FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

Game of Thrones: A Man Without Honor

[com spoilers do episódio 2×07] Um homem sem honra. O título deste sétimo episódio do 2º ano de Game of Thrones poderia ser relacionado, conforme vimos em frentes distintas, a pelo menos três personagens: Theon Greyjoy (em Winterfell), Xaro Xhoan Daxos (em Qarth) e Jaime Lannister (no front de Robb Stark). E se Westeros está em guerra, é nela que os tais homens sem honra encontram terreno fértil para externarem o que tem de pior na ânsia de estabelecer uma posição de tirania, de tomar o poder de um lugar ou pelo simples prazer de ver o circo pegar fogo.

Considerando esse panorama, o episódio traça um retrato interessante sobre as ações dos homens e mulheres que se dividem pelos sete reinos (e além deles, como nos mostraram as boas cenas de Jon Snow com a provocadora Ygritte) e lida, sob diferentes perspectivas, com os medos e, por que não dizer, as angústias e dúvidas que surgem em função de eventos isolados (caso do conflito despertado por Jaime Lannister e de sua insistência em desafiar Catelyn Stark) e também daqueles que estão diretamente ligados à guerra que se aproxima e se agiganta nos arredores de King’s Landing.

Assim, enquanto Cersei demonstra uma aparente sinceridade (ou é mais sensato pensar que era só mais uma manobra manipuladora?) e uma fragilidade que nunca havíamos visto antes nas cenas que divide com Sansa e depois com Tyrion, que a alerta sobre as decisões equivocadas de Joffrey; em Qarth, Daenerys descobre-se defensiva frente a aproximação de Sir Jorah (“Confie em mim”, diz ele) e testemunha uma ação rebelde do ainda misterioso Xaro Xhoan Daxos, que se revela responsável pelo breve sequestro dos dragões num plano elaborado para tomar o controle da cidade fortaleza e, claro, tentar ganhar a confiança da última Targaryen viva.

Por falar em Targaryen, não dá para deixar de mencionar a bela sequência que Arya divide com Tywin Lannister (que vem ganhando certa profundidada graças ao eficiente trabalho de Charles Dance, diga-se) quando, mais uma vez, deixa escapar indícios sobre sua origem, ao demonstrar conhecimento histórico sobre o passado de Westeros na época em que seus antigos reis ainda dominavam tudo com a ajuda de dragões, criaturas que foram responsáveis, como nos conta Tywin, pela ruína de Harrenhal.

Agora, de tudo que este episódio nos trouxe, impossível não destacar o gosto amargo que as ações de Theon deixam a cada nova tentativa odiosa que ele faz para ser visto como um homem duro e implacável perante seus homens e aqueles com quem um dia dividiu conversas e brincadeiras em Winterfell. Dessa forma, quando ele diz que “É melhor ser cruel do que fraco” frente os apelos de Luwin, ele não só reflete, ainda que indiretamente, a mesma postura de Joffrey, como abraça um lado sombrio novo ao mostrar o que seriam os corpos carbonizados de Bran e Rickon Stark. Homem sem honra? Theon sabe bem o que é ser um.

20 respostas para “Game of Thrones: A Man Without Honor”

  1. Maria Fernanda Lievore disse:

    Theon é o personagem mais incompreendido da trama…

  2. Aline Delarmelina disse:

    Esse episódio valeu por 3 coisas: Primeiro, Ygritte falando: You know nothing Jon Snow. Desde que li essa frase pela primeira vez nos livros aguardava ansiosamente para vê-la na série. Segundo, a sequência de cenas com Jamie Lannister foi qualquer coisa de sensacional. Grande parte não existe no livro, mas pela primeira vez achei uma adaptação condizente com a história. A cena dele com a Cat foi maravilhosa, mil vezes melhor do que imaginava. E o final, ah, o final do episódio me deu arrepios, perfeito! Quanto a reputação e as atitudes de Theon, entendo o motivo por trás de tudo que ele faz, mas ainda o considero um dos personagens mais FDP da história.

  3. Lia disse:

    Ele pode ter inseguranças, ter a necessidade de se sentir aceito no que ele acha ser seu habitat e talvez o destino e as circunstâncias o façam pagar pelo que fez, mas faz todas as escolhas erradas por puro orgulho. Ele tem os exemplos do pai e do Ned, das coisas certas e erradas que ambos fizeram e mostra nem pensar nas consequências, apenas em recompensas – é ótimo que ele só quebre a cara.

  4. Cakki disse:

    Gostei bastante do episódio, como a @ccd9bbc2440ed937623fa3dbb4882045:disqus disse acima, os melhores momentos do episódio foram de Ygritte e Jon, e Jaime e Catelyn!

