FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

The Voice e The X Factor. Qual deles voltou melhor?

Competições musicais colocam NBC e Fox em franca disputa pela audiência 

No dia que a Globo promove a estreia da versão brasileira do The Voice apresentada por Tiago Leifert e com Lulu Santos, Carlinhos Brown, Claudia Leite e Daniel como técnicos (você vai dar uma chance, aliás?), o Ligado em Série abre espaço para repercutir os retornos da divertida versão original do programa de maior audiência da NBC e para o The X Factor, reality da Fox liderado por Simon Cowell, que voltou com mudanças tanto na bancada quanto na estrutura para tentar emplacar de vez nessa 2ª temporada. Duas semanas depois, qual deles está agradando mais?

Se tem uma coisa que ficou clara nos 5 episódios já exibidos de The Voice é que a NBC levou a sério a máxima do não se mexe em time que está ganhando. Assim, tirando o fato das sessões de blind auditions terem sido um pouquinho esticadas (nessa 3ª temporada cada mentor terá 16 cantores em seus times em vez de 12), a dinâmica permanece a mesma bem como a ótima química entre os 4 jurados, Blake Shelton, Christina Aguilera, Ceelo Green e Adam Levine. Aliás, uma das maiores graças do programa, além das boas vozes que surgem, claro, está justamente na interação do quarteto de astros que nesse início escolhem candidatos e, em alguns casos, são escolhidos por eles. O cantor country Blake Shelton, por exemplo, aparece agora muito mais à vontade com os colegas e não deixa passar uma oportunidade sequer de provocá-los, o que por si só tem rendido momentos bem divertidos nessas primeiras rodadas. No que tange às vozes selecionadas (foram 39 até aqui), muita gente boa dos mais variados estilos surgiu impressionando. E só para citar alguns exemplos (clique nos links para ver os vídeos), temos o escocês rocker Terry McDermott e a country girl Gracia Harrison que estão no time do Blake;  Adriana Louise e Aquile do time da Christina; Bryan Keith, Nicolle Nelson e Melanie Martinez do time do Adam e, para fechar, a dupla Trevin Hunte e Mycle Wastman que integram o time do Ceelo. Resumindo: se esse ínício servir como regra, a 3ª temporada de The Voice promete muito.

Em relação ao The X Factor, digo logo de cara que gostei muito mais do que imaginava que pudesse (ou devesse, talvez) da Demi Lovato e da Britney Spears como juradas. Não que a minha opinião sobre as duas enquanto cantoras tenha mudado, mas é justo dizer que ambas se adequaram bem à galhofa que toma conta da maior parte do programa nesse início. A primeira por saber se posicionar com firmeza em suas avaliações sem exagerar ou perder o humor mesmo quando provocada (como, por exemplo, no momento em que um candidato eliminado disse que ela usava auto-tune) e a segunda… Bem, só pelas caretas que Spears faz ao longo das audições já dá para dizer que valeu a entrada dela na bancada, né? Agora sem apresentador (que não fez a menor falta), o The X Factor investe mais na troca de farpas que surge ocasionalmente e, claro, nas sacadas ácidas e bem humoradas do Simon que não tem perdoado candidatos ruins e nem perdido chances de pegar no pé de Lovato e, numa escala menor, no da própria Britney. De negativo, por enquanto, só mesmo o L.A. Reid que continua sendo um jurado sem sal tanto na interação com os colegas quanto nos comentários que faz para os que se apresentam e para a edição que insiste em tentar criar historinhas bobas de bastidores. Sobre os selecionados, alguns candidatos bem excêntricos e divertidos merecem destaque como Quatrele, o noivo(!) bizarro que cantou Lady Gaga, além do exótico Jason Brock e a empolgada quarentona Panda Ross. Além destes, não dá para ignorar a emocionante performance de Jillian Jensen que quase fez o Simon chorar(!!!) e boas surpresas como Vino Alan, Tate Stevens e o jovem Willie Jones de apenas 17 anos. Será que agora vai?

A versão original do The Voice continua inédita no Brasil, mas a 2ª temporada do The X Factor estreia no dia 2 de outubro pelo Sony.

8 respostas para “The Voice e The X Factor. Qual deles voltou melhor?”

  1. Renato disse:

    vocês esqueceram da Carly!
    http://www.youtube.com/watch?v=nU_dBDccruI
    a melhor na minha opinião.

  2. dudenews disse:

    Verdade, Renato. Essa menina é excelente mesmo. Até agora é a Rachel Crow da temporada.

  3. matkun disse:

    pena que Rachel não chegou tão longe…

  4. gabs disse:

    eu nunca gostei muito desses programas porque acho o apelo emocional uma piada. as historinhas são bregas, cheias de musiquinhas tristes. os candidatos sempre tem algum drama idiota, tipo “sofri bullyng” ou ” perdi meu emprego”. as vezes eu assistia o X-Factor quando tava passando e comecei a gostar um pouco mais, principalmente por causa do Simon. Semana passada resolvi assistir esse tal de The Voice e pronto, eu já amava. O que eu acho legal, além do humor entre os jurados, são as cadeiras viradas e as batalhas entre os competidores. Ainda não conferi a nova temporada de X-Factor, e nem vou conferir por enquanto…eu prefiro The Voice. Acho bem menos pão e circo, e mesmo que os jurados não sejam incríveis, são muitooo melhores que o do X-Factor.

  5. Rafael disse:

    Diamond e CeCe foram ótimas surpresas no XFactor 2×03

  6. DouglasL... disse:

    São programas diferentes, e qe curto muito os dois…

  7. Catarina Fernandes disse:

    em q canal e a q horas é q da? (em Portugal) eu queria muito ver! Por favor respondam! quero mesmo saber para conseguirr ver!

  8. The X factor muito melhor !!

Deixe uma resposta

ss