha sido o vencedor.  Pelo menos ele traz mais “novidade”.
    Quanto à transmissão da Sony HD, WHAT THE HELL?  Meu Deus, programa ao vivo com aquela qualidade de transmissão?  Que vergonha…

  8. Raquel Alves disse:

    Desde o começo o Phillip foi o único que me conquistou, ele é músico de verdade, e isso transparece quando ele canta, além disso ele é muito mais comercial que a Jessica.
    Esse ano foi chato pra caramba, mas o vencedor foi bem melhor que aquele do ano passado, que parecia cantar sempre a mesma coisa.

    Obs.: Do que adianta ter potencia de voz e não ter um estilo atual, nem Mariah Carey canta mais assim?! Mas acho que se a Jessica investir num estilo de R&B tipo da Beyoncé, ela pode se dar muito bem, a garota ainda é nova tem tempo para decidir que estilo seguir. 

  9. TFMachado disse:

    Muito triste o fato das cantoras talentosas caírem frente aos cantores bonitinhos como tem acontecido consecutivamente desde que Jordin Sparks foi a ultima mulher a vencer (desmerecidamente, nesse caso), em 2007!! O poder que as adolescentes conquistaram nos ultimos cinco anos torna impossível qualquer outra mulher, por mais fantastica que seja, poder concorrer com o rostinho bonitinho. Tendo dito isso, acho a Jéssica boa, voz excelente mas não acrescentou muita coisa desde que entrou, muito pelo fato de ser quase uma criança ainda, sem maturidade e com experiencia de gravaçao de videos para youtube!! Phillip por outro lado, demonstrou grande talento, maturidade e integridade musical, além de carisma e experiência!!

    Agora vamos concordar que essa foi a temporada das formigas nas cadeiras dos jurados pq pqp, nem 1/5 das vezes que eles levantaram merecia tanto!!

  10. Gledson disse:

    não concordo o cara canta muito

  11. DouglasL... disse:

    Esse programa já foi bom…
    Dpois de 11 temporadas, eu acho qe a fórmula já está ultrapassada!

    Mas eu preferiria qe a Jessica Sanchez ganhasse, eu acho qe o mundo pop atual está mais pra mulher e ela em um talento sei lá, bem diferente do talento dele!

  12. gxp90 disse:

    adam lambert já emplacou mais sucessos que Kelly e Carrie e o Phillip tem uma vibe diferente de qualquer artista que vemos por ai, na minha opnião muito melhor q a Jéssica, é só olhar o top 100 do itunes, 9 músicas do Phillip, inclusive Home que lidera o ranking, já a primeira música da Jéssica vem em 139º com Prayer

  13. Ceciliaicm disse:

    Novamente….nao vi nenhum VENCEDOR homem do american idol ter sucesso….o Adam eh mais uma prova de injustiça nos resultados. Tanto Kris Allen como o Phillip so venceram por terem a imagem de ‘bom-moço’….alcance vocal limitadissimo assim como versatilidade…

  14. Ceciliaicm disse:

    Thays concordo c vc mas o vencedor do ano passado (apesar de eu mesma n gostar) ta fazendo bastante sucesso por la….o q acontece eh q o mundo coutry nao eh tao divulgado como o POP e os fãs sao mais fieis…isso explica Kelly Picler estar tao bem cotata por la sem nem ter passado pelo Hollywood Round

  15. Apm disse:

    Eu gostei do PP ter ganho, apesar dele não ter a potência que a Jessica tem. No entanto, a Jessica já estava chatinha, fugiu da imagem que ela criou no início, enquanto o PP se manteve original e novo.
    Evidente que se a Jessica estivesse concorrendo com outra menina, ela teria ganho.
    O Josua, que chato… Cansativo e estérico. Tomei um susto quando ele começou aquela gritaria com a Fantasia.

  16. Je Lo disse:

    Na minha opinião a disputa final foi entre o cantor e a intérprete. Jessica possui uma voz incrível,mas existem centenas como ela espalhadas ao redor do mundo, já Phillip é o cantor, compositor, que nao precisou ser moldado, já chegou com seu estilo. Em nenhuma de suas apresentações ele apresentou uma canção sem impor o seu estilo, ele tornou cantou todas as musicas como sendo suas.

    Nao duvido que o garoto será um sucesso e para mim ele já deveria ter ganhado por sua versão de U Got it Bad do Usher.Impecável!

    Enfim Phillip é o ídolo que a música precisa, se Jessica ganhasse veríamos mais uma voz incrível em canções tolas e superficiais. Como uma nova Christina Aguillera!

    Na minha opinião ganhou sem duvida alguma o melhor da competição!

  17. Rafaela disse:

    com certeza concordo plenamente,os dois cantam bem porém para mim continuam sendo as mesmices de sempre…nada daquele brilho que agente olha e ja sabe q vai dar certo, vai acontecer…. minha paixão sempre foi o DEANDRA pra mim ele é o cara. o estilo maravilhoso,a voz maravilhosa… espero que ele tenha um sucesso infinito.

  18. Rafaela disse:

    os dois cantam bem porém para mim continuam sendo as mesmices de sempre, assim..nada daquele brilho que agente olha e ja sabe q vai dar certo, vai acontecer…. minha paixão sempre foi o DEANDRA pra mim ele é o cara. o estilo maravilhoso,a voz maravilhosa… espero que ele tenha um sucesso infinito.

  19. Gisele disse:

    O resultado foi uma confirmação do que se tem visto por aí: não adianta apenas ter talento para ganhar uma competição, precisa ter autoconfiança e tranquilidade, acho que foi isso que definiu a final.

Deixe uma resposta

ss