FOTO: REPRODUçãO

Por: Redação Ligado em Série

Uma análise ~diferente~ do novo trailer de Star Wars: O Despertar da Força

sw1

Esta semana a internet entrou em frenesi com a divulgação do novo trailer de Star Wars: The Force Awakens, o primeiro filme da nova trilogia que está sendo desenvolvida em cima da saga especial que adoramos. Como sempre, a peça promocional revela alguns detalhes meio escondidos, então decidi reunir aqui algumas coisas que observei nos dois minutos de vídeo – segue o trailer embedado e, logo abaixo, os comentários marcando os minutos e segundos onde as coisas acontecem.

[youtube video=https://www.youtube.com/watch?v=4r0287tUEgk]

0:17 – Vemos o que parece ser um imperial destroyer afundado na superfície, abandonado, posto à condição de velharia pelo sol e pela areia inclementes – um claro simbolismo do que acontece com os fãs nerds de Star Wars quando vão à praia.

0:22 – É impressão minha ou esse robô que acompanha a personagem é uma versão apenas ligeiramente modificada da Jabulani, a infame bola da Copa do Mundo de 2010?

Tudo que precisa para combater tal robô é a seleção alemã.

Se for imprevisível como a bola, melhor.

0:34 – Uma breve parábola sobre arrogância, ascensão e queda: não adianta nada ter seu nome estampado em uma das maiores produtoras do mundo se foi você quem criou o Jar-Jar Binks.

0:37 – Aqui vemos um grupo de fanboys se preparando para entrar em uma discussão sobre adaptações de quadrinhos.

0:47 – Parece bem óbvio que Finn está em Tatooine, porque a) é um planeta fácil de identificar graças à enorme quantidade de areia que constitui sua superfície e b) é tipo o único planeta existente no universo de Star Wars (além dele, tudo que rola são uns pântanos e umas cidades futuristas blasé).

0:50 – Percebam a luz vermelha ao fundo e a posição estática da nave: no futuro, até os vilões respeitam a sinalização de trânsito.

0:53 – Plano fechado no novo vilão, cuja máscara possui cores escuras e ameaçadoras, linhas metálicas que emulam expressão de raiva e sao ameaçadoras, pequenos detalhes desnivelados ameaçadores e um… bico de… pato… de metal… ameaçador?

0:58 – Posso estar enganado, mas parece uma máscara do Darth Vader feita sob medida para o Sloth, de Goonies, usar no halloween.

14-sloth-GOONIES

“DARTH VADER QUER CHOCOLATE!”

1:04 – “Árvores? Cadê a areia? Tirem essas árvores e tragam a boa e velha areia de Tatooine de volta”.

1:10 – Por que eles continuam produzindo e utilizando Tie Fighters? Sério, alguém já viu um Tie Fighter acertar alguma coisa? É como a medicina continuasse eletrocutando pessoas para curar ansiedade.

1:14 – Han revela a Finn e Rey que as lendas de Jedis e Siths, ocorridas apenas algumas décadas antes, são verdadeiras. O que prova que, no universo de Star Wars, a ciência consegue mandar naves ao hiperespaço mas não consegue fazer a juventude se interessar por história.

1:33 – Aqui parece ser um ponto-chave no conflito dramático e narrativo de Flinn: ele claramente reflete sobre o porque de todo mundo ter um avião com canhões à disposição enquanto ele está preso com aquela pistolinha de água.

1:38 – QUEM É QUE USA UMA JAQUETA NO DESERTO FLINN?!

1:40 – Presença obrigatória de R2D2, o George Harrison de Star Wars.

1:43 – Eu olho para o figurino dessa personagem em primeiro plano (de capa, com visual bobafettiano) e só consigo pensar no desespero que deve ser ter uma coceira em alguma parte do corpo.

1:47 – Nas mãos certas, essa cena do Han, Chewie e Finn abaixando os braços ao mesmo tempo dá um vídeo de dança promissor.

1:51 – OLHA A QUANTIDADE DE TIE FIGHTERS E ELES NÃO ACERTAM NADA!

1:58 – Pausando o vídeo, dá pra ver o adversário de Flinn sem máscara e ter uma ideia da identidade dele, mesmo de costas: pelo volume e corte de cabelo, o grande Sith Lord do filme é o Felipe Dylon.

"O bem é só um ponto de vista."

“O bem é só um ponto de vista.”

Uma resposta para “Uma análise ~diferente~ do novo trailer de Star Wars: O Despertar da Força”

  1. Anderson Lima disse:

    kkk vou nem comentar, vai que é doença… (droga, já comentei xD)

Deixe um comentário

ss