FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

[Não] Larguei Bates Motel

batesmotel2

[Vocês insistiram, eu dei uma chance a Bates Motel e realmente a segunda metade da 3ª temporada foi excelente]

Eu gosto de Bates Motel. Sempre gostei. E é por isso mesmo que estou largando a série aqui, ao final do terceiro episódio da terceira temporada. Isso é difícil, ainda mais depois que você investiu tanto tempo em algo. É como deixar um emprego ruim quando você gosta das pessoas com quem trabalha. “Ah, mas o terceiro episódio desta temporada foi ótimo!“, todo mundo me disse no Twitter mais cedo. Não, não foi. Ele foi um episódio mediano com um final bom e é disso que a série vive: de ótimos personagens em alguns bons momentos no meio de muitos outros que não acrescentam nada à história. Explico.

É indubitável que Norman e Norma Bates são fascinantes e que a série sabe usar isso muito bem. Mas existe um outro universo de histórias paralelas inúteis e personagens secundários que diluem tudo aquilo que faria Bates Motel ser uma produção memorável e interessante de ser seguida semana a semana. Emma, Dylan e até o xerife Alex Romero estão ali para serem escadas de nada em histórias que não chegam a lugar algum. E tem também o pai/tio de Dylan naquela cabana e os coadjuvantes que vem e vão apenas para desempenhar uma função pontual na trama (em especial mulheres que cruzam com Norman ou para se tornarem vítimas ou para simplesmente sumir após algum envolvimento pessoal ou amoroso).

batesmotel3

Aliás, a trama está dando voltas e voltas sem chegar a lugar algum há três anos. Norman nunca é responsabilizado por nada e Norma não correrá perigo real tão cedo porque nós conhecemos o fim dessa história (e considerando que ela é a protagonista, difícil que o show introduza sua morte por agora). Por isso mesmo é que nada muito drástico, definitivo ou impactante pode ocorrer daqui até lá e considerando que Carlton Cuse faz sim um bom trabalho conduzindo tudo isso, é lógico esperar que Bates Motel não vá embora tão cedo assim.

Espero que Freddie Highmore e Vera Farmiga sejam indicados a vários Emmys e prêmios por seus personagens, que são fantásticos. Bates Motel teria se beneficiado muito mais se tivesse sido concebida como uma minissérie (ou série limitada), o que permitiria, ao mesmo tempo, criar o prequel de Psicose e condensar os pontos mais importantes da história em menos episódios (menos é mais, gente). Ao mesmo tempo em que dou tchau às ótimas tiradas de Norman e à intempestividade inspirada de Norma, estou dando tchau também à traminha da “cidade da droga”, ao bypass da rodovia, aos pseudo-crimes (será que foi? será que não foi?), aos “políticos/ricaços influentes” que nunca ficam e a todo o excesso que Bates Motel infelizmente precisa ter pra ficar no ar por 10 episódios por temporada.

Assim, é por isso que estou largando a produção. Foi legal conhecer a história e desejo uma boa jornada aos que ficam (me contem se ficar muito legal, ok?), mas pra mim e por ora, chega. Ah, aproveitando o carreto fiz o mesmo com The Returned, que parece que vai seguir a mesma cartilha. Fica mais fácil assim antes de me apegar.

47 respostas para “[Não] Larguei Bates Motel”

  1. Lucas disse:

    Bruno tá bem? Em todas as reviews ele tá revoltado com a vida~série. Um tom até meio agressivo. Melhoras!

  2. Márcia Silveira disse:

    Tenho os 3 primeiros episódios baixados, mas ainda não vi. Uma que estou considerando abandonar de vez é The Following. A primeira temporada teve muitos furos de lógica, que me desapontaram, mas segui por ser fã do Kevin e principalmente, do James Purefoy. É exatamente o que você disse: o interesse por um ator (ou atores) nos faz insistir naquilo que nosso cérebro identifica como “furada”. É uma pena que Bates esteja seguindo nesse ritmo. A série é boa e as atuações são ótimas!

  3. Rogério Sampaio de Castro disse:

    E eu larguei o “Ligado em séries”. Que forma mais amadora de fazer uma crítica, hein? Fundamentada no gosto pessoal. Triste ler esse tipo de coisa!

  4. Rafael disse:

    Mas queria que fosse fundamentado em que gosto, no seu?

