FOTO: REPRODUçãO

Por: Allan Verissimo

Previsões dos indicados ao Emmy 2014

emmyprevisoes

Nesta quinta (10/07) serão anunciados os indicados ao Primetime Emmy Awards 2014 e este ano decidi tentar prever as indicações. As previsões foram feita com base nas indicações de outras premiações (como o TCA Awards e o Critic’s Choice Awards) e nos comentários da crítica internacional, considerando também as categorias para as quais cada produção se candidatou (note, por exemplo que Sherlock concorre no Emmy como telefilme).

As séries que estão nas primeiras posições são os que julguei que estão garantidos na premiação, ao passo que os que estão por último são os que têm mais chances de serem ignorados. Tentei prever quais serão os indicados, e não quem merece ser indicado (o que seria uma lista bem diferente).

Update: Atualizei cada categoria com um comentário a respeito dos meus acertos e erros.

Melhor Série Cômica

Modern Family
Veep
Louie
The Big Bang Theory
Orange is the New Black
Brooklyn Nine-Nine

Com chances: Girls, Silicon Valley e Parks & Recreation. Infelizmente, assim como nos anos anteriores, Community deve ser injustamente esnobada pela premiação.

Acertei 5 dos 6 indicados. Brooklyn Nine-Nine era o único que não estava 100% garantido, mas achei que seria trocado por Girls. Mas eu disse que Silicon Valley teria chances.

Melhor Ator em Série Cômica

Jim Parsons – The Big Bang Theory
Louis C.K – Louie
Andy Samberg – Brooklyn Nine-Nine
Matt LeBlanc – Episodes
Don Cheadle – House of Lies
Johnny Galecki – The Big Bang Theory

Estou indeciso entre Galecki e Robin Williams (The Crazy Ones) como o sexto indicado. Seria justo se lembrassem de Joel McHale (Community) e Stephen Merchant (Hello Ladies), mas isso provavelmente não deve ocorrer.

Acertei 4 dos 6 indicados. Errei em superestimar as chances de Samberg e Galecki, e não previ mesmo Ricky Gervais (Derek) e William H. Macy (Shameless).

Melhor Atriz em Série Cômica

Julia Louis-Dreyfus – Veep
Amy Poehler – Parks & Recreation
Taylor Schilling – Orange is the New Black
Edie Falco – Nurse Jackie
Lena Dunham – Girls
Anna Farris – Mom

Anna Farris talvez seja substituída por Mindy Kalling (The Mindy Project).

Acertei 5 das 6 indicadas. Errei apenas com Anna Farris, que foi substituída por Melissa McCarthy (Mike & Molly), o que eu não esperava.

Melhor Ator Coadjuvante em Série Cômica

Ty Burrell – Modern Family
Ed O’Neill – Modern Family
Tony Hale – Veep
Andre Braugher – Brooklyn Nine-Nine
Jesse Tyler Ferguson – Modern Family
Eric Stonestreet – Modern Family

Adam Driver (Girls) também tem grandes chances de ser lembrado, mas não consigo imaginar qual dos seis outros favoritos ele conseguiria substituir.

Acertei 4 dos 6 indicados. Parece que o reinado de Modern Family finalmente acabou, pois só Burrell e Ferguson foram lembrados nesse ano. Eu disse que Adam Driver tinha muitas chances, mas não contava mesmo com Fred Armisen por Portlandia.

Melhor Atriz Coadjuvante em Série Cômica

Allison Janney – Mom
Julie Bowen – Modern Family
Mayim Bialik – The Big Bang Theory
Sofia Vergara – Modern Family
Meritt Weaver – Nurse Jackie
Anna Chlumsky – Veep

Kate Mulgrew (Orange is the New Black) pode roubar o lugar de uma das indicadas. Margo Martindale (The Millers) também pode surpreender.

Acertei 4 das 6 indicadas. Eu disse que Mulgrew tinha fortes chances, mas não esperava mesmo por Kate McKinnon (Saturday Night Live). E Sofia Vergara não foi indicada nesse ano, mais uma prova de que Modern Family perdeu parte de sua força.

Melhor Ator Convidado em Série Cômica

Jimmy Fallon – Saturday Night Live
Bob Newhart – The Big Bang Theory
Louis C.K – Saturday Night Live
James Earl Jones – The Big Bang Theory
Brad Garett – The Crazy Ones
Carl Reiner – Two and a Half Men

Stephen Merchant também pode ser lembrado pela sua ótima participação em Modern Family.

Acertei 3 dos 6 indicados: Fallon, Newhart e Louis C.K.

Melhor Atriz Convidada em Série Cômica

Tina Fey – Saturday Night Live
Ellen Burstyn- Louie
Melissa McCarthy – Saturday Night Live
Octavia Spencer – Mom
Uzo Aduba – Orange is the New Black
June Squibb – Girls

Com chances: Kathy Bates (Mike & Molly). Eu também ficaria muito feliz se lembrassem da pequena, mas inesquecível participação de Sarah Baker em Louie.

