FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

Com poucos erros, The Voice Brasil tem boa estreia

Versão nacional do reality musical da NBC estreou neste domingo na Globo

Não foi excelente, mas para uma estreia, o The Voice Brasil até que foi bem ao seguir quase que à risca a estrutura do original nessa primeira fase das chamadas audições cegas. Dessa forma, Tiago Leifert, que geralmente irrita pelo excesso de piadas sem graça durante suas participações esportivas, surgiu bem mais contido procurando o tom mais low profile que o próprio Carlson Daily, apresentador do programa americano, sustenta durante suas intervenções. Fora isso, é verdade que Claudia Leitte e Carlinhos Brown pouco acrescentaram neste primeiro momento como jurados/técnicos e pareceram relativamente nervosos até na hora de fazer comentários mais simples sobre as pessoas que se apresentavam. Sorte do programa, portanto, que Lulu Santos e Daniel se mostraram bem mais à vontade e confortáveis com o formato tanto na hora de fazer brincadeiras pontuais quanto para avaliar (com bons critérios) e escolher as vozes que chamassem mais atenção. Falando nelas aliás, que é o que realmente interessa no programa, achei curioso que tantos candidatos tenham se aventurado com músicas em inglês visto que o Brasil tem um universo incrível de boas canções dos mais variados estilos. Dito isso, sorte nossa que as duas belíssimas e melhores surpresas desse episódio de estreia (Liah Soares e Ellen Oléria) tenham escolhido músicas brasileiras que mesmo antigas, foram interpretadas de um jeito original e bastante atual. Resumindo: com muito mais acertos do que erros, The Voice Brasil tem tudo para vingar e empolgar ao longo dos próximos domingos principalmente se os jurados se entrosarem mais e as vozes ajudarem. E vocês que assistiram, o que acharam dessa estreia do programa?

18 respostas para “Com poucos erros, The Voice Brasil tem boa estreia”

  1. @RafaHenriqueBs disse:

    Achei a estreia muito empolgante, já esqueci todo aquele medo que antes eu tinha do Brasil estragar o formato de programa que dá certo em todos os lugares. Não foi sensacional, mas já me surpreendeu. Meu destaque é pra fraqueza que Claudia Leitte representa no grupo de técnicos, eu já esperava e isso se concretizou, ela está muito abaixo dos outros e a balança ficou bem desequilibrada, isso dá uma sensação ruim. Mas vamos continuar e eu amei quase todos os candidatos, muita gente boa mesmo!

  2. Mihh' disse:

    Nunca assisti o americano e fiquei com vontade de ver depois de ver o brasileiro. Achei muito legal.
    Agora sobre os jurados, acho que a Claudia Leitte ficou meio deslocada ali mesmo, hein. O Carlinhos Brown eu achei que foi bem, assim como o Lulu Santos e o Daniel (apesar desse não ter comentado tanto assim, ele é meio quietão, né? haha). Acho que podiam ter escolhido alguém melhor pra ficar no lugar da Claudia Leitte… mas enfim.
    O bom mesmo é essa galera ótima que tá tendo chance de mostrar o talento. Já tô com alguns favoritos, haha.

  3. Achei bom, a única coisa que não gostei foi o ritmo apressado que a edição adotou, diferente do The Voice US, que dá mais tempo para se conhecer o candidato e também mais tempo para os pitacos dos técnicos, fora isso e algumas partes que também percebi os técnicos nervosos, ta tudo beleza. Acho que o programa vai ser sucesso!

  4. Está bem inferior comparado ao The Voice US/UK mas ja está bom, depois que os jurados se entrosarem mais e colocar um pouco de humor será mais interessante, nao esquecendo sempre de ter um bom julgamento.

