FOTO: REPRODUçãO

Por: Allan Verissimo

Crítica | Game of Thrones 6×10: The Winds of Winter

got610a

Em seus primeiros anos, os finais de temporada de Game of Thrones não costumavam mostrar eventos impactantes e grandiosos, pois o nono episódio era sempre o clímax e o décimo servia mais como um epílogo. Essa tradição foi quebrada a partir da quarta temporada, é certo, mas seria difícil superar a obra-prima que foi Battle of the Bastards. Felizmente, The Winds of Winter (mesmo título do sexto livro da franquia, e que Martin ~supostamente está escrevendo nesse momento) acabou sendo um episódio tão emocionante quanto o anterior, mas por motivos bastante diferentes.

Com roteiro de David Benioff e D.B. Weiss, o episódio abordou quase todos os núcleos (com exceção do Cão), concluindo os seus arcos. Em Porto Real, a trama de Cersei encerrou-se de uma maneira explosiva. A série já tinha deixado várias pistas de que Cersei usaria o fogovivo do Rei Aerys para destruir os seus inimigos, mas apesar dessa previsibilidade, a sequência já se tornou um dos grandes momentos de toda a série. A montagem tensa ao estilo de O Poderoso Chefão somada a a bela trilha sonora de Ramin Djawadi criou uma atmosfera de angústia e desconforto no espectador, por perceber, junto com os personagens, que algo estava muito errado. Em questão de segundos, Game of Thrones se livrou de metade de seu elenco e não deixa ser irônico constatar que os planos de Cersei para salvar (teoricamente) o filho acabaram causando a sua própria morte e a realização da profecia de Maggy, a Rã.

10

E que belo detalhe foi Tommen se jogando da janela, o que remete ao final do episódio piloto, no qual Jaime jogava Bran pela janela da torre quando este o flagrou com Cersei (o evento que iniciou toda essa sucessão de tragédias). Agora que todos os seus filhos estão mortos, a nova Rainha de Westeros está mais perigosa do que nunca e o pobre Jaime terá que lidar com o fato de que a sua irmã cometeu o mesmo crime que Aerys pretendia fazer – o motivo pelo qual ele o matou e se desgraçou pelo resto de sua vida. As consequências da resolução desse núcleo são inúmeras.

Já nas Gêmeas, Walder Frey finalmente encontrou o seu sangrento, mas merecido fim nas mãos de Arya Stark. Tirando o fato da personagem já ter aparecido em Westeros dois episódios depois de sua partida de Braavos, e da previsibilidade da reviravolta, esta também foi uma cena eficiente por estabelecer até que ponto Arya caiu moralmente em sua jornada de vingança (vale sempre lembrar que a personagem é uma adolescente, o que torna a sua história ainda mais trágica). Resta saber para onde ela irá agora: retornar a Winterfell e reencontrar os irmãos ou partir para Porto Real e riscar os dois últimos nomes de sua lista (Cersei e Gregor Clegane).

GOT610_112515_HS__DSC18311

Em Winterfell, vimos o epílogo da trama dos Starks com os lordes nortenhos elegendo Jon Snow como o novo Rei do Norte. A aprovação de Sansa (e a desaprovação de Mindinho) foi um dos desfechos mais satisfatórios e merecidos para um personagem em Game of Thrones, ainda mais quando lembramos que ele estava morto no início da temporada. Mas antes disso, finalmente tivemos a confirmação da famosa teoria “R + L = J, que fãs dos livros acreditavam desde 1996: Jon Snow é filho de Rhaegar Targaryen e Lyanna Stark. Por enquanto, Bran é o único que sabe desse segredo e ainda precisamos descobrir como ele tornará isso público. Além disso, também não sabemos as exatas circunstâncias do relacionamento de Rhaegar e Lyanna, o que certamente será desenvolvido na próxima temporada.

Em Meereen tivemos a despedida de Daenerys e Daario (este último sempre unidimensional), mas em compensação um dos pontos fortes foi conversa entre ela e Tyrion, com Peter Dinklage ganhando mais uma chance de provar que é o melhor ator da série ao retratar a sinceridade (misturada com um pouco de vergonha) do personagem ao confessar que ele acredita em Daenerys e que a seguirá até o fim. E já que falamos em recompensas satisfatórias para personagens injustiçados, ver a gratidão no olhar de Tyrion ao ganhar o broche de Mão da Rainha de Daenerys foi algo digno de aplausos (uma cena ainda mais impactante quando você lembra em toda a jornada do personagem no decorrer das seis temporadas e em suas tentativas vãs de provar o seu valor para o pai).

No geral, uma bela temporada. Falta muito para abril de 2017?