Acertei 3 das 6 indicadas: Fey, McCarthy e Aduba.

Melhor Série Dramática

Breaking Bad
True Detective
Game of Thrones
Mad Men
House of Cards
The Good Wife

The Americans também tem muitas chances de ser lembrado. Já Downton Abbey, não creio tenha muitas chances nesse ano, considerando os fortes rivais. Muitos apostam na novata Masters of Sex, mas assim como no caso do Downton Abbey, eu duvido que tenha força suficiente para derrubar os seus rivais veteranos. E é consenso geral de que a terceira temporada de Homeland foi terrivelmente irregular. Nesse ano que se passou, tivemos as ótimas temporadas de Bates Motel, Boardwalk Empire, Hannibal, Person of Interest, The Killing e The Newsroom, mas infelizmente as chances dessas séries nessa categoria são iguais a zero.

HEIN? Ignoraram a melhor temporada de The Good Wife? Triste, muito triste. E mais uma vez ficou provado que Downton Abbey tem muitos fãs entre os votantes do Emmy. Acertei 5 dos 6 indicados.

Melhor Ator em Série Dramática

Bryan Cranston – Breaking Bad
Matthew McConaughey – True Detective
Kevin Spacey – House of Cards
James Spader – The Blacklist
Woody Harrelson – True Detective
Jon Hamm – Mad Men

Com chances: Michael Sheen (Masters of Sex), Matthew Rhys (The Americans) e Jeff Daniels (The Newsroom). Damian Lewis sai prejudicado por só ter aparecido em metade da terceira temporada de Homeland, e a qualidade irregular da temporada só piora ainda mais as coisas. Eu ficaria feliz se lembrassem de Mads Mikkelsen (Hannibal), Steve Buscemi (Boardwalk Empire) ou mesmo Freddie Highmore (Bates Motel), mas receio que isso não deve acontecer.

Acertei 5 dos 6 indicados. No final das contas, James Spader não se revelou tão forte como eu esperava. Mas fico feliz assim, pois Jeff Daniels merecia muito mais a indicação.

Melhor Atriz em Série Dramática

Robin Wright – House of Cards
Julianna Marguiles – The Good Wife
Claire Danes – Homeland
Elizabeth Moss – Mad Men
Kerry Washington – Scandal
Tatiana Maslany – Orphan Black

Se o Emmy cometer mais uma vez a heresia de não indicar Tatiana Maslany, então com certeza ela será substituída por Vera Farmiga (Bates Motel). Não seria de todo uma injustiça, pois Farmiga também deu um show na segunda temporada de Bates Motel, mas enfim… Lizzy Caplan (Masters of Sex) e Keri Russell (The Americans) também podem ter chances, mas não creio que são fortes o suficiente para derrubar qualquer uma das outras sete favoritas. Mireille Enos também merecia ser lembrada por The Killing, mas suas chances são bem poucas.

HEIN? Erro em dose dupla nessa categoria. Confesso que achei a segunda temporada de Orphan Black bastante problemática, mas isso não me impede de ficar furioso em ver que esnobaram o impressionante trabalho de Tatiana Maslany de novo. E nada de indicação para Vera Farmiga, que mais uma vez arrebentou em Bates Motel? Triste, muito triste. Acertei 4 das 6 indicadas. Eu disse que Lizzy Caplan tinha chances, mas não cogitei Michelle Dockery por Downton Abbey.

Melhor Ator Coadjuvante em Série Dramática

Aaron Paul – Breaking Bad
Peter Dinklage – Game of Thrones
Jon Voight – Ray Donovan
Mandy Patinkin – Homeland
Dean Norris – Breaking Bad
Josh Charles – The Good Wife

Ficarei surpreso se a lista final não for essa. Em circunstâncias normais, eu diria que Alan Cumming (The Good Wife) com certeza seria lembrado, mas nesse ano a CBS não o submeteu nas listas de pré-candidatos ao Emmy, sabe-se lá porquê. Outros ótimos atores que também mereciam serem lembrados, mas que infelizmente não tem a mínima chance são: Charles Dance, Nikolaj Coster-Waldau e Alfie Allen (todos por Game of Thrones), Jack Huston, Jeffrey Wright, Shea Whigham e Michael Shannon (todos por Boardwalk Empire), Peter Sarsgaard (The Killing), Sam Waterston (The Newsroom), e Scott Wilson (The Walking Dead).

Acertei 5 dos 6 indicados. Infelizmente, Dean Norris foi esnobado pelo seu ótimo trabalho na temporada final de Breaking Bad e trocado por Jim Carter (Downton Abbey).