  5. Engraçado que quando se fala bem de algo NUNCA tem esse tipo de comentário. Parece que é um crime OPINAR sobre uma série que o leitor gosta.

    Amigos, CRÍTICA é e sempre será algo pessoal. Não existe crítica sem opinião. Qualquer análise que envolve mérito é opinativa. Aprendam isso pra vida.

    E olha que eu não cheguei acima e disse “não gosto da série e ponto”. Aliás, expliquei todo o processo que me levou a desistir de acompanhar a produção, justifiquei com elementos objetivos da série e ainda ressaltei os ótimos pontos da produção.

  6. Estou ótimo, amg. Não estou revoltado com nada, apenas desisti de acompanhar esta produção pelos motivos objetivos e subjetivos narrados no texto acima. Não consigo enxergar agressão aqui, até porque o sujeito passivo do meu comentário é algo etéreo e colocado no mundo justamente para ser avaliado.

  7. Murillo Guerra disse:

    Eu tive que concordar :/

  8. Mark Hewes disse:

    Também estou ficando cansado da série, mas acho isso triste porque apostei muito nela em sua primeira temporada e me lembro de ter adorado, já na segunda meu cansaço ficou extremo e tive a esperança da terceira ser tão boa quanto a primeira, mas não está sendo.

  9. rocorby disse:

    Larguei a serie no final da temporada e nao me arrependo ate hoje

  10. [U.K] Andréa Costa ♕ disse:

    Concordo plenamente com você, só que eu abandonei faz tempo. Arrastei a primeira temporada por causa da Vera, mas já vislumbrava que não ia chegar a lugar algum. Como você disse, teria ficado melhor uma minissérie.

  11. Fernando Henrique disse:

    Eu também parei de assistir pelo mesmo motivo.

  12. Cris Pereira disse:

    Concordo com tudo que falou. Não vou desistir ainda, mas não tenho mais aquela empolgação pra ver o episódio. E cara, vc escreve bem pra caramba, até pensei que fosse jornalista.

  13. Feer Marques disse:

    não faz justiça a psicose :/

  14. Guti disse:

    Você assistiu Psicose, Bruno? Deve ter percebido que Bates Motel está muito aquém do esperado mesmo. Porém, caso você seja fã mesmo, dê mais uma chance. Tenta se desligar dos personagens secundários, eu já o fiz. Não me importo mais com o irmão e com o sheriff e os plots horríveis deles. Só me interesso por Norma x Norman. E acredito que em relação ao personagem principal a história está sendo bem conduzida, os roteiristas estão desenvolvendo o personagem e caracterizando-o como Norman Psicose de um jeito interessante e nada muito apressado. Com certeza se utilizaram do sucesso do filme para dar a origem à série e se aproveitar de subtramas completamente inúteis e sem propósito para o desenvolvimento e, ainda mais sabendo que no final nada dessas tramas irão importar tanto para o que vemos no filme, mas pode ser que ainda aja alguma interferência para a criação do excelente personagem de 50 anos atrás.

  15. alexandre furtado disse:

    Acho que vc não viu o filme psicose , a serie está desenvolvendo muito bem o personagem do Norman e acho que deveria terminar quando começa o filme , eu não deixo de assistir uma serie por causa de personagens secundarios .

  16. Fábio Terra disse:

    Eu tinha jurado pra mim mesmo que ia largar a série após a segunda temporada, fui dar outra chance no começo dessa terceira e jurei o mesmo pra mim após o segundo episódio, mas aí me pego assistindo o terceiro.. Não sei se eu consigo largar a série, os dois atores principais são realmente muito bons, a trama do Dylan nessa terceira que está realmente MUITO fraca…

  17. Thiago Falat disse:

    Concordo com vários aspectos, mas achei um pouco extremista/sensacionalista colocar já no título a sua decisão de abandonar a série. E a propósito, são DEZ episódios por temporada e não TREZE.

  18. Corrigido abs. Porém o conceito de extremismo e sensacionalismo não é esse. No título apenas sintetizei algo que eu já fiz: largar a série.

