FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

Criador de True Detective é acusado de plágio; autor nega [Atualizado]

TrueDetective

Dois blogs americanos se juntaram para acusar Nic Pizzolatto, o criador e roteirista de True Detective, de plágio. Segundo as publicações, Thomas Ligotti Online e The Lovecraft eZine, ele teria reproduzido trechos dos livros de Thomas Ligotti na íntegra – mais especificamente a HQ The Conspiracy Against Human Race: A Contrivance of Horror.

Comandados por Mike Davis e Jon Padgett, os blogs acusam principalmente as falas de Rust Cohle, personagem de Matthew McConaughey, de serem “fiéis demais para serem apenas uma homenagem“. Pizzolatto já havia falado no passado sobre a influência que teve de Ligotti para escrever True Detective. Ele ainda não comentou publicamente sobre as acusações.

True Detective foi uma das séries mais indicadas ao Emmy 2014 com 12 aparições – incluindo melhor ator para McConaughey e Woody Harrelson e melhor série dramática. A segunda temporada já cota Vince Vaugh, Colin Farrell, Elisabeth Moss, Michelle Forbes e Taylor Kitsch para o elenco – saiba mais.

[Atualização 01: 07/08]

A HBO e Nic Pizzolatto enviaram comunicados à imprensa negando que tenha havido plágio, e afirmando que ideias conceituais e filosóficas estão livres para serem usadas por qualquer pessoa. Nenhum dos comunicados, porém, fez nenhuma menção às passagens específicas do trabalho de Ligotti, nem mencionaram o autor. Leia na íntegra:

Comunicado da HBO:

True Detective é um trabalho extremamente original, e a história, roteiro, personagens e diálogos são criações de Nic Pizzolatto. Conceitos filosóficos são livres para uso, incluindo o de autores de ficção, e existem vários exemplos disso. Explorar e utilizar ideias e temas que filósofos e autores já abordam há anos é um dos pontos fortes da série. Apoiamos inteiramente a obra, seu roteiro e Nic Pizzolatto.”

Comunicado de Nic Pizzolatto:

“Nada em True Detective foi resultado de plágio. As ideias filosóficas expressas por Rust Cohle não representam nenhuma ideia ou pensamento específico de nenhum autor; ao contrário, elas são o fundamento de uma filosofia pessimista cuja tradição histórica inclui Arthur Schopenauer, Friedrich Nietzche, E.M. Cioran e vários outros filósofos. Como um pessimista autodidata, Cohle expressa esta filosofia com conhecimento e usando suas próprias palavras. As ideias dentro deste pensamento certamente não pertencem a nenhum autor.” 

[Atualização 02: 08/08]

O pessoal do blog SérieManíacos compilou um vídeo que compara cenas e diálogos de True Detective com os da obra supostamente plagiada, veja o vídeo:

Deixe uma resposta

ss