FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

Ligado em Série Entrevista: Mitch Hurwitz, o criador de Arrested Development!

Showrunner falou sobre a quarta temporada e o futuro da série

mitchhurwitzNa tarde de hoje o Ligado em Série foi convidado pela Netflix para falar, junto a jornalistas de todo o mundo, com Mitch Hurwitz, o criador e produtor executivo de Arrested Development! Na conferência telefônica cada veículo – incluindo Yahoo!, Huffington Post, Washington Post, TV Line, G1 e The New York Times – pôde fazer uma pergunta. O showrunner falou sobre a estrutura da quarta temporada, as dificuldades de gravar com limitações de orçamento e elenco, bem como sobre o futuro da série.

O que todos queriam saber era se já foi definido se Arrested Development voltará como filme ou nova temporada. Hurwitz contou que gostaria muito que fosse feito um filme para os cinemas, mas que a decisão depende da negociação de direitos com a Fox – dona da série – e que não sabe ainda qual o formato será adotado. O Ligado em Série perguntou a ele quando poderemos esperar novo conteúdo de Arrested Development: “estou motivado a continuar a franquia de qualquer forma possível, mas não vou cometer o erro de ficar constantemente ‘atiçando o público’ sem ter certeza”. Sobre a data: “assim que eu souber – e espero ter essa decisão logo – eu vou pessoalmente ao Brasil contar a vocês”, brincou.

Ele confirmou que há conteúdo que não foi aproveitado na quarta temporada e que a Netflix poderá usar em breve, mas não deu muitos detalhes sobre a quantidade e o formato. São cenas excluídas e piadas, como aquelas presentes em extras de DVD, pela cena que narrou.

Questionado sobre os cliffhangers que ficaram do último episódio exibido – com George Michael “saindo da bolha da família Bluth ao confrontar o pai” e o mistério envolvendo Lucille 2, Hurwitz relembrou que desde o início da série ele procura deixar coisas no ar: “no piloto deixei a chamada do que iria acontecer ‘no próximo episódio’ sem nem mesmo saber se seríamos encomendados para série [na Fox]”.

Nossa colega Cláudia Croitor do blog Legendado perguntou se ele teria feito a mesma temporada se tivesse todo o elenco disponível e recursos necessários, já que foi um problema financeiro e logístico gravar. Ele respondeu que provavelmente o resultado seria mais parecido com o das temporadas anteriores, mas que ele sempre quis fazer uma temporada “antológica” e diferente como foi agora na Netflix. Ele comentou que a possibilidade de ter todos os episódios disponíveis de uma vez permitiu essa nova estrutura narrativa.

Sobre as críticas que o retorno da série recebeu, Hurwitz diz que, de certa forma, fica feliz que as pessoas estão assistindo, comentando e criticando e que aproveitou a oportunidade de usar um meio novo para “contar uma história diferente e não dar às pessoas exatamente o que elas queriam“. Comentando sobre usuários do site Reddit que reeditaram os episódios em ordem cronológica, ele diz sentir-se lisonjeado e feliz em ver as pessoas consumindo e contribuindo para o universo da comédia. Sempre simpático e muito brincalhão, ele deixou o call com a promessa de que em breve teremos mais notícias sobre o futuro de Arrested Development.

Deixe uma resposta

ss