FOTO: REPRODUçãO

Por: Davi Garcia

Achando a segunda temporada de True Detective confusa? Olha aí a solução

truedetective2

Mas que trama confusa! São personagens demais e à essa altura eu já não sei quem é quem ou quem faz o que nessa história.”

De maneira geral, essa tem sido a reação de muita gente após cada novo episódio dessa segunda temporada de True Detective que, de fato, tem uma trama que se não é mais complexa que a do primeiro ano da série, é sem dúvida maior no que tange ao cenário e ao número de personagens e as relações que se constroem entre eles. Com isso em mente, o sempre ótimo Buzzfeed fez um belo resumão que traça o caminho das pedras para quem viu os 4 primeiros episódios, mas anda meio perdido com tudo. Se liguem e fiquem atentos, claro, a spoilers do que fora exibido até esta data.

(1) Ben Caspere

Esse é Ben Caspere, o cara morto que dá início à toda trama. Caspere era um ex-administrador da cidade de Vinci, distrito industrial próximo de Los Angeles, e um sujeito sexualmente obcecado que estava frequentemente acompanhado de garotas de programa. Ele tinha grande interesse na aquisição de terras para o desenvolvimento de empreendimentos imobiliários e de infraestrutura, e era parceiro de negócios de Frank Semyon (personagem de Vince Vaughn).

(2) Caspere killer

O mascarado supostamente é o assassino. Esse aí de máscara de corvo é apontado como sendo o assassino de Caspere logo no primeiro episódio quando surge levando o corpo de Caspere no carro lado de uma máscara de corvo (ou algo parecido).

Há quatro personagens centrais envolvidos com o assassinato de Ben Caspere e sua investigação: Paul Woodrugh (Taylor Kitsch), Ani Bezzerides (Rachel McAdams), Ray Velcoro (Colin Farrell) e Frank Semyon (Vince Vaughn).

(3) Paul

Esse é Paul Woodrugh. Um veterano de guerra que virou patrulheiro rodoviário e que encontra, por acaso, o corpo de Ben Caspere e a cena do crime que sustenta a trama dessa 2ª temporada.

(4)LoiraAcusa

Paul é acusado por uma jovem atriz chamada Lancey de tê-a assediado sexualmente, o que acaba fazendo que ele seja suspenso da função de patrulheiro. O problema ocorreu porque Paul abordara a loira na estrada por excesso de velocidade quando esta devia estar em casa cumprindo prisão domiciliar e acaba sendo acusado por ela de pedir favores sexuais para liberá-la (o que não aconteceu). Como resultado, Woodrugh é suspenso e depois de encontrar o corpo de Caspere acaba se juntando à força tarefa de investigação liderada por Ani Bezzerides.

(5) Namorada Paul

A namorada de Paul é Emily, que não parece muito disposta a continuar o romance sem compromisso com o cara. A primeira dica de que Paul é homossexual, aliás, surge quando ele toma viagra antes de transar com Emily. Os dois acabam discutindo e se separando depois porque ela insiste que ele não lhe dá o que ela precisa, mas no quarto episódio acabam se reconciliando quando ela conta que está grávida.

(6) Amigo Paul

Esse amigo (e algo mais) dos tempos de guerra de Paul chama-se Miguel Gilb e trabalha para um time de segurança chamado Black Mountain. No terceiro episódio, fica claro que os dois tiveram um romance no passado. Woodrugh e Gilb vão a um jogo juntos e o encontro acaba terminando com Gilb sendo repelido fisicamente por Woodrugh após “cantá-lo”. No episódio 4, contudo, depois de um noite de bebedeira num bar, Woodrugh acorda semi nu no apartamento de Gib. Quando ele tenta voltar ao bar de onde saíra na noite anterior, ele percebe que sua moto foi roubada.

(7)Mae Paul

A mãe de Paul se chama Nancy Spencer. E a relação dos dois parece ter alguma bizarra conotação sexual.

(8) Frank

Esse é Frank Semyon, contraventor, empresário e parceiro de negócos do falecido Ben Caspere. Semyon comprometera boa parte de seu dinheiro dando-o a Caspere com o objetivo de comprar terras sobre as quais passariam trillhos de trem. Com Casper morto, as terras não foram compradas e Semyon perdeu todo o dinheiro o que expica seu interesse em descobrir quem matou  o ex-parceiro porque isso significaria achar para onde foi seu dinheiro.

