FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

The Walking Dead: Hounded

Embates, telefonemas, uma captura e uma visita inesperada marcam novo episódio

[com spoilers do episódio 3×06] Por conhecer o arco da prisão na HQ, eu meio que já imaginava qual poderia ser a revelação por trás do telefonema que Rick atendeu no final do episódio anterior. Sendo assim, não posso deixar de elogiar a contínua sacada que a versão televisiva de The Walking Dead tem de sempre buscar variações da história original mantendo seu espírito ao mesmo tempo em que mantém nossa curiosidade com relação a alguns acontecimentos e interesse em função de coisas novas que só existem/acontecem na série. Dito isso, antes de ficar claro que a conversa de Rick (que rendeu graças à eficiente performance de Andrew Lincoln) era apenas um subterfúgio criado pelo grande trauma recente que ele experimentou, por alguns minutos cheguei a pensar que o pai de Carl pudesse estar realmente conversando com alguém de Woodbury, o que, se fosse o caso, não deixaria de ser interessante e plausível para este momento da trama.

E como falei de Woodbury, me causou certa estranheza o fato da Andrea ter mudado de ideia tão rapidamente em relação ao evento ‘escapista’ patrocinado pelo Governador. Afinal, se no episódio anterior ela se mostrou extremamente contrariada com aquele espetáculo bizarro, vê-la dizendo para ele que “só não tinha gostado de ter gostado” daquilo soou incoerente para mim ainda que tenha ficado evidente que sua disposição para se render ao cara acabou desempenhando um peso considerável para contextualizar essa mudança. Fora isso, é claro que a ausência de uma voz questionadora por perto como a de Michonne, também ajuda a explicar essa alteração na personagem, mas mesmo assim… Por falar na dona da katana, sigo bem impressionado com o resultado do trabalho de Danai Gurira até aqui, já que nesse “Hounded” sua personagem teve que transmitir emoções (de raiva principalmente, claro) sem nem mesmo poder falar, visto que andou ocupada demais deixando recados bizarros na floresta (que tal aquele go back escrito com partes de corpos? O.o ) e lutando para escapar de Merle e seus capangas antes de usar entranhas de um zumbi como o disfarce que permitiu a ela se aproximar da Prisão onde acabou sendo vista por Rick. Esse último evento, aliás, abre novas perspectivas para a relação dos sobreviventes da Prisão com o mundo exterior (eles a aceitarão prontamente?), além, é claro, de trazer a promessa de um choque iminente entre os dois grupos distintos de personagens (da Prisão e de Woodbury) agora que Glenn e Maggie foram capturados pelo psicopata irmão de Daryl. Enfim, mais um belo episódio que só faz aumentar meu desejo para que os próximos mantenham essa ótima fase da série e continuem sustentando as surpresas inerentes dessa história.

6 respostas para “The Walking Dead: Hounded”

  1. Levy Santos disse:

    Muito bom o episódio…mas muito bom mesmo. Espero que daqui por diante o ritmo e o interesse da série só cresça.

  2. Ismael disse:

    Gostei muito desse episódio. Mas além da incoerência da Andrea mudando de opinião, achei bem forçado também 3 grupos distintos (merle, michone e Glen e Namorada(Linda de mais)) se encontrarem ao mesmo tempo no mesmo Lugar.

    Mas claro, isso perde importância com episódio bom.

  3. Renata disse:

    Eu também pensei por um momento que na série o telefone serviria para relacionar a prisão com Woodbury, mas, ao longo do episódio percebi que usariam com o mesmo propósito. E, realmente, a atuação do Andrew Lincoln está fantástica.

    Eu li a HQ até um certo ponto (pós-Prisão) e, falando sério mesmo, muitas das mudanças que esta temporada está fazendo não me incomodam nem um pouco. Pelo contrário, acho que estão funcionando muito bem para a TV. Exceto uma: Andrea! Na boa, ela tá quase insuportável para mim na série, é muita incoerência, muita falta do que fazer, e muita inocência às vezes.

  4. Frank disse:

    Adora a série e reconheço todo oba oba encima dela, mas acontece que por causa desta modinha eu percebo que as demais séries estão perdendo espaço aqui no site.
    Só a primeira página do site tem 3 matérias dedicadas à The Walking Dead.
    Onde estão reviews das outras séries?

  5. Guest disse:

    Essa terceira temporada de TWD esta sendo tudo que a segunda naum foi… emocionante, eletrizante sem cair no simples zumbis encurralando humanos, tem sem sempre uma pimenta a mais… So tenho uma critica… roteristas um tempo, pelo menos 10 segundos por episodio para podermos respirar ehehehe,… E Davi desde ja lhe dou os parabéns pelas ótimas resenhas tanto de TWD quanto de Breaking bad…

  6. Pô davi só eu to vendo vc relaxando nas análises? O que vc fez nessa foi contar o episódio, no máximo um comentário. Já vi vc fazer mt melhor em outros textos!

Deixe uma resposta

ss