FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

Game of Thrones: episódios vazados podem prejudicar a série

ladystoneheartgot

Que morte horrível…


Participe da campanha | Game of Thrones #EuEscolhiEsperar


Há uma semana o site Winter is Coming havia postado uma notícia dizendo que os produtores estavam receosos de que um vazamento antecipado poderia acontecer, apesar de todo o esquema de segurança envolvido com a troca de arquivos (até mesmo inacabados). Até ontem já haviam feito duas pré-estreias e vários screenings ao redor do mundo. Game of Thrones nunca havia sofrido um vazamento, mas ele aconteceu ontem 11/04, faltando poucas horas para a estreia da série. O primeiro episódio da quinta temporada caiu na Internet por volta das 23h (horário de Brasília). Logo em seguida veio o segunto, o terceiro, o quarto e daí todo mundo foi à loucura. Muita gente comemorou dizendo que ia baixar ou que até já assistiu. Outros desesperadamente pediam links e o escambo online já corria solto em diversos sites e redes sociais. Ná página do Ligado em Série no Facebook apagamos mais de 150 mensagens contendo links para download. Poucos foram os que disseram que iriam esperar.

11072661_10204223853900736_2188427382705810481_n

A HBO disse que já identificou de onde ocorreu o vazamento, citando apenas que foi de “um grupo aprovado” e está avaliando as medidas necessárias. Embora descartada a possibilidade de alguém da imprensa ter disponibilizado o screener para terceiros, é provável que até mesmo empresas responsáveis pela dublagem e legendagem podem ter responsabilidade pelo descuido. A captura de tela dos episódios antecipados tem uma tarja onde justamente se identificaria qual a fonte (é comum canais colocarem o nome da empresa, veículo ou do jornalista na tela). No Brasil a HBO optou por fazer uma cabine no cinema na última quinta-feira, a qual comparecemos.

Fato é que antes da estreia da quinta temporada, que é composta por 10 capítulos, 40% já está online e com isso todo mundo sai perdendo. Muita gente ia baixar depois? Ia. Mas muita gente que passa a assinar o canal nesta época do ano simplesmente vai deixar pra fazer no mês que vem, dada a oferta de capítulos na Internet, mesmo com a baixa qualidade. Isso pode reduzir consideravelmente a receita do canal e, consequentemente, os recursos disponíveis para o sexto ano. É uma pena. Game of Thrones é uma produção cara, que emprega milhares de pessoas no mundo inteiro. São pessoas que trabalham dia e noite pra fazer a atração e a HBO se organiza em nível mundial para fazer a estreia simultânea e agradar a todos. São roteiristas, atores, diretores, produtores, continuistas, técnicos, cenógrafos, assessores. Enfim, dos executivos até a turma da limpeza, está todo mundo mobilizado pra levar este fenômeno à telinha anualmente e infelizmente o trabalho de quase um ano é prejudicado por meia dúzia de pessoas de má fé (e os milhares que simplesmente não conseguem esperar pra ver com alta qualidade, dublagem e legendas simultâneo com o horário oficial).

Sim, todos sabemos que Game of Thrones é ano sai e ano entra a série mais pirateada do mundo, mas o leak antecipado estabelece um paradigma ruim e um prognóstico nada positivo para os próximos anos. O que um canal que reduziu a janela de exibição à zero vai precisar fazer pra agradar essa meninada que foi criada a leite com pêra? Ir de casa em casa igual Papai Noel entregando o episódio num pendrive de ouro no Natal 4 meses antes da estreia? Era só o que faltava. Não dava mesmo pra esperar, gente?

HBOGOTCAMPAIGN 2

Comentários da nota foram fechados, pois leitores não para de postar links para os episódios vazados.

17 respostas para “Game of Thrones: episódios vazados podem prejudicar a série”

  1. Bruno Ferreira disse:

    Fiquei muito chateado por eles, uma pena mesmo. Mas será que vai prejudicar mesmo? O episódio vazou praticamente no domingo de estreia. Acredito que quem fosse assinar o canal já tenha assinado. A série é super pirateada de qlqr jeito, acho que a maior parte das pessoas que tá baixando são as pessoas que já baixam sempre. E bom, se eu não gostasse tanto da série, ia torcer pra hbo meter uns hiatus a mais entre os eps pra obrigar as pessoas a assinarem um mês a mais pra compensar a perda do primeiro.

  2. Marco Antônio Freitas disse:

    Dá pra esperar, e um monte de gente está esperando. Eu particularmente já assinei a HBO e realmente não penso que a situação é assim tão alarmante, mesmo que a curiosidade seja grande, não creio que quem acompanha a série pela HBO vai deixar de ver os episódios em alta definição por um release vazado de baixa qualidade.
    Penso que o impacto será pequeno.

  3. Lily Johnson disse:

    Eu nem perdi meu tempo procurando! Já tinha me planejado pra assistir hoje a noite na HBO e assim o farei…
    Tomara que o impacto seja pequeno mesmo

  4. Ana Cristina Moreira disse:

    Eu escolhi esperar. A HBO inclusive liberou o sinal.

  5. rocorby disse:

    Eu esperarei como faço ha algumas temporadas,gravo os episodios e so depois do season finale que começo a assistir. Parabens pra quem vai ver ate o quarto episodio na frente de todos com qualidade ruim,mas vai ter que esperar 1 mes pra ver um episodio novo.