(9) Esposa Frank

A esposa de Frank se chama Jordan Semyon. Ela é uma ex-atriz e provavelmente a única pessoa em quem Frank realmente confia. Ela age não apenas como sua parceira de vida, mas também de negócios. Frank e Jordan também enfrentam problemas de fertilidade, uma questão com a qual Frank parece pouco se preocupar.

(10) - Nails capanga Frank

“Nails” é um dos capangas de Frank. Ele não fala muito, mas Frank parece ter alguma confiança nele.

(11) Stan capanga morto

Já Stan, outro ‘associado’ de Frank foi encontrado morto de uma forma muito parecida com a de Caspere.

(12) Blake - Frank assoc

Blake Churchman é outro que também faz parte da organização de Frank. Com postura evasiva, ele tem sua confiança questionada por Frank e quando Stan é morto, Churchman não foi localizado e responde depois dizendo que estava com “uma garota” – uma desculpa que ninguém engole.

(13) Danny Santos

Danny Santos é outro associado de Frank e gerente da boate Lux Infinitum, que era justamente uma propriedade de Frank. Além da boate, Danny mexe também com agenciamento de garotas de programa e algumas delas, aliás, estiveram envolvidas com Caspere. Depois que o negócio de Frank dá errado, Danny o confronta na frente de vários associados, acusando-o de ser fraco. Como resposta, Frank o espanca e arranca boa parte de seus dentes com alicate.

(14) Osip Agronov

Osip Agronov é um mafioso russo que também é associado de Frank. Depois da morte de Caspere, Agronov hesita em seguir adiante com o investimento planejado com Frank e parece desistir do negócio.

(15) Ray Velcoro

Ray Velcoro é um detetive na cidade de Vinci. Policial corrupto, Velcoro trabalha como informante de Frank Semyon. Fica implícito que Velcoro cometeu assassinato para vingar o estupro sofrido por sua esposa (um estupro que acabou produzindo um filho que não era seu chamado Chad). Foi esse crime, aliás, que fez com que Velcoro se aproximasse de Frank. No episódio 2, quando Velcoro investiga a casa para onde Caspere levara garotas de programa, Velcoro é atacado por alguém mascarado.

(16) Ex do Velcoro

A ex-esposa de Velcoro se chama Gena Brune. Depois de ser brutalmente estuprada, Velcoro mata o cara por vingança. Gena fica grávida, aparentemente como resultado do estupro e Velcoro decide aceitar a criança como se fosse sua. Não fica claro o motivo que levou Velcoro e Gena a se separarem, mas fica implícito que o estupro despertou uma raiva em Velcoro que assustou a mulher e seu filho.

(17) Filho Velcoro

O filho não biológico de Velcoro é Chad. O garoto acaba sofrendo bullying na escola e o fato leva Velcoro a espancar o pai do responsável. Depois desse incidente, a mãe de Chad passa a não mais permitir que Velcoro veja o garoto e revela que vai entrar na justiça para ter guarda total dele.

(18) Pai Velcoro

Eddie Velcoro é pai de Ray e ex-policial de Vinci. Ao que parece, Ray é a única pessoa que cuida do pai, levando maconha para que as dores que este sente diminuam e para lhe dar notícias sobre o neto.

(19) Tenente de Velcoro

Tenente Kevin Burris é o chefe de Velcoro. Do que vimos até aqui, Burris parece ser tão corrupto quanto Velcoro e tem conexões com o prefeito também. Depois de Velcoro ser baleado pela figura mascarada, ele acaba tirando a autoridade de Bezzerides sobre a cena do crime e insiste para que a investigação seja feita pela polícia de Vinci primeiro.

(20) Ani Bezzaridis

Ani Bezzerides é uma delegada da Divisão de Investigação Criminal do condado de Ventura.

(21) Irma da Ani

Ani tem uma irmã chamada Athena. Ela foi introduzida quando Ani, liderando uma operação, a interpela junto de outras moças que trabalhavam se exibindo em web cams. Athena é uma ex-viciada em drogas e Ani se sente culpada pelo caminho que sua irmã seguiu.

(22) Elliot Bezzerides

Elliot Bezerides é pai de Ani e lider espiritual de uma comunidade hippie chamada Instituto Panticapaeum. Bezzerides tem uma conexão com Caspere através de se antigo terapeuta, que conheceu quando este estudou em sua comunidade. Bezzerides também está conectado ao desaparecimento de Vera, uma garota que trabalho no Insituto Panticapaeum e que fora tida como desaparecida no primeiro episódio.