5stars

Observações

  • Não houve locações novas no mapa de abertura dessa temporada, mas o símbolo da Casa Stark finalmente retornou para Winterfell.
  • Varys estava em Dorne no início do episódio e no final ele aparece em Meereen. Provavelmente alguma cena que mostrava seu deslocamento foi cortada da versão final, que deixou o episódio com 68 minutos.
  • Eu acredito que Melisandre e Jorah retornarão para a série. A jornada desses dois personagens ainda está longe de terminar. Já Daario Naharis é uma incógnita. Será que ele irá trair Daenerys?
  • Nesse episódio, morreram Pycelle, Lancel, Alto Pardal, Loras, Margaery, Mace, Kevan, Tommen, Walder Frey e dois de seus filhos (Lothar Frey e Walder Rivers).
  • Além de “R + L = J”, o episódio também confirmou a teoria das Tortas Freys.
  • Dorne foi razoavelmente tolerável nesse episódio. Olenna mandando as Serpentes de Areia calarem a boca representou.
  • Liam Cunningham e Carice van Houten arrasaram na cena da confrontação pela morte de Shireen.
  • Jeor Mormont morreu na TERCEIRA temporada e ninguém na Muralha avisou a Cidadela? Até mesmo Tyrion sabia da morte do personagem e a revelou para Jorah no quinto ano.
  • Vale lembrar que Melisandre disse para Arya na terceira temporada que as duas voltariam a se encontrar um dia…
  • O olhar de Sansa para Mindinho na cena da “coroação” de Jon: ela percebeu que Mindinho é uma ameaça para Jon? Ou ela está começando a ser manipulada contra o irmão?
  • Gendry foi o único personagem sumido da série que não retornou para a sexta temporada. Considerando o que aconteceu com Balon, Osha e Rickon, foi melhor assim.

34 respostas para “Crítica | Game of Thrones 6×10: The Winds of Winter”

  1. Livia Almeida disse:

    Adorei a crítica. Na cena da Sansa olhando para o Mindinho pareceu que ela estava temerosa pelo o que irá por vir. O Mindinho não deixará por menos e com certeza Sansa sabe muito bem disso. Penso que REALMENTE ela aceita Jon como um Stark. Ela ficou feliz pelo reconhecimento dele perante os lordes do Norte.

  2. vinland disse:

    Sim, mas Bram ainda esta vivo. O titulo por direito pertence a ele. Se bem que eles ainda poderiam colocar, Sansa, ou Arya como regentes da casa Stark. Achei que a serie esta favoritando demais o Jon. Afinal qualquer uma delas, tem mais sangue stark do que ele.

  3. Não acho que a serie tenha favorecido demais o Jon. Sim, Bran é herdeiro por direito, mas eles nem sabem por onde anda o Bran ou se ele ainda está vivo. Ele fugiu com Rickon e é tudo que eles sabem. E Arya ninguém sabe nem que está viva.
    Do meu ponto de vista, eles precisam reafirmar o poder em Winterfell, colocar alguém de confiança e poder de liderança mesmo sendo um bastardo no poder agora é mais importante do que seguir uma linha de sucessão que eles nem tem certeza de que existe, tanto que Sansa já colocava Rickon como herdeiro de Winterfell.

  4. Anderson Lima disse:

    1 – “…Martin ~supostamente está escrevendo nesse momento”. Cara, não é “supostamente”. Ele está escrevendo o sexto livro!
    2 – O episódio não abordou todos os núcleos. Não tivemos WW e nem mesmo o ninho da águia.
    3 – O episódio NÃO confirmou nada das tortas Frey. Continua sendo uma teoria. Se for parar para analisar, nem mesmo a confirmação R+L = J foi 100% confirmada. Os produtores deram a entender que é vdd. Mas eles podem chegar na temporada que vem e provar que não é isso.

  5. Leo disse:

    WW e Ninho da Águia são núcleos desde quando? Queria que mostrasse o que, os WW andando por ai e o Robin mamando em alguma vaca ou dando chilique?

    R+L=J foi 100% confirmada, a duvida é se foi amor ou estupro, apenas. Guardas reais protegendo a Lyanna já tiravam qualquer duvida da importância dela para o Príncipe e o bebê tira qualquer duvida do… bebê.

  6. Ana Maria Ballardin disse:

    Acho que a “entrega” do título para o Jon pela Sansa é mais um agradecimento ao tanto que ele lutou por todos ele e depois a Sansa não sabe que o Bram e a Arya estão vivos.
    E é claro que o título é do Bram, quando ele chegar na Muralha as coisas irão se definir melhor…acho.

