FOTO: REPRODUçãO

Por: Bruno Carvalho

Vamos aprender a brincar de Comic Con?

ccxp2015

A Comic Con Experience 2015 está sobre nós e faltando menos de um mês para a abertura dos portões da São Paulo Expo, uma enxurrada de reclamações e gente insatisfeita por não ter comprado ingresso tomou conta da Internet esta semana, ainda mais agora que foram confirmadas presenças de peso como Krysten Ritter de Jessica Jones, Evangeline Lilly de LOST, o mestre Frank Miller, entre outros.

“Por que deixaram pra anunciar os convidados grandes tão em cima da hora?” “Poxa, confirmam o Frank Miller só agora?” “Cadê o crongrama? Ah, eu não vou no dia que o sujeito X vai” etc. Mas isso é normal. Este é o segundo ano de um evento como esses no Brasil e é compreensível que o público ainda não esteja preparado para esta categoria de entretenimento. Por isso vamos a algumas dicas para você se dar bem ano que vem.

Comic Con não é Lollapalooza ou Rock in Rio

Um dos maiores erros da turma é o de esperar definirem todas as atrações e o cronograma de uma Comic Con pra depois decidir se vão comprar o ingresso ou não. Veja bem, Comic Cons no mundo inteiro (com hífem ou sem), diferente de um festival de música ou um desses eventos “pega fã” com celebridades, não são organizadas ou vinculadas em torno de um line-up específico. A Comic Con é uma celebração de cultura pop, cinema, quadrinhos, séries, games etc. e sua decisão de ir ou não tem que estar vinculada ao seu desejo de participar desta festa de diversidade cultural, independente de quem vai estar lá ou não. Isso porque nem sempre é possível garantir que determinado ator ou atriz estará livre e a vinda depende de uma série de fatores que envolvem calendários, estúdios, compromissos, contratos etc. Além disso, essas negociações demoram. O que você deve saber é que como a CCXP já se tornou o maior evento do tipo na América Latina, muitos estúdios já colocaram a feira no calendário de divulgação e pelo que o pessoal do site Omelete anda falando, ainda tem muito mais gente grande pra ser anunciada nas próximas semanas.

krystenritter

Ah, mas a Caity Lotz cancelou e eu comprei o ingresso só por causa dela“. Fez errado. E nos termos do ingresso (que é pra feira e não para ver determinado ator) está dizendo que isso não é motivo pra organização ou pro Universo te deverem nada pelo seu inconveniente. Artistas colocam em contrato que eles podem cancelar a qualquer momento. Se você ficou chateado, quem passou meses trocando e-mail com o assessor ficou muito mais. Confie nos caras porque eles sempre trazem alguém até mais legal no lugar. Ou seja, Comic Con não é YouTube Fanfest. Não se vai para celebrar personalidades ou egos, e sim para celebrar conteúdo de qualidade. Se você conseguir tirar uma foto com a Kate de LOST ou um autógrafo do seu quadrinista favorito, isso é a consequência de você ter ido. Não deve ser a finalidade, senão você pode inclusive se frustrar. Comic Cons tem paineis, estandes, workshops, pré-estreias e muitas surpresas que só quem está lá no lugar certo e na hora certa vão poder aproveitar. Por isso, primeira lição: compre seu ingresso assim que liberarem a venda e não deixe pra última hora.

Planeje e economize

Com os ingressos na mão, que são disponibilizados com meses de antecedência, comece a planejar. Se você não é de São Paulo, já olhe hoteis e transporte ou arrume um brother pra te hospedar aqui. Quanto mais cedo, mais barato. Peça folga no trabalho (ou férias, afinal é dezembro) ou adiante suas obrigações de faculdade. Além disso: economize. Lá são vendidos inúmeros itens especiais, exclusivos e coisas que você vai querer comprar. Como é próximo do Natal, já dá inclusive pra fazer suas compras lá. Em Comic Cons você tem acesso a produtos que normalmente teria que viajar ou procurar muito pra conseguir, e o melhor: tudo original e licenciado.