(23) Vera

O desaparecimento de Vera foi reportado por sua irmã mais velha, que disse ainda que o telefone celular estava desconectado. A colega de quarto de Vera, por sua vez, disse que ela havia se mudado. Outra informação que temos é que Vera fazia parte da equipe de limpeza do Instituto Panticapaeum e que teria dito aos colegas que estava saindo pois arrumara um trabalho melhor. Além disso, Vera pode estar potencialmente ligada à morte de Ben Caspere, já que a última vez que fora vista, ela estaria trabalhando na área de clubs de Sonoma onde Caspere andava fazendo negociatas com terras.

(24) Danielle Delvayo

Danielle Delvayo é a mulher que comunica o desaparecimento de Vera para Ani. Quando Ani a entrega um aviso de atraso de pagamentos hipotecários, Danielle conta que havia reportado o desaparecimento de sua irmã mais nova à polícia diversas vezes.

(25) Parceiro e caso Ani

O detetive Elvis Olinca (à esquerda) é o parceiro de Ani quanto Steve Mercer (à direita), é um policial com qual Ani tivera um breve relacionamento. Após o fim desse relacionamento, Steve se vinga fazendo uma queixa contra Ani, dizendo ter sido coagido por sua superior. Depois disso, ficamos sabendo que ani também teve um caso com seu parceiro Elvis que é casado.

(26) Promotora

Katherine Davis é a promotora pública que parece saber que Velcoro é corrupto e tem esperança de que a investigação sobre a morte de Caspere possa deixar isso mais evidente.

(27) Detetive Dixon

No caso, também estava o detetive Teague Dixon que parecia mais interessado em beber do que trabalhar na investigação. O vemos trabalhando mais diretamente com Woodrugh antes de acabar  morto no quarto episódio durante o tiroteio.

Mas e quem são essas outras pessoas?

(28) - Felicia do bar

Essa é Felicia, uma atendente do bar onde Frank Semyon e Velcoro se encontram. Ela parece ter uma queda por Velcoro e até menciona que quer levá-lo para conhecer sua terra natal. Ela sempre surge por perto durante as conversas de Frank com Velcoro e provavelmente sabe mais do que aparenta. Sua característica física mais marcante é uma cicatriz que tem no rosto e cuja origem não foi explicada.

(29) Dr Pitlor

O Dr. Pitlor é o terapeuta que Caspere estava vendo antes de ser morto. Ele tem conexões com vários personagens. Além de ter tratado Caspere por depressão e ansiedade, ele tentou ajudá-lo a com sua obsessão sexual. Ele também conheceu Elliot Bezzerides (o pai de Ani) quando estudou na comunidade liderada por Elliot. Pitlor também tratou a esposa do prefeito Chessani de esquizofrenia antes dela se suicidar.

(30) Chessani

Austin Chessani é o corrupto prefeito de Vinci que também tem conexões com Velcoro e Semyon. Depois que Ani faz uma busca em sua casa sem mandado, ele faz de tudo para prejudicá-la no trabalho.

(31) Esposa Chessani

Veronica Chessani é a nova esposa do prefeito Chessani. Pouco se sabe sobre ela, já que a única coisa que fez foi deixar Ani e Paul entrarem em sua casa sem mandado.

(32) Filho Chessani

Tony Chessani é filho do prefeito e expulsa Ani e Woodrugh quando ele os flagra vasculhando sua casa sem mandado. Quando eles chegam, Tony está com uma prostituta. O rapaz havia sido mencionado anteriormente quando Frank Semyon lembra o prefeito Chessani que foi ele quem ajudou Tony a se livrar de uma acusação de acidente de trânsito. A ocupação de Tony é organizar “eventos especiais”, o que pode indicar que ele seja o responsável pelas tais festas super secretas regadas a sexo que outros personagens já mencionaram.

Além de Tony, o prefeito também tem uma filha chamada Betty Chessani. Ela é vista brevemente quando Ani está fazendo busca na casa e passa pelo seu quarto. Antes de Betty bater a porta na cara de Ani, ela parecia estar olhando algum mapa. No quarto episódio, Ani encontra Betty num bar e a moça então revela que sua mãe cometeu suicídio quando estava sob os cuidados do Dr. Pitlor.