Melhor Atriz Coadjuvante em Série Dramática

Anna Gunn – Breaking Bad
Maggie Smith – Downton Abbey
Christine Baranski – The Good Wife
Christina Hendricks – Mad Men
Michelle Monaghan – True Detective
Emilia Clarke – Game of Thrones

Também com chances: Joanne Froggatt (Downton Abbey) e Bellamy Young (Scandal). Ficaria muito feliz se lembrassem de Betsy Brandt (Breaking Bad), Melissa McBride (The Walking Dead), Maisie Wlliams (Game of Thrones) e até mesmo Olivia Cooke (Bates Motel), mas receio que nenhuma delas tem chance alguma.

Acertei 4 das 6 indicadas. Errei apenas em superestimar Monaghan e Clarke. Cogitei Joanne Froggatt, mas fiquei agradavelmente surpreso em ver Lena Headey representando Game of Thrones nessa categoria. Bem mais justo do que Clarke.

Melhor Ator Convidado em Série Dramática

Michael J. Fox – The Good Wife
Beau Bridges – Masters of Sex
Dan Bucatinsky – Scandal
Nathan Lane – The Good Wife
Harry Hamlin – Mad Men
Paul Giamatti – Downton Abbey

Com chances: Dylan Baker (The Good Wife), Robert Morse (Mad Men) e Joe Morton (Scandal). Adoraria que se lembrassem de Pedro Pascal (Game of Thrones) ou Michael O’Neill (Bates Motel).

Acertei 2 dos 6 indicados: Giamatti e Bridges. Cheguei a cogitar Baker, Morse e Morton. Pena que Pedro Pascal acabou não sendo lembrado.

Melhor Atriz Convidada em Série Dramática

Allison Janney – Masters of Sex
Diana Rigg – Game of Thrones
Jane Fonda – The Newsroom
Carrie Preston – The Good Wife
Margo Martindale – The Americans
Lisa Kudrow – Scandal

Com chances: Julianne Nicholson (Masters of Sex) e Marcia Gay Harden (The Newsroom).

Acertei 4 das 6 indicadas. Errei apenas em superestimar Kudrow e subestimar Kate Mara (House of Cards), mas fico surpreso com a omissão de Carrie Preston.

Melhor Minissérie

Fargo
American Horror Story: Coven
Dancing on the Edge
Luther
The White Queen

Com chances: Treme, The Hollow Crown e Bonnie & Clyde.

Acertei 4 dos 6 indicados. Superestimei Dancing on the Edge, mas disse que Treme e Bonnie & Clyde podiam serem lembrados.

Melhor Telefilme

The Normal Heart
Sherlock: His Last Vow
The Trip to Bountiful
Killing Kennedy
Return to Zero

Com chances: Burton and Taylor.

Acertei 5 dos 6 indicados. Superestimei Return to Zero e ignorei Muhammad Ali’s Greatest Fight.

Melhor Ator em Minissérie/Telefilme

Billy Bob Thornton – Fargo
Mark Ruffalo – The Normal Heart
Benedict Cumberbatch – Sherlock: His Last Vow
Martin Freeman – Fargo
Idis Elba – Luther
Chiwetel Ejiofor – Dancing on the Edge

Ficarei realmente surpreso se a lista final não for essa.

Acertei todos os indicados nessa categoria.

Melhor Atriz em Minissérie/Telefilme

Cicely Tyson – The Trip to Bountiful
Jessica Lange – American Horror Story: Coven
Helena Bonham Carter – Burton & Taylor
Whoopi Goldberg – A Day Late and a Dollar Short
Rebecca Ferguson – The White Queen
Sarah Paulson – American Horror Story: Coven

Com chances: Toni Colette (Hostages) e Minnie Driver (Return to Zero).

Acertei 3 das 6 indicadas. Cogitei Driver, mas não Kristen Wiig e Cicely Tyson.

Melhor Ator Coadjuvante em Telefilme/Minissérie

Martin Freeman – Sherlock: His Last Vow
Matt Bomer – The Normal Heart
Jim Parsons – The Normal Heart
John Goodman – Dancing on the Edge
Frank Langella – Muhammad Alis Greatest Fight
Alfred Molina – The Normal Heart (ou por Return to Zero)

Com chances: Blair Underwood (The Trip to Bountiful).

Acertei 4 dos 6 indicados: errei apenas Goodman e Langella. Em seu lugar entraram Colin Hanks (Fargo) e Joe Mantello (The Normal Heart).

Melhor Atriz Coadjuvante em Telefilme/Minissérie

Kathy Bates – American Horror Story: Coven
Julia Roberts – The Normal Heart
Jacqueline Bisset – Dancing on the Edge
Ellen Burstyn – Flowers in the Attic
Angela Bassett – American Horror Story: Coven
Allison Tolman – Fargo

Com chances: Janet McTeer (The White Queen) e Audra McDonald (The Sound of Music). Amanda Abbigton também merecia ser lembrada por Sherlock: His Last Vow, mas não creio que isso acontecerá.

Acertei 5 das 6 indicadas. Errei apenas em superestimar Bisset e esquecer de Frances Conroy.

Deixe uma resposta

ss