FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

Netflix ou DirecTV Podem Salvar The Killing

Já é quase tradição: se uma série relativamente popular (ou pelo menos bem vista pela crítica) é cancelada, não demora muito e logo surge uma notícia apontando a possibilidade da produção ser resgatada por outro canal ou serviço de streaming. A ideia, salvo raríssimas exceções como foi o caso de Friday Night Ligths, Damages, Arrested Development e SouthLAnd, quase nunca vai pra frente, mas de início a inevitável expectativa acaba ganhando eco. A bola da vez nessa situação é The Killing, thriller investigativo encerrado pelo AMC depois de 2 temporadas que alimentaram muitas críticas e elogios e que agora passa a ser vista, segundo o TVLine, como um nome forte sendo considerado tanto pela Netflix quanto pela DirecTV para retornar numa nova temporada. Particularmente, confesso ter certa curiosidade pra saber como funcionaria a dinâmica da relação entre Sarah Linden e Holder numa nova investigação, mas ao mesmo tempo penso que a conclusão da trama envolvendo o assassinato de Rosie Larsen (e as consequências daquele evento nas vidas dos personagens) foi tão redondinha, que dar sequência àquilo não seria algo tão essencial assim. Ou seria?

3 respostas para “Netflix ou DirecTV Podem Salvar The Killing”

  1. Francisco de Oliveira disse:

    The Killing terminou bem. Não precisa mais. Uma pena esse pessoal não estar pensando nas três injustamente canceladas da HBO: Bored to Death, How to Make It in America e Hung.

  2. matheus fish disse:

    por favor!!! uma 3 temp!!!

  3. DouglasL... disse:

    Acho qe The Killing terminou ótima, mas s e for continuar seria melhor um spin-off da série, pois como foi dito aí nesse texto não seria bom dar continuidade a algo muito essencial dessa forma!
    Mas vamos ver como vai se sair!

Deixe uma resposta

ss