FOTO: HISTORY CHANNEL

Por: Bruno Carvalho

Por que a Netflix não atualiza séries imediatamente?

“Atualiza, Netflix” “Por que não atualiza as séries?” “Atualizar que é bom nada, né” “Cadê a nova temporada de X?” “Está de má vontade, Netflix?” “Nunca te pedi nada!”

Um dos empregos mais estressantes do mundo deve ser o de atendimento de social media da Netflix. A cada postagem, foto, quiz ou vídeo que eles fazem, independente do assunto, os comentários são sempre os mesmos: cobranças e exigências de usuários pela atualização de séries e temporadas. A empresa, inclusive, lançou esta semana um vídeo dedicado aos usuários brasileiros estrelado por Ashton Kutcher Danny Masterson e intitulado: Respondendo a pessoas educadas que esquecem os modos nas redes sociais”.

Em uma das perguntas do vídeo, por exemplo, um usuário questiona pela segunda temporada de Love, série que estreou há apenas algumas semanas, ao que Danny responde: “Vamos atualizar, assim que ela for filmada“.

Mas se a demanda é tão grande, por que a Netflix simplesmente não atualiza quando tem temporada pra atualizar? Com esta matéria, busco esclarecer para o usuário comum quais são os passos para o licenciamento de conteúdo em escala global, o percurso natural de produção para lançamento de uma série e outros empecilhos jurídicos, comerciais e técnicos que atrasam a atualização de séries no catálogo da empresa. Para facilitar o entendimento, dividi esse texto em tópicos e serei bastante genérico (ou seja, existem tecnicalidades que não abordarei porque não vem ao caso).

Entendendo o Serviço

Antes de entrar nos quesitos, começaremos pelo óbvio. A Netflix é uma empresa que: (1) produz conteúdo próprio e é detentora dos direitos de licenciamento e distribuição; (2) veicula por streaming, na qualidade de licenciada, produções de outras empresas, sejam elas canais de TV e estúdios; (3) distribui internacionalmente produções estrangeiras.

Na situação (1) acima, ela domina toda a cadeia de produção, licenciamento e distribuição e disso falaremos mais à frente. Quando a Netflix recebe séries que não são dela para veiculação via streaming, não é ela quem dita as normas de como e quando esse conteúdo será disponibilizado, que é o caso da situação (2). Assim, o primeiro passo é saber separar conteúdo próprio (que vamos chamar aqui de Originals, como eles mesmo identificam) do conteúdo de terceiros (que vamos nos referir como Licenciados).

netflix

O (3) é o caso de Better Call SaulScream Shadowhunters, que são disponibilizadas episódio por episódio. É uma mescla de OriginalsLicenciado Isso porque ela precisa seguir o calendário do canal lá fora e atua como distribuidora internacional. Em alguns casos ela ganha o direito de por o selo de Original (Better Call Saul), seja porque co-produziu ou porque adquiriu contratualmente essa prerrogativa.

Detalhe: não é porque a série é da Netflix que significa que é ela que vai lá e põe a mão na massa. Geralmente ela subcontrata a produção encomendando os episódios, que são gravados por empresas especializadas em estúdios alugados. A Netflix possui parceiros de produção no mundo todo e também compra muitas produções já prontas ou financia sua pós-produção para trazer mais conteúdo para seus assinantes. Foi o caso de Making a Murderer, que começou a ser gravada quando a empresa sequer existia.