  6. Alexandro Novaes disse:

    Eu decidi esperar! Por mais que baixar na segunda também seja errado, não afeta tanto a série, que esperei por um ano, vou assistir ao vivo, e na segunda faço o download, mas o que fizeram é sacanagem, e espero que os culpados sejam punidos

  7. Adriano Cardoso disse:

    Assim, eu vou esperar e tal, afinal que eu quisesse assistir todas as séries antes de todo mundo não seria assinante da Netflix (tirando as séries originais as outras demoram um pouco).

    Mas tem isso não me impede de baixar outras séries que não são exibidas de nenhuma outra forma aqui no Brasil.

    Sendo assim, a um tempo vem me incomodando esse discursinho anti-pirataria que “Ligado em Série” vem fazendo. Afinal eu me pergunto, “onde e como eles assistem as séries que não são exibidas no Brasil ou demoram à chegar? Será que todos moram nos EUA?”

    Inclusive no próprio site tem reviews de episódios inéditas no Brasil, como community, Bates Motel e etc…

    É bom a gente se manifestar contra algo que pode prejudicar nossas séries favoritas, mas por favor, sem hipocrisia!

  8. Midan disse:

    Nossa, que dó da HBO, canal multimilionário. Realmente, vai ser muito triste, meu coração está em pedaços. Mais ainda porque quem tem acesso ao canal é quem tem dinheiro pra pagar caro por TV por assinatura. Uma série cujos atores e membros da produção são muito bem remunerados. Duvido que o ajudante de limpeza, listado no texto, vá se importar com o vazamento. Quanta FUTILIDADE.
    Me poupem, me preocupo mais com as pessoas não terem dinheiro pra dispor de algum entretenimento ou lazer que lhes apeteçam do que com milionários chorando por conta de marketing e business.
    Que pirateiem a vontade, quem sabe assim a indústria não deixe de ser tão mercenária. E ter tanta gente lambendo as bolas dela.

  9. Pathy Potter disse:

    Bom , eu baixei os episodios , pois não tenho HBO mesmo iria baxar de qualquer forma . A ajuda que eu dou para HBO é comprar o BOX Bluray quando lança , tenho de todas as temporadas . Ridículo esse texto.

  10. Péricles disse:

    Vou esperar e assistir a HBO, pois este sim é um canal que respeita o seu assinante e entrega um serviço à altura do que é cobrado, diferente da senhora FOX

  11. Raphael S. disse:

    Não acho que a situação seja tão catastrófica quanto o texto pinta. Menos screenings para a imprensa, só.

  12. Cléber disse:

    Engraçado que isso só acontece com GOT, será que é pelo fato de ser a melhor?

  13. Ademar Abiko Jr. disse:

    Too much drama para um vazamento que, sim, causou um pouco de prejuízo, mas apenas ao esquema de marketing da série/canal.

    Há muito se critica o hype praticado pelo emissor da obra e não pelos fãs. Sem tomar partidos, creio que esse fator possa ser adicionado à discussão.

    Se houver cancelamento de screenings e afins, isso afeta apenas a cadeia de mídia que cobre a obra. Para os fãs, lucro. Duvido que isso impacte significativamente o número de audiência e novos assinantes, aka orçamento de produção. Problema mesmo é se o vazamento ocorreu nas empresas que legendam / dublam a obra, pois isso pode acarretar no fim de lançamentos simultâneos.

    Outra. Quem vazou só o fez até o episódio 4. Supostamente pretenderam não prejudicar o ápice da obra.

    Isto posto… não é errado querer assistir aos capítulos de uma vez. O binge watching é uma demanda estabelecida, que os canais, infelizmente, estão demorando para se adaptar. E cada um escolhe a qualidade de vídeo que lhe convier.

  14. Bruno disse:

    Concordo com sua crítica. Porém, se eles não tiverem lucro, eles simplesmente NÃO FAZEM A SÉRIE. E aí, além de eu e vc ficarmos sem o entretenimento, muita gente fica sem o emprego.
    É cruel, e não, pirataria não resolve ESSE problema.

  15. dell disse:

    A qualidade nem ta ruim

  16. O site trava uma batalha diária contra canais que passam a dublar séries ou as exibem com meses de atraso. O “discurso” anti-pirataria sempre teve e sempre vai ter neste espaço porque nunca divulgamos links de nada aqui.

    O que estamos combatendo no caso em tela é justamente o pilar da boa TV: um canal como a HBO que se mobilizou tanto para atender os fãs não pode ser prejudicado com esse vazamento. Tem sempre o sujeito que vai baixar DEPOIS que o episódio passa na TV, mas não satisfeito com isso agora vamos celebrar que os episódios sairam antes? Claro que não vamos coadunar com isso. Tem canal que merece muito mais estar passando por isso porque eles não estão nem aí com o público. A HBO reduziu a janela de exibição a ZERO e ainda assim não tá suficiente? Uma pena temos que defender o que é CERTO e ainda ser atacado.

  17. Amanda V. disse:

    É uma pena que tenha acontecido isso. Tomara que não prejudique muito = Game of Thrones é a série mais detalhista atualmente. A melhor em efeitos técnicos, figurino, cenários, efeitos especiais, ou seja, caríssima. É uma merda isso mesmo, aff. Estou indignada.

Deixe uma resposta

TOP.05
ss