FOTO: HBO

Por: Bruno Carvalho

Euphoria: episódio especial é uma aula magna sobre como fazer TV

A pandemia de COVID-19 nos tirou muita coisa, inclusive a aguardada 2ª temporada de Euphoria. Por sorte, o criador Sam Levinson nos presenteou neste fim de ano caótico com o que é, provavelmente, a melhor hora televisiva do ano. Funcionando como uma ponte e preparação para os novos episódios, o especial intitulado “Trouble Don’t Last Always” é o primeiro de dois episódios e este é totalmente focado em Rue (imagino que o segundo será em Jules).

Intimista, introspectivo e reflexivo, Sam Levinson faz aqui uma aula magna sobre como fazer TV durante uma pandemia (o episódio foi gravado com medidas apropriadas, elenco reduzido e tudo mais) e, em especial, como se fazer TV no geral. Ele não teria conseguido isso, claro, sem o protagonismo de Zendaya, aqui brilhantemente fazendo jus a seu Emmy, e Colman Domingo, que deveria alçar voos muito maiores que Fear the Walking Dead após esse episódio.

FOTO: HBO

Em uma conversa que dura quase uma hora, com poucas pausas (o começo e algumas interseções), “Trouble Don’t Last Always” mergulha em águas profundas na discussão sobre a doença do vício, suas motivações e consequências, com o foco numa deprimida e melancólica Rue, tendo uma recaída após a partida de Jules ao final da primeira temporada.

O episódio basicamente traduz com um roteiro maravilhoso o real significado por trás da sequência musical e que mostra o turbilhão de sentimentos desordenados que passam na cabeça de nossa protagonista e como seu padrinho Ali ajuda a processá-los e organizá-los, graças à sua experiência prévia com a mesma doença.

É uma hora que passa num piscar de olhos e já nos deixa ansiosos pelo próximo especial e, claro, para a 2ª temporada de Euphoria, que se revelou como um dos dramas adolescentes mais relevantes da última década.

O episódio especial de Euphoria vai ao ar neste domingo, 06/12 às 23h e já está disponível para os assinantes na HBO GO.

Os comentários estão desativados.

ss