Séries Possuem Ciclos Anuais

Não importa se estamos falando de Originals ou Licenciadas: séries, por sua natureza e em grande maioria, são roteirizadas, gravadas, produzidas e lançadas em ciclos anuais que comumente chamamos de “temporadas”. Existem séries lançadas com intervalos menores e maiores que 1 ano? Existem. Mas elas são poucas e a maioria das produções vai adotar o ciclo anual e recorrente até o seu cancelamento (e o nome técnico é cancelamento, independente se ela foi encerrada com ou sem final).

netflix

Essa é a primeira dica pra identificar quando uma série será “atualizada”. Em se tratando de Originals, a Netflix costuma lançar suas séries geralmente na mesma época todos os anos. Reforço o geralmente. Se Unbreakable Kimmy Schmidt teve a sua primeira temporada disponibilizada em Março de 2015, é possível inferir que a segunda chegará por volta dessa época em 2016. E, veja só, a segunda temporada estreia nesta sexta, cerca de um ano depois. O mesmo com Grace and Frankie que chegou em Maio de 2015 e voltará, olha lá, em Maio de 2016.

Claro que algumas séries demoram menos e outras demoram mais para serem produzidas. Sense8Arrested DevelopmentMarco Polo são exemplos disso, pelas dificuldades logísticas e/ou grandiosidade. Outras produções mais simples, como uma sitcom estilo Full House ou The Ranch, são mais rápidas de se fazer.

Direitos de Terceiros (ou o tão falado Licenciamento)

Quando a série não é da Netflix, ou seja, não possui o selo NETFLIX na imagem de destaque na plataforma, aí estamos falando de um conteúdo que não é dela e está licenciado. Isso quer dizer que a empresa possui uma autorização limitadatemporária para veicular aquela obra ali. Digo limitada porque direitos autorais são licenciados por região. É possível que a Disney, por exemplo, autorize que o filme Os Vingadores seja disponibilizado na Netflix do Brasil, mas não na do Chile. Mas por que isso? Difícil dizer, mas: por dinheiro. Ora, se no Chile a Disney possui um acordo de licenciamento exclusivo com um canal de TV ou com outra plataforma, é preciso respeitar esse acordo. Assim, é preciso esperar que o direito do outro termine para o detentor dele poder renegociá-lo.

Isso também explica o fato da Netflix americana ter um número maior de títulos, pois é o país onde ela é sediada e de onde é produzida e negociada a maior quantidade de conteúdo.

netflix

Digo também que é temporário porque licenças nunca são perpétuas. Você pode veicular a série por um tempo e depois desse tempo essa licença está passível de uma renovação. Mas por que isso? Em 100% dos casos: por dinheiro. Renovar uma licença de veiculação é o mesmo que renovar a licença de um software. É a forma com que todos na cadeia de produção audiovisual ganham dinheiro.

Cada licença está em um contrato. Cada contrato possui um prazo, um território. Ao longo de um ano, a Netflix tem uma infinidade de contratos de licenciamento em execução, vencendo, começando ou em fase de renovação. Se o detentor do direito não quiser renovar ou manter, não há o que ser feito. É por isso que você tem títulos entrando e saindo da plataforma o tempo todo. Não é por má-vontade ou má-serviço. São apenas negócios.

Da TV ao Streaming: O Ciclo de Vida de uma Série Licenciada

Veja, produzir uma série de TV é algo caro. Geralmente todas as séries de TV começam com uma ideia, seguida de um empréstimo bancário, financiamento ou gasto de recursos próprios (do produtor, canal ou estúdio). É por isso que quem produz vai querer sempre reaver o que gastou e tirar a sua rentabilidade.

Por isso existem diversas etapas para uma produção sair do estúdio e chegar na sua casa pela Netflix. Em séries, ela começa no canal original e só por último vai terminar em sites de streaming. Elas seguem, em muitos casos, o seguinte fluxo:

licenciamento_caminho

A cada vez que a produção sai do canal original ela tem que passar por pelo menos dois pontos desse caminho e muitas vezes ele é obrigatório. Exemplo: a Sony Television terá NECESSARIAMENTE que oferecer uma série própria para distribuição internacional (após a exibição original) para a sua parceira Sony International, que por sua vez vai colocá-las em um dos canais que controla nos diversos territórios. Depois, ela abrirá uma nova janela que é o Home Video, Compra Digital ou VOD Premium, ou seja, ela vai tentar vender o conteúdo diretamente ao usuário para tentar faturar mais, para então seguir em frente.

