FOTO: CLARO

Por: Bruno Carvalho

Review: Claro Box traz canais da TV a cabo e streaming em dispositivo único

À convite da Claro, o Ligado em Série recebeu para testes a Claro Box, dispositivo set-top-box em IPTV para acessar conteúdos por streaming e TV paga com autoinstalação via Wi-Fi, que pode ser conectado a qualquer banda larga, não apenas a da operadora.

A caixinha agrega em um único aparelho (estilo Apple TV, Roku e Fire Stick) os conteúdos do NOW e acesso a plataformas como Netflix e Globoplay. Já o conteúdo de canais como HBO, Telecine, StarzPlay, Paramount+ e outras. não são oferecidos no aplicativo tradicional das empresas, mas sim como títulos on demand no mesmo sistema do NOW.

Características

Além disso, estão disponíveis canais com programação de esportes e campeonatos ao vivo (SporTV, FOX Sports, ESPN, BandSports, Premiere e Conmebol TV); canais de filmes e séries (Telecine, HBO, Paramount Channel, Megapix, TNT, Space, Cinemax, Studio Universal, AXN, Universal Channel, Canal Sony e Warner Channel), canais infantis (Cartoon Network, Discovery Kids, Gloob, Gloobinho, Nickelodeon, Nick Jr., Boomerang, Disney Channel, NatGeo Kids); canais de notícias (GloboNews, CNN Brasil e BandNews), documentários e lifestyle (Discovery Channel, NatGeo, Animal Planet, Smithsonian, Curta!, entre outros); canais de variedades (Multishow, OFF, Mais Globosat, Discovery Home & Health, Food e etc) e além de canais de música como MTV, MTV LIVE, VH1, BIS e TRACE.

FOTO: CLARO

Preços

O plano de assinatura inicial custa R$ 20 ao mês para quem já é cliente banda larga da Claro, sem adesão e sem qualquer valor de fidelidade e conta com acesso aos conteúdos do Claro Vídeo, acesso ao NOW e Netflix – mediante suas respectivas assinaturas. Os demais conteúdos de streaming e canais são contratados a parte e cobrados todos na mesma fatura.

O pacote Top com os mais de 140 canais de TV tem a mensalidade adicional de R$ 59,90, um custo bem mais razoável que um pacote tradicional de TV a cabo. Para quem não é cliente da Claro, há ainda um custo de ativação (o aparelho é cedido em comodato) de R$ 399,00.

Interface e Vantagens

O sistema da Claro Box possui a mesma interface do menu principal do conversor da Claro, com a vantagem de ser bem mais ágil na navegação e menos “travada” que no aparelho convencional.

O Claro Box também é portátil e pode ser facilmente migrado entre cômodos ou levado para o trabalho, viagens e outros lugares, pois depende apenas de Internet Wi-Fi para funcionar, e traz diversos conteúdos em 4K UHD, mas somente se oferecidos pelo canal em questão.

Outra boa funcionalidade é o controle remoto – bastante completo – que permite acesso fácil a configurações e ainda possui um comando por voz que realmente funciona (com uma precisão e rapidez que se destacam), ao contrário de outros dispositivos no mercado.

FOTO: CLARO

Sua maior vantagem, contudo, é a possibilidade de oferecer acesso ao conteúdo ao vivo de canais da TV a cabo via IPTV, sem a necessidade de contratar um pacote com instalação e fidelidade – o serviço pode ser cancelado a qualquer momento e sem multa, bastando o consumidor devolver o aparelho à operadora.

Outro diferencial interessante é o recurso Replay TV, que “armazena” automaticamente toda a programação que foi exibida em até sete dias. Com ele, o cliente tem o poder de escolher no seu tempo, o que assistir, dentre conteúdos D-7 disponíveis.

Pontos de Melhoria

O Claro Box tem o potencial para ser o principal hub de TV por Internet na casa dos brasileiros, pois é único em oferecer o serviço “híbrido” entre canais tradicionais e streaming.

Contudo, para isso, a Claro precisaria plugar mais serviços de streaming que hoje são “indispensáveis” para alguns públicos, como o Amazon Prime Video, o AppleTV+ e o Disney+, bem como HBO GO (Max, em junho), Telecine Play, o novo Paramount+ e StarzPlay em seus aplicativos originais.

Além disso, senti falta de aplicativos de streamings populares de música como Spotify, Deezer e Apple Music, já que é possível utilizar sua assinatura existente para acessar os apps, sem depender de assiná-los via Claro.

Em nossos testes, também, tivemos em alguns momentos de “engasgo” na transmissão de conteúdos, mesmo navegando a 120Mbps/s numa rede da Claro, o que contudo não atrapalhou a experiência completa.

Considerações Finais

Com o Claro Box, a Claro mostra mais uma vez que é a operadora que mais investe em novas tecnologias (sendo já a pioneira no 5G no país, ainda que restrito) e funcionalidades, em atenção às transformações da forma de consumir e pagar por conteúdos de TV.

O serviço é uma boa sinalização da capacidade tecnológica da empresa nas novas tendências, mas pra se tornar indispensável deveria sim plugar outras plataformas populares para que a assinatura de seu serviço seja mais atraente ao consumidor, em especial aquele que não quer mais assinar a TV a cabo tradicional.

Os comentários estão desativados.

ss