FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

Raízes: History discute racismo e a luta pela liberdade em sua nova minissérie

raizesrootshistory

Com o objetivo de abrir um novo debate sobre a escravidão e a luta pela liberdade, a premiada minissérie Raízes – fenômeno televisivo dos anos 70 – chega com uma nova versão à tela do History Channel a partir do dia 17 de outubro às 22h40. Com um roteiro dirigido a uma nova geração de telespectadores, a minissérie em oito episódios, exibida em quatro noites seguidas, é baseada no romance de Alex Haley, que relata a história da escravidão de Kunta Kinte, ancestral do autor, e a libertação de seus descendentes.

Esta nova versão de Raízes tem Laurence Fishburne (Hannibal) no papel de Alex Haley; Forrest Whitaker (O Último Reino da Escócia) como Fiddler, um escravo que tenta guiar Kunta Kinte e arrisca sua vida para ajudá-lo a escapar; Anna Paquin (True Blood) no papel de Nancy Holt, a esposa de um oficial com um jeito peculiar em relação ao tratamento dos escravos; e o ator Jonathan Rhys Meyers (The Tudors) no papel de Tom Lea, um senhor de escravos rude.

A minissérie promete ser um retrato histórico da escravidão nos Estados Unidos e tem como pano de fundo a saga de uma família para sobreviver, resistir e finalmente continuar seu legado, enfrentando dificuldades abissais e muita crueldade. Abrangendo varias gerações, a família começa com o jovem Kunta Kinte capturado em Gâmbia, sua terra natal, e transportando em condições desumanas para a América colonial, onde é vendido como escravo. O público do HISTORY poderá acompanhar, ao longo de toda a série, como esta família segue enfrentando as adversidades. 

Deixe um comentário

ss