É por isso que a Netflix ainda nem atualizou a quinta temporada de The Walking Dead que foi exibida na TV ano passado?

R: É.

Em alguns casos, a produção ainda pode passar pela TV aberta, embora muitas vezes isso pode não se aplicar e o conteúdo pode ir direto do home video/VOD pago para o streaming. Em raros casos a série pode pular do canal original de uma vez para a Netflix, como é a situação do item (3) do primeiro tópico, onde a Netflix age como distribuidora internacional direta.

Note que em todas as setas existe um prazo (exceto na primeira, pois hoje alguns canais exibem produções day & date). É por causa desse prazo que as séries atrasam para chegar na Netflix. A TV paga desembolsa uma grana boa por uma série, então ela vai exigir exclusividade por um tempo.

É por isso que com o preço que eu pago num mês de TV a cabo ou num box de sériesdá pra pagar meses de Netflix?

R: Em linhas gerais, é.

Dublagem e legendas

Conforme apuramos com a empresa, nem sempre as séries que eles adquirem chegam dubladas ou legendadas. Mesmo que ela já passou por isso para a TV a cabo, os direitos do áudio dublado ou do texto legendado não estão atrelados.

Eles são feitos por estúdios e empresas especializadas e a Netflix precisa ir lá e negociar e pagar diretamente com eles ou até mandar fazer tudo do zero se não conseguir comprar pronto o que foi ao ar na TV ou no home video. Isso também é algo que influencia no prazo de disponibilização. É o que está ocorrendo com Gilmore Girls atualmente. Eles vão lançar a série completa só em julho, pois estão legendando tudo de novo.

Conclusão

É por tudo isso que Reed Hastings e Ted Sarandos, executivos da Netflix, brigam pelo licenciamento Global de conteúdo. Agora que a empresa está em todo o mundo, para eles é muito mais fácil que os direitos autorais sejam negociados em blocos e livre de amarras geográficas.

Com suas Originals ela estabelece esse padrão como um paradigma: é por isso que hoje canais de TV, estúdios de cinema e outros detentores de direitos autorais correm atrás para agilizar as negociações e levar séries e filmes no formato day & date com a exibição original. O público ficou mais exigente e isso é a tendência.

Assim, agora que você conhece todo o processo e burocracia envolvida no licenciamento e transmissão de conteúdo digital, pense duas vezes antes de simplesmente cobrar uma atualização. Às vezes não é a hora ainda. Às vezes não foi possível negociar o conteúdo. Às vezes ele ainda não está disponível ou é de um canal que nunca vai licenciar para a Netflix, como é o caso da HBO.

Sabe por que a “falta de atualização” nunca será por má vontade ou desrespeito com o assinante? Porque ao contrário de planos de Internet e TV a cabo, a Netflix você pode cancelar com um próprio clique e sem ter que ligar e ficar horas com atendente.O serviço de streaming vai fazer de TUDO para impedir que no fim do mês você rescinda seu contrato e vai colocar lá todo o tipo de séries (dos mais variados gostos) para reter o usuário oriental, ocidental, homem, mulher, criança ou idoso.

São apenas negócios.

21 respostas para “Por que a Netflix não atualiza séries imediatamente?”

  1. Lucas Gondim disse:

    É triste ter que existir um post desse. Mas infelizmente é necessário. É só clicar em qualquer postagem da netflix no twitter para ver o tanto de gente “cobrando” que determinadas temporadas de series sejam inseridas na plataforma naquele exato momento! Não sei se nos outros países são assim, mas infelizmente isso é a cara dos brasileiros na internet mesmo…

  2. A gente deu uma pesquisada nas contas de social da Netflix fora. É a mesma cobrança. Em menor escala, mas tem também.

  3. Iago Luiz de Morais disse:

    Excelente artigo Bruno Carvalho!!

