FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

Dexter: A Beautiful Day

Drama do serial killer de Bay Harbor entra em sua temporada final

dexter[contém spoilers do episódio 8×01] Ainda que tenha estreado sua oitava e última temporada com um episódio repleto de conflitos que seriam muito bem-vindos nas últimas três temporadas, Dexter hoje infelizmente é uma sombra da grandiosa série que um dia foi. A reta final covardemente começou seis meses após Debra ter matado LaGuerta sob a já excessiva narração em off do protagonista exclamando que aquilo “resolveu todos os seus problemas“. Pois é, em vez de esmiuçar a potencial situação dramática envolvendo a investigação da suspeita e abrupta morte da capitã, os roteiristas preferiram o fácil caminho do salto temporal, resumido num memorial de banco de praça. Essa, inclusive, não é a primeira vez que a série usa de soluções cosméticas e convenientes para “apagar” ou esconder furos de roteiro. Assim, a cada temporada Dexter ganha um “reboot” com elementos Deus ex machina, evitando ter que lidar com consequências imediatas de seus finales “pseudo-bombásticos”.

Lado outro, ainda que repleta de diálogos expositivos e situações inverossímeis, Dexter possui personagens com quem nos importamos, o que – por ora e considerando ser este o primeiro dos últimos capítulos – de certa forma salva a produção. Nós gostamos de Dexter, Debra, Baptista, Masuka e cia. e também gostamos de um ótimo antagonista, algo que não víamos desde a temporada com Trinity e que aqui vem representado na pele da Dra. Evelyn Vogel (Charlotte Rampling). E se toda a “cena rebelde” de Debra tenha chegado tarde demais a ponto de não mais nos preocuparmos com o que restou da relação entre os irmãos depois do desgastado sétimo ano, é no latente conflito entre Dexter e a psicóloga forense que aposto minhas fichas para essa temporada. Ela sabe o que ele é e o fato de que as cartas estejam postas na mesa desde o primeiro episódio é um alento para quem vê a história se arrastar há anos. Ainda assim, de um instigante estudo de personagem, Dexter mostrou que em seus últimos anos virou um drama com mais erros do que acertos. Espero, mesmo, que essa temporada chegue para quebrar essa sequência. A Beautiful Day foi apenas um bom e aceitável retorno de uma série que já foi capaz de muito mais.

3star

Deixe uma resposta

ss