Cinemas se recusam a exibir O Tigre e o Dragão 2 simultaneamente com a Netflix

tigrenetflix

A notícia da estreia simultânea de O Tigre e o Dragão 2: A Lenda Verde na Netflix e nas salas IMAX caiu muito mal no mercado cinematográfico mundial. Aparentemente o acordo da gigante do streaming foi fechado apenas com a “marca” licenciadora da tecnologia IMAX, sem considerar os exibidores. Tanto que horas após o anúncio, redes de cinema dos EUA, Canadá e da Europa divulgaram releases informando que NÃO vão estrear o filme no mesmo dia do lançamento online e já descartaram veicular o longa em suas respectivas salas.

Em um comunicado conjunto e inédito no ramo, os quatro maiores exibidores que carregam salas IMAX nos EUA, Cinemark, AMC, Carmike e Regal informaram que “ninguém nos contatou acerca do licenciamento para este ‘filme feito para a TV‘ nas salas por nós operadas nos EUA e China, então só podemos presumir que este longa será exibido apenas em centros de ciência e aquários“. Nos EUA alguns ambientes acadêmicos como aquários e museus possuem salas IMAX destinadas a exibir documentários gravados no formato.

As redes Cineplex (a maior do Canadá) e a Cineworld (a maior da Europa) também disseram que não vão passar o filme se ele também for disponibilizado online no mesmo dia do lançamento. O presidente da Regal foi além e afirmou que sua empresa “não participará de um experimento onde você pode ver o mesmo produto em telas que variam de três andares a três polegadas de largura num smartphone”.

Operadores de cinema constantemente brigam com estúdios para manter uma janela mínima de diferença entre a exibição cinematográfica e a caseira, de forma a manter não apenas os lucros, mas a relevância da experiência de se ir ao cinema. O CEO da IMAX Rich Gelfeon declarou, em defesa, que: “não está querendo alterar as janelas, mas apenas prover uma alternativa“. A Netflix e a TWC ainda não se pronunciaram sobre o caso.

Uma coisa é certa: com este anúncio, a Netflix, IMAX e a The Weinstein Co. conseguiram irritar muita gente grande. Vamos ver como será o desenrolar dessa história…

7 Comments

  • Ligado em Série
    Posted 30/09/2014 23:28 0Likes

    O que vocês acham dessa história? A tendência é filmes estrearem simultaneamente nos cinemas e na Internet ou a janela de exibição deve ser respeitada?

  • Ketsura
    Posted 01/10/2014 1:05 0Likes

    Eu acho que se acabar não atrasando o lançamento no Netflix mesmo. Deve começar a só sair direto no Netflix.

    O que aliás, essa notícia mostra o quão irrelevante cinema tá se tornando.

  • flew
    Posted 01/10/2014 8:12 0Likes

    Sinceramente, tem filmes que vale a pena ver no cinema (numa tela tipo IMAX) por causa dos efeitos, em compensação, outros filmes (estilo sessão da tarde) eu nem faço questão de ir, e prefiro assistir em casa….acho válida essa opção de estreiar simultaneamente na netflix, mesmo porque tem gente que vai no cinema só pra ficar no celular, então fica em casa ué.

  • Eduardo
    Posted 01/10/2014 9:11 0Likes

    Não acho que isso prejudique os cinemas, até pq ir ao cinema é totalmente diferente de assistir em casa. Acredito que o cinema, em si, é muito mais que apenas assistir um filme.

  • Anderson
    Posted 01/10/2014 9:42 0Likes

    A experiência de ir ao cinema é insubstittuível, no entanto, é fato que o streaming veio para ficar. Não só Netflix, temos aí o Spotify também. Deixa o cinema só para exibir o 3D.

  • Marcio Neves
    Posted 01/10/2014 11:59 0Likes

    É treta!!!! :D

  • Ademar Abiko Jr.
    Posted 02/10/2014 1:09 0Likes

    Esse medo.

Leave a comment