FOTO: REPRODUçãO

Por: André Costa

Explicando as categorias do Oscar

80th Academy Awards¨ Press Kit Images

Estamos quase no dia 22 de fevereiro, data do evento mais importante da indústria cinematográfica norte-americana: a divulgação de uma lista. E como o Oscar possui muitas categorias e às vezes é difícil se manter à par de tudo, fiz um guia sucinto explicando no que consiste cada uma delas:

Melhor Filme
A categoria que premia o filme que ninguém fora da Academia realmente acha o melhor – incitando inclusive a fúria dos blockbusterboys (espere muitos “Mas Interestelar é melhor!” este ano). Trabalha em cima de critérios bem definidos de seleção, como o investimento na campanha de marketing para ser premiado no Oscar, lobby, o timing de lançamento e o nível de relação que a obra tem com o Holocausto.

Melhor Diretor
O momento de reconhecer o trabalho, esforço e dedicação de quem fica sentado atrás da câmera gritando “ação” e “corta” e “vamos tentar mais uma vez pessoal, podemos descansar quando estivermos mortos” e “entendeu sua vaca? Não estou aqui para você gritar comigo, cacete!“. Como o diretor é o responsável pela obra, nada mais lógico do que o prêmio de melhor direção e melhor filme irem para a mesma película (claro que a academia não faz isso).

Melhor Ator
Leva quem tiver sofrido alguma transformação física para as filmagens (ex.: Tom Hanks em Philadelphia, Robert DeNiro em Raging Bull, Matthew McConaughey em Dallas Buyers Club, Daniel Day-Lewis em qualquer filme) ou que interpretou alguém da realeza (ex.: Forest Whitaker em The Last King of Scotland, Colin Firth em The King’s Speech etc).

Melhor Atriz
Leva a atriz mais maravilhosamente bonita que tenha conseguido ficar mais horrivelmente feia com maquiagem (ex.: Charlize Theron em Monster, Nicole Kidman em The Hours, Marion Cottilard em La Vie en Rose).

monster

Isso ou a Charlize Theron envelheceu muito bem de Monster pra cá.

Melhor Ator Coadjuvante
Categoria que premia o ator que conseguiu encontrar a personagem com características físicas mais peculiares (ex.: o cabelo de Javier Bardem em No Country For Old Men, a maquiagem de Heath Ledger em The Dark Knight, a magreza de Christian Bale em The Fighter, o velhinho cheio de palavrões de Alan Arkin em Little Miss Sunshine, Jared Leto em Dallas Buyers Club).

Melhor Roteiro Original*
É o prêmio de “Miss Simpatia” para filmes que são realmente legais mas que a Academia não quer premiar porque o grande público não dá a mínima para eles (ex.: Pulp Fiction, Network, Eternal Sunshine of a Spotless Mind, Hannah and Her Sisters, Lost in Translation, Her).
*O “Original” no título da categoria se tornou apenas decorativo após não premiarem Being John Malkovich.

Melhor Roteiro Adaptado
A única categoria que tem dois prêmios e dois vencedores: o filme leva a estatueta dourada, o livro leva uma fita impressa sem muitos critérios estéticos ao seu redor dizendo “Vencedor do Oscar” e um acréscimo de 10% a 20% no preço.

Melhor Animação
www.pixar.com

Melhor Filme Estrangeiro
Categoria que define quais filmes não-hollywoodianos vão entrar em cartaz nas grandes redes de cinema brasileiras.

amour

Amour só foi receber amor das distribuidoras depois de receber amor da Academia.

Melhor Documentário
Categoria onde desde 2003 a Academia tenta evitar que o Michael Moore suba de novo no palco.

Melhor Curta-Metragem
A categoria que premia filmes que são o exato oposto da trilogia The Hobbit de Peter Jackson.

Melhor Documentário Curta-metragem
É o momento onde a Academia dá a estatueta para obras que retratam assuntos densos, sérios, relevantes para a sociedade e muitas vezes ousados. Infelizmente, é também o momento onde boa parte da audiência levanta para pegar outra cerveja na geladeira.

Melhor Curta-Metragem de Animação
Aquele onde, ao ver os indicados, todo mundo pergunta “mas esse passou antes do filme da Pixar no cinema?“.

Melhor Trilha Sonora Original
A categoria em que, através de uma cuidadosa observação dos compassos, arranjos, notas, progressão, escalas, harmonia e sincronização entre a música desenvolvida e as cenas do filme, premia o John Williams.