  4. Anderson Lima disse:

    Post top! Parabéns!

  5. Felipe Storino disse:

    O engraçado é que esse mesmo pessoal que fica perturbando nas redes sociais da Netflix não vê problema em pagar um dinheirão na TV a cabo pra ter um conteúdo cheio de filmes repetidos também. E com um atendimento terrível. Já precisei do atendimento da Netflix e foi excelente e nunca me incomodei com o catálogo deles. Excelente artigo.

  6. Tom Carvalho disse:

    Bruno, artigo SENSACIONAL. Muito esclarecedor. Espero que isso seja amplamente visto e que acabe de uma vez com os chatos de plantão que vivem fazendo pedidos sem noção à Netflix.

    E outro conselho pra quem vive cobrando atualizações: VEJAM OUTRAS SÉRIES E FILMES! A Netflix possui títulos muito bons que COM CERTEZA conseguem suprir como qualidade a demanda pessoal de conteúdo enquanto se espera por uma temporada ou outra de determinada série de TV.

    Agora, por exemplo, enquanto reclamam de várias séries mais populares, cobrando por atualizações relâmpagos, o serviço disponibilizou Agent Carter, American Crime e Top of The Lake. Muitos usuários perdem a chance de assistir à coisas muito boas porque fixam apenas em determinados títulos!

    Outra observação. Sempre ouço coisas como: “A Netflix quase não tem lançamentos”, “Só tem filmes velhos!”. Realmente alguns títulos não são tão novos assim, mas julgar um filme (ou até serie também) pela data de produção é uma ignorância descabida.

    Parabéns por colocar um artigo tão completo.

  7. liviajacome disse:

    Parabéns pelo post Bruno. Tinham alguns pontos que eu ficava realmente em dúvida, principalmente em relação aos conteúdos originais (se existia uma diferenciação nesse tipo de conteúdo). Vou compartilhar com todos! abraços!

  8. aleguarita disse:

    Ótimo post

  9. Tiagoseiyapb disse:

    eu queria que ela colocasse o mundo e dos jovens de novo amo essa serie,e ela so disponibilizou 2 temporadas faltou 5 temporadas para completar a serie

  10. Gabriel Campanha disse:

    Muito esclarecedor, se todo mundo lesse isso e entendesse não tinha tanto mimimi

  11. Erick Terto disse:

    Esse texto me lembrou da cobrança para a liberação de Longmire que agora tem selo Netflix, mas o pessoal esqueceu que o produto foi licenciado para outro canal brasileiro, que provavelmente não abriu mão do contrato.

  12. Leonardo Damaso disse:

    Vai de N…. e seja felizes kkkkk

  13. T̶h̶e̶N̶o̶a̶h(M̶o̶r̶r̶i)Morgan disse:

    Ótimo post, parabéns !

  14. Leonardo Damaso disse:

    Cara nada melhor que torrent
    Nem fudendo fk a aguardando
    Ja basta a fila …..

  15. Vitor Marciano disse:

    nossa… muito bom mesmo esse post! parabens Bruno Carvalho

  16. Tiago Araujo Melo disse:

    Sabe dizer qual canal?

  17. Erick Terto disse:

    No Brasil inicialmente era exibido pela A&E, não sei a atual situação.

  18. Espetaria Facegrill disse:

    Netflix disponibiliza série pela metade, por exemplo 12 Monkeys já esta na 3 temporada e na Netflix apenas a 1°, isso e pago, vicia a gente e depois não disponibiliza.

  19. O post serve pra explicar o motivo. Ela atualizará quando os direitos forem liberados pelo detentor.

  20. Mar Tim disse:

    Leitura extremamente interessante. Muito obrigada.

  21. DANI, ALWAYS! disse:

    Ótima explicação.
    Não tenho paciência com esse povo que fica pedindo atualização. Coitados das pessoas que ficam no social media da Netflix.

Deixe um comentário

TOP.05
ss