    A Ygritte falando o seu famoso “You know nothing, Jon Snow” foi de arrepiar! Tbm tava ansiosa esperando pra ver qdo ia ser o momento do primeiro (de muitos)!! Gostei das cenas entre os dois, a química tá perfeita; mas não gostei muito da sutil mudança em relação ao livro (sem querer ficar de mi-mi-mi, mas acho que a tarefa dada pelo Qhorin é essencial pro desenvolvimento do personagem Jon, logo, chegar no meio dos selvagens sem isso, esvazia um pouco as razões dele – mas aguardemos os próximos episódios, eu confio nos roteiristas).

    Adorei a volta do meu amado Jaime Lannister com o início do melhor arco do personagem no livro!! Sei que os que não leram os livros podem estranhar o “amado” da minha frase…. Mas o Jaime é dos personagens mais amor-e-ódio dos livros! Como o próprio Nikolaj já falou em algumas entrevistas, ele é só um homem que se apaixonou pela mulher errada, e deu dessa mulher ser a irmã gêmea dele…. E eu entendo grande parte das atitudes dele (ter matado o Rei Louco, por exemplo), mas outras tbm não entendo (ter jogado o meu queridinho Bran da janela). Só sei que estou ansiosa pros próximos momentos de Jaime!!

    O Theon, coitado, eu nem tenho mais o que falar sobre ele… Entendo as motivações, mas jamais irei compreendá-las e perdoá-las. Ele tá mega perdido… Gostei bastante do final do episódio, e o grito de dor do Meister Luwin foi de cortar o coração…

    Pra variar, as interações entre Arya e Tywin, e Tyrion e Cersei foram mto boas.

    Quanto a Dany, no aguardo pela semana que vem, pq ontem foi só enrolação ainda… Bom, tirando a parte do Sor Jorah que tava bem boa tbm! Quero só ver a Khaleesi na Casa dos Imortais (provavelmente semana que vem pelo “convite” que ela recebeu), essa é a única passagem realmente boa dela no “Fúria dos Reis” então espero que seja trazida pra tela à altura.

  5. Anderson Lima disse:

    Rapaiz… que episódio bacana. De todos, este é um dos mais fiéis aos acontecimentos do livro. De qualquer maneira, o título pode dizer respeito realmente a Jaime, ao Sor Jorah ou mesmo a Theon. De todos eles, com certeza, o mais fdp é o Theon. Ele é uma criança birrenta que quer se mostrar forte. Mal sabe o que o espera, rsrs.
    A cena da Ygritte falando “você não sabe nada, Jon Snow”, é fenomenal tb… =)

  6. Aline Delarmelina disse:

    A partir da próxima temporada aposto que todos irão cair de amores pelo Jaime mesmo. Foi assim comigo. Acho a história dele com a outra personagem (não vou dizer quem pelos spoilers) a melhor jornada do livro 3. Também quero ver como os roteiristas vão sair desse buraco que se meteram com a história do Jon. Se não usarem mesmo o Qhorin, eles vão ter que dar uma outra explicação bem plausível pro que vai acontecer.

  7. Cakki disse:

    Tbm acho que a história do Jaime no “Tormenta” é das melhores mesmo, o desenvolvimento do personagem é fantástico.

    E sobre o Jon é isso que já comentamos, @ccd9bbc2440ed937623fa3dbb4882045:disqus ! Vamos ver como que vão sair dessa sem o Qhorin… E o Fantasma tem que voltar, neh?

  8. Valesi disse:

    A segunda temporada e o terceiro livro estão me fazendo mudar de opinião radicalmente.
    Cada vez gosto mais dos Lannister e achos os Stark (Snow incluído) mais chatos, previsíveis e entediantes.
    Se Arya e Joffrey trocassem sobrenomes, eu empunharia o estandarte do leão, sem dúvidas.

  9. Aline Delarmelina disse:

    O mesmo aconteceu comigo. Na verdade nunca fui muito fã dos Stark, gostava apenas do Ned. Acho a história do Bran sem graça, não simpatizo com a boba da Sansa e de vez em quando gosto da saga da Arya. Gosto do Robb, mas como ele nunca foi personagem ponto de vista de capítulo. Cat Stark eu sempre achei uma mala. Sempre tive simpatia pelo Tyrion, mas tinha ódio mortal pelo Jaime. O livro 3 me fez morrer de amores pelo Jaime. Ao contrário de você, gosto bastante do Jon, acho a história dele no livro 3 muitíssimo interessante. Mas jamais empunharia o leão dos Lannister, o único personagem que eu odeio mais que a Cersei é o Theon.

