quinta-feira, julho 11 2024

Até o fim do mês os canais FOX, FX, FOX Life, FOX1, FOX Action, National Geographic e FOX Sports estarão fora do lineup da operadora SKY. O motivo, segundo a própria FOX anunciou, foi devido a uma disputa contratual em que as partes não chegaram a um acordo. Leia-se: dinheiro.

O imbróglio começará nos próximos dias, logo antes da volta da sétima temporada de The Walking Dead e também próximo das estreias de 24 Horas, Prison Break e Legion. Assinantes de todo o país ficarão sem acesso aos canais da rede. Recentemente a briga foi com a Oi e a estratégia adotada pelo grupo foi a mesma: retirar os canais e divulgar ostensivamente a saída na esperança dos assinantes pressionarem ou trocarem de operadora. Funcionou.

Recentemente enquetes no Facebook promovidas pela FOX questionavam se assinantes trocariam de operadora caso os canais de seu pacote não estivessem mais disponíveis. Extraoficialmente, sabe-se que a disputa tem a ver com valores referentes à entrada e divisão de receita dos canais FOX1 e FOX Action, parte da oferta Premium à la carte da FOX.

Abaixo o comunicado oficial do canal.

“FOX Networks Group Latin America informa os seus fãs que depois de vários meses de negociações com SKY Brasil, infelizmente, ainda não chegou a um acordo para a renovação da distribuição dos seus canais e serviços. Por não alcançar as condições necessárias, a transmissão do seu conteúdo será interrompida no final de janeiro; no entanto, o FOX Networks Group Latin America continuará fazendo todos os esforços para chegar a um acordo. Além disso, os fãs ainda podem desfrutar de todos os nossos canais e serviços disponíveis, em outras operadoras de TV por assinatura.”

Solicitamos comentário da SKY Brasil, que até o momento não enviou resposta.

14 comments

  1. Que falta faz esses canais terem app próprios para que possamos assinar independente de operadora.

  2. Se eu fosse a emissora eu faria que nem a Netflix, criaria um aplicativo, uma plataforma de filmes, séries, programas e muito mais. Muito mais futuro e rentável para ambos os lados consumidor e emissora.

  3. Nao acho que isso seja bom. Imagina se todo canal começa a fazer isso ??? Nao seria bom nem pro consumidor e nem pra emissora.

    Quanto mais serviços de Streaming, mais serviços teriamos que assinar, e isso pesaria no bolso. Hoje em dia aqui no Brasil mesmo, se formos assinar os tres Serviços que ja tem aqui, ficaria algo em torno de 75 a 90 reias.

    Sem falar que se todo mundo fizesse isso, a concorrencia aumentaria, e acabaria nao sendo tao lucrativo assim pra todos. A Netflix tem muito lucro, porque ela praticamente esta sozinha no mercado. Nos EUA onde ela tem outros concorrentes, ela soa a camisa.

    E se por exemplo a fox fizesse isso, provavelmente nao teriamos seus conteudos na Netflix, porque cada empresa ia querer que seu conteudo fosse exclusivo.

    No final ia acabar ficando igual uma TV paga, porque vc teria que assinar varios serviços pra ter varios conteudos.

  4. Isso vai ser péssimo. Pois eu assisto por demais os canais da Fox. Eu vou ser um dos assinantes que vai mudar de operadora, se o grupo Fox se retirarem do ar.

  5. Eu tenho Sky mas se sair todos os da fox eu saio também, gosto muito dos canais fox

  6. Esses canais vai fazer muitas faltas. Eu sou uma das pessoas que assiste muito esses canais. Espero que a situação seja resolvida logo.

  7. tomara que cheguem a um acordo, nâo vou assinar mais nada, nesse momento de crise gastar dinheiro? de jeito nenhum.

  8. Fox1 e Fox Action não fazem parte da Sky, creio eu serem o motivo da saída, já que fazem parte do Fox Premium… e nos canais que fazem parte, faltou o Nat Geo Wild HD. Abs

  9. A sky da tchau pra fox e nos damos tchau pra sky, ninguém merece pagar caro e perder a fox.

  10. A SKY, nesse caso, defende os interesses da Rede Globo, uma de suas sócias e proprietária da rede Tele Cine, Pay per View e canais de esportes. Isso me cheira a retaliação, depois daquele episódio de pressão da FOX(detentora dos direitos da Libertadores) para incluir seu canal de esportes(por sinal, um péssimo canal com cara de Bandeirantes), peitando a GLOBO e tirando a exclusividade brasileira de transmissão. Tenho certeza que a SKY perderá muitos assinantes, principalmente pela perda do canal National Geographic que é um dos meios mais educativos da TV brasileira e mundial.

Deixe um comentário