FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

O Home Entertainment está mudando, e muito!

smartv

O desenvolvimento da tecnologia tem um papel fundamental na mudança da forma como consumimos entretenimento, especialmente em casa. 65 anos depois, o televisor “smart” vem tendo uma contribuição enorme para este novo paradigma, pois permite o acesso a páginas de internet, ligação ao computador, a smartphones e ainda a seleção da programação de acordo com o interesse do utilizador. Assim, novas formas de entretenimento foram criadas e, graças a esse fenômeno, várias indústrias se tornaram poderosas. É o caso dos realizadores de séries, filmes e jogos.

Com a evolução tecnológica, o televisor foi se aprimorando e cada vez mais popularizando no Brasil pois a imagem e o som melhoraram e a interatividade e funcionalidade são muito maiores hoje do que antes. Todas estas inovações juntas com a atual qualidade das telas alterou drasticamente o entretenimento e tornou os jogos tão perfeitos, vastos e lucrativos. As séries são também o foco dos produtores e estúdios graças ao seu enorme sucesso.

Na última década, o tempo que crianças e adolescentes entre 4 e 17 anos de todas as classes sociais assistindo TV aumentou 52 minutos, em média. Este levantamento foi efetuado pelo Painel Nacional de Televisão e os dados coletados indicam que a tendência do tempo de exposição à TV é de subir ainda mais. Um outro estudo da Sony mostra que as pessoas estão adotando serviços de vídeo sob demanda como nunca antes, os consumidores estão gastando uma média de seis horas por semana assistindo filmes e seriados em plataformas como Netflix agora. Ainda, de acordo com esse relatório, as plataformas móveis, como smartphones, laptops e tablets são os preferidos entre pessoas de 16 a 34 anos enquanto os restantes continuam a preferir telas de TV ou desktop.

[youtube video=https://www.youtube.com/watch?v=_6g-NMepWWo]

A importância atual dos games no entretenimento brasileiro chama à atenção pois o mercado teve um aumento estrondoso nos últimos anos. A verdade é que o número de venda de consoles supera países como a Alemanha e a Inglaterra e com este tipo de dados, a indústria passa a receber o apoio de grandes empresas, bem como, adoção dos produtos para o mercado brasileiro como é o caso do PS4 e do Xbox One.

A verdade é que mesmo o grande número de pessoas que joga videogames gratuitos é positivo para a indústria desse setor e representa uma fonte adicional. No passado, tidos como prejudiciais, os produtores agora conseguem convencer os usuários a pagar por roupas e ferramentas que melhoram a experiência do jogo. A indústria dos jogos está ainda a usufruir da tecnologia de realidade aumentada para proporcionar aos jogadores cenas mais reais e com maior interação. A realidade aumentada (AR) é considerada a tecnologia de ponta que permite uma visão ampliada de forma digital, que percorre o mundo virtual para o real.

A forma como o entretenimento mudou ofereceu várias e novas possibilidades para todo o mundo. O televisor, por exemplo, que permite atingir praticamente toda a gente ao mesmo tempo, trouxe pluralismo e diversidade.

*Publieditorial

Deixe um comentário

ss