  7. Ana Maria Ballardin disse:

    Então o Jon é meio irmão da Deanerys? desculpe mas não acompanho a série desde o início.

  8. Leo disse:

    Jon é sobrinho da Dany.

  9. Bruno Xavier disse:

    Acredito que foi por amor, por toda a segurança e cuidados fornecida a Lyanna, não parece ser algo que tenha apenas acontecido e pronto, até pela forma que o Ned a encontrou, não mostrou indícios que tenha sido machucada.
    Não faria sentido ter os WW logo agora, eles -roteirista- precisam de um grande evento pra próxima temporada, e a muralha como se especula, se vier a cair, deve ocorrer ou na metade da próxima temporada ou no final.

  10. Bruno Xavier disse:

    Seria sobrinho. Já que Rhaegar Targaryen (irmão mais velho de Daenerys/Khaleesi) e Lyanna Stark (irmã de Ned Stark, personagem morto na primeira temporada) são os pais de Snow, confirmado pela série, mas é provavelmente que nos livros seja também.

  11. Ana Maria Ballardin disse:

    Obrigado.

  12. Ana Maria Ballardin disse:

    O nascimento do bebe da Lyanna foi uma cesareana primitiva em que eles simplesmente abria a barriga da mãe pra tirar a criança, por isso todo aquele sangue, e depois, como não conseguiam estancar o sangue…simplesmente deixavam as coisas acontecerem.

  13. vinland disse:

    Sim claro. Eu apenas mencionei que o trono por direito pertence a Bram. Apenas quis pontuar isso. Mas claro que os outros personagens nem fazem ideia, que ele e Arya esta vivos.

  14. Anderson Lima disse:

    Sim, queria que mostrasse os WW finalmente invadindo Westeros, quem sabe a muralha caindo. E a teoria R+L=J continua isso, uma teoria. “Deram a entender” que está correta. Mas ainda não sabemos.

  15. Ghost disse:

    verdade. WW, ninho da águia faz parte do núcleo do norte mesmo, e o ninho no caso estava representado pelo mindinho. agora os WW não tinham que aparecer mesmo, o Bran nem atravessou a muralha ainda pra quebrar a magia, possivelmente.

  16. Ghost disse:

    “O olhar de Sansa para Mindinho na cena da “coroação” de Jon: ela
    percebeu que Mindinho é uma ameaça para Jon? Ou ela está começando a ser
    manipulada contra o irmão?”

    achei que foi mais uma afronta dela, nada de manipulação. tipo: vai encarar isso? porque ela mesma disse para o Jon que só um tolo confiaria no Mindinho, então ela sabe que ele é uma ameaça para o Jon. Agora sim parece que ela aprendeu o jogo.

  17. vinland disse:

    Sim claro. Eu apenas quis pontuar esse detalhe do trono ser do Bran entende ? Mas claro que os irmaos dele, nem sonham que ele esteja vivo. Ou talvez tenham esperanças. Ja que a unica coisa que eles sabiam , foi de ele ter morrido queimado por Theon. Mas quando Rickon apareceu vivo, acredito que ele possam achar que Bran tambem esteja.

  18. Gui disse:

    Se a cena do Ned olhando pro bebê a camera focando na cara do bebê e logo dps aparecendo a cara do Jon não foi suficiente pra comprovar a teoria, n sei como ficar mais óbvio. Galera parece até a Melisande pra interpretar os sinais.

  19. Tatiana Rocha de Souza disse:

    Pois é, a coisa tá feia, hahaha. Ia ser muito chato ouvir da boca da Lyanna a história toda… pra que tão óbvio e explícito? Até porque do jeito que foi, já ficou BEM claro.

  20. Jon era um bastardo Stark, agora é um bastardo Targaryen, ou seja, continua sendo um Snow. Ele pode ser sobrinho da Daenerys, mas não é reconhecido como um Targaryen, nem pelo pai e nem pelo rei.

    Como disse Marcelo Fernandes:
    Jon Snow não é o herdeiro LEGÍTIMO, Daenerys é.
    Jon Snow não pode nem ao menos ser considerado um Targaryen, porque mesmo após a revelação do último episódio, ele continua sendo filho bastardo.

    Como diz a página Melisandre da Depressão:
    Jon é filho de um Targaryen. Tem sangue Targaryen. Mas não é Targaryen. É Snow. Fim.

  21. Washington disse:

    Os Targaryens tinham histórico de poligamia. Quem garante que o Rhaegar não possa ter casado com a Lyanna antes deles morrerem. Os melhores guardas reais estavam protegendo a torre… Pq? Pra proteger um bastardo ou um filho legítimo?