  10. Aline Delarmelina disse:

    @febc35d5b6a1d90dfcc71c149057b04e:disqus sinto falta do Ghost e de mais aparições dos outros direwolves na série. Mas, uma das coisas que mais me chateou na adaptação, foi não terem colocado o corvo falante do Lord Mormont. Acho tão fofo ele repetindo Snow e pedindo milho. E tem uma cena emblemática com ele no livro 3 que infelizmente não deve aparecer na série.

  11. Cakki disse:

    Bah, @ccd9bbc2440ed937623fa3dbb4882045:disqus , nem tinha me dado por conta disso ainda… Bem lembrado! Como será que vão fazer esta cena que tu falou? Será que vão colocar o corvo mais tarde? Já li pela net que eles vão repartir o Tormenta em 2 temporadas, então teremos um bom tempo até lá…

  12. Cassio disse:

     Ta aí uma coisa… Pra mim.. eu sempre achei que o Corvo do Mormont não fala de verdade. Tipo.. apenas gralha (é isso mesmo?!?!)… ninguém entende o que ele fala. As palavras que ele diz no livro seriam apenas recursos narrativos… com o que ele falaria caso falasse.

    Bom…sempre levei para esse lado..

  13. Aline Delarmelina disse:

    @f9cdb3d299f60e2ff97682e8f6fd6786:disqus corvos têm habilidade de repetir palavras como papagaios, são consideradas inclusive a espécie de ave mais inteligente, então ao meu ver o corvo do Mormont fala. Nunca li uma parte dos livros em que algum personagem dissesse que não entende o que ele diz. De qualquer forma sinto falta dele na série… Ainda estou no início do livro 4, mas tenho a impressão de que esse corvo ainda vai servir pra alguma coisa além de pedir milho rs rs

  14. Aline Delarmelina disse:

    @febc35d5b6a1d90dfcc71c149057b04e:disqus não tenho dúvidas de que essa cena será totalmente adaptada de forma diferente. Pior que quando li já criei uma imagem na minha cabeça, daria uma cena linda. Quanto a repartir o livro 3 em 2 temporadas, acho que já deveriam ter feito isso com o livro 2. Quando o li fiquei com a grande impressão de ser o livro do Tyrion, com ele dando todas as cartas e se apresentando como o melhor jogador. Mas na segunda temporada da série, tenho sentido que ele foi meio que jogado para escanteio, quase não tem aparecido nos últimos episódios.

  15. Cakki disse:

    @ccd9bbc2440ed937623fa3dbb4882045:disqus , eu tbm sempre tive a impressão que o Fúria era o grande momento do Tyrion e do Varys no livro (pelo menos até o Festim, que foi até onde li), e tô sentindo uma falta enorme disso no seriado… O Tyrion vem tendo cenas ótimas, mostrando um pouco do que ele faz, mas o Varys, coitado, mal apareceu… Só achei que pecaram mto em não colocarem a parte da corrente (acho que não dá mais tempo de colocar isso no seriado, ne?), que é o grande golpe do Tyrion no livro.

  16. Cakki disse:

    @f9cdb3d299f60e2ff97682e8f6fd6786:disqus , eu tbm sempre achei que era um recurso narrativo, até o momento da cena que eu e a @ccd9bbc2440ed937623fa3dbb4882045:disqus comentamos (não vou escrever qual pra evitar spoilers, mas se tu já leu os livros sabe do que estamos falando, certo?).

  17. Paulo Costa disse:

    Bom episódio.
    Sobre a adaptação dos livros para a série [sem querer dar spoiler, mas inevitável], me parece que o 3º livro dará uma temporada empolgante, já o 4º livro é muito parado – e dizem o mesmo do 5º. Será que não seria possível que a 4ª temporada reúna acontecimentos dos últimos publicados?

  18. Aline Delarmelina disse:

    Espero sinceramente que não cortem a parte da corrente. Descobriremos no episódio 9. Já que estão inventando tantas histórias pro Littlefinger pro Aidan Gillen aparecer mais, podiam fazer o mesmo com o Varys. Adoro o master of whisperers!

  19. Greison Nascimento disse:

    Também temo muito pelo John, o personagem já está um tedio na serie, se acontecer (o que deve acontecer) sem o Meia Mão, fudeu!

  20. Greison Nascimento disse:

    O corvo do Mormont é sensacional! Eu também sinto falta do cara malhada, mas seria muito idiota mesmo colocá-lo na serie. Eu sei, ei, ei, ei, ei, ei!

Deixe uma resposta

ss