  19. Lucas Vargas disse:

    Estou a ponto de largar também. A 1ª temporada foi maravilhosa, diferente da segunda que foi uma bosta. Até agora só vi o S03E01 e não estou com muita paciência de ver os outros…

  20. Danilo Souza disse:

    Eu assisti apenas 4 episódios de Bates Motel (obviamente, os 4 primeiros da 1ª temporada) e observei os mesmo problemas que você critica nesse post. Fico triste porque ficou claro pra mim que a série não fez esforço para melhorar e refinar sua história. A dinâmica Norman/Norma é fascinante, e Freddie e Vera estão dando show no papel, mas de que adianta se boa parte do episódio é gasta em subtramas policiais tediosas?

    Talvez eu termine pelo menos a primeira temporada por desencargo de consciência, mas vai pro fundo de minhas prioridades.

  21. JGRS disse:

    Estou no dilema largar ou nao…justamente porque as tramas paralelas sao sempre fracas e destoam da trama central…cansei de tanto plot desnecessario e mal inserido…

  22. Amanda souza disse:

    Não considero a serie ruim, ao contrario, estou muito ansiosa para os próximos capítulos, aos poucos vai se revelando a personalidade de Norman, e caso os personagens secundários tivessem destaque não notaríamos as sutilezas de Norma x Norman, não acho necessário que você induza as pessoas ao seu gosto, entendi que foi uma opinião do mesmo jeito que estou expondo a minha, mas … “menos é mais gente”

  23. Aline disse:

    Ligado em Série agora só serve pra puxar saco da Netflix. Devem ter uma assinatura tipo a do Silvio Santos pra explicar isso Lol

  24. Igor de Oliveira Zwicker disse:

    Discordo da maioria de que o personagem de Norman está sendo bem desenvolvido, ao contrário, estão caminhando para o lado mais fácil, com essa história de “apagões”. Mais coerente seria Norman conversar com a mãe após tê-la matado, que foi justamente o momento crítico e ápice para a sua insanidade. Fazer isso desde agora é preguiçoso, o certo seria desenvolver a relação sem ele necessariamente ver e conversar com a mãe ainda viva de ter os tais “apagões”. Mas, independente disso, eu gosto da série e vou continuar acompanhando, só deixei de criar expectativas em cima da história, que, para mim, é excelente. Mas esta parece ser a sina do Norman: se tomarmos os próprios filmes como exemplo, apenas o primeiro foi grandioso, nos seguintes a história foi prejudicada.

  25. Odesertor disse:

    larguei no segundo episodio

  26. Marcos Gama disse:

    Sinto muito por você,, mas é uma série que eu não abandono NUNCA. Pra mim é e tá sendo uma das melhores séries da atualidade e só não gosta quem é incapaz de entender as nuances dessas relações psicotizantes transmitidas de um jeito surreal por esses puta atores!!

  27. luzia espinosa disse:

    Concordo com você Marcos. A série é muito boa e o foco é mostrar como uma personalidade psicótica começa a ser desenvolvida. abs

  28. Nathan disse:

    Verdade, toda série tem que ter seus atores secundários e os dessa série definitivamente não cansam o telespectador. Fora as reviravoltas que são rápidas, se fosse uma série com longos arcos e coisas demoradas de acontecer vocês também reclamariam. Nada é para todos. Ainda bem.

  29. Rafael Imperial disse:

    Eu assisti toda a terceira temporada e te digo que foi uma perda de tempo, pior temporada de bates motel, esse negocio de ficar mudando de vilões a cada temporada estragou a serie, a primeira temporada foi legal pq? era novidade, a segunda temporada foi massa por ter a historia das familias que mandam nas drogas e na cidade, mas a ultima temporada foi um lixo, essa era pra ser a season finale de bates motel, os produtores vão esticar por mais 2 temporadas e serão mais 2 lixos sabe por que? por que a historia do norman bates não é grande ai tem que colocar um mafioso aqui, um traficante ali, uma moça pro norman matar e assim vai…. pow perde a graça, bates motel era pra ter no maximo 3 temporadas bem trabalhadas mas infelizmente vão encher a feijoada até ficar aguada.