  22. Anderson Lima disse:

    Deu a entender.

  23. Anderson Lima disse:

    Deu a entender. E só.

  24. marcos disse:

    Exatamente, Washington. É provável que Jon seja filho legítimo de um segundo casamento de Rhaegar.

  25. Anderson Lima disse:

    Isto não prova nada. Só teremos ctz quando ouvirmos na série, EXPLICITAMENTE.

  26. Viserys Targerian disse:

    A Sansa não ficou contente não minha cara, aquilo ali dela ”se mostrando feliz” foi mais é uma encenação de fingimento em ”sorriso amarelo”, coisa que se faz em situações onde não se pode realmente mostrar como se sente, entende ? Pois digamos que ela desse o pulo e dissesse que tinha mais direito que Jon pra ser aclamada de rainha do Norte, aquele pessoal inteirinho ali iria era rir…. Então a saída aí, tinha que ser essa , sorrir com classe, tanto é que assim que ela viu o Mindinho, imediatamente ela parou de fingir e mostrou a ele como ela se sentia ( ao fechar o sorrido e olha-lo de forma frustada…)

  27. Viserys Targerian disse:

    ”Favoritando o Jon”, amigo ? Esse coitado merecia sim ser reconhecido como alguém importante depois de tudo o que tinha passado…. Favoritismo aí, é o que a série faz com a Aria isso sim, que fica SOZINHA andando em Westeros bancando a maior fodona e SEMPRE fica ilesa, sendo que ela é uma simples garota, coisa essa que não daria de forma alguma pra ela passar sem obstáculos nessas andanças…. Veja que ela é o tipo de garota que além de fazer o que quer, AINDA tem a baita sorte em passar desapercebida sem homem nenhuma já a ter agarrado, coisa essa que nem EXISTE nesse meio de Game of Rhrones….

  28. Viserys Targerian disse:

    Isso mesmo cara, R+L=J até agora não disse foi nada, e ainda, nem sentido faz o Ned ter ”estrago” o casamento mentindo pra Catelyn que tinha feito um bastardo, quando ele podia sim ter contado a ela e essa, guardado segredo já que era esposa dele, fiel a ele, ne…. Logo isso aí no mínimo, tem treta, pois a paternidade dessa criança que a Laina gera, deve ser de alguém tão inesperado, que até o Ned ficou com vergonha de compartilhar a informação com a Própria esposa, sei não, capas de ser até do Benjamim Stark, irmão dele….

  29. Viserys Targerian disse:

    Isso aí em a camera filmar o nenem e esse nenem dar o close pra cara de Jon, apenas confirma que a Liana pariu ele, coisa essa que nem tem nada haver com Rhaegar ser o pai ! Até porque cara, pelas histórias já ditas a Daenerys, esse Rhaegar era um homem honrado e quem tem honra meu amigo, não fica poraí agarrando a força a mulher dos outros (Liana quer era prometida de Robert).

  30. Viserys Targerian disse:

    ”CLARO” porque minha cara ? Liana não podia ter sido presa já estando gravida não ? Liana não podia ter sido ”visitada” também por um daqueles soldado ali da Torre da Alegria, não ? Liana não podia ter sido ”apreciada” também pelo tal rei louco, nao ? Só o que tem aí, são candidatos pra essa paternidade de Jon….. Logo, nem tem nadinha ficando ”claro” nessa cena dela pedidno ao Ned pra proteger o bebe, que esse nenem aí fosse de Rhaegar….

    cogitada pelo rei louco

  31. Viserys Targerian disse:

    Esse pessoal ama ficar afirmando teorias baseadas em meras suspeitas, daí quando a coisa se desenrola indo ao ar mostrando a verdade, tudim se choca, revoltado….

  32. Viserys Targerian disse:

    Amigo, não ha nada de manipulação ali….. Pois o Baelish nisso, apenas narra pra Sansa o obvio do que ira acontecer ne, afinal, quem mostrou a cara peitando o Ransay foi o Jon, então era mais que lógico que para aquele pessoal nortista, ele quem ficasse com a fama ao invés dela….

  33. Viserys Targerian disse:

    Se é pra traser a poligamia dos Targaryens de volta a história, então a Daenerys casa com Jon, Jaime, Arryn e Euron Greijoy, que resolve logo tudo sem precisar fazer guerra pra conquistar Westeros….

  34. Viserys Targerian disse:

    Queria saber qual é a diferença entre Jon ser Targaryen ou não, a Daenerys vai sentar-se naquele trono e independente de casa-se com ele, ela nem pode ter filhos, o que faz a disnastia Targaryen nem ir pra frente.

Deixe uma resposta

ss