(33) Assessor prefeito

Ernst Bodine é o braço direito do prefeito Chessani. Ele é o cara que responde os questionamentos pelo prefeito sobre a festa em que Caspere esteve na casa de Chessani antes de morrer. Bodine revela que Caspere foi visto pela última vez na festa ao lado de uma garota chamada Tasha que, conforme acaba sendo revelado depois, trabalhava na boate Lux Infinitum e que estava sumida há algum tempo.

(34) Secretaria Ben Caspere

Erica Jonson era a secretária de Ben Caspere. Ela surge no set do filme com o qual Caspere estava envolvido e fala que estava ali para pegar alguns papéis que pertenciam a Caspere.

(35) Diretor do filme

Ashley Daison é o diretor do filme que Caspere estava financiando. Ele não é muito cooperativo com os detetives e quando eles o perguntam sobre a festa que foi com Caspere, ele diz que estava bêbado demais para lembrar de detalhes.

E qual é a desses lugares?

O que é a Catalyst?

Catalyst é uma companhia que compra terras e para a qual Caspere trabalhou. Depois da morte de Caspere, Frank Semyon se encontra com um executivo da Catalyst para ter certeza que o acordo que tinha com eles ainda era válido. O cara responde negativamente e Frank percebe que perdeu o investimento.

(36) Lux Infinitum

Lux Infinitum é uma boate que já foi administrada por Frank Semyon antes dele passá-la para Danny Santos. Caspere frequentava o lugar e era cliente das garotas de programa de lá. Woodrugh também acaba indo até o lugar investigar como era o ambiente onde Tasha, a garota favorita de Caspere, trabalhava.

Outras perguntas que precisavam ser respondidas…

Por que Ani e Paul estavam vasculhando a casa do prefeito? Caso você tenha perdido, Ani e Paul foram investigar a mansão do prefeito depois de perceberem diversas ligações feitas entre aquele lugar e a casa que Caspere usava para levar as prostitutas.

Existe algum segredo relacionado a tal cabana do Chessani? Quando Ani entrevista seu pai pela segunda vez questionando-o sobre sua relação com Pitlor, ele menciona uma tal cabana de Chessani, que ele, Pitlor e o pai do prefeito Chessani frequentavam quando jovens.

Quem é o Ledo amarilla e por que aquele tiroteio maluco aconteceu? Ledo se torna o principal suspeito no assassinato de Ben Caspere depois que é revelado no episódio 4, que ele era o cafetão de uma das garotas que frequentavam a casa que Caspere usava e que também tinha sido a pessoa que penhorou algumas coisas que pertenciam a Caspere. Quando os policiais o localizam, um intenso tiroteio acontece, mas não pelo caso em si, e sim porque eles teriam acidentalmente localizado um laboratório de produção de drogas.

***********

Diz aí: agora ficou fácil, né?

52 respostas para “Achando a segunda temporada de True Detective confusa? Olha aí a solução”

  1. Lucas Gondim disse:

    Quando um site precisa fazer um post gigante explicando uma serie, acho que algo não está certo!

    Obrigado, ajudou a melhorar o entendimento.

  2. Marcio disse:

    Excelente ! Clareou mta coisa !

  3. Valdo disse:

    Valeu! Muito bom.

  4. Francismara Pagnoncelli disse:

    Eu tive a impressão q o Woodrugh tinha acordado no apê do cara q conheceu na boate, e não do “amigo” dele.. (não que isso tenha grande relevância a essa altura)

  5. Chicoloko disse:

    Posso estar muito enganado, mas pra mim ficou evidente que foi o Frank que matou (ou mandou matar) o estuprador da esposa do Velcoro, fato esse que fez com que ele tivesse uma ‘dívida’ com o Frank e se corrompesse pra pagar essa dívida.

    Fora isso, acho que to acompanhando bem a série. E gostando muito!

  6. Thaiis disse:

    so far so good

  7. Fábio Terra disse:

    você não ter entendido e precisar de algo totalmente mastigado não é problema da série

  8. Carlita Fogo disse:

    Penso a mesma coisa!
    Lembro de todos os personagens, nomes e situações! Mas sei que algumas pessoas não lembram, e isso não significa que a série esteja ruim ou se desenvolvendo mal! Eu to levando de boa…

  9. Carlita Fogo disse:

    Foi do “amigo” dele mesmo!
    O “amigo” explica que ele saiu do jogo e depois se encontraram no bar!