  30. Oliveira disse:

    Bruno, concordo com voce em vários fatores desnecessários da série, porém, a trama ficaria muito cansativa se girasse apenas em torno de Norma e Norman, claro que certas cenas poderiam ser evitadas, mas certos fatores são necessários para que possamos entender sobre essa misteriosa cidade, já que tudo está ligado ao comportamento de Norman. O fato de descobrirem que ele matou seu pai rendeu ameaça a Norma, que para evitar que ele fosse preso resolveu interna-lo, fato que gerou um sério conflito entre os dois comprometendo a relação amorosa entre mãe e filho e tornando Norman mais violento. Enfim, espero que a quarta temporada não decepcione no quesito de histórias secundárias, já que tivemos muito disso por aqui.

  31. Anne disse:

    Vc tá procurando pelo em ovo, Bates Motel é uma ótima série que melhora a cada temporada.
    Não concordo com vc.

  32. Anne disse:

    Só quem é fã do filme entende Bates Motel, minha prima tbm abandonou, nunca havia assistido ao filme.

  33. André Oberleitner disse:

    Esse tipo de crítica seria aplicada a todas as séries existentes.
    Todas perdem ao tentarem esticar a história, colocar novos personagens, etc
    Portanto acho exagerado.
    Isso é entretenimento, e este especificamente, me prendeu na TV como poucas.

  34. Jorgiany Lavôr disse:

    Estou achando sensacional a forma como a série mostra a formação da personalidade psicótica.

  35. Milena disse:

    Concordo. Larguei faz tempo. Perdi o saco, rs

  36. Sarah disse:

    Agora que ja estou aqui, me recuso a desistir da serie, vou nessa jornada ate o fim.

  37. Sarah disse:

    Tambem acho, vc apenas desistiu, qual o problema com isso povo? como as pessoas levam as coisas a serio.

  38. Rahan Lion disse:

    Foi como disseram aí em baixo esse sites hoje em dia estão tudo vendidos a HBO, WB e netflix, também são os que mais liberam granas pra divulgar as series aki no Brasil, pelo menos é oque eu tenho visto em 2015. Motel bates como é da Universal… acho que a mesma não liberou um “lanche” pros sites.
    A serie esta foda! Melhor temporada até agora. Concordo que começou tudo dentro do normal nos 3 primeiros espisodio, nada de especial, mais depois foi lá nas alturas, acabando de ver o ultimo episodio. Tive muito preconceito com essa serie, visto que series que vem de filmes são uma merda em 90% das vezes. Mas essa faz uma homenagem digna ao filme.

  39. Paulo Oliveira disse:

    Vai tomar no eu cu cara, um merda como vc querendo posar d ecrítico de cinema, vá se ferrar. Uma equipe de ótimos profissionais envolvida em todas as esferas da série e um cuzão como vc vem criticar? Foda-se seu babaca…

  40. Eliza Beth disse:

    Toda história tem personagens secundários. Eu concordo que as tramas deles são muito desinteressantes, apesar de sempre ter gostado do Romero, mas isso me faz apreciar ainda mais as cenas épicas entre Vera e Freddie. Sejam cenas felizes, cenas de brigas, não importa. Botou os dois juntos e sabemos que vai ser uma puta de uma cena. Te aconselho a retornar, a quarta temporada foi de longe a melhor temporada de todas. Não teve um episódio ruim. Na minha humilde opniao. E em defesa das temporadas anteriores, eu gostei do fato de irem devagar, mostrar o declínio dele aos poucos, eu acho que causa mais impacto no telespectador do que jogar tudo de vez, e lembrando que a proposta da série sempre foi essa. Mostrar como Norman se tornou aquele que conhecemos em Psicose. O declínio de Norman me lembrou muito o declínio de Walter White em Breaking Bad. Lento e avassalador.

  41. Laiane Soares disse:

    Vdd essa quarta temporada decorei os episódios num piscar de olhos. Mto boa a série.

  42. mmcaldeira disse:

    Bom, eu gostei e vou continuar assistindo…

  43. Lily disse:

    Então, só me resta a lamentar por vc pq perdeu uma quarta temporada fodástica. ¯_(ツ)_/¯

  44. Cynthia Coutinho disse:

    Estou na terceira temporada e não quero largar de jeito algum. Mas entendo o seu ponto de vista.
    Sobre “The returned”, sugiro que assista à versão original francesa chamada “Les Revenants”.

  45. Flávio Filho disse:

    Eu to achando essa primeira metade da segunda temporada muito chata e sem perdida. Só to vendo porque dizem que a quarta é sensacional!

Deixe uma resposta

ss