  5. Arthur disse:

    Vo te falar que fui surpreendido! Gostei demais!
    Supreendido pelos cantores, nível bem melhor do que os que já passaram por outros programas do gênero no Brasil.
    Surpreendido pelos jurados. Lulu Santos excelente. Já a Cláudia Leite é a única que não se salva alí. É o único perigo que vejo no programa. Ela era a que menos argumentava, e até era evitada pelos cantores que apresentavam! haha Teve uma hora que acho que bateu o desespero nela, e já fazia questão de ser a primeira a apertar o botão ou chamar a atenção. Lamentei só isso!
    Tem potencial pra revelar muita coisa boa!

  6. Artur Ramalho disse:

    Penso que o programa americano,passa duas vezes por semana,quando não é 3 vezes,é praticamente a Avenida Brasil deles né,por isso que tem mais tempo de mostrar o candidato e tals.Curti bastante também! Quem não conhece as outras versões, achou o máximo!

  7. uai, resolvi dar uma chance e acabei gostando mais do que pensei que gostaria. Vamos ver o que acontece daqui pra frente.

  8. carla carvalho disse:

    Adorei o Lulu! Já Claudia leite é o elo fraco do programa.Também, mediana como cantora como poderia assumir uma posição dessas? Espero mais do Carlinhos.

  9. Amy disse:

    Adorei, pelo menos um programa interessante nas tardes de domingo!!

  10. Paula disse:

    Essas vozes são exemplos de que o Brasil também tem grandes artistas !! Os candidatos que cantaram em inglês me irritaram um pouco afinal de contas nosso idioma é o PORTUGUÊS e é melhor que tomem cuidado porque pelo menos o Lulu quase não aprovou o candidato que cantou em inglês.

  11. Cristina Dani disse:

    nossa eu amei o programa … e amei Carlinhos brown, Claudia e Lulu gostei da empolgação deles com os candidatos,mostra que tem sensibilidade musical muito aflorada ,já o Daniel afff detestei achei seco e só virava quando via que todos tinham virado …um mero (maria vai com as outras) nossa achei muita injustiça com o candidato índio que raiva senti do Daniel…………………..

  12. @leoAJU disse:

    E o indio hein? Sacanagem

  13. DouglasL... disse:

    Eu gostei muito do The Voice BR, acho qe daqi para o final do programa a Globo acerta o programa inteiro…
    Ah, achei qe faltou mais ‘brigas’ entre os jurados!
    #TheVoiceBR

  14. No geral agradou, nao foi empolgante mas melhor do que o Faustao nas tardes da globo (ecaaa) vai funcionar muito bem para o publico que nunca viu o The Voice US/UK/AU. a globo tentou bem se ater ao formato Original mas pecou no cenario POBRE, Apresentador sem SAL, E a fraca jurada Claudia Leite. Lulu Santos na minha opniao esta levando omproframa nas costas sozinho, com certeza o melhor Mentor. Se os apresentadores acharem o ponto de ENTROSAMENTO o programa decola. Nao gostei de ser so no Domingo, Ficou curto demais. tira mais tempo do Faustao e Coloca no The Voice BR. Bem Parabens a Globo por trazer essa novidade para o Brasil, pena que pra mm ate agora nao me convenceu.

  15. Paulo disse:

    Confesso que fui assistir, com medo do que iria ver. Mas como você, até que me surpreendi. Foi interessante de ver. Infelizmente comparar com dos Estados Unidos é meio inevitável. Como eu li num comentário, que eu também concordo, faltou um pouquinho de competição entre os técnicos, na hora de brigar por um artista. No The Voice US, é muito legal essa quimica que os coachs tem, até na hora de brigar pelos competidores. O que acaba saindo as situações mais divertidas.

    Fora isso, é um bom entretenimento
    Próximo domingo com certeza verei.
    Paulo – @ptrevisan1

  16. lorena disse:

    eu amo o the voice brasil..#thevoicebrasil

  17. lorena disse:

    onde e o lugar que os comentarios que e faço pra aparecer na televisão?

  18. dalyane disse:

    canta de mais

Deixe uma resposta

ss