  10. Carlita Fogo disse:

    Eu acho que ele plantou o cara, obviamente ele não era o estuprador pq ele não era ruivo, a mulher do Velcoro também não é e o Filho dele é ruivo. Acho que ele criou o cara para colocar o Velcoro na mão dele e também para encobrir e proteger o verdadeiro estuprador, que pra mim é o capanga dele Blake, que além de ser ruivo, tem um lance estranho com garotas!

  11. Devandir disse:

    O problema não são os personagens.. Até aí eu entendi TUDO.. a série que ta bleh mesmo..
    E acho que o ligado tá puxando muito o saco da HBO com True Detective..
    Juro.. pra mim a avaliação da série seria: ep1-3 estrelas.. ep2-2 estrelas.. ep3-3 estrelas.. ep4… sono.. dormi em todos eles.. tive que rever depois e quase dormi de novo..
    Sério mesmo que vcs estão gostando tanto assim?? Só vejo post dessa série chaaaaata por aqui..

  12. Carlita Fogo disse:

    Série ta maravilhosa!
    E isso é um seriado e não um filme onde tudo se desenrola em 2 horas!
    O diabo está nos detalhes meu amigo e cada cena tem um detalhe importante!
    Sem contar que gosto cada um tem o seu! Tem gente que prefere Glee, tem gente que prefere Hannibal, tem gente que prefere once opon time e tem gente que prefere True Detective!

  13. Dênis Victor disse:

    Sdds, Cohle…

  14. Junior disse:

    Carlita.. Não acho que tá maravilhosa não.. A primeira temporada foi sim maravilhosa.. A segunda tá um lixo.. Nem parece a mesma série… Aposto com você que a audiência vai cair MUITO nessa temporada.. Não to vendo graça nenhuma.. E tenho visto em outros fóruns por aí que quase ninguém está gostando.. Torço muito pra que a série melhore daqui pra frente.. Pq concordo que está um lixo..

  15. Rodolfo disse:

    Muito obrigado e concordo com o comentário do Lucas. Eu até que estava entendendo bem a série. Esse post me deu essa certeza. Mas várias vezes tinha que pausar e conversar com minha mulher para debatermos se estávamos entendendo certo.
    Pior que a Rachel McAdams, que eu acho foda, está meio que sempre fazendo a mesma cara do tipo “I too old to this shit”, ou “Tá tudo fodido mesmo”…. tá faltando um pouco de direção. Eles levaram tão ao pé da letra o estilo mórbido da 1a temporada que cada cena tem ser assim. Aquela cantora caquética no bar é bem o que representa tudo. Tá tudo fodido, contaminado e desesperançoso. Praticamente uma frase de efeito em cada conversa…. I don´t know…. A cena do tiroteio me acordou, mas o roteiro ainda continua meio confuso. I don´t give a shit para o problema do Frank Semyon com aquela grana que ele perdeu, whatever… e colocar três policiais foi um erro (eu achei que eram 4, mas o gordinho já tomou um tiro na lata), na minha opinião.

  16. Peterson Tesch da Silva disse:

    A série tá excelente! Achei meio fraco no início, baseando-se, claro, na temporada anterior…Mas os quase 60 minutos do ep. passam “voando”, o Collin tá muito bem, o Vince e a Rachel também!

  17. Higor Oliveira disse:

    Isso vai soar bem babaca e arrogante, mas paciência né. O que teve de tão difícil de entender no enredo até agora? Tudo escrito aí foi devidamente colocado no roteiro de forma bem clara. A propósito, temporada fraca até agora.

  18. indigocity disse:

    feio é copiar um post inteiro do buzzfeed e não citar a fonte .

  19. Leia a PRIMEIRA frase do post. A citação está lá. Feio é não ler direito e acusar os outros de algo que não foi feito.

  20. Está DEVIDAMENTE citado na PRIMEIRA frase do post. Leia direito da próxima vez.

  21. Marcelo Marcolino disse:

    Valeu a intenção, mas mesmo assim a temporada não decolou e não decola mais.
    O problema não é o fato da trama ser confusa, mas ser chata mesmo.

  22. Magnosama disse:

    a maior parte tbm estou acompanhando de boa,
    mas alguns detalhes acabam passando batido,
    por este aspecto a matéria se justifica,
    estou gostando da segunda temporada.

