FOTO: REPRODUçãO

Por: Redação Ligado em Série

Emily Owens, M.D.

[com spoilers do episódio 1×01]  Se até agora The Neighbors é a pior estreia cômica da temporada, Emily Owens M. D é uma forte concorrente ao posto na categoria de drama. A nova série do canal CW, estrelada por Mamie Gummer (Off the Map), filha de Meryl Streep, é um misto de filmes adolescentes com alguns elementos de novelinhas serializadas. O drama gira em torno de Emily Owens, uma médica em seu primeiro ano de residência que deseja fugir das experiências que vivenciou na faculdade. No primeiro episódio ela chega ao Denver Memorial Hospital onde encontra seu amigo bonito por quem é apaixonada, sua residente rígida e sua ex-colega malvada. Ou seja, é praticamente todo o elenco de um filme colegial em forma de série em uma trama adulta. Infelizmente a protagonista tem uma personalidade ainda pior que a de uma adolescente na história, beirando ao infantil diversas vezes. Toda a tentativa de fazer a médica ser mais humana é falha, transformando-a apenas em uma personagem boboca – que parece estar prestes a chorar a qualquer momento.

 A série também conta com a narração da médica (Grey’s Anatomy mandou lembranças) e infinitas tentativas frustradas de fazer comédia. Além disso, eles tentam criar, sem nenhuma lógica, mil facetas para a personagem. Uma hora ela é uma aspirante a cirurgiã que fica mais preocupada com os supostos joguinhos de esconde-esconde de sua colega do que em operar algum paciente. De repente ela se torna um House e descobre a mentira de um paciente apenas observando um detalhe. Logo, ela ouve de quem menos espera uma história triste, uma tentativa (fracassada) de emocionar o espectador e mostrar que a colega rival também tem um coração e sofre. E, como não poderia deixar de ser, entra na sala de cirurgia e faz um bom trabalho.

 Mas não é justo culpar só a protagonista pelos problemas. Além de não ter carisma, os coadjuvantes não têm histórias interessantes também – detalhe para a colega lésbica, filha do chefe do hospital. De positivo do piloto, apenas o resdidente Micah e a história com sua mãe, que de tão decentes nem pareciam fazer parte da mesma série. Emily Owens M.D. tenta muitas vezes, em várias direções, mas não acerta quase nada.

7 respostas para “Emily Owens, M.D.”

  1. Luiz disse:

    “Se até agora The Neighbors é a pior estreia cômica da temporada” Parei de ler aí.

  2. Name disse:

    Eu gostei

  3. Thi disse:

    Eh serie da CW neh? enfim… Eu meio q gostei. Mas the neighbors realmente nao rola

  4. Luiz Santana disse:

    Gostei do piloto,ri com ela,vamos dar uma chace quem sabe melhora?

  5. André disse:

    até que deu pra se distrair um pouco … mas a Mamie é bem feinha heim coitada #fato!

  6. ai na boa ultimamente tudo anda tão ruim que nem achei tão horrivel… é uma cópia mal feita de greys anatomy, e sim ela deveria se comportar de forma mais adulta… mas sei lá..vamo esperar pra ver…

  7. Brisa Rodrigues disse:

    Discordo completamento do seu ponto de vista, mas respeito. Acho que a série tem grande potencial; acho que a personagem principal é bem humana sim, pois muitas pessoas apresentam características inseguras em sua personalidade, e mesmo assim… ainda são os primeiros eps. e a personagem pode ganhar complexidade com o tempo, ou seja, nós que não sabemos o rumo da histórias podemos conhecer essa personagem assim como House, Sheldon, Brenda Leigh Johnson,Don Draper e Dexter por exemplo. Apesar de eu não achar uma candidata para pior série Drama, eu só quero deixar claro para outros possíveis telespectadores que vale a pena esperar, assistir…

Deixe uma resposta

ss