Ocsar Statues Are Made Ahead Of This Year's Academy Awards

Já reserva esse do meio para o John.

Melhor Canção Original
Ninguém até hoje sabe em que realmente consiste o prêmio de Melhor Canção Original. Membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas incluídos.

Melhor Edição de Som
É tipo almoço em família: quem tiver o volume mais alto vence (ex.: Pearl Harbor, King Kong, The Bourne Ultimatum etc).

Melhor Mixagem de Som
É tipo banda de rock dos anos 90: quem colocar o volume mais alto, vence (ex.: Speed, Saving Private Ryan, The Dark Knight etc).

Melhor Direção de Arte
É a categoria mais técnica do Oscar, já que o vencedor é decidido após os votantes contarem cuidadosamente o número de cores e de coisas que não existem na vida real utilizadas (ex.: Moulin Rouge, Avatar, Hugo, Alice in Wonderland etc).

Melhor Fotografia
É a versão do Oscar para as subcelebridades brasileiras: o que importa é a imagem.

fotografia

Infelizmente depois do Dogma 95 ninguém mais usou a hashtag #nofilter

Melhor Maquiagem
É, junto com o Oscar de Efeitos Especiais, a categoria reservada para os blockbusters (ex: Lemony Snicket’s A Series of Unfortunate Events, Star Trek, The Chronicles of Narnia etc).

Melhor Figurino
A categoria nostálgica que só premia filmes com moda pré-revolução industrial (ex.: Gladiador, Marie Antoinette, Elizabeth: The Golden Age etc).

Melhor Montagem
Paradoxalmente é uma categoria que gosta de premiar filmes com explosões e coisas sendo desmontadas na marra (ex.: Black Hawk DawnSaving Private Ryan, Titanic, Born on 4th of July, The Departed, The Bourne Ultimatum, The Hurt Locker e por aí vai).

Melhores Efeitos Especiais
Desculpa para os blockbusters conseguirem colocar na capa dos cartazes/DVD/Blu-ray um “Vencedor do Oscar” (porque trezentos milhões em marketing não dá resultado, né?).

9 respostas para “Explicando as categorias do Oscar”

  1. Pedro H. Couto disse:

    Legal

  2. José disse:

    Top. Sdv

  3. Tamara Cleveland disse:

    Uma das melhores postagens que leio há muito tempo!!! Só verdades! Parabéns pela sagacidade hahaha

  4. Max Mendes disse:

    E Eu pensando que tinha algum conteúdo útil…

  5. Fernando TIM disse:

    Não tentem fazer piadas…

    Conteúdo inútil.Típico de sites como Judão.

    Infantil e presunçoso…

    Bobo, acima de tudo.

  6. Luís Henrique R. de Morais disse:

    Poxa, que texto preguiçoso e desnecessário. Não serve pra informar, nem pra criticar ou fazer rir.

  7. MatheusMnhz disse:

    Curti, com a falta de lógica e imerecimento às vezes só resta fazer piada

  8. Nico disse:

    Gostei do texto também, a irona e tal… Só não concordo com o Pulp Fiction ser ignorado pelo grande público, pelo contrário, é um filme importante para a cultura pop e até pouco tempo (antes de Django Livre) era o filme mais visto de sua carreira. Mas novamente, de verdade, gostei do texto.

  9. Gerson disse:

    Oscar? O que é isto?
    Faz muito tempo que não assisto, mas deixo claro o quanto gosto dos bons filmes americanos. Bem como os filmes europeus, asiáticos, brazucas, latinos etc.Mas todos sabemos o quanto a academia +indústria favorecem certos atores e obras afim de interesses de marketing, fazendo com os desatentos acreditarem em certas coisas.
    Quem não se lembra do 71th em 1999,quando a inexpressiva e apática Gwyneth Paltrow levou o prêmio de melhor atriz, suplantado monstros sagrados como Fer
    nanda Montenegro ,Meryl Streep,Emily Watson e Cate Blanchett.
    fora outras injustiças, mas foram águas passadas que respingam até hoje. E quando escuto as pessoas se lamentando ser uma pena quando o Brasil não traz nenhuma estatueta de melhor filme estrangeiro,logo penso que não precisamos disto, pois. Cinema nacional já provou sua competência a quem quiser ver.

Deixe uma resposta

TOP.05
ss