  23. Magnosama disse:

    o verdadeiro estuprador já foi preso, e não é o Blake
    Frank entregou outra pessoa pra Velcoro, só pra poder manipulá-lo.

  24. Magnosama disse:

    não é pra parecer a mesma série,
    não é pra parecer a primeira temporada,
    essa é a ideia desde o principio.

  25. Gabriel Goulart disse:

    Frank pode ter mentido pro Velcoro pra proteger um dos caras dele.
    Pode ter sido o Churchman (aquele cara que o Ray estava investigando às ordens do Frank), ele é ruivo e parece muito com o garoto.
    Então Velcoro matou o cara errado, e alguém colocou pistas falsas em algum outro cara pra fazer um conflito entre os dois (talvez o próprio Churchman, ele tá fazendo alguma merda. Bem grande.)
    Ou talvez ele só mentiu mesmo, pra manipulá-lo.

  26. Magnosama disse:

    o verdadeiro estuprador já foi preso e identificado pela esposa de Velcoro,
    não é um capanga do Frank, que claramente usou o estupro pra manipular o policial.

  27. Devandir disse:

    Isso é obvio né.. eu quis dizer em roteiro, em qualidade, em diálogos..

  28. Diego Hentschke disse:

    tirou as palavras da minha boca. perfeito. e alem de chata, tem um q de pretensão, se esforçando demais pra tentar ser cool. So q dessa vez o estilo sobre substância nao funcionou.

  29. Rodrigo Deway Bacelar disse:

    A temporada está chata, com diálogos expositivos e mal escritos, uma trama arrastada, confusa e personagens sem graça. Falta ritmo, falta personagens interessantes e agora tá me faltando paciência para assistir mais 5 episódios. ;(

  30. Ademar Reis Neto disse:

    Só um detalhe : Ani Bezzerides não é uma delegada da Divisão de Investigação Criminal do condado de Ventura. Pois na polícia dos Estados Unidos não existe o cargo de delegado. Isso é “privilégio” do Brasil. Se lá existisse a figura do delegado, a Ani Bezzerides passaria a maior parte da série despachando em uma sala com ar condicionado e jamais iria investigar diretamente na rua.

  31. Marcelo Chaves disse:

    Muito legal o resumo, bom pra dar uma organizada nos fatos.
    Quanto à segunda temporada em geral, minha opinião é a seguinte: o diferencial da primeira temporada não era o assassinato e a trama que o envolvia em si, mas sim a relação entre Marty e Rusty. Os sensacionais diálogos, os conflitos iniciais que foram se intensificando até explodir com a traição de Maggie, o surgimento da amizade entre os dois com o maravilhoso último episódio… Os flash forwards ajudavam a manter a curiosidade sobre o desfecho dos dois personagens, prendendo o espectador. A direção do Fukunaga também era bem melhor (vide o brilhante quarto episódio).
    Até porque eu me lembro de alguns momentos na primeira temporada em que eu fiquei me perguntando: “peraí, por que eles estão interrogando esse cara?”, “o que eles estão fazendo aí mesmo?”. Mas como disse, isso não era o mais importante e as coisas se encaixaram mais adiante.
    Já na segunda temporada não existe exatamente uma relação constituída entre os personagens principais, exceto entre Ray e Frank (e no próximo episódio devemos ter um momento extremamente tenso dentro dela), apenas problemas individualizados e que ainda não causaram grande ou nenhum impacto nessa relação entre eles. Na boa, tem alguém realmente se importando com esse lance de infertilidade do casal Frank/Jordan? O que a suposta homossexualidade do Paul e o fato de Ani ser uma pervertida jogadora manipuladora de facas badass (beijo, Rachel, me liga) trazem para a interação entre eles e Ray?
    Isto pareceu melhorar no quinto episódio com a criação da equipe de investigação e espero que possa render mais ainda. De todo modo, minha avaliação sobre a segunda temporada ainda é positiva.

  32. Nicholas Amorim disse:

    Ligado em Série sempre com aquele tom super profissional e cortês. :D

  33. Janine Da Silva Meira disse:

    Explicou muito, porém a trama está muito complexa e cheia de ganchos, ainda não capitei “a coisa”, rs! Vamos aguardar os próximos episódios.

  34. Flavia Ferreira disse:

    Adorei a 1ª temporada, e apesar de está entendendo a 2ª, concordo em partes com você Rodrigo. Personagens estão sem graça e a trama está arrastada mesmo. Porém, estou acompanhando para ver no que vai dar.

