FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruna Bottin

Crítica | A interessante estreia de The Affair

theaffair

Criada por Sarah Treem e Hagai Levi, The Affair é a nova aposta do canal norte-americano Showtime, e não é à toa. O drama aborda com maestria o assunto mais batido do mundo: traição. Dividindo o episódio em duas partes, a série conta a mesma história dos dois amantes através de uma narrativa separada pelo ponto de vista de cada um, que é a manobra mais interessante da produção, alinhada com o misterioso interrogatório que está sendo conduzido num futuro ainda não estabelecido.

A primeira parte é “contada” por Noah (Dominic West), um professor e escritor com uma carreira bem estabelecida, casado com Helen (Maura Tierney, ER), com quem tem quatro filhos. Aparentemente, Noah não tem do que se queixar. Ele é feliz no geral – apesar da rotina estressante de educar três crianças e uma adolescente –, porém as coisas mudaram sem que ele percebesse. Foi durante as férias da família no Hamptons que Noah baixou a guarda e conheceu Alison (Ruth Wilson, Luther). Inicialmente, senti que a trama não queria entregar respostas do porque ambos se envolveram e fica implícito aquela máxima de que algumas coisas simplesmente acontecem, chame de destino ou que quiser. É tudo muito sutil, uma passada de mão no ombro, um olhar e detalhes que te avisam que a coisa vai esquentar.

TheAffair

A segunda parte é conduzida por Alison, e é nesse ponto que a trama fica realmente interessante. Alison, assim como Noah, está sendo questionada no futuro pela polícia por algo que ainda não conseguimos entender. Fica claro que alguma coisa grave aconteceu devido ao relacionamento dos dois, já que as perguntas são feitas para contextualizar o início do romance. Quando Alison inicia sua história, é curioso ver os detalhes que são alterados em comparação com o que Noah contou na primeira parte. Para Alison, Noah estava a sua procura e é uma homem despretensioso e intenso. Para Noah, Alison estava à sua espera (mas ele não estava procurando pela mesma) e é ela quem assume a posição de “espírito livre”. É sensacional o conflito criado em nossa mente: quem convidou quem para tomar banho? Quem se insinuou primeiro? Você pode escolher, claro, a versão que te passa a sensação mais verdadeira, mas como falei acima a intenção não é deixar tudo tão preto no branco. A vontade existia nos dois, o resto é história.

Alison também é casada, mas seu relacionamento não parece nada feliz como o de seu futuro amante. Cole, interpretado pelo excelente Joshua Jackson (Fringe), é visto como um homem abusivo na história de Noah. Alison suaviza um pouco essa primeira impressão quando nos conta que existe uma grande perda na relação do casal – um filho pequeno que já faleceu. Enquanto no casamento de Noah e Helen o desejo do sexo existe, apesar de ser bem convencional, entre Alison e Cole a coisa é bem diferente. O sexo é forçado, sem desejo real de ambas as partes, e parece ser apenas para reproduzir na tentativa de ocupar o espaço vazio deixado pelo filho.

TheAffair-AlisonCole

Essa é a beleza e feiura que The Affair nos apresenta. Em um lado, uma família com seus defeitos (destaque para o gurizinho que achou engraçado fazer de conta que se enforcou), mas feliz. No outro, uma mulher que está se submetendo a uma relação morta e sem respeito. O que tem em comum? A paixão instantânea entre um homem e uma mulher e que é capaz de deixar o espectador intrigado justamente pelo desenrolar da história e pela narrativa fragmentada em depoimentos que não necessariamente trazem a verdade sempre e que podem estar motivados por algo bem mais sério.

5star

7 respostas para “Crítica | A interessante estreia de The Affair”

  1. Raísa Boing disse:

    Achei o piloto fantástico! Muito ansiosa pro 2° episódio. Que a Showtime não destrua mais uma boa série, como adora fazer. Começa bem, e depois se perde..

  2. Pedro Lacerda disse:

    maravilhoso

  3. Gleibson Acácio disse:

    Ótimo review… me fez assistir o piloto, que adorei. Acho que essa série tem muita lenha pra queimar.!

  4. bruna bottin disse:

    Muito obrigada Gleibson! Que bom que você gostou :)

  5. Gleibson Acácio disse:

    Quem dera você fizesse outras críticas no site hahaha… ansioso pelo segundo episodio e pela sua crítica =)

  6. bruna bottin disse:

    Hahahaha falta tempo pra conseguir escrever mais críticas, mas com certeza continuarei com os próximos episódios de The Affair :)

  7. Pollyanna Assumpção disse:

    Nossa, tava aqui tensa pq amo o Joshua Jackson e vejo tudo com ele mas morrendo de medo da série ser uma bomba de dramalhão. Animei agora.

Deixe uma resposta

ss