Tenha calma e paciência

Dentro de uma Comic Con é cada um por si. Não adianta querer fazer tudo e achar que você vai conseguir acesso a tudo que quer. Nem a imprensa tem regalia. Lá na San Diego Comic-Con, que foi molde pra nossa, fã e jornalista precisam dormir em fila pra ver um painel de 1h30 e sem qualquer estrutura. Única exceção é feita para coletivas e convites de estúdio, que aproveitam parte da imprensa lá. Na Experience nem é tão disputado assim. O auditório é maior, tem banheiro e tudo mais, mas você tem que ser esperto. Fique de olho no cronograma e sinta o tamanho das filas (tem até aplicativo com notificação pra geração leite com pêra nem precisar se preocupar de lembrar os horários). Converse com os funcionários pra saber como está a capacidade, porque uma vez atingida a lotação máxima, só saindo mais gente pro fluxo continuar. É assim em todos os eventos desse tipo. Seu ingresso não é uma garantia de que você vai conseguir ver nada. Garanta-se você. Chegue com antecedência e tenha paciência. Compre quadrinhos no Artist’s Alley e vá pra lá esperar e trocar ideias. Socialize-se com gente que curte as mesmas coisas que você. Quer aproveitar o melhor dos estandes também? Chegue cedo e aproveite a feira mais vazia. Use transporte público, pois o preço do estacionamento é alto e as filas de carros são enormes no entorno, especialmente sábado e domingo.

ccxpevangeline

Respeite

Como eu disse, Comic Cons não são Fanfest. São milhares de pessoas ali e todo mundo tem direito de poder assistir a um painel, uma série ou um filme em paz. Respeite os demais visitantes e os artistas, participe dos paines e workshops de forma positiva. Seja gentil com o colega que está sozinho e precisa ir no banheiro e, principalmente, não cause confusão. Muita gente vai lá pra gritar e dar xilique porque seu astro favorito está no palco ou passou perto e isso acaba atrapalhando as apresentações e arruinando a experiência de quem pagou o mesmo que você. Os talentos estão lá pra promover conteúdo e os momentos para abraçar e tirar foto chamam-se Meet & Greet e são pagos à parte. “Ah, mas por que Meet & Greets são pagos?” Porque Comic Con é uma fonte de renda pros artistas e paga quem quer. Mas lembre-se: nem todos os talentos estão lá para atender o público. Convidados de estúdio não participam de Meet & Greet.

Organize-se

Se for para a feira com sua galera, saiba que inevitavelmente uma hora vocês podem se separar e perder. Como a CCXP esse ano estará ainda maior com a expansão do pavilhão, marque locais de encontro caso ocorra de se separar. “Ah, mas tem celular”: você já tentou ligar pra alguém no meio de um show ou de um jogo de futebol? Então, em qualquer lugar do mundo a grande aglomeração de pessoas pode fazer com que as redes de celular e dados fiquem congestionadas. Então a não ser que você tenha seu próprio satélite dedicado, sempre tenha um plano B. Se não der mesmo, faça sua programação e no fim do dia encontre com o pessoal para dividir as experiências. Dica final: não veja tudo pelo celular. Para de filmar e vai curtir. Você nunca mais vai ver esse filminho que, no fim das contas, só vai servir pra ocupar espaço no seu telefone.

frankmiller

Se você não vai esse ano, da próxima vez fique mais esperto! Tenhamos todos uma excelente Comic Con Experience!

20 respostas para “Vamos aprender a brincar de Comic Con?”

  1. Adri disse:

    Eu tô muito animada em ir pra CCXP! Confesso que fiquei um pouco chateada pela Krysten Ritter ir no dia 4, sendo que eu vou dia 5 e 6 :( mas há tantas outras coisas legais lá que sei que vou aproveitar igual.

  2. Allison Noronha disse:

    Pau de selfie vai ser proibido ? Deveria !!!

  3. Pedro Henrique disse:

    Eu não gosto disso de “Você não pode comprar ingresso por tal motivo”. Cade um tem o seu dinheiro e gasta como bem entender. Se ela quer ir na CCXP só pra ver fulano é problema dela… AGORA, concordo PLENAMENTE com o que vc falou sobre a CCXP ser uma celebração da cultura pop, não de pessoas. PERFEITO. Acho que vc pode comprar pra ver alguém, problema seu, mas saiba que o que vc está fazendo vai contra a razão do evento.

  4. Caraca Bruno…que texto show! Guia pra galera que acha que a CCXP é lugar pra encontra pseudocelebridades em busca de material fácil em portal de notícias.
    E viva a cultura nerd!

  5. Sthéfani Paiva disse:

    O painel da Jessica Jones vai ser na sexta, mas ela terá uma programação diferenciada indo alguns outros dias. Vão anunciar mais perto do evento ^^

  6. Olá, não. Krysten Ritter é uma convidada de estúdio. Ela não ficará na feira outros dias.

  7. Adrian Lemos disse:

    Excelente artigo, Fantastico

  8. Luiz Spike disse:

    colocação perfeita. ainda mais que infelizmente existe uma onda á favor da grosseria e da falta de respeito em público (via digital ou não). temos sorte de vivermos numa nação que culturalmente é receptiva e amigável, mas muita gente ao invés de aproveitar e se divertir prefere resmungar e acabar com “a festa dos outros”. hushushus

  9. PORTGAS D ACE disse:

    Ano passado foi show, não tenho nada q reclamar, sabia q teria filas e q não iria conseguir ver tudo. Mas foi melhor do q esperava. E tenho certeza q esse ano eles estão fazendo de tudo para melhorar. Já começou com as credenciais q achei fantástica.

  10. Bruno Nogueira Tartaglia Tôrre disse:

    Parabéns pelo texto sóbrio e claro. E admito que fiquei com medo de ler os comentários em resposta. Ainda bem que os haters provavelmente abandonaram o artigo pela metade…. Você realmente deveria pensar na hipótese de criar um vídeo com esse material. Ajudaria uma geração viciada em desinformação…

  11. Rodrigo Rêgo disse:

    Eu diria que este texto foi primoroso!
    Sou do interior de MG, longe pra dedéu, sou “nerd raiz” e a CCXP 2014 superou TODAS as minhas expectivas.
    A única coisa que eu lamento é não ter sabido com antecedência que haveria Camarin para os Cosplayers, algo que alias, não existe em nenhuma outra Comic-Con no mundo (sic), e acabei indo com minha noiva, no calor infernal que estava fazendo, por mais que o transporte tenha sido hiper tranquilo, carregando e vestindo coisas desnecessariamente. Como fomos com um cosplay diferente cada dia, acabei só sabendo da existência dos camarins no sábado! Mas foi um golpe de mestre da organização assim como as vans a partir do metrô.
    Tudo estava absolutamente encantador e EXTREMAMENTE bem organizado; do porteiro, passando pelos seguranças, até o staff de atores e os organizadores.
    Não fui em tudo que quis, perdi um monte de paineis e aprendi muito.
    Este ano vou mais escolado e sei como agir me programando.
    Torço apenas para eles turbinarem o ar-condicionado, por mais que saiba que não tem equipamento que aguente milhares de pessoas respirando e liberando energia (tipo Matriz) ao mesmo tempo!
    Programem-se e divirtam-se!
    Vai ser Épico!

  12. vinland disse:

    Bom ,eu gostei da materia tambem, mas acho que cada um compra o ingresso pra fazer o que bem entender, seja pra ver Pseudocelebridades, pra se encontrar com a galera, pra gravar video no cel,ou que for. Afinal ninguem esta pagando o ingresso de ninguem. Deixa cada um aproveitar o evento, da melhor maneira que lhe couber.

  13. A questão principal creio ter sido o ponto onde as pessoas reclamam porque as atrações estão sendo anunciadas ao longo dos meses.
    Concordo que cada um gasta seu dinheiro como quiser…mas a questão aqui é o mote do evento que tem como objetivo principal a integração entre pessoas que há tempos esperam por isso…pois estive lá no ano passado e te afirmo que quem faz o evento somos nós…o público.

  14. vinland disse:

    Eu tambem estive la no ano passado, e realmente quem faz o evento e o publico, e o publico que comprou o ingresso, gasta o tempo que tem la dentro da maneira que bem entender

    Nao vejo problema em correr atras de uma celebridade que importa pra vc, ou fazer qualquer outra coisa que a materia insinua como proibido, ou perda de tempo.

    Desde que cada pessoa faça o que gostaria de ter feito, ja vai estar valendo cada centavo pago no ingresso.

  15. Vitor Ferreira disse:

    As duas melhores frases do post.
    “Comic Con não é YouTube Fanfest. Não se vai para celebrar personalidades ou egos, e sim para celebrar conteúdo de qualidade”
    “Você nunca mais vai ver esse filminho que, no fim das contas, só vai servir pra ocupar espaço no seu telefone.”
    Sem mais!

  16. aleguarita disse:

    “Você nunca mais vai ver esse filminho que, no fim das contas, só vai servir pra ocupar espaço no seu telefone.”

    ÉPICO!!!!

  17. Anderson Lima disse:

    Exatamante.

  18. Ana Gantois disse:

    Onde compra os ingressos ?

Deixe uma resposta

ss