  35. Fazer um vídeo seria melhor.

  36. Caralho, faz vídeo que é melhor do que esse livro.

  37. SUPRAMATY disse:

    Estou gostando dessa temporada pelo fato de não ser mais do mesmo.

  38. rodrigosantos disse:

    Concordo.

  39. rodrigosantos disse:

    Ao contrário, a liguagem escrita deixa as coisas mais claras e permite organização mais clara do enredo.

  40. rodrigosantos disse:

    Geração vídeo aula.

  41. Carlita Fogo disse:

    Continua no topo! Mais baixada, mais comentada e mais procurada!
    Ainda bem!

  42. Rafael disse:

    Vai toma no cu

  43. Dr. Bruce Banner disse:

    O nome True Detective não podia ter sido melhor escolhido.
    São policiais/ detetives que cumprem o seu dever, mesmo com a sua vida pessoal desabando, como Marty e Rusty na primeira temporada, um com problemas familiares e o outro com drogas na primeira temporada e na segunda com Velcoro com problemas com a mulher e o filho, Paul com problemas sexuais e com a mãe e Bezzerides com problemas sexuais e com a irmã e o pai.
    Não sei pra quê esse choro que a séria está diferente, se desde o começo foi avisado que todas as temporadas seriam diferentes das outras.
    Se lessem mais, iriam saber disso desde o início.
    O fato da primeira ter sido uma obra prima, não tira o mérito dessa temporada. Naturalmente a gente fica comparando, querendo mais, por quê a primeira foi incrível, mas a proposta agora é outra.
    O povo era acostumado a assistir novela e quando via assistir série, quer tudo mastigado e spoiler em revista de fofoca.
    Chorem mais.

  44. rod disse:

    o 8° episodio foi uma grande merda

  45. Junior disse:

    … So What?

  46. rodolfo disse:

    Assistindo ao season finale da segunda temporada não sabia se estava vendo True Detective ou uma novela mexicana. Estava adorando a segunda temporada (realmente inferior à segunda, mas, mesmo assim, excelente para meu gosto), e no decorrer do último episódio da 2ª temporada eu fico só dizendo para mim mesmo: ”WHAT A FUCK é isso cara???”
    Péssimo episódio, parecia fim de novela… não cara, que bosta que fizeram.
    Pior momento de toda a série para mim, até então, até o penúltimo episódio estava tudo maravilhoso, a série indo numa guinada crescente, tensão, mortes, tensão, reviravoltas, tensão… aí aparece essa bosta de season finale.
    Sério mesmo, coisa sofrível.

  47. rodolfo disse:

    *realmente inferior à primeira

  48. Maria disse:

    Afinal,quem matou Ben Caspere?

  49. Mauro Monteiro disse:

    Essa temporada foi uma bosta. Personagens confusos e história nonsene. Mas acho que tem chance de recuperação, basta a 3ª temporada voltar ao padrão da 1ª. A unica coisa que realmente prestou foi saber que Vince Vaughn tambe´m sabe fazer papel de vilão, não somente comedias.

  50. paulo balls disse:

    é um sacrilégio em ate pensar em comparar essa 2 temporada com a primeira

  51. Demolidor disse:

    Sdds Rust Cohle Mito!

  52. Joni Johsons disse:

    Parabéns ao amigo pelas elucidações sobre a 2 temporada. Com certeza a 2 temporada é demais e como alguns falaram, nao é porque a primeira temporada ficou quase uma obra prima que a segunda nao presta. Brasileiro gosta de novela e tramas mastigadas,ou seja, nada que tenha que pensar muito ou que precise de um QI elevado. AMBAS TEMPORADAS SAO DEMAIS. Nessa segunda temporada os atores tbm apresentam otimas performances, todos eles…

    Faltou apenas no texto informar que Chad supostamente nao e filho de Velcoro, no entanto a verdade é que o mesmo é sim filho,conforme teste de dna que aparece nas maos da ex esposa no ultimo episódio.

    Texto show, aguardo os comentários do restante da temporada, pois tem outras questões a serem discutidas.
    Abcs e ficamos todos no aguardo pela terceira temporada.

    PS. TRUE DETECTIVE NOTA 9.2 IMDB (deve ser bem ruim, hã)

